segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Erval Seco promove 8ª edição dos Jogos Rurais Sol a Sol

Com objetivo de integrar as comunidades e famílias do meio rural do município de Erval Seco, através do esporte, recreação e lazer, a Emater/RS-Ascar e a comunidade da Linha Maragato, promoveram a 8ª edição dos Jogos Rurais Sol a Sol. Com o apoio da Prefeitura, entidades parceiras e voluntários, o evento foi realizado no sábado (15/11) e reuniu mais de 600 pessoas.
Oito diferentes modalidades foram disputadas por dez equipes, envolvendo 15 comunidades do interior de Erval Seco. Vôlei, futebol feminino e masculino, bocha e outros esportes foram disputados por jovens e adultos durante todo o dia. “Este evento é um dia festivo, de integração entre as famílias de agricultores. É uma importante iniciativa da Emater/RS, que há oito anos promove este encontro”, afirmou a representante da comunidade anfitriã, Neuza Braga.
Para o chefe do escritório municipal da Emater/RS-Ascar, Dieter Windmoller, os responsáveis pelos jogos são as comunidades que organizam e participam todos os anos. “A realização dos jogos só é possível pela parceria das comunidades rurais. É esse comprometimento que possibilita que os jogos aconteçam todos os anos e tenha se tornado um dos grandes eventos do nosso município”, destacou Dieter.
Para o prefeito de Erval Seco, Gilmar Leschewitz, além de promover o espírito participativo, social e cultural entre as famílias, o evento é uma amostra do cotidiano vivido pelos agricultores no meio rural, destacando a qualidade de vida das famílias que vivem no campo. A abertura dos Jogos Rurais contou ainda, com a participação do padre Waldemar José Waskievicz, da paróquia Santa Terezinha e da vereadora, Rosane Moura Figueiredo.
Ao final do dia, foram premiadas as comunidades vencedoras. O primeiro lugar ficou com a comunidade Vista Gaúcha, segundo lugar Linha 15 de Novembro e o terceiro lugar para as comunidades Linha Guarita, Linha Barra e comunidade Fátima. Três jovens foram eleitas como rainha e princesas dos Jogos Rurais 2014, Deise Tamara Heemann, Vitória Bianca Leschewitz e Jaine Aparecida da Silva Obinski.
 Texto: Marcela Buzatto
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Carne Seca na Cerveja com Mandioca Frita













Ingredientes:
2 colheres (sopa) de óleo
1 cebola média picada
2 dentes de alho picados
700 g de carne-seca demolhada e em cubos
1 lata de tomate pelado picado
1 lata pequena de cerveja
500 g de mandioca sem casca, cozida e cortada em tabletes
Cheiro-verde picado a gosto
Modo de Preparo:
Aqueça a panela de pressão e junte o óleo, a cebola e o alho, mexendo até dourar levemente.
Acrescente a carne, o tomate, a cerveja e leve ao fogo alto até ferver.
Se juntar espuma, retire com uma escumadeira.
Tampe a panela e deixe ferver.
Abaixe a chama e cozinhe em fogo baixo por 30 minutos.
Retire do fogo e deixe sair toda a pressão da panela.
Abra e verifique o cozimento. Se precisar, cozinhe mais alguns minutos.
Passe para a travessa de servir e mantenha aquecida.
À parte, aqueça bastante óleo em uma frigideira funda e frite a mandioca até dourar.
Escorra sobre papel toalha e sirva com a carne polvilhada com cheiro-verde.
Fonte:Hora do Almoço

+ Mais Informações ››››››

Três Palmeiras - RGE Aviso de desligamento

AVISO DE DESLIGAMENTO


Devido ao Programa de Expansão e Melhoramento do Sistema de Distribuição de Energia Elétrica, a RGE vai interromper o fornecimento de energia:

Município de Três Palmeiras

Data: 20/11/2014
Horário: 08:00:00 a 12:50:00

CENTRO
RUA GUERINO CREMONINI
10 a 261
NS APARECIDA
RUA SAO JOÃO
122 a 312
NS APARECIDA
RUA SAO PAULO
130 a 328
NS APARECIDA
RUA STO ANTÔNIO
141 a 158
RURAL
EST RS 324
3 a 1212

Reforçamos que são algumas localidades do município de Três Palmeiras.

