terça-feira, 18 de outubro de 2016

Exercícios físicos podem ajudar na adaptação do organismo com o horário de verão

Desde a meia-noite do último sábado entrou em vigor mais um horário de verão. A mudança ocorreu na maioria dos Estados do País e deve seguir até 19 de fevereiro de 2017.
O principal objetivo é aproveitar a luminosidade natural do dia, reduzindo o consumo de eletricidade no fim da tarde, quando é registrada a maior demanda por energia. A mudança causa algumas alterações na rotina dos brasileiros que resulta na dificuldade de adaptação do organismo.
Conforme o médico e chefe da emergência do Hospital da Cidade, Rodrigo Latuada, as principais alterações que o horário de verão causa são na parte fisiológica e hormonal. De acordo com o médico, o período de adaptação da maioria das pessoas com o novo horário varia entre 10 a 15 dias.
Segundo ele, a principal dica é tentar dormir mais cedo, cerca de 1h antes do habitual. Dr. Rodrigo Latuada ressaltou ainda que o exercício físico pode ser um grande aliado. Disse que qualquer atividade realizada no mínimo três vezes por semana com duração de 1h por dia auxilia a liberação substâncias que ajudam a manter o equilíbrio com o bom humor e o sono saudável.

+ Mais Informações ››››››

PROGRAMA DO STR DE 18-10-2016

+ Mais Informações ››››››

Liberdade de Conhecer - 06 - Lindo por do sol, na Linha Três Passinhos.

Que tal esta vista???????
Imagem: Eliane Marmitt Barboza

Saiba Como Participar: CLIQUE AQUI

Deixe seu gostei no final desta postagem.

Se você quiser participar mande suas fotos para o E-mail: accltp@hotmail.com ou no Watsapp 54 9955 2725.

Concorra a brindes.
+ Mais Informações ››››››

Bohn Gass: “Temer e Sartori têm culpa e precisam agir para tirar produtores de leite do RS da crise”

PTnaCâmara/Divulgação: Bohn Gass: agricultores
produtores de leite exigem, com razão, o fim das importações
Com redução de até R$ 0,30 por litro de leite pago aos produtores, a cadeia leiteira do Rio Grande do Sul vive uma de suas piores crises dos últimos tempos. Para o deputado Elvino Bohn Gass (PT/RS), os governos de Temer e Sartori devem agir imediatamente. “Precisamos que, em nível federal, Temer contenha as importações estrangeiras e, em nível estadual, Sartori dê jeito de evitar a enxurrada de leite de outras unidades da federação. Os dois governos também devem promover as compras públicas, que estão paralisadas”, denuncia o parlamentar que vem mantendo contato permanente com os produtores gaúchos nas últimas semanas.
Bohn Gass afirma que se o governo Temer não houvesse destruído o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e não estivesse desestruturando a Conab, certamente já haveria um diagnóstico preciso da situação e algumas medidas emergenciais já teriam sido tomadas. “Por exemplo, é urgente que a Conab absorva os estoques excedentes, mas, para isso, a companhia precisa estar atuante. Infelizmente, hoje, a Conab é apenas mais um item na liquidação de patrimônio que Temer está promovendo”.
Outras medidas como uma campanha permanente de estímulo ao consumo de leite e o impedimento à formação de monopólios de grandes grupos são, segundo Bohn Gass, deveres dos governos estadual e nacional não vêm cumprindo. “Os produtores gaúchos, em sua maioria agricultores familiares, precisam de governos atentos, que acompanhem permanentemente os movimentos das cadeias primárias e disponham de mecanismos ágeis para as crises. Esta dificuldade na cadeia leiteria gaúcha e a demora no seu enfrentamento são sintomas evidentes dos efeitos do golpe dado por Temer (como a extinção do MDA, por exemplo) e seus aliados no país, e da inanição do governo de Sartori”, finaliza o deputado.
+ Mais Informações ››››››

Convite

                                                                         Convite

O COMUDE de Três Palmeiras juntamente com o COREDE Rio da Várzea e equipe técnica do Planejamento Estratégico Regional, convida a todos para reunião municipal para Votação dos Projetos que farão parte do documento oficial do Planejamento Estratégico Regional do COREDE Rio da Várzea, a realizar-se no dia 25 de outubro, no Centro Municipal de Eventos de Três Palmeiras às 10h30min.
A sua participação é muito importante, pois as definições da reunião servirão de base para demais projetos de desenvolvimento em nossa região.

