segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Mais Médicos deve substituir 4.000 cubanos até dezembro

Apesar de o presidente Michel Temer ter sancionado uma lei que permite prorrogar a participação de médicos estrangeiros no Mais Médicos por mais três anos, parte destes profissionais deve começar a ser substituída nos próximos três meses.
A tendência é que cerca de 4.000 médicos cubanos que vieram ao Brasil em 2013 e cujos contratos vencem este ano sejam substituídos. Até então, o governo analisava uma possível renovação dos contratos desse grupo.
Um acordo inicial para substituição desses médicos foi definido na última semana pelo Ministério da Saúde, representantes do governo cubano, como a vice-ministra da Saúde Marcia Cobas, e a Opas (Organização Pan-Americana de Saúde), responsável por intermediar a vinda dos profissionais.
Cubano símbolo do Mais Médicos
Na ocasião, segundo participantes da reunião, Cobas afirmou que os médicos precisavam retornar ao país por terem vínculos com o sistema de saúde cubano. Os novos profissionais do país devem chegar ao Brasil até dezembro.
A ideia, no entanto, é que haja exceções nessa troca: caso daqueles que se casaram com brasileiros durante seu período no Mais Médicos.
Em julho, a Folha mostrou que esses médicos têm buscado visto permanente para ficar no país, mas temiam não poder trabalhar por não terem o diploma revalidado.
Agora, a ideia é que eles possam solicitar a prorrogação da participação no programa por mais três anos. Os casos, no entanto, devem ser analisados um a um.
Não há número oficial de quantos estejam nessa situação –o ministro da Saúde, Ricardo Barros, já disse que a estimativa é que sejam cerca de mil médicos.
Para o presidente do Conasems (conselho de secretários municipais de Saúde), Mauro Junqueira, que esteve no encontro, a substituição dos cubanos atende a um pedido dos municípios, que temiam interrupção no atendimento em meio às eleições. Por isso, a troca só deve ocorrer a partir de novembro.
"Havia médicos que já sairiam em agosto e setembro", afirma. "Só de ter a garantia de que haverá médicos por mais três anos já nos atende."
A decisão deve ser anunciada pelo Ministério da Saúde e a Opas até a próxima semana. Até lá, negociam sobre um possível reajuste no valor dos contratos. O governo brasileiro estuda um aumento em torno de 10% para 2017.
Ao todo, 18.240 profissionais atuam no Mais Médicos. A maioria é de cubanos (11.429). Além deles, ao menos 1.339 intercambistas já solicitaram a renovação.