ATENÇÃO: O serviço somente será realizado em condições climáticas adequadas e a energia elétrica poderá ser reestabelecida antes do horário previsto.

Para maiores informações acesse: www.rge-rs.com.br.
+ Mais Informações ››››››

Cadeia da suinocultura é debatida em Seminário Regional em Palmitinho

Para discutir a atual situação da suinocultura na região, a Associação de Suinocultores do Médio Alto Uruguai e a Emater/RS-Ascar promoveram na noite de ontem (13/11), o I Seminário Regional da Suinocultura e II Seminário Municipal, em Palmitinho. O evento aconteceu no salão paroquial do município e reuniu cerca de 240 participantes, de 12 municípios da região, entre suinocultores, entidades do setor e alunos do curso superior de Tecnologia em Agropecuária.
Em novembro do ano passado, foi realizado o I Seminário de Suinocultores de Palmitinho, com o objetivo de trazer informações para os suinocultores do município sobre o mercado e o consumo da carne suína. Para este ano, o evento foi pensado em âmbito regional, visando à consolidação de uma parceria entre os produtores de toda a região. A suinocultura é uma das atividades destaque no Rio Grande do Sul. Mais de 500 mil pessoas, de forma direta ou indireta, dependem da suinocultura no Estado. São mais de 176 mil famílias, que correspondem a 5,5 % da população gaúcha, presente em 308 municípios. Em Palmitinho, a suinocultura é responsável por 70,3% da arrecadação do imposto sobre mercadorias e serviços no município e envolve mais de 100 famílias nesta atividade.
Como forma de capacitar os suinocultores presentes no Seminário, foi apresentado um painel sobre aptidão e manejo do solo para o descarte de dejetos, coordenado pelo assistente técnico estadual em Solos da Emater/RS-Ascar, Edemar Valdir Streck. Na sequência, o presidente da Associação de Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul (Acsurs), Valdecir Folador, comandou o painel sobre a atual conjuntura da suinocultura. Segundo ele, o RS é o segundo maior estado produtor, chegando a uma produção de 650 mil toneladas, com 320 mil matrizes. Traçando um panorama entre os municípios, em 2013, Palmitinho conquistou a segunda posição na quantia de abate de suínos, com mais de 150 mil animais abatidos em um ano. Folador apresentou ainda, as tendências mundiais de mercado e uma análise das formas de organização da produção.
O gerente do escritório regional da Emater/RS-Ascar de Frederico Westphalen, Leonir Bonavigo, afirmou a importância do evento, salientando a participação da Emater/RS-Ascar nesse processo de discussão. “Esse debate sobre a cadeia da suinocultura não deve ser apenas sobre a questão produtiva, mas também organizacional. É necessário abrir espaços de diálogo entre quem produz e quem comercializa, promovendo um equilíbrio no setor. A Emater/RS, enquanto entidade que promove a agricultura familiar, apoia e participa desses momentos, buscando desenvolver a suinocultura em toda a região”, declarou Bonavigo.
O evento contou com a presença do prefeito de Palmitinho, Luis Carlos Panosso, do presidente da Associação dos Suinocultores de Palmitinho, Valdecir Negrini, do secretário Municipal da Agricultura, Leandro Albarello, entre outras autoridades de Palmitinho e região.
Ao final da discussão, como encaminhamento, ficou definido que o Seminário Regional será itinerante e acontecerá anualmente, em municípios que tenham associações de suinocultores já formadas. Foi composta também uma Câmara Técnica para discutir permanentemente os assuntos ligados à suinocultura em âmbito regional, inicialmente formada pelas Associações dos Suinocultores do município de Pinheirinho do Vale, Palmitinho, Frederico Westphalen, Taquaruçu do Sul e Pinhal, Associação dos Municípios da Zona da Produção (Amzop), Emater/RS-Ascar e Agência de Desenvolvimento do Médio Alto Uruguai (Admau). Ao longo do processo de discussão, outras entidades ligadas ao setor serão convidadas a participar da Câmara Técnica. Para dar continuidade ao debate, a primeira reunião está marcada para o dia 27 de novembro, no escritório regional da Emater/RS-Ascar de Frederico Westphalen.
Texto: Marcela Buzatto
Heloise Santi
Central do Interior
Diretoria de Jornalismo/SECOM
Telefones  (51)3213-0787
(55) 9968-6199
+ Mais Informações ››››››

