quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Caipirinha de vinho













Ingredientes:
1 Garrafa de vinho suave
1/2 Garrafa de cachaça
2 ou 3 limão
Cubos de gelo ou gelo triturado
Açúcar a gosto
Modo de Preparo:
Esprema o limãona peneira e reserve.
Misturar o vinho e a cachaça no liquidificador, juntamente com o limão e o açúcar.
Colocar a caipirinha no copo juntamente com gelo para enfeitar a bebida fatiar algumas rodelas de limão e colocar na beira do copo.
Fonte:Hora do Almoço

+ Mais Informações ››››››

Denatran apresenta novas placas de automóveis no padrão do Mercosul

Novo modelo valerá para Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Venezuela.
Veículos no Brasil receberão a nova placa a partir de 2016.
O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) apresentou nesta quinta feira (4) o novo modelo de placas de veículos que será usado no Brasil e demais países do Mercosul, Argentina, Uruguai, Paraguai e Venezuela. (Veja na imagem ao lado). No Brasil, a placa será obrigatória para veículos novos a partir de janeiro de 2016.Para os veículos que atualmente já estão emplacados, a mudança será opcional.
O novo modelo adotará quatro letras e três números, diferente da placa atual, que apresenta três letras e quatro números. A distribuição entre letras e números na nova placa será aleatória. Com isso, segundo o Denatran, serão possíveis mais de 450 milhões de combinações diferentes, contra as pouco mais de 175 milhões de possibilidades do atual modelo brasileiro.
A placa terá as mesmas medidas das já utilizadas no Brasil, 40 cm de comprimento por 13 cm de largura. O fundo será branco com letras pretas. Sobre uma faixa horizontal na parte superior, haverá o emblema do Mercosul e a bandeira do país do veículo.
Para Rone Barbosa, coordenador do Denatran, o novo sistema de placa trará facilidade em reconhecer criminosos que praticam a clonagem de veículos.
"A nova placa no padrão do Mercosul já incorpora alguns elementos de segurança que são adotados no mundo inteiro. Esses dispositivos de segurança visam coibir as possíveis clonagens de veículos que hoje não têm um controle muito rigoroso desse processo", disse Rone Barbosa, coordenador do Denatran. A identificação do estado e do município do veículo, no Brasil, vão ficar no lado direito da placa, abaixo da bandeira nacional. Tanto estado como município também serão representados por suas bandeiras. (Veja detalhe abaixo)
No Brasil, a placa terá uma tira holográfica do lado esquerdo e um código bidimensional que conterá a identificação do fabricante, a data de fabricação e o número serial da placa. A tira é uma maneira de evitar falsificação da placa.
No lado direito da placa, ficarão as bandeiras do Brasil, do estado e do município de registro do veículo. A plca acima será usada em motocicletas (Foto: Reprodução/Denatran)Fonte:Do G1, em BrasíliaPostado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Contribuinte poderá receber aviso no celular se cair na malha fina do IR

Contribuinte terá de ter aplicativo da Receita Federal no celular.
Ele será avisado que caiu em e orientado a entrar no extrato do IR.
A Secretaria da Receita Federal prepara mais uma novidade para os contribuintes no campo do Imposto de Renda. O Fisco vai lançar uma ferramenta, que poderá ser utilizada por meio de aplicativo, que informará às pessoas físicas quando elas caíram na malha fina do Leão – ou seja, quando suas declarações foram retidas para verificação.
Atualmente, os contribuintes já podem saber se caíram na malha fina. Mas, para isso, eles têm de entrar no site da Receita Federal na internet e buscar pelo e-CAC (Centro Virtual de Atendimento) do órgão. O sistema atual exige o uso de um código de acesso gerado na própria página da Receita, ou um certificado digital emitido por autoridade habilitada.
A novidade é que, com o aplicativo, o contribuinte passará a ser informado em seu celular, caso deseje, quando sua declaração for retida para verificação (na malha fina), sem ter de acessar a página da Receita Federal na internet. Ainda não há confirmação, porém, que esse sistema estará disponível já para o ano de 2015.
Sabendo que caiu na malha fina, por meio da mensagem enviada pela Receita Federal, o contribuinte poderá entrar no extrato do IR (no e-CAC) e saber quais as razões que levaram sua declaração para a malha fina. Para sair da malha, por sua vez, o contribuinte deve enviar uma declaração retificadora. Eventuais restituições do IR são liberadas somente após eliminar as pendências ou inconsistências com o Fisco.
Postado por:Alexandro Martello/Do G1, em Brasília
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Programa Hora Luterana edição do dia 04 de dezembro de 2014

Programa Hora Luterana da Igreja Evangélica Luterana do Brasil da Congregação Bom Pastor de Três Palmeiras, apresentado pelo Pastor Cildo Miro Schimid

Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Jornal da Liberdade Edição 1180 do Dia 04 de dezembro de 2014

Destaque desta edição.
Excesso de sono pode ser um mau sinal na terceira idade
PIB gaúcho volta a crescer, acima da média nacional
Brasil concede mais R$ 25 milhões para combate ao ebola
Aposta do RJ acerta Mega-Sena e leva prêmio de R$ 3,7 milhões
RS terá tempo aberto em todas as regiões nesta quinta-feira
Diferença na expectativa de vida entre Estados brasileiros pode chegar a 8 anos
Saiba como evitar o câncer de pele


Apresentado Por: Alcione Gondorek 
+ Mais Informações ››››››

MP apura fraudes em licitações de prefeituras gaúchas

Cinco municípios e sete empresas de construção civil são alvo de operação Boa-FéO Ministério Público (MP) gaúcho deflagrou na manhã desta quinta-feira a operação Boa-Fé para cumprir 12 mandados de busca e apreensão nas prefeituras de Iraí, Palmitinho, Palmeira das Missões, Saldanha Marinho e Vista Alegre, no Norte do Estado. Além disso, estão sob investigação sete empresas da construção civil, com sede em Palmitinho, cujos representantes são suspeitos de se associarem para fraudar licitações, especialmente nas regiões Norte e Noroeste do Estado. Também estão sendo cumpridos dois mandados de prisão temporária. 
Segundo as investigações, as fraudes licitatórias ocorrem na região desde 2011, por meio de cartel organizado por empresários do setor, vários vinculados a uma mesma família, os quais participavam conjuntamente das licitações e combinavam previamente os preços das propostas, objetivando direcionar os resultados dos certames em favor de empresas do grupo e eliminar a concorrência. De acordo com informações obtidas no Tribunal de Contas, somente no período de 2012 a 2014, empresas do grupo investigado teriam recebido aproximadamente R$ 76 milhões e em um dos municípios investigados. No ano de 2014, foram comprometidos mais de 12% da receita arrecada. 
As investigações continuarão mediante a análise do material apreendido com a participação do Tribunal de Contas do Estado. O trabalho é coordenado pelos promotores de Justiça Marcos Eduardo Rauber e José Garibaldi Evangelho Simões Machado. O cumprimento das medidas é realizado com o apoio dos policiais do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), da Polícia Civil de Palmeira das Missões e da Brigada Militar de Frederico Westphalen, além de servidores do Ministério Público.
Foto: Ministério Público / Divulgação / CP
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Usuários da Vivo reclamam de falta de sinal

Desde a segunda-feira, 1º, consumidores dos serviços da telefônica Vivo têm sofrido com problemas nas chamadas realizadas e recebidas no município de Frederico Westphalen e também na região. O principal inconveniente relatado pelos clientes da operadora é a falta de sinal e a não-realização das chamadas. De acordo com a consumidora Rosalia Cristo, durante toda a tarde e parte da noite de segunda-feira, 1º, o celular ficou impossibilitado de realizar e receber chamadas. “Precisava utilizar para trabalhar, e o celular estava sempre sem sinal”, afirma. Toda a família de Rosalia utiliza os serviços da operadora e, até o fechamento desta edição, estava sem se comunicar por meio da telefonia móvel. “Durante a manhã desta terça-feira, os celulares tinham sinal, porém, não efetuavam chamadas, apenas de emergência”, relata. 
Joana Carolina Neis, residente de Frederico Westphalen e usuária dos serviços da operadora, afirma que há alguns dias também sofre com a dificuldade de realizar ligações. “Na segunda-feira à noite o telefone ficou sem sinal e, desde então, não consigo fazer chamadas ou, quando consigo, demora muito”, afirma.
A representante da empresa no Rio Grande do Sul, Iria Pedrazzi, emitiu uma nota, na tarde desta terça-feira, 2, a fim de explicar o ocorrido ao consumidores. "A Telefônica Vivo informa que os clientes da Região do município de Frederico Westphalen podem ter encontrado dificuldades para utilização dos serviços de voz e dados da operadora entre a tarde de ontem, 1º, até as 10 horas da manhã de ontem, 2. A empresa tomou as devidas providências, no menor prazo possível, para solucionar os problemas técnicos encontrados".
Fonte:Letícia Waldow/AU
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Jornal dos Trabalhadores - Rio Grande do Sul - Edição 627 do dia 04 de dezembro de 2014

Ouça nesta edição:
Brasil melhora 3 posições no ranking da corrupção;
Ministério Público deflagra 7ª Operação Leite Compensado;
Evento discute erradicação da extrema pobreza no RS.
+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!