Fonte: NATÁLIA CANCIAN DE BRASÍLIA/ FOLHA DE SÃO PAULO
+ Mais Informações ››››››

Continua positiva expectativa de produção nas lavouras de trigo do RS

Foto: Kátia Marcon
Ao contrário dos últimos anos, nesta safra a expectativa de produção de trigo no Rio Grande do Sul é muito boa. De acordo com o Informativo Conjuntural divulgado pela Emater/RS-Ascar nesta quinta-feira (15/09), as condições das lavouras continuam com bom aspecto geral, 43% delas estão em fase de floração e as em enchimento (formação) do grão já somam 15%. “Muitas lavouras semeadas no cedo e com uso de alta tecnologia em insumos e genética estão expressando potencial produtivo de aproximadamente 3.000 kg/ha”, destaca o diretor técnico da Emater/RS, Lino Moura.
Os triticultores gaúchos continuam com a aplicação preventiva de fungicidas para controle de doenças da espiga, especialmente a giberela, além da aplicação de inseticida para pulgão e lagarta do trigo. “Em algumas lavouras (aveia e azevém) se observa incidência de invasoras, em função de não ter sido feito o controle no estágio inicial, pelo alto custo do herbicida”, comenta Moura. O preço da saca de 60 kg de trigo ficou praticamente estável em R$ 39,50.
Milho – O clima da semana favoreceu o plantio de novas áreas e o crescimento e o desenvolvimento das plantas nos locais já semeados são considerados muito bons pelos extensionistas da Emater/RS-Ascar. O percentual de área já plantada chega a 36% do total projetado (804 mil ha) para o Estado. A região mais adiantada segue sendo Santa Rosa (Missões e Fronteira Noroeste), com 65% de sua área já semeada, em torno de 110 mil ha.
“Nas lavouras recém-semeadas é constatada, em algumas situações, que a germinação é lenta em função das temperaturas amenas e falta de aquecimento do solo”, ressalta Lino. As lavouras plantadas no cedo já estão recebendo a primeira aplicação de adubação nitrogenada em cobertura, assim como está em andamento o controle de formiga e pragas com aplicação de inseticidas.
Apesar das recentes quedas nas cotações do produto, o preço pago ao produtor pela saca de 60 kg segue bem acima do praticado anteriormente. Durante a semana, o preço médio ficou em R$ 43,69, contra os R$ 28,36 registrados no ano passado nesta mesma época.
Soja – Segundo a Emater/RS-Ascar, os agricultores continuam com intensa procura pelo custeio da lavoura junto aos agentes financeiros, elaboração de projetos, busca das interpretações das análises do solo e recomendação da adubação. Também estão sendo providenciados os pedidos dos insumos. Nas áreas de pastagem anual de inverno, que serão destinadas à produção de soja, a tendência é que a retirada dos animais encerre no final de setembro.
Canola – A maior parte das lavouras de canola se encontra nos estágios de frutificação e maturação. Os técnicos da Emater/RS-Ascar classificam como bom o aspecto geral das lavouras. No momento, as expectativas para a colheita são de superação das estimativas iniciais. Os agricultores realizam tratamentos fúngicos misturados com inseticidas para controlar Trips e lagartas, em algumas áreas de plantação.
A cotação dos grãos, em geral, é R$ 3,00 acima do preço da soja no Noroeste, no Planalto e na região Celeiro. O valor de referência é de R$ 70,00/saca. “Os agricultores têm visto a cultura como uma boa opção de rotação de culturas no inverno e com boa possibilidade de retorno econômico”, pontua o diretor técnico.
Cevada – A lavoura encontra-se nas fases de espigamento e floração, apresentando um padrão muito bom. Os trabalhos concentram-se nos tratamentos fúngicos contra giberela e septória, visando à proteção das espigas, para se conseguir boa classificação comercial. O preço balcão, na região do Planalto, é de R$ 40,00/sc.
Linhaça – Mantém-se o bom aspecto geral das lavouras, que em sua maioria se encontra em fase de formação do grão. A estimativa inicial de produtividade varia de 900 a 1.200 kg/ha na região Noroeste.
Aveia branca – No Alto Jacuí e Região Celeiro, a cultura está passando rapidamente para o estágio de formação e enchimento de grão, com boas condições fitossanitárias e alto potencial produtivo. Há dificuldade em separar a área que será destinada à produção de grãos e confecção de silagem.


Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar
+ Mais Informações ››››››

JBS e Sindicato fecham acordo e evitam greve dos trabalhadores

Após um longo período de negociação entre o Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Alimentação (STIA) de Passo Fundo e a empresa JBS, foi assinado na sexta-feira um protocolo de intensão, firmando o acordo de reajuste salarial dos trabalhadores.
A informação foi dada pelo presidente, Miguel dos Santos, após o dia de reunião com a empresa em Estrela em que estavam o presidente e o assessor jurídico do Sindicato, Marcelo Mendes. Os detalhes do acordo serão apresentados aos trabalhadores na próxima quarta-feira em uma assembleia.
Segundo o presidente, o sindicato estará orientando para a aceitação da proposta, já que atende aos pedidos dos trabalhadores. Diz que foi uma negociação longa, um trabalho importante do sindicato em defesa dos funcionários, e que deve ser comemorado devido ao atendimento das propostas.
O reajuste será de 9,83% no salário desde 1º de maio, data-base da categoria. Além disso, o Sindicato requer o abono no valor de R$ 913,00, além de reajuste de 9,83% para o auxílio escolar, quinquênio de 4% e alimentação gratuita. O índice exigido pela categoria corresponde à inflação do período 2015/2016.

+ Mais Informações ››››››

Programa da Emater de 19-09-2016


+ Mais Informações ››››››

Jornal da Liberdade Edição 1578 de 19-09-2016

+ Mais Informações ››››››

Inter leva gol em todos os jogos há 3 meses e obriga Roth a priorizar defesa

Treinador reforça marcação no meio para estancar sangria defensiva que já dura 17 jogos do Brasileirão. Diante do América-MG, adotará sistema com três volantes
Celso Roth arma Inter para pegar o América-MG (Foto:
 Ricardo Duarte / Inter, DVG)