Campanhas de vacinação infantil já distribuíram quase 500 mil doses contra pólio e sarampo

As campanhas de vacinação infantil contra a poliomelite e contra o sarampo já distribuíram quase 500 mil doses na durante a primeira semana de execução, o que representa 43% da meta. Os públicos alvos são crianças menores de 5 anos, com a campanha da pólio voltada para as maiores de 6 meses e a do sarampo para as maiores de 1 ano de idade. A meta é alcançar 95% de cobertura nos grupos. As vacinas e gotinhas de reforço às de rotina estão disponíveis em todos os postos de saúde até o término das campanhas, dia 28.
Faixa etária - Pólio (Doses aplicadas/cobertura) Sarampo (Doses aplicadas/cobertura)
6 meses a menores de 1 ano - Pólio (38.475/55,3%) - Sarampo (não se aplica)
1 ano - Pólio (56.253 / 40,5%) - Sarampo (60.239 / 43,36%)
2 anos - Pólio (55.558 / 43,5%) - Sarampo (55.025 / 43,0%)
3 anos - Pólio (56.453 / 43,9%) - Sarampo (54.853 / 42,6%)
4 anos - Pólio (54.507 / 41,6%) - Sarampo (54.474 / 41,5%)
TOTAL - Pólio (261.246 / 43,8%) - Sarampo (224.591 / 42,7%)
As campanhas foram iniciadas no último dia 8 deste mês, quando os locais de imunização estiveram extraordinariamente abertos. Os pais ou responsáveis devem levar as crianças aos postos onde todas deverão ser vacinadas, até mesmo aquelas que estiverem com o esquema vacinal da pólio e do sarampo em dia. A recomendação da Secretaria Estadual da Saúde é que todos levem a caderneta de vacinação para que esta avaliação das doses de rotina seja realizada.
O calendário de rotina para a vacinação contra a pólio prevê as três doses no primeiro ano de vida (aos 2, 4 e 6 meses), com o complemento de dois reforços aos 15 meses e 4 anos de idade. Já a proteção contra o sarampo dá-se através da aplicação da vacina tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba), aos 12 meses, seguida da tetra viral aos 15 meses, que além das outras três doenças doenças também previne a varicela (também conhecida como catapora).

Pólio
A poliomelite (também chamada de paralisia infantil) não tem casos registrados no Brasil desde 1990. Contudo, como seguem ocorrências em alguns países na Ásia e África, ainda faz-se necessária manter elevada cobertura vacinal de forma homogênea em todos os municípios para evitar a reintrodução do vírus selvagem no país.
Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), nos primeiros oito meses deste ano foram registrados 149 casos da doença, a maioria concentrada no Paquistão (117 casos), Afeganistão (08 casos) e Nigéria (06 casos), além de outros 18 casos espalhados por Somália, Guiné Equatorial, Iraque, Camarões, Síria, Etiópia, Quênia.
A pólio é uma doença infecto-contagiosa de origem viral, caracterizada por quadro de paralisia flácida de início súbito, principalmente nos membros inferiores. Sua transmissão ocorre por contato direto pessoa a pessoa, pelas vias fecal-oral ou oral-oral (através de gotículas ao falar, tossir ou espirrar). Não existe tratamento específico, todas as vítimas de contágio devem ser hospitalizadas, fazendo tratamento de suporte.

Sarampo
No Brasil, os últimos casos de sarampo ocorreram no ano 2000 e, desde então, os casos registrados foram importados ou relacionados à importação. Entretanto, em 2013 e 2014, foram registrados 596 casos da doença no país, com maior concentração nos estados de Pernambuco (224) e Ceará (365). No Rio Grande do Sul, os últimos casos foram em 2010 e 2011, com 8 e 7 casos respectivamente.
As campanhas de seguimento representam oportunidades adicionais para captar indivíduos não vacinados ou aqueles que não obtiveram resposta imunológica satisfatória à vacinação, visando garantir a manutenção do estado de eliminação do sarampo e rubéola no país.
O sarampo é uma doença infecciosa aguda, grave, transmissível e extremamente contagiosa, muito comum na infância. A viremia, causada pela infecção, provoca perdas consideráveis de eletrólitos e proteínas. Caracteriza-se por febre alta (acima de 38,5°C), exantema maculopapular generalizado (erupções ), tosse, coriza, conjuntivite e manchas de Koplik (pequenos pontos brancos que aparecem na mucosa bucal, antecedendo ao exantema).
A transmissão ocorre diretamente, de pessoa a pessoa, geralmente por tosse, espirros, fala ou respiração. A doença é transmitida na fase em que a pessoa apresenta febre alta, mal-estar, coriza, irritação ocular, tosse e falta de apetite e dura até quatro dias após o aparecimento das manchas vermelhas.
Texto: Assessoria SES
Heloise Santi
Central do Interior
Diretoria de Jornalismo/SECOM
Telefones  (51)3213-0787
(55) 9968-6199
+ Mais Informações ››››››

