quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Rosquinhas de Nata









Ingredientes:
Açúcar baunilha a gosto
1 xícara de açúcar
2 Colheres de sal
1 Copo de nata
1 Copo de leite
1 kg de farinha de trigo
3 Ovos
Açúcar e canela para polvilhar
Modo de Preparo:
Coloque todos os ingredientes numa vasilha e misture bem a massa.
Depois de sovar bastante deixe-a descansar e depois faça as roscas.
Coloque-as para assar até que fiquem douradas.
Polvilhe com açúcar e canela e sirva.


+ Mais Informações ››››››

Aneel muda cobrança de encargo e conta de luz deve ficar 8% mais cara

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta quinta-feira (24) uma nova metodologia de cobrança da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), que é um encargo cobrado nas contas de luz. Parte da conta, que até então era paga pelas indústrias, será repassada aos consumidores residenciais, o que pode representar uma alta de até 8% nas contas de luz.
O impacto no bolso do consumidor será sentido quando autorizado o reajuste tarifário anual de cada distribuidora de energia.
A agência se viu obrigada a rever as regras de cobrança da CDE devido a uma decisão judicial que desobrigou as empresas de arcar com os valores, movida pela Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores Livres (Abrace). A entidade alegou “ilegalidade” no sistema de cobrança atual.
“Não é do meu intento, não é do intento da Aneel, mas a decisão judicial tem que ser cumprida”, disse o relator do processo, André Pepitone da Nóbrega, na reunião da diretoria do órgão que aprovou a nova metodologia.
A Aneel tentou derrubar a liminar, mas teve o primeiro pedido negado pela Justiça. A agência, no entanto, promete seguir na batalha judicial para tentar reverter a decisão.
Repasse de R$ 1,6 bilhão
Pelos cálculos da agência, o cumprimento da decisão judicial levará ao repasse anual de R$ 1,6 bilhão aos consumidores residenciais. Inicialmente, o valor será pago pelas distribuidoras de energia, que poderão repassá-lo aos consumidores por meio de reajustes das tarifas.
Já a indústria fica desobrigada a arcar com os valores de forma retroativa a 3 de julho deste ano, que é a data da obtenção da liminar na Justiça.
Os recursos destinados à CDE compõem um fundo de investimentos para o setor, aplicado, por exemplo, no financiamento de ações do governo, como o programa Luz para Todos e subsídios à tarifa de famílias de baixa renda. O fundo, no valor de R$ 18,9 bilhões ao ano, é gerido pela Eletrobras, vinculada ao Ministério de Minas e Energia.
Fonte:G1
Postagem: Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Três Palmeiras - Programa Hora Luterana edição do dia 24 de setembro de 2015

Programa Hora Luterana da Igreja Evangélica Luterana do Brasil da Congregação Bom Pastor de Três Palmeiras, apresentado pelo Pastor Evandro Lutz.

Postagem: Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Jornal da Liberdade edição 1.351

Jornal da Liberdade edição 1.351
Produção e edição; Elisete Bohrer
Supervisão; Eloidemar Guilherme
Apresentação; Isael Smieski
Confira o que você vai ouvir:
*Aposentados começam a receber primeira parcela do 13º salário
*Alta do dólar e de impostos vai pesar diretamente no bolso da população
*Justiça estabelece 60 dias para o fim de arrendamento de terras indígenas
*Trindade do Sul - Brigada Militar apreende R$ 1,5 milhão em carga de cigarros trazidos do Paraguai
*Três Palmeiras – Prefeitura Municipal adere à mobilização estadual
Postagem: Elisete Bohrer




+ Mais Informações ››››››

Três Palmeiras - Indígenas seguem bloqueando a RS 324 Norte do Estado

Indígenas seguem bloqueando na manhã desta quinta-feira dia 24 de setembro de 2015,  a ERS 324, entre as cidades de  Ronda Alta e Três Palmeiras  no Norte do Estado. Os manifestantes exigem o direito de arrendar terras da reserva para os agricultores da região, uma medida que é proibida por lei.

Justiça estabelece 60 dias para o fim de arrendamento de terras indígenas

Texto e postagem: Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Trindade do Sul - Brigada Militar apreende R$ 1,5 milhão em carga de cigarros trazidos do Paraguai

Na noite dessa quarta-feira (23), uma ação conjunta deflagrada pelos integrantes do 13º BPM de Erechim e policiais que compõem o Canil do 3º Batalhão de Operações Especiais (BOE) da Brigada Militar de Passo Fundo resultou na prisão de um motorista e na apreensão de um caminhão carregado com mais de 1 mil caixas de cigarros contrabandeados do Paraguai, carga avaliada em valor superior a 1 milhão e meio de reais.
A prisão ocorreu na ERS 324, no município de Trindade do Sul/RS.
O caminhão Mercedes Benz baú estava com adesivos de uma transportadora e carregava alguns móveis velhos aparentando ser uma mudança, porém o veículo estava abarrotado de caixas de cigarros.
Os policiais da Brigada Militar relataram que receberam uma denúncia anônima de que uma carga de entorpecentes estava sendo transportada em um caminhão baú com placas de Umuarama/PR e teria como destino a região metropolitana do estado gaúcho.
As guarnições dos municípios de Três Palmeiras e Trindade do Sul iniciaram o monitoramento quando flagraram o veículo transitando pela ERS 324 e efetuaram a abordagem.
Imediatamente o efetivo do Canil do 3ºBOE compareceu ao local para auxiliar na ocorrência.
O motorista, identificado como Alex Ferreira de Azevedo, de 31 anos, de Umuarama/ PR, afirmou que o caminhão seria deixado em um posto de combustível na cidade de Canoas.
Diante do fato, os policiais deram de prisão para Azevedo, que foi conduzido até a Delegacia da Polícia Federal de Passo Fundo.
O Delegado Federal Eduardo Brandão lavrou o flagrante por contrabando e posterior o acusado foi recolhido ao Presídio Regional de Passo Fundo.