Chegou a hora de fechar a casinha. Esse é o lema de Celso Roth para o restante do Brasileirão. Tendo em vista que o clube gaúcho levou ao menos um gol nos últimos 17 jogos do Nacional ou três meses na competição, o treinador priorizará a marcação para essa reta final. A começar na partida diante do lanterna América-MG, nesta segunda-feira, no Estádio Independência.
Para o confronto das 20h desta segunda, Roth mudou a formatação da equipe e adotou um sistema com três volantes, de acordo com o treinamento realizado na Cidade do Galo. Sacou Seijas do time e escalou Rodrigo Dourado, Fabinho e Eduardo Henrique, com Valdívia na armação.
– Precisamos ter um meio mais forte, cheio e combativo. Essa é a razão fundamental. Quais as nossas raízes, culturalmente? São de luta e enfrentamento. O Inter não pode perder suas raízes. Sempre teve muita luta, garra e técnica – ressalta o técnico.
Nessa nova organização, quem se torna jogador-chave é Eduardo Henrique. Com poder de marcação e chegada ao ataque, desbancou Seijas no time, no último treinamento. No entanto, Roth prefere manter a cautela e não confirmar a escalação. Até porque o desempenho não foi exatamente o esperado.
– O Eduardo Henrique é um misto, um jogador que marca e chega, tem um passe muito qualificado. Treinou hoje para ver qual a reação. Deixou um pouco... já conversamos com ele. Até amanhã (segunda), a gente define como vai ser o time – comentou.
A última vez que o Inter saiu de campo sem sofrer gols pelo Brasileirão foi na vitória por 2 a 0 sobre o Atlético-MG, no Beira-Rio, em 16 de junho. Naquela que seria considerada a atuação “modelo” da equipe que era treinada por Argel. Mas depois o disso o time afundaria nas rodadas seguintes e ficaria 14 jogos sem vencer.
Eduardo Henrique deve ser a novidade, com Seijas na reserva (Foto: Ricardo Duarte / Inter, DVG)
Embora esse histórico recente negativo, o Inter tem a oitava melhor defesa do campeonato, com 30 gols sofridos. Das 12 derrotas pelo Brasileirão, oito foram pelo placar mínimo. A equipe somente foi vazada mais do que três vezes em uma partida em três oportunidades: derrota para Figueirense e Botafogo, por 3 a 2, além de queda para o Cruzeiro por 4 a 2.
Com 27 pontos, o Inter ocupa a 18ª posição na tabela, com um ponto a menos que o Figueirense, último clube no Z-4. Se vencer o América-MG, o Colorado pode subir até quatro posições na tabela e ficar em 14º lugar. O confronto ocorre às 20h, no Independência.

>> AMÉRICA-MG X INTER - 26ª RODADA

Local: Independência, Belo Horizonte.
Data e horário: segunda-feira (19/09), às 20h.
Escalação provável Inter: Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Artur; Rodrigo Dourado, Fabinho, Eduardo Henrique e Valdívia; Eduardo Sasha e Aylon.
Desfalques: Vitinho, Ariel, Jair, Leandro Almeida e Geferson.
Transmissão: SporTV (menos MG), Premiere e PFCI (com Rogério Corrêa e Bob Faria).
Arbitragem: Rafael Traci, auxiliado por Ivan Carlos Bohn e Luiz Souza Santos Renesto (todos do Paraná).
+ Mais Informações ››››››

Interino lamenta série ruim e avalia que Grêmio não conseguiu se reencontrar

James Freitas diz que "lado psicológico" atrapalha rendimento do grupo gremista

Se a fase não é boa, encontrar explicações soa como mais difícil ainda. Técnico interino do Grêmio na derrota por 1 a 0 diante do Fluminense, neste domingo, James Freitas admitiu o momento complicado no Brasileirão. Em entrevista coletiva na Arena, disse que o lado “psicológico” dos atletas tem gerado a queda de rendimento.
– Não dá para dissociar. Qualquer coisa que vamos abordar, vamos falar da parte técnica e psicológica junto. Nós já produzimos, fizemos partidas memoráveis em altíssimo nível. Temos condições de reproduzir isso. Nós alternamos momentos bons e ruins em uma mesma partida. Temos tomado gols em momentos importantes e não conseguimos recuperar – analisa o auxiliar-técnico.
Na soma, o Grêmio chegou a sétima partida sem vitória. E James avalia que o grupo “não conseguiu se reencontrar” para desgarrar desse momento de queda, sobretudo no segundo turno.
– A fase não é boa e gera uma ansiedade. A gente acaba não finalizando no melhor ângulo possível em função da ansiedade A gente. Não tínhamos passado por uma sequência de jogos sem resultado, como tinha acontecido agora. Ainda não conseguimos nos reencontrar – admite.
Com James como interino, o Grêmio não teve atuação nada boa à frente da própria torcida. embora tenha pressionado no início da partida, sofreu gol na primeira escapada do Fluminense: Scarpa surgiu livre para chutar na saída de Marcelo Grohe. Na segunda etapa, não teve forças para empatar ou reagir em campo.
- A estratégia deles foi o maior obstáculo. Essa ansiedade e nervosismo talvez tenha sido o mais determinante. A gente foi para cima e tentou – acrescenta.
Com a derrota, o Grêmio segue o salto para baixo na tabela. Estagnado nos 37 pontos, os gaúchos caíram para a 11ª posição. A equipe agora tem compromisso pelos jogos de volta das oitavas de final da Copa do Brasil na próxima quarta. Às 19h30, o Grêmio recebe o Atlético-PR, em Porto Alegre.
James Freitas analisa jogo contra o Fluminense (Foto: Eduardo Moura/GloboEsporte.com)
+ Mais Informações ››››››