Operação da PF tenta identificar autores da morte de agricultores


Há ordem para coleta de material genético dos indígenas em Faxinalzinho
Mandados são referentes às investigações da morte de dois agricultores, mortos no dia 28 de abril A Polícia Federal (PF) e a Brigada Militar (BM) deflagraram nesta segunda-feira uma operação no acampamento indígena Candoia em Faxinalzinho, na região Norte do Estado, referentes às investigações da morte de dois agricultores em 28 de abril. De acordo com o site da rádio Uirapuru de Passo Fundo, a ofensiva envolve 260 homens, dezenas de viaturas e um helicóptero. Além de mandados de busca e apreensão, há também uma ordem para a coleta de material genético dos indígenas.
Falando a Rádio Uirapuru, os delegados da PF de Passo Fundo, Mauro Vinícius Soares e Mário Luis Vieira, informaram que essa é mais uma diligência do inquérito para o recolhimento de provas técnicas que serão examinadas pela perícia. A estimativa é de que 27 indígenas sejam indiciados. Participaram da operação além de autoridades policiais, Ministério Público Federal e agentes de Brasília.
Ordem de Soltura
Onze dias após o crime, cinco indígenas suspeitos de terem cometido o crime foram presos e enviados para Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (PASC), mas soltos 40 dias depois. A Justiça Federal de Erechim cumpriu no dia 26 de junho a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e determinou a soltura dos cinco indígenas que estavam sob custódia acusados de terem participado da morte de dois agricultores em Faxinalzinho. A decisão do STJ foi assinada pelo ministro Rogério Schietti Cruz, segundo a Justiça Federal de Erechim, que acolheu um Habeas Corpus impetrado pelo advogado em favor dos indígenas.
No dia 6 de junho a Justiça Federal de Erechim prorrogou a prisão temporária dos cinco indígenas que estavam na Penitenciária Estadual do Jacuí, em Charqueadas, sob suspeita de participação na morte de dois agricultores na região Alto Uruguai no final de abril. A prorrogação da prisão temporária era por mais 30 dias e atendia pedido da Polícia Federal de Passo Fundo que efetuou as prisões e visava concluir as investigações, pois há suspeitas de envolvimento de mais indígenas na morte dos agricultores.
A morte dos agricultores
No dia 28 de abril, indígenas acampados há 12 anos na região conhecida como Votouro/Kandóia, bloquearam todos os acessos no município de Faxinalzinho, no Alto Uruguai gaúcho, como forma de pressionar o governo a determinar a demarcação de áreas que os indígenas entendem como suas. No dia 28 de abril, por volta das 17h os agricultores Anderson de Souza, 27 anos e Alcemar de Souza, 41 anos, foram surpreendidos numa estrada vicinal que liga Faxinalzinho com Erval Grande e mortos, supostamente, por um grupo de indígenas.
No dia 9 de maio, durante uma reunião no Centro Cultural de Faxinalzinho entre representantes dos agricultores, FUNAI, Ministério Público Federal, governo do estado e prefeitura, além de indígenas do Votouro/Kandóia, a Polícia Federal (PF) surpreendeu a todos, entrando no local e efetuando cinco prisões. Entre os presos estava o cacique Deoclides de Paula.
Na oportunidade o delegado Mário Luis Vieira destacou que a ação da Polícia Federal nada tinha a ver com a discussão sobre a demarcação de áreas e que a equipe estava no local para realizar as detenções. Foram cumpridos cinco dos oito mandados de prisão temporária expedidos pela Justiça Federal de Erechim.
Os indígenas foram levados para Passo Fundo. No dia seguinte, 10 de junho, eles foram transferidos para a Penitenciária Estadual do Jacuí, onde permaneceram presos até a liberação dos mesmos através de uma liminar concedida por um ministro do STJ na última sexta-feira e cumprida pela Justiça Federal de Erechim de sábado para domingo.
*Com informações dos repórteres Lucas Cidade e Lucas Brasil
Foto: Lucas Cidade / Rádio Uirapuru / Especial / CP
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Jornal da Liberdade Edição 1168 do Dia 17 de novembro de 2014