Fonte: Uirapuru
Postagem: Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Três Palmeiras – Prefeitura Municipal adere à mobilização estadual

Mais de 400 municípios aderiram à mobilização estadual, o manifesto ocorrerá nesta sexta-feira dia 25 de setembro, segundo a Famurs 85% das prefeituras já garantiram adesão ao Movimento do Bolo, além da paralisação de serviços está confirmado o bloqueio de seis rodovias. O objetivo do protesto é alertar sobre a crise financeira dos municípios do Rio Grande do Sul.
Só neste ano de 2015, os municípios sofrerão um prejuízo de R$ 776 milhões nos repasses do ICMS e do FPM. Outro problema que agrava essa situação é a concentração de recursos nos governos estadual e federal. Atualmente, apenas 18% das receitas do bolo tributário são destinadas para as prefeituras. A União fica com a maior fatia, 57%, enquanto os Estados recebem 25% do bolo. Para protestar, as prefeituras deverão paralisar o atendimento, decretando ponto facultativo parcial ou integral
O município de Três Palmeiras aderiu à mobilização decretando ponto facultativo, na sexta-feira dia 25 de setembro não haverá atendimentos nos serviços administrativos, nas  secretarias de obras e assistência social, já na área da saúde serão atendidos somente casos de urgência e emergência . As aulas na rede municipal e estadual serão mantidas, porém não terá transporte escolar.
Texto e postagem: Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Planalto - Carreta abarrotada de cigarros contrabandeados é apreendida

Uma carga de cigarros contrabandeados do Paraguai foi apreendida na tarde desta terça-feira, 22, na ERS 504 em Planalto.
A mercadoria avaliada em aproximadamente oitocentos mil a 1 milhão de reais estava em uma carreta que foi interceptada pela Brigada Militar e Polícia Civil após denúncia anônima através do 190.
Conforme informações da Polícia Civil a carreta com placas de Cascavel-Paraná estava abarrotada com mais 700 caixas do produto e foi apreendida por volta das 15h30min no perímetro urbano da cidade. Segundo o motorista da carreta a carga tinha destino á capital gaúcha.
O homem de 50 anos de idade natural do paraná foi identificado sendo preso em fragrante e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil. A Brigada Militar e a Polícia Civil de Planalto e Alpestre participaram da operação.
Fonte: Josias Marques/In Foco RS
Postagem: Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Justiça estabelece 60 dias para o fim de arrendamento de terras indígenas

O Ministério Público Federal em Passo Fundo (RS) e a Funai conseguiram mais uma vitória no combate ao arrendamento em terras indígenas. O Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre, determinou, em caráter liminar, a saída dos não-índios da Terra Indígena Serrinha dentro do prazo de 60 dias, sendo vedados novos arrendamentos ou prorrogações dos já existentes. Essa já é a segunda decisão judicial favorável ao MPF e à Funai na ação civil pública que pede o fim imediato do arrendamento de áreas dentro da extensão da Terra Indígena Serrinha, localizada no norte do Rio Grande do Sul – abrange os municípios de Constantina, Engenho Velho, Ronda Alta e Três Palmeiras.
Inicialmente, a Justiça Federal em Carazinho permitiu a continuidade do arrendamento até maio de 2017, decisão contra a qual foram interpostos recursos de agravo de instrumento pelo MPF e Funai. Porém, no início de setembro, o juiz revogou a primeira decisão, decretando que os arrendamentos, bem como novos contratos que objetivem o plantio das terras por não-índios, dentro da Terra Indígena, deveriam ser cessados. Inconformados, os arrendatários e os índios, réus da ação civil pública, interpuseram outro agravo de instrumento, pedindo que fosse restabelecido o prazo até maio de 2017. Mas o TRF da 4ª Região decidiu manter determinação de que se encerrassem os arrendamentos de imediato, apenas estabelecendo o prazo de 60 dias para a desocupação da terra indígena, a fim de garantir a colheita de trigo e milho, que estaria próxima.
De acordo com o tribunal, além de violar expressamente a Constituição Federal, a manutenção dos arrendamentos poderia servir para aumentar o clima de beligerância já instalado no local. A decisão ainda frisou que a subsistência da comunidade indígena deverá ser garantida pela Funai e “pelo labor próprio de seus integrantes”.
Fonte: Rádio Uirapuru
Postagem: Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!