sexta-feira, 30 de maio de 2014

Bolo de cenoura magnífico



Ingredientes
2 cenouras grandes
2 xícaras (chá) de açúcar
3 ovos
3 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 xícara(s) (chá) de Óleo de soja
Pudim
1 lata de leite condensado
1 lata de leite de vaca
1 xícara (chá) de chocolate em pó
açúcar e água para caramelizar
3  ovo
Modo de preparo
Bata no liquidificador o óleo, as cenouras cortadas e os ovos.
Em um recipiente, peneire a farinha de trigo, o açúcar e o fermento em pó.
Com uma colher, misture os secos com o líquido que foi batido no liquidificador até ficar uma mistura homogênea.
Pudim
Faça uma calda de caramelo com o açúcar e a água, deixe no fogo até caramelar e reserve.
Bata no liquidificador o leite condensado, o leite de vaca e os ovos
Coloque a calda em uma forma de bolo com furo (tipo forma de pudim), acrescente a mistura de chocolate e por último coloque a massa do bolo de cenoura
Coloque para assar em forno preaquecido a 200ºC em banho- maria até que o bolo cozinhe
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Admau cria câmara temática para produtores

Um evento na sede da Amzop na tarde de quinta-feira, dia 29, reuniu representantes de diversas entidades da região que compõem a governança da Agência de Desenvolvimento Territorial do Médio Alto Uruguai (Admau).
O objetivo foi discutir as pautas pertinentes a atuação da agência e dar sequência aos projetos que vem sendo desenvolvidos nos últimos meses.
Para isso, foram organizados painéis apresentados por representantes de algumas governanças nos quais foram tratados temas como: o fortalecimento das agroindústrias; o sistema de comercialização (PAA e PNAE); e a proposta de convênio para análises laboratoriais das agroindústrias.
Outro tema discutido durante a reunião foi a criação da Câmara Temática de Inclusão Produtiva, uma estratégia que visa o fortalecimento do diálogo sobre as políticas públicas tendo em vista as especificidades da agricultura regional. 
Fonte:Rádio Comunitária FW
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Informativo da Crehnor edicação do dia 30 de maio de 2014



Fonte:Jorge André Rogerio
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Votação de Prioridades ocorre na próxima semana em todo o Estado


A Votação de Prioridades para definir os principais projetos de interesse regional do Orçamento Estadual 2015 ocorre nos dias 2 a 4 de junho em todos os municípios gaúchos. A votação on-line acontece durante os três dias pelo Portal da Participação (www.participa.rs.gov.br) e no último dia, é possível votar também de forma presencial, em urnas espalhadas por todo o estado.

A Votação de Prioridades é a última etapa de debate participativo do Orçamento Estadual 2015. O ciclo é aberto com as audiências públicas regionais, seguidas das assembleias municipais, e por fim acontecem os Fóruns Regionais de delegados, nos 28 Coredes, quando são definidas as cédulas de votação. Cada cédula pode conter até 20 projetos e cinco prioridades estratégicas, e o eleitor pode votar em até quatro projetos e no máximo em duas prioridades. Para votar, é preciso possuir título eleitoral. Os projetos com maior número de votos são contemplados no Orçamento do Estado, de acordo com os recursos disponíveis para cada região.

As cédulas de votação de todas as regiões estão disponíveis no Portal da Participação: http://www.portaldaparticipacao.rs.gov.br/2-3-e-4-de-junho-votacao-de-prioridades-do-orcamentors2015-conheca-a-cedula-de-votacao-da-sua-regiao-2/

Participação Popular e Cidadã - PPC
O processo de Participação Popular e Cidadã faz parte do Sistema Estadual de Participação Popular e Cidadã, que envolve as várias secretarias e instâncias que trabalham instrumentos de participação.

O que é o Orçamento estadual?
O Orçamento do Estado do Rio Grande do Sul é elaborado pela Secretaria do Planejamento, Gestão e Participação Cidadã e deve ser encaminhado pelo governador do Estado à Assembléia Legislativa até o dia 15 de setembro de cada ano, na forma de Proposta de Lei Orçamentária Anual (Ploa). Consta da proposta o texto de mensagem do chefe do Poder Executivo, no qual são analisados os cenários macro e microeconômico, as finanças estaduais, a regionalização das receitas e das despesas, os indicadores socioeconômicos, entre outros itens relevantes.
Fonte:Central do Interior
Diretoria de Jornalismo/SECOM

Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Jornal da Liberdade edição do dia 30 de maio de 2014

Apresentado por:Alcione Gondorek

Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Programa Falando em Saúde dia 30 de maio de 2014

Programa Falando em Saúde edição do dia 30 de maio de 2014, apresentado pelas duas Dentistas do Ambulatório Municipal de Três Palmeiras, Dr.Andréia Galatto e a Dr. Simone Boza, confira em áudio o programa:


















Fotos, edidato e postagem:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Queda de goleira provoca morte de homem em Lagoa Vermelha

Incidente ocorreu durante jogo de futebol, na noite desta quinta-feira

Um homem morreu após uma goleira cair sobre a sua cabeça, na noite desta quinta-feira, em Lagoa Vermelha, na região Nordeste do Estado. De acordo com a Polícia Civil, Elodir José Gomes, 38 anos, se pendurou na goleira enquanto jogava futsal com os amigos. A goleira caiu e acabou prensando a cabeça da vítima junto ao chão.