Destaque desta edição.
Mega Sena volta a acumular e pode pagar R$ 80 milhões na quarta-feira 
Semana começa ensolarada e quente em todo o Estado
Mulher encontra dente humano dentro de xis em Santa Rosa
Ex-princesa da Festa da Uva é encontrada morta
Três Palmeiras - Sonho da Habitação Rural se torna realidade
Diminui prazo para empregado reivindicar parcela de FGTS não depositado







Apresentado Por: Alcione Gondorek 
+ Mais Informações ››››››

Receita deposita dinheiro do penúltimo lote do Imposto de Renda

O dinheiro do penúltimo lote regular de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física 2014 será depositado hoje (17) na rede bancária. De acordo com a Receita Federal, estão na lista 2.146.926 contribuintes, totalizando mais de R$ 2,3 bilhões. No lote, foram incluídos também contribuintes liberados da malha fina das declarações entregues no período de 2008 e 2013.
Dos quase R$ 2,4 bilhões totais, R$ 84.723.702 referem-se aos contribuintes atendidos peloEstatuto do Idoso e contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.
Os valores de restituição para cada exercício e a respectiva taxa Selic aplicada podem ser acompanhados na tabela.
Pelas normas da Receita, a restituição fica disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate no prazo, deverá requerê-la pela internet, usando o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.
Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001, nas capitais, e 0800-729-0001 nas demais localidades. O número 0800-729-0088 é disponibilizado especialmente para pessoas com deficiência auditiva. Nesse contato, o contribuinte pede o agendamento do crédito em conta-corrente ou em poupança, em seu nome, em qualquer banco.Fonte:Daniel Lima - Repórter da Agência Brasil
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Publicadas as regras de portabilidade de recursos da aposentadoria

O Diário Oficial da União publica na edição de hoje (17) instrução que trata das regras de portabilidade de recursos de planos de benefícios de entidades abertas para planos de benefícios de entidades fechadas de previdência complementar, e vice-versa, e dá outras providências.
Entre as regras e instrução indica que a portabilidade total será efetivada com base no valor da provisão matemática de benefícios a conceder e da provisão técnica de excedentes financeiros, calculados, na forma da regulamentação em vigor, até o prazo máximo referente ao segundo dia útil do mês subsequente a data de entrega do Termo de Portabilidade.
Para a portabilidade parcial, a operação será concluída considerando o valor ou percentual estipulado pelo participante, e com base no valor da provisão matemática de benefícios a conceder, calculado, na forma da regulamentação em vigor, até o prazo máximo referente ao segundo dia útil do mês subsequente a data de entrega do Termo de Portabilidade.
A portabilidade, segundo o site do Brasilprev, é quando na fase de acumulação de recursos, por alguma razão, não há a satisfação com o plano e se deseja mudar de instituição. Para isso, deve-se fazer a chamada portabilidade externa. A partir do momento em que se solicita a transferência do recurso (reserva acumulada), a instituição tem até cinco dias úteis para migrar o dinheiro para o plano que foi escolhido na outra instituição.
Fonte:Agência Brasil
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Programa Minutos da Educação do Dia 17 de novembro de 2014