POE aborda candidato a vereador do município

Homem não possuía carteira de habilitação e portava uma espingarda sem registro
Policiais do Pelotão de Operações Especiais (POE) do 37º Batalhão de Polícia Militar (37º BPM) abordaram nesta sexta-feira, 16, um veículo conduzido por um candidato ao Legislativo de Cristal do Sul. No interior do veículo os policiais encontraram uma espingarda da marca CBC, calibre 28 municiada e mais nove munições intactas.
Como o candidato não possuía registro para porte de arma de fogo, e além disso, por ele não ser habilitado para dirigir, foram tomados os procedimentos cabíveis, os quais não foram divulgados pelo 37º BPM. O batalhão também não divulgou a identificação do candidato.

Adriano Dal Chiavon, com informações do 37º BPM

+ Mais Informações ››››››

Encontro Intermunicipal de Fruticultura reúne pesquisa e extensão em São Valentim

Cerca de 80 produtores participaram do 1º Encontro Intermunicipal de Fruticultura, sediado em São Valentim, na quinta-feira (15/09), na comunidade Santo Isidoro. Participaram técnicos e produtores dos municípios de São Valentim, Barra do Rio Azul, Itatiba do Sul, Barão de Cotegipe, Paulo Bento, Benjamin Constant do Sul, Erechim, entre Rios do Sul e Faxinalzinho. Os produtores receberam orientações técnicas da Extensão Rural e da pesquisa envolvendo temas como qualidade de mudas e doenças dos vinhedos.
Na parte da manhã, no salão comunitário da comunidade Santo Isidoro, o pesquisador da Embrapa Uva Vinho – Bento Gonçalves, Daniel Grohs palestrou sobre a qualidade de mudas e doenças dos vinhedos. Grohs chamou atenção para as principais estratégias que devem ser adotadas, tanto para a renovação de parreirais como para abertura de novas áreas. De acordo com Grohs, o produtor deve adotar um conjunto de medidas para obter um parreiral de qualidade e alta rentabilidade. Entre as principais, estão o uso de mudas com sanidade e tratamento de solo, diagnósticos de pragas e fungos. “O maior problemas são os fungos”, observou. “O produtor deve conhecer o padrão da muda fitossanitária”. Também recomendou cobertura de solo e os períodos para as práticas. Também na parte da manhã, a assistente técnica regional Social da Emater/RS-Ascar, Fernanda Tacca Angonese, falou sobre o Plano de Gestão Sustentável na Agricultura Familiar.
A programação prosseguiu à tarde na propriedade das famílias Beal e Szefer, na mesma comunidade, com estações sobre nutrição de citros, mudas e doenças do parreiral. O técnico da Emater/RS-Ascar, Ivonir Biesek orientou sobre práticas para um pomar de citros, principalmente de laranja, qualidade e de rentabilidade. Entre as principais medidas estão à análise de solo, com recomendação para ser feita a cada dois ou três anos, e a foliar, a cada ano ou a cada dois anos. Em relação ao manejo do solo, Biesek também recomendou adubação nutricional. “O citros é uma das culturas que mais responde a adubação verde para cobertura de solo e com custo praticamente zero”.
O pesquisador mostrou na prática no parreiral os cuidados com as mudas, com enxertia e doenças e fungos. Para evitar disseminação de fungos, por exemplo, recomendou desinfestação de ferramentas, o que poderá ser feito com hipoclorito de sódio. “Na viticultura é preciso um cuidado muito grande porque, diferentemente da produção de grãos, o plantio não é anual. Espera-se que uma vez introduzida no parreiral, a muda evolua e o parreiral seja produtivo por no mínimo 15 anos”, esclarece. A Embrapa Uva e Vinho, atualmente, está fomentando o aumento de produtividade dos parreirais a partir da melhoria da qualidade das mudas comerciais.
O tema Sucesão familiar foi tratado pela assistente técnica regional, Fernanda Tacca Angonese, acompanhada da família Beal. Ela abordou fatores que ajudam na decisão do jovem permanecer ou não no campo, como a renda, a autonomia, o diálogo com os jovens e politicas públicas, como o Pronaf Jovem. É importante mostrar a eles “o rural como oportunidade de renda e qualidade de vida”. O casal Geni e Nadir Beal relatou a experiência na propriedade. Geni e Nadir dividem as diversas atividades produtivas da propriedade com a filha Cassiane e Ademar que são pais da Michelli, de 6 anos, e de Vitor, com 10 meses. Ademar que já trabalhou na região e em outras regiões do Estado e do país, conta que “hoje não teria na cidade o conforto que tem na propriedade. Temos gestão, fizemos investimentos em tecnologia, nos programamos para férias”. Relata. Também frisou a importância do jovem escolher uma atividade e fazer o que gosta.