Pauta da reunião:
- Apresentação do estudo regional;
- Votação de projetos referente ao Planejamento Estratégico Regional;
- Assuntos Gerais;

Contamos com a sua presença.

Adriana Friedrich
Assessoria de Imprensa
Prefeitura Municipal
+ Mais Informações ››››››

Intensas chuvas atingem Três Palmeiras

Muita chuva na manhã de hoje.


+ Mais Informações ››››››

Workshop sobre a cadeia produtiva do leite acontece em Palmeira das Missões

Para fomentar e qualificar a atividade leiteira na região, o município de Palmeira das Missões sediará nesta semana o Primeiro Workshop sobre a cadeia produtiva do leite. A Emater/RS-Ascar e Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), campus Palmeira das Missões, estão entre os promotores do evento, que esperam receber nos dias 19 e 20 produtores de toda a região, estudantes, lideranças e entidades envolvidas no setor.
A programação do Workshop inicia na manhã de quarta-feira (19/10), às 8h30, no auditório da UFSM, campus Palmeira das Missões, com a abertura do evento e participação de autoridades locais e regionais. O ciclo de palestras inicia às 9h, debatendo formas de como agregar valor ao leite e derivados com propriedades bioativas. O tema será apresentado pelo professor da Universidade Estadual de Maringá, Geraldo Tadeu dos Santos. Ainda pela manhã, o médico veterinário da Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Irrigação (Seapi), Danilo Cavalcanti, falará sobre a Lei Estadual do Leite.
À tarde, a discussão é retomada com a participação do professor da UFSM, Paulo Sérgio Gois, e do engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Felipe Lorensini, explanando sobre ciclagem de nitrogênio em pastagens. O tema reprodução de vacas de leite com foco na mortalidade embrionária será abordado pelo professor da UFSM, Alfredo Quites Antoniazzi. Ao final da tarde de quarta-feira, uma mesa redonda debaterá sobre a necessidade de leite pelas indústrias instaladas na região.
A manhã de quinta-feira (20/10) segue com palestras, mas dessa vez no auditório da Escola Estadual Técnica Celeste Gobbato. Procedimentos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em relação à inspeção de produtos lácteos será assunto tratado pelo representante do Mapa, Alexandre Trindade leal. A professora da UFSM, Ione Maria Pereira Velho, apresentará a experiência de produção de leite da Escola, destacando os resultados 2009 – 1012.
Outra participação da Emater/RS-Ascar se dará com a apresentação da Campanha Regional Produza seu alimento e colha saúde, pela assistente técnica regional social da Emater/RS-Ascar, Dulcenéia Haas Wommer. Para encerrar o ciclo de palestras, uma última apresentação abordará a avaliação fenotípica de fêmeas da raça Holandês. O tema será trabalhado pelo médico veterinário e jurado oficial da Associação de Criadores de Bovinos da Raça Holandês, José Ernesto Wunderlich Ferreira.
Na tarde de quinta-feira (20/10), os participantes visitarão as cinco estações organizadas nas dependências da Escola Estadual Técnica Celeste Gobbato. Nas estações serão abordados temas como sobressemeadura de leguminosas em pastagem de Tifton, crescimento das bezerras leiteiras, produção e qualidade do leite para consumo in natura e produção de derivados lácteos, alimentação e nutrição de vacas em lactação, e por fim, produção e manejo de alfafa.

Fonte: Assessoria Emater/Ascar-RS
+ Mais Informações ››››››

Rondinha registra mais um caso de alagamento

Após chuva torrencial o centro do município encontrava-se novamente alagado:
Por volta das 16h desta segunda-feira, o jornalismo da Rádio Navegantes deslocou-se até o município de Rondinha para registrar mais um caso de alagamento.
O centro, que geograficamente é o local mais baixo da cidade, ficou inundado pela água e o barro. Empreendedores locais, indignados, realizam mutirões para limpar os ambientes comerciais que foram novamente atingidos.
Vale lembrar que em agosto de 2014 o Município de Rondinha e a Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional (Metroplan RS) assinaram em Porto Alegre, um termo de cooperação técnica, que teria como finalidade prevenir as enchentes no centro da cidade o que vem ocorrendo com freqüência nos últimos anos, causando sérios transtornos e prejuízos à população. O Termo de Parceria assinado entre a entidade e o município teria como objetivo promover informações preliminares para construção de uma bacia de detenção no arroio Lambari.