Apresentado pela: Diretora Simone Martinelli



Postado Por: Alcione Gondorek


+ Mais Informações ››››››

Três Palmeiras - Atuação

Histórico: Durante Patrulhamento de rotina foi abordada a Motocicleta HONDA CBX 250 TWISTER, da cidade de Garibaldi-RS e, constatado que o condutor não possuía CNH, sendo este autuado conforme o CTB no Art. 162, onde a Motocicleta passou a ser conduzida por outro condutor devidamente habilitado. Também foi abordada a Motocicleta HONDA CG 125 FAN KS, de Chapecó-SC e, foi constatado que o condutor não possuía CNH, bem como o veículo encontrava-se com o Licenciamento Vencido, sendo autuado conforme o CTB no Art. 162 I, Art. 164 c/c 162 I e Art. 230 V, sendo que a Motocicleta foi removida ao Centro de Remoção e Depósito de Veículos da cidade de Nonoai. Ainda durante Patrulhamento, pela Rua Primavera, foi abordada também a Motocicleta HONDA CG 150 TITAN ES, onde foi constatado que o condutor da mesma não possuía CNH, sendo este autuado conforme o CTB no Art. 162 I e Art. 164 c/c 162 I e a Motocicleta passou a ser conduzida por outro condutor devidamente habilitado.
Também foi abordada a Motocicleta HONDA CG 125 TITAN, de Farroupilha, onde foi constatado que o condutor não possuía CNH, bem como a Motocicleta encontrava-se com o Licenciamento Vencido, incorrendo assim no Art. 162 I, Art. 164 c/c 162 I e Art. 230 V do CTB, onde foi recolhida ao Centro de Remoção e Depósito de Veículos da cidade de Nonoai.
Fonte:OPM Nonoai 
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Governo do Estado confirma promoção de mais 4,5 mil professores e zera passivo

O secretário de Educação do Estado, Jose Clovis de Azevedo, e o adjunto da Casa Civil, Flávio Hellmann, garantiram à direção do Cpers/Sindicato a promoção de 4,5 mil professores. A informação foi confirmada nesta quinta-feira (13), em reunião no Palácio Piratini. Na próxima semana, serão publicadas no Diário Oficial do Estado as nomeações referentes aos anos de 2008 a 2011.
Na semana do dia 20 de dezembro, saem as promoções referentes aos anos de 2012 e 2013. Com este novo bloco de publicações, o número de professores beneficiados chega a 35 mil, zerando o passivo de gestões anteriores. "Todas as pautas da categoria tiveram encaminhamentos. E com relação às promoções, estamos deixando em dia. Assim, o próximo governo poderá fazer anualmente e de forma regular, de maneira menos onerosa", disse Azevedo.
Outro ponto discutido no encontro foi o fim do estorno do vale-refeição. Em reunião no dia 20 de outubro, o Governo do Estado apresentou a proposta para garantir o fim do percentual de coparticipação dos servidores e consequente estorno do vale-refeição em duas parcelas. Dos 6% que os servidores pagam atualmente, 3% deixarão de ser cobrados em janeiro de 2015 e os 3% restantes, em janeiro de 2016.
No entanto, o projeto de lei que regulamenta a questão não pode ser encaminhado para a Assembleia Legislativa em função da lei de responsabilidade fiscal. "Deixaremos o projeto pronto para que o próximo governo encaminhe para a Assembleia", informou Hellmann.
Vice-diretores
Além disso, o Governo do Estado informou ao Cpers que a regularização dos vice-diretores e do adicional noturno para professores e funcionários já foi comunicado formalmente para a direção das escolas. Com relação ao concurso para funcionários, com prova prevista para 21 de dezembro, que não contemplou os cargos de merendeiras e servente, a Secretaria da Educação deixará indicado para a próxima gestão a necessidade de novo concurso para suprir as demandas existentes.
Assim como a realização de outro concurso para professores na área de Ciências Exatas e na área técnica. De acordo com a secretária-adjunta da Educação, Maria Eulalia Nascimento, a realização do concurso para os novos cargos criados (interação com o educando, administração escolar, técnico em nutrição, técnico em informática, assistente financeiro e intérprete e tradutor de libras) atende uma demanda importante para a rotina funcional dos escolas.
"Esses novos cargos criados são uma demanda que chegou até a secretaria através da massa das direções escolares. E serão de grande contribuição para o funcionamento das escolas, possibilitando que muitos professores retornem para as salas de aula", destacou.
Texto: Ane Daniele Paulon
Heloise Santi
Central do Interior
Diretoria de Jornalismo/SECOM
Telefones  (51)3213-0787
(55) 9968-6199
+ Mais Informações ››››››

Campanha da Viagem Segura alerta para o preço a pagar com ultrapassagens proibidas