Propriedade

Na propriedade, as atividades são conduzidas pelos casais Nadir e Geni e Cassiane e Ademar. Em 2006, iniciou a atividade com parreirais. Hoje, dos 20 hectares, 4 são destinados ao cultivo de uvas, um hectares de laranja, além de outras atividades com bovinos de leite e lavouras.
Abertura – O evento foi aberto pelo gerente regional da Emater/RS-Ascar de Erechim, Nilton Cipriano Dutra de Souza, pelo secretário municipal da Agricultura, Edgar Regoso e pelo representante do Sicredi Josimar Gabiatti e pelo técnico do Escritório Municipal de São Valentim, Delmir Nadal. Os envolvidos no evento, destacaram a importância das parcerias. Também agradeceram as famílias Beal e Szefer por sediarem em sua propriedade o evento. A importância da parceria da extensão rural e a pesquisa foi enfatizada pelo gerente regional da Emater/RS que fez um agradecimento a Embrapa pela parceria. As representantes das entidades e o supervisor da microrregional Cilon Fialho da Silva também acompanharam a programação durante o dia.


Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar - Regional de Erechim
Jornalista Terezinha Mariza Vilk
tvilk@emater.tche.br
(54) 3321-5599
(54) 9976-8867
www.facebook.com/EmaterRS
https://twitter.com/EmaterRS
www.youtube.com/EmaterRS
+ Mais Informações ››››››

Horóscopo do dia 19 de setembro de 2016

O astrólogo Oscar Quiroga descreve o dia a dia dos signos
ÁRIES: As perspectivas que lhe são apresentadas vem ao encontro do que você imagina ser o melhor cenário. Considere, porém, que por enquanto tudo está na teoria e que, sempre, as coisas são mais complexas na prática.

TOURO: O cenário é complicado, porém, em vez de você tornar isso motivo de desespero, bem que podia aproveitar a situação para treinar um discernimento acurado a respeito de todos os ingredientes que compõem o cenário.

GÊMEOS: Neste momento, suas pretensões coincidem com o que outras pessoas desejam e isso cria um vínculo que, apesar de temporário, servirá para todo mundo obter satisfação. Procure usar esta convergência para algo útil.

CÂNCER: Poucas, mas boas coisas podem ser feitas hoje, em nome de melhorar o ambiente onde você passa a maior parte do tempo. Nada espere das pessoas que compõem esse ambiente, tome a iniciativa e arrume tudo você.

LEÃO: As palavras certas conduzirão os acontecimentos ao destino que você pretende. Porém, como saber quais seriam essas palavras certas? Esse é um enigma que não há como resolver teoricamente, só na prática você saberá.

VIRGEM: Você sentirá mais segurança se fizer algumas coisas para você, exclusivamente para você. Tome o dia para se arrumar, para solucionar pendências e, também, para se sentir mais confortável em todos os âmbitos.

LIBRA: Incentive as pessoas a seguirem em frente com as ações que são de suas competências, é preciso dizer algumas palavras de alento, mesmo que pareçam otimistas demais. É tudo muito complicado, mas há chance de melhorar.