Abaixo você confere imagens pela Rádio Navegantes nesta tarde:



Fonte:RádioNavegantes
+ Mais Informações ››››››

Cerca de 40 cidades contabilizam danos devido aos temporais

A chuva que atinge o Rio Grande do Sul desde o último sábado já provocou danos em pelo menos 38 municípios do Estado. De acordo com informações da Defesa Civil, diversas localidades registraram fortes ventos, incidência de raios e queda de granizo. Nesta segunda-feira, o evento climático se concentrou com chuva intensa entre a Região Metropolitana de Porto Alegre, Região Central e do Vale do Sinos. O município Cachoeira do Sul teve maior volume acumulado da precipitação nos últimos três dias com 197 milímetros.
Os coordenadores regionais passaram o dia vistoriando áreas de risco, auxiliando as coordenadorias municipais na retiradas de famílias e no levantamento de móveis em residências atingidas pela água. Pantano Grande, na Região Central, e Novo Hamburgo, na Metropolitana, foram os mais prejudicados pelos alagamentos em residências, com 400 e 300 famílias atingidas, respectivamente. Em Nova Bassano, na Região da Serra, 200 famílias tiveram suas casas atingidas pelo granizo do final de semana. Ao todo, 945 residências foram afetadas, sendo que 52 precisaram sair de suas casas. Não há registro de feridos.
Conforme a Sala de Situação do Governo do Estado, durante esta segunda ainda pode haver pancadas de chuva fortes isoladas, com trovoadas, sobretudo nas áreas do Norte e próximo da Fronteira com a Argentina. Os temporais devem voltar a se intensificar nesta madrugada e ingressam pelo Oeste, cruzando o Rio Grande do Sul ao longo da terça-feira.

Fonte:PNotícia
+ Mais Informações ››››››

MEC prorroga prazo para o último simulado do Enem

O prazo para fazer o último simulado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi prorrogado para o dia 23 de outubro. As provas ficariam disponíveis somente até esse domingo (16). Agora, os estudantes têm mais uma semana para testar os conhecimentos. O simulado pode ser acessado na plataforma Hora do Enem.
Este é o quarto e último simulado que ocorre antes das provas do Enem, marcadas para os dias 5 e 6 de novembro. O simulado ficará disponível para ser inicado até as 19h59 de domingo (23), no horário de Brasília. Com o horário de verão, os participantes devem verificar qual o horário limite na localidade onde estão.
O teste está dividido em duas provas, somando 180 questões. Como são testes longos, o recomendável é que sejam feitos em dois dias, assim como ocorre no Enem. No primeiro dia do simulado, os alunos responderão 90 questões, divididas igualmente entre Ciências Humanas e Ciências da Natureza. O segundo dia de provas será destinado a outras 90 questões de Matemática e Linguagens. Depois do simulado, os estudantes terão acesso a um ranking para comparar o seu desempenho com os outros candidatos que buscam a mesma universidade ou curso.
A plataforma Hora do Enem pode ser acessada por computador, smartphone ou tablet. Além do simulado, também é possível acessar boletins de notícias com informações sobre o Enem, programas de TV com dicas e conteúdos, questões resolvidas e comentadas, videoaulas e uma plataforma de estudos personalizada com planos de estudos e exercícios on-line.
Os três simulados Hora do Enem anteriores registraram cerca de 1,5 milhão de avaliações realizadas. Estudantes de todo o Brasil participaram das provas, que tiveram como principal alvo os alunos de escolas públicas.

Fonte:AgênciaBrasil
+ Mais Informações ››››››

Estado homologa situação de emergência em Miraguaí



O Estado do Rio Grande do Sul, através da Defesa Civil, homologou nesta segunda-feira (17/10) a situação de emergência no município de Miraguaí, em razão da ocorrência da chuva de granizo que atingiu o território municipal em 05 de outubro de 2016.
Segundo levantamento do Escritório da EMATER/ASCAR-RS, o qual serviu de base para o relatório encaminhado a Defesa Civil do Estado, os prejuízos causados pela intempérie atingiu o montante de 2,9 milhões no setor agrícola do município.
Após a homologação da Situação de Emergência por parte do Estado o governo municipal aguarda o reconhecimento do ato pela União.

+ Mais Informações ››››››

Tráfego com restrições em pelo menos dez trechos de rodovias no RS

Maioria dos problemas ocorre em BRs
Polícia Rodoviária Federal e Comando Rodoviário da Brigada Militar confirmaram pelo menos nove trechos com bloqueio ou restrição, no início da tarde desta segunda-feira, em decorrência de temporais no Rio Grande do Sul.