"Ultrapassagem proibida: de um jeito ou de outro, você paga muito caro". Com esse mote, está no ar e nas ruas neste feriado de Proclamação da República a nova campanha da Operação Viagem Segura. São 40 inserções em TV aberta, 1,3 mil inserções em rádio, 68 mil peças de jogo americano e cartazes distribuídos em 34 restaurantes, 69 pontos de outdoor, posts patrocinados e banner no aplicativo Waze para informar a população sobre a mudança na lei e o risco de ultrapassagens proibidas.
Desde 1º de novembro, a ultrapassagem proibida prevista nos artigos 202 (pelo acostamento e intersecções) e 203 (pela contramão em locais como pontes, aclives, declives, faixas de pedestres, etc), passou a ser infração gravíssima com fator multiplicador de 5. O valor da multa chega a R$ 957,70. A conduta prevista no artigo 191 (forçar passagem entre veículos que estejam ultrapassando) foi acrescida do fator multiplicador de 10 e suspensão do direito de dirigir.
Outras condutas perigosas como ultrapassar em local proibido, promover ou participar de rachas ou exibir manobras como cavalinhos de pau terão multas mais pesadas. A Lei 12.971/2014, que altera alguns artigos do Código de Trânsito, também aumenta as penas para alguns crimes de trânsito.
Viagem Segura de Proclamação da República
A Viagem Segura de Proclamação da República teve início à zero hora desta sexta-feira (14) e se estenderá até o próximo domingo (16) à meia-noite. Essa é a 36ª edição da operação que, desde 15 de novembro de 2011, reúne Brigada Militar e o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Detran/RS e Polícia Civil em uma ofensiva contra a acidentalidade nos feriados.
As 35 edições anteriores da Viagem Segura contabilizam mais de 3 milhões de veículos fiscalizados e quase 70 mil testes de etilômetro. Foram registradas 457 mil infrações, sendo 9 mil autuações por embriaguez. A fiscalização também recolheu 43 mil veículos e 12,5 mil CNHs em três anos.
Texto: Mariana Tochetto
Heloise Santi
Central do Interior
Diretoria de Jornalismo/SECOM
Telefones  (51)3213-0787
(55) 9968-6199
+ Mais Informações ››››››

Alimentos e bebidas do Rio Grande do Sul ganham espaço na China

A comitiva organizada pela Secretaria de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (SDPI) e liderada pelo presidente do Badesul, Marcelo Lopes, encerrou, nesta sexta-feira (14), missão na China com resultados importantes para a indústria de alimentos do Rio Grande do Sul. A delegação conta com a representação da Cooperativa Piá, Vinícola Miolo, do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações (Apex).
Na Zona de Livre Comércio de Shangai (Free Trade Zone – FTZ), as negociações avançaram para a exposição de vinhos brasileiros, com uma pré-reserva de dois módulos para a primeira exposição de produtos do Brasil no local. O próximo passo é enviar amostras da bebida, que serão avaliadas por importadores e degustadores para análise dos tipos de uva, qualidade e preço mais adequados ao paladar chinês.
A inclusão do Brasil na FTZ é resultado da viagem realizada em agosto à China, onde os técnicos da SDPI identificaram o potencial de vendas da FTZ. Em outubro, a SDPI reuniu o Ibravin, vinícolas e a Apex para definirem a estratégia de inserção na China.
“O balanço da missão à China é extremamente positivo. Iniciamos as viagens internacionais para mostrar aos países e às empresas estrangeiras que o Rio Grande do Sul existia. Hoje, avançamos na construção de agendas de negócios. E é justamente a criação de uma área de inteligência a maior contribuição do Sistema de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul no mercado internacional, onde buscamos informações sobre os países e empresas e estudamos e identificamos os potenciais parceiros”, destaca a coordenadora da Articulação Internacional da SDPI, Mariela Klee.
Vendas do RS para Shenzhen
Também nesta sexta-feira (14), representantes da província de Shenzhen, da chinesa Casic e do Governo do Estado assinaram um memorando de entendimento para a criação de uma Plataforma Sino-Brasileira de Facilitação do Comércio e Investimentos. O objetivo é criar uma joint venture entre o Governo do Estado do Rio Grande do Sul, representado por Badesul e Banrisul, cooperativas gaúchas, a municipalidade de Shenzhen e a empresa Casic Shenzhen.
Uma vez consolidada, a joint-venture prevê a criação de um escritório comercial no Rio Grande do Sul e outro em território chinês, para facilitação dos fluxos de informação e mercadorias. "As partes se comprometeram a desempenhar esforços no intuito de consolidar a plataforma, compartilhando possibilidades e propostas de ação e estratégias e, enfim, efetivar a construção da Plataforma Sino-Brasileira de Facilitação do Comércio e Investimentos”, destaca Marcelo Lopes.
Agora, serão definidas as estratégias para a exportação de produtos, como: frango; suínos; sucos; frutas; e leite. A coordenadora da Articulação Internacional da SDPI, Mariela Klee, afirma que o projeto pretende inserir pequenas e médias empresas no mercado internacional e agregar valor à pauta gaúcha. "De nossa parte e do governo de Shenzhen, vamos estimular as cooperativas a se qualificarem e se habilitarem para a exportação".
Texto: Karen Viscardi
Heloise Santi
Central do Interior
Diretoria de Jornalismo/SECOM
Telefones  (51)3213-0787
(55) 9968-6199
+ Mais Informações ››››››

