sábado, 19 de julho de 2014

Dilma confirma liberação de R$ 40 milhões para recuperar estradas no RS

Presidente garantiu R$ 14 milhões para restabelecimento de cidades atingidas pelas enchentes
Após sobrevoar por 12 minutos as áreas atingidas pelas enchentes em Uruguaiana, na Fronteira Oeste, a presidente Dilma Rousseff garantiu a liberação de R$ 40 milhões para a recuperação das estradas no Estado que foram danificadas pelas fortes chuvas. Além disso, ela afirmou durante reunião com prefeitos e Defesa Civil que outros R$ 14 milhões serão destinados imediatamente para o restabelecimento dos serviços básicos dos municípios afetados.
Uma segunda verba do governo federal para a recuperação das cidades atingidas pelas enchentes dependerá do relátório que deve ser enviado pelo Estado no prazo de 10 dias.
Dilma chegou nessa sexta-feira a Porto Alegre, e à noite participou da posse de Heitor José Müller, reeleito para seu segundo mandato à frente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs).
De acordo com a assessoria da Presidência da República, Dilma deve deixar Uruguaiana nesta tarde, com destino à base aérea de Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre. De lá, ela deve seguir direto para Brasília.
Fonte: Correio do Povo
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Palmeira das Missões recebe R$ 28 mil para o combate à Aids

Palmeira das Missões, na região Rio da Várzea, foi considerado município prioritário para o combate à Aids no Estado, e recebeu neste mês a primeira parcela do incentivo da Secretaria Estadual da Saúde (SES). O repasse de R$ 28.096,00 corresponde à primeira parcela de um total de R$ 15 milhões que serão investidos até o final do ano em 64 municípios gaúchos, que concentram 90% das notificações da doença de Aids no Estado.
A segunda parcela do investimento está prevista para outubro, conforme a adesão dos municípios à Linha de Cuidado proposta pela SES, que orienta as ações a serem desenvolvidas em âmbito local. Os valores foram calculados tendo como base a população de cada município (equivalente a R$ 2,00 por habitante) e tiveram como parâmetro o registro de novos casos em 2012. Neste período, os 64 municípios selecionados tiveram 3.364 novos casos da doença.

A secretária estadual da Saúde, Sandra Fagundes, lembrou que o tema do HIV e aids é uma das prioridades na saúde pública do Estado, devido aos altos índices da doença. “Esse é mais um passo que estamos dando para o enfrentamento dessa questão, buscando a garantia dos direitos e um atendimento de qualidade”, disse.
O incentivo é anual e foi criado a partir da importância da implementação e sustentabilidade da Política Estadual de DST e aids. O objetivo é qualificar o acesso ao diagnóstico, tratamento e cuidado às pessoas vivendo com HIV/aids (PVHA) e outras Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) na rede de Atenção Básica em Saúde/Estratégia Saúde da Família.

Os recursos podem ser utilizados pelos municípios para despesas de custeio e de capital, como salários, gratificações e premiações de profissionais, aquisição de equipamentos, insumos, veículos, treinamento e educação permanente, contratação de apoiadores institucionais para as equipes de atenção básica/saúde da família, reforma, ampliação e construção de Unidade de Saúde da Família, entre outros.
A aplicação de recursos próprios por parte do Estado complementa o investimento oriundo do Ministério da Saúde, atualmente em cerca de R$ 13 milhões anuais. Aos 55 municípios hoje habilitados junto ao Governo Federal, o novo repasse representa um aumento em média de 150% no valor recebido. Além disso, outros nove municípios que não fazem parte dos elencados pelo ministério passarão a ser beneficiados.
Situação no RSO Rio Grande do Sul há mais de 10 anos é Estado brasileiro com a maior incidência de casos novos de aids. Por ano, são em média 40 novos casos para cada cem mil habitantes. Essa taxa de incidência representa o dobro da média nacional. Porto Alegre, a capital com taxas mais altas no Brasil, tem incidência média cinco vezes acima da nacional, chegando a aproximadamente cem novos casos por ano para cada grupo de cem mil habitantes.

Fonte:Heloise Santi
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Mega-Sena pode pagar R$ 3 milhões neste sábado

Valor aplicado na poupança rende mais de R$ 16 mil por mês.
Apostas custam R$ 2,50 e poderão ser feitas até as 19h.

O concurso 1.618 da Mega-Sena, que será sorteado neste sábado (19), pode render um prêmio de R$ 3 milhões para quem acertar as seis dezenas.

Caso o apostador ganhe sozinho e decida aplicar o recurso na poupança, o rendimento será de mais de R$ 16 mil por mês, segundo a Caixa Econômica Federal (CEF).
Para apostar
A Caixa Econômica Federal faz os sorteios da Mega-Sena duas vezes por semana, às quartas-feiras e aos sábados. As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 2,50.
Fonte:G1
Postado por: Claudinara Glienke
+ Mais Informações ››››››

Bebê sobrevive após ser jogado na máquina de lavar pelo pai na Argentina

Agressor de 33 anos tinha antecedentes criminais

Um homem agrediu e colocou sua filha de 14 meses em uma máquina de lavar roupas em funcionamento na Argentina, informou nesta sexta-feira uma fonte da justiça. "A criança ficou gravemente ferida e foi levada para o Garrahan, o maior hospital pediátrico de Buenos Aires. Ela não corre mais risco de morrer", disse Alejandro Ruggeri, promotor encarregado do caso. O agressor, de 33 anos, já tinha antecedentes criminais por agressão e está detido.

O caso chocou os moradores de Wilde, uma cidade da periferia Sul de Buenos Aires. Os vizinhos disseram à imprensa que ouviam frequentes discussões entre o casal. Luciana Chazarreta, ex-mulher do responsável pela agressão, disse que ele tinha problemas com choro de crianças e com barulhos de animais. "Quando o gato miava, ele colocava o animal na lavadora de roupas ou no freezer. Também matava cães de estimação quando eles latiam", disse ela.

O delegado Manuel Canosa disse que, antes de atacar a filha, o homem já tinha agredido a mulher a socos.Após a agressão, o homem "pegou a menina pelos tornozelos e a colocou no tambor da máquina de lavar. Por sorte, a mãe reagiu imediatamente e a tirou de lá segundos depois", indicou Canosa aos jornalistas. 

Fonte: AFP
Postado por:Claudinara Glienke
+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!