BR116 no Km 196, em Picada Café
Rodovias federais com restrição ou bloqueio
BR 116
Km 180, Nova Petrópolis – pista cedendo
Km 195, Picada Café – pista cedendo
Km 208, Morro Reuter – queda de árvore (meia pista)
BR 290
Km 214, Pantano Grande – manifestação contra alagamentos
Km 217, Pantano Grande – manifestação contra alagamentos
Km 265, Cachoeira do Sul – alagamento (pista liberada)
Km 267, Cachoeira do Sul – alagamento (pista liberada)
BR 470
Km 232, Carlos Barbosa – queda de barreira (meia pista)

Rodovias estaduais com restrição ou bloqueio
ERS 149
Km 78, entre Formigueiro e Restinga Seca – bloqueio total
ERS 502
Km 98, Paraíso do Sul, totalmente bloqueada. Água sobre a rodovia.
ERS 235
Km 11/12, Gramado – sem bloqueio, mas com risco de interdição. Córrego passando sobre a via

Fonte:RádioGuaíba
+ Mais Informações ››››››

Locais de prova do Enem 2016 devem ser divulgados nesta terça

Provas serão aplicadas em 5 e 6 novembro
O cartão de confirmação com o local de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 será divulgado para os candidatos a partir desta terça-feira (18), segundo a diretora de gestão de planejamento do Ministério da Educação, Eunice Santos.
As informações estarão disponíveis pelo aplicativo do Enem do governo federal, pelo sitehttp://enem.inep.gov.br/participante/, e além disso, o ministério enviará e-mail aos inscritos, de acordo com Eunice. Assim como no ano passado, os cartões não serão impressos e só estarão disponíveis na versão digital.
As informações estarão disponíveis pelo aplicativo do Enem do governo federal, pelo site, e além disso, o ministério enviará e-mail aos inscritos, de acordo com Eunice. Assim como no ano passado, os cartões não serão impressos e só estarão disponíveis na versão digital.
Neste ano, todos os candidatos, no momento em que assinarem a lista de presença dentro das salas, terão de passar pela biometria (reconhecimento das digitais) para evitar fraudes. Segundo o governo federal, 22 mil servidores federais vão trabalhar como certificadores com o coordenadores de prova em cada ponto de aplicação.

Provas

Neste ano, as provas serão realizadas nos dias 5 e 6 de novembro. No primeiro dia, sábado, o candidato terá 4 horas e 30 minutos para responder questões de ciências humanas e de ciências da natureza. No domingo, ele terá 5 horas e 30 minutos para as perguntas de linguagens, códigos e suas tecnologias, matemática e redação.
Os portões serão abertos às 12h e fechados às 13h, no horário de Brasília. As provas começarão, nos dois dias, às 13h30. Os gabaritos oficiais das questões objetivas serão divulgados pelo Inep até o dia 9 de novembro. Já os resultados ainda não têm data marcada para serem apresentados.

Horário de verão

Os horários indicados no edital do Enem são todos referentes ao horário oficial de Brasília. Nos dias 5 e 6 de novembro, os portões vão fechar às 13h. As provas terão início às 13h30, mas só poderá participar do exame quem entrar na local de prova antes de os portões serem fechados. Como parte do Brasil aderiu ao horário de verão neste domingo, o país tem estados em quatro fusos horários diferentes. Isso quer dizer que, para alguns candidatos, o horário local de fechamento dos portões é diferente.

Fonte:G1
+ Mais Informações ››››››

Alto risco de temporal segue até amanhã na região norte do Estado

Após o temporal de ontem, que trouxe muitos transtornos nas cidades do norte, o sistema formado pelo ar quente, vindo do norte, segue dando combustível para a formação de temporais até amanhã, quarta-feira.
Conforme o observador meteorológico Ivegndonei Sampaio, não está descartada a ocorrência de nova queda de granizo na região, temporais, ventania e a população deve ficar em alerta.
Sampaio destacou que a primavera tem a característica de ter grandes variações climáticas e as temperaturas já devem baixar a partir da quinta-feira.

+ Mais Informações ››››››

812 - 18 DE OUTUBRO, TER - A ESPIRITUALIDADE E A HUMILDADE

+ Mais Informações ››››››

Situações do Tempo no estado do RS

Em Três Palmeiras muita chuva na madrugada e manhã de hoje.

Em Boa Vista do Burica choveu e ventou forte durante a madrugada.
Se você tem informações mande para o watsapp 54 9955 2725 ou 54 9611 0186


+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!