ESCORPIÃO: Tudo parece estar sob domínio e a sensação que emana dessa condição faz muito bem à sua alma. Assim são as coisas, mas você precisa considerar que, na prática, não é possível deter o domínio de tudo para sempre.

SAGITÁRIO: Estabeleça bons e sinceros vínculos com pessoas que infundam confiança. Aproxime-se desse tipo de pessoa, faça boas amizades, enxergue além dos eventuais interesses materiais que sirvam para reunir essas pessoas.

CAPRICÓRNIO: Há coisas que ninguém pode fazer por você. Por isso, evite ficar esperando que algo aconteça e arregace as mangas o quanto antes, se dispondo a fazer acontecer o que for de seu interesse. Nada espere, tudo faça.

AQUÁRIO: Enquanto as pessoas se entusiasmam com as perspectivas, tudo se torna leve e produtivo. Por isso, não será demais que você se responsabilize por lhes apresentar essas perspectivas amplas que infundem entusiasmo.

PEIXES: No meio de situações que tinham tudo para dar errado, eis que as profecias emocionais não se cumprem e, pelo contrário, tudo se ajeita e começa a dar certo. Há um quê dramático em sua alma que precisa ser abandonado.

+ Mais Informações ››››››

Ocorrências Policiais - Outros Crimes

Data/hora: 1705:30Set2016
Fato: Outros Crimes
Local: Rua João Marcondes Lajus,sn, Centro
Autor: J. C. de L.
Historico: Por volta das 19:20 horas do dia 16/09/2016 o Sr. L. F. G. comunicou a BM que indivíduo de alcunha dentinho, havia adentrado em sua loja de bazar e tentado furtar objetos do interior da mesma, sem êxito pois sua esposa estava no local e afugentou o mesmo, após as 22:30 horas a Brigada militar foi informada que dentinho havia ameaçado com arma de fogo cidadãos que estavam participando da semana farroupilha no CTG Sentinela do Pampa, não foi possível deslocar até o local pois a Guarnição estava em atendimento a um furto de veículo, já no dia 17/09/2016 por volta das 05:30 horas quando em patrulhamento na rua padre Manoel gomes gonzales, avistou dentinho na rua, sabendo dos fatos anteriores e de que dentinho estava em regime de prisão domiciliar foi dado voz de prisão e conduzido para a DPPA de Erechim onde foi somente lavrado registro da ocorrência, ficando o individuo em liberdade.
+ Mais Informações ››››››

Perícia Identifica vítima do acidente na BR 153, em Três Arroios

Vítima teria jogado o carro contra a carreta. Rodovia ficou fechada para caminhões por quase seis horas
Peritos do IGP identificaram o motorista do automóvel que colidiu frontalmente em uma carreta na BR 153, no km 35, em Três Arroios. Valdecir Stallcbaun(51), era morador do bairro Novo Horizonte e declarações de um filho que tentava seguir o carro do pai pela rodovia e chegou ao local logo após o acidente, é de que seu pai saiu de casa com o objetivo de se suicidar.
Segundo o motorista do caminhão (54), que seguia de Santa Catarina para Nova Prata carregado com suprimento para borracha, a vítima supostamente teria jogado o carro contra a carreta em alta velocidade, não dando tempo de evitar o acidente.
A Polícia Rodoviária Federal coordenou a limpeza da pista e a remoção dos veículos. O trânsito ficou congestionado por seis horas. Os veículos pequenos usaram um desvio, mas a fila de caminhões chegou até o Posto da Polícia Rodoviária Federal, em Erechim, alcançando uma distância superior a 4 km.
O motorista do caminhão disse que o veículo vinha em alta velocidade e não foi possível fazer nada a partir do momento que o automóvel passou para a sua pista.
O motorista é dono do caminhão e só tem cobertura de 80% pelo seguro. O caminhoneiro, que mora na Serra Gaúcha, disse que o caminhão é tudo o que tem no momento para poder trabalhar. A esposa dele tem problema grave de saúde "e agora vou trabalhar com o quê ?", disse.
Bombeiros encontraram o corpo do motorista fora do veículo, que ficou na margem da rodovia.
O caminhão bateu em um abrigo de um ponto de ônibus. É comum no sábado e no horário do acidente, que aconteceu por volta de 13h, a presença de pessoas aguardando o ônibus, o que aconteceu hoje.
Rodovia ficou fechada para caminhões e ônibus por seis horas.



Fonte:AU Online
+ Mais Informações ››››››

791 - 19 DE SETEMBRO, SEG - AS PREOCUPAÇÕES DA VIDA

+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!