Piso regional contribui para o crescimento econômico do Estado

Os sucessivos reajustes do salário mínimo regional pelo Governo desde 2011 estão inseridos em uma política de Estado para a retomada do crescimento econômico, concretizados com apoio da Assembleia e sem reflexos negativos na economia, como desemprego ou ameaça à iniciativa privada. Junto com a valorização do salário mínimo, cresce a economia gaúcha, gerando mais oportunidades. 
Nos últimos quatro anos, as ações de atração e incentivo a empresas resultaram em mais de R$ 50 bilhões em investimentos privados. Somente em2013, a economia gaúcha obteve um salto de 6,2% no PIB. O Estado apresenta o menor índice de desemprego do país, acumulado em torno de 6% desde 2012. 
O piso regional abrange categorias que tem pouca força para negociar seus salários diretamente com os empregadores, segundo o diretor técnico da Fundação de Economia e Estatística (FEE), André Scherer: "Valorizar o mínimo regional tem um sentido econômico e social: ajuda a dinamizar a economia e a combater as desigualdades". 
Para Scherer, essa medida, em conjunto com a elevação dos salários dos servidores públicos desde 2011, foi fundamental para que, por exemplo, os efeitos da seca de 2012 não tivessem o mesmo impacto que tiveram estiagens em outros momentos. "A elevação da renda tem sido fundamental para que o Rio Grande do Sul apresente índices de desemprego menores do que outros Estados, com menor inadimplência e mais crédito", explica. 
O presidente do Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Atração de Investimento (AGDI), Ivan de Pellegrini, afirma que o crescimento do piso regional estimula um círculo virtuoso na economia local: "O aumento da renda, do padrão de vida e do consumo contribuem para um ambiente mais atrativo para investimentos e para a competitividade, especialmente de empresas inovadoras, que valorizam o capital humano".
Novas Empresas no RS
Somente em investimentos privados, o Rio Grande do Sul atraiu R$ 50 bilhões nos últimos quatro anos, entre eles a maior empresa já instalada no Estado: a planta da Celulose Riograndense em Guaíba, com aporte de R$ 5 bilhões. O trabalho de relações internacionais do governo também garantiu a vinda da montadora de caminhões Foton, uma expansão da Alstom, e a nova fábrica elevadores da Hyundai no Estado.
Em empresas locais, somente Gerdau, Random e Ambev receberam mais de R$ 2 bilhões em incentivos do Governo do Estado via Novo Fundopem. Todos esses investimentos garantem oportunidade de emprego e renda, associados à formação de mão de obra especializada para atender a essa expansão. 
Sobre Emprego e Desemprego
De acordo com os dados da Pesquisa de Emprego e Desemprego na Região Metropolitana de Porto Alegre (PED-RMPA), cuja primeira média anual é de1993, aGrande Porto Alegre atingiu a menor taxa de desemprego em 2013. Em 1999, eram mais de 316 mil desempregados no Rio Grande do Sul, o equivalente a 19% da população economicamente ativa. Em 2013, são 122 mil, 6,4%. 
Texto: Luciana Alcover
Heloise Santi
Central do Interior
Diretoria de Jornalismo/SECOM
Telefones  (51)3213-0787
(55) 9968-6199
+ Mais Informações ››››››

Jornal dos Trabalhadores - Rio Grande do Sul - Edição 614 dia 17 de novembro de 2014

Ouça nesta edição:
frança construirá maior usina solar da Europa;
custo social das mortes por acidentes de trânsito ultrapassa 30 bilhões de reais;
Mauricio Cardoso e Tucunduva são beneficiados com mais de um milhão de reais do Badesul para obras de infraestrutura.

+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!