O Samu chegou a ser acionado logo após o incidente, ocorrido por volta das 20h30min, porém Elodir não resistiu aos ferimentos e morreu no local – a quadra de esportes do Ciep do município. Segundo a PC, o homem era trabalhador da construção civil em Lagoa Vermelha. 
Fonte: Correio do Povo
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Garantidos mais recursos para o HPR

O governador Tarso Genro esteve em Palmeira das Missões nesta quinta-feira (29), para o ato de assinatura do aditivo do convênio de repasse de recursos ao Hospital Público Regional.
A atividade também teve a presença do deputados estaduais e da Secretária Executiva do Ministério da Saúde Ana Paula Menezes.
Estão garantidos R$ 130 milhões para a construção do prédio do Hospital Público Regional (HPR) em Palmeira das Missões, que atenderá exclusivamente pelo SUS.
O Termo Aditivo de R$ 87 milhões, do Ministério da Saúde, somados aos R$ 43 milhões já na conta da prefeitura, chega a R$ 130 milhões, a serem aplicados na obra do imóvel, de 29 mil metros quadrados.
O edital para escolha da empresa que vai erguer o prédio deve ser lançado no início de junho. A previsão é de que a obra inicie ainda este ano, e esteja concluída em dois anos.
O projeto HPR atenderá cem por cento SUS 400 mil habitantes de 72 municípios do norte e noroeste do Rio Grande do Sul, pertencentes, principalmente, à 15ª e 19ª Cordenadoria Regional de Saúde, e terá duas unidades: uma em Palmeira das Missões, com obra nova; e outra em Frederico Westphalen, com reformulação do Hospital Divina Providência.
O Diretor do Grupo Hospitalar Conceição Gilberto Barrichello, um dos responsáveis pelo Projeto do HPR disse que um paradgma de centralizar os recursos de saúde em Porto Alegre esta sendo quebrado.
A Secretária Executiva do Ministério da Saúde Ana Paula Menezes falou sobre os recursos e garantiu que em dois anos e meio a obra deve ser inaugurada. Ela ainda afirmou a viabilidade das duas unidades: Palmeira e FW.
O Governador em seu pronunciamento destacou que tanto o HPR quanto o campus da UFSM veio do desejo e mobilização da sociedade da região, em especial Palmeira das Missões e Frederico Westphalen.
Foto:Leandro Molina 
Fonte:Rádio Comunitária FW
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Nova fase da Leite Compen$ado será deflagrada antes da Copa

MP convocará indústria para propor Termo de Ajustamento de Conduta coletivo

Novas indústrias investigadas por fraude no leite no Estado serão o alvo da sexta fase da Operação Leite Compen$ado, que o Ministério Público (MP) irá desencadear antes do dia 12 de junho, data de início da Copa no País. O esquema monitorado por escutas telefônicas novamente envolve produtores e transportadores e reedita as adulterações flagradas nas operações anteriores desde maio de 2013, com adição de substâncias como soda cáustica ao leite. No dia 8, a ofensiva ocorreu nas indústrias de laticínios Pavlat e Hollmann, cujos donos foram presos.

Ao participar ontem da última reunião da Comissão de Representação Externa da Assembleia Legislativa, na Capital, o promotor de Justiça da Especializada Criminal, Mauro Rockenbach, disse que a diligência só não ocorre na semana que vem por questão operacional. "Sinto desapontar alguns, mas não existe santo nesta história. Tem produtor fraudando, transportador fraudando e indústria conivente com isso."

Rockenbach antecipou que após a nova operação, serão convocados representantes das 13 indústrias com inspeção federal que industrializam 90% do leite UHT no Estado para discutir um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) conjunto. O objetivo é que as empresas se comprometam formalmente a unificar padrões de análise de controle para acabar com divergências alegadas a cada fraude comprovada. O secretário-executivo do Sindilat, Darlan Palharini, aguarda o encontro. De acordo com o presidente da Associação Gaúcha dos Laticinistas, Ernesto Krug, as vendas para fora do Estado caíram 10% desde o começo da ofensiva. "Está havendo uma rejeição do leite gaúcho, o consumo está em decréscimo", lamentou Krug.

O relatório da Comissão Externa que será concluído e entregue à Comissão de Agricultura na semana que vem aponta como medidas a criação de uma legislação estadual que discipline o transporte do leite, acabando com o atravessador, a modificação do Código Penal para que a adulteração de alimentos seja considerada crime hediondo, com condenações mais duras, de até 20 anos, e o aumento da fiscalização da Secretaria da Agricultura e do Ministério da Agricultura. Para o deputado Heitor Schuch, coordenador da comissão, esse conjunto de medidas seria a saída para proteger quem trabalha sério e segue as leis. "O produto que sai da propriedade limpo precisa ser preservado."

Sem esconder animosidades com o MP, o delegado federal do Mapa/RS, Francisco Signor, admitiu que não há como inspecionar integralmente o processo já que as indústrias funcionam 24 horas por dia, 365 dias por ano. Mas salientou que, desde 2011, foram feitas 4 mil análises na rede oficial e em laboratórios credenciados, com pico de 5,4 mil análises no ano passado por conta das operações, o que, segundo ele, não é pouco.

Até agora foram
• Sete condenações
• Mais de 100 milhões de litros fraudados
• R$ 10 milhões em bens indisponíveis
Fonte: Patrícia Meira / Correio do Povo
Postado por:Elisete BOohrer
+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!