segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Arroz da sorte' promete atrair dinheiro para 2015












Ingredientes
rendimento: de 10 a 15 porções
5 xícaras de arroz
2 xícaras de lentilha
2 xícaras de linguiça calabresa cortadas (dê preferência à defumada)
Cheiro verde a gosto
Modo de preparo
Cozinhe o arroz de modo tradicional. Reserve.
Em outra panela, cozinhe as lentilhas com água e um pouco de sal, até que fiquem al dente. Reserve
Frite a linguiça calabresa até que fiquem bem sequinhas.
Escorra a água da lentilha e una com a linguiça calabresa. Refogue rapidamente e acrescente o arroz.
Termine acrescentando o cheiro verde.
Sirva como acompanhamento para carnes e saladas. 
(Foto: Natália Clementin / G1)
Fonte:Natália ClementinDo G1 Rio Preto e Araçatuba


+ Mais Informações ››››››

Motoristas têm poucos dias para colocar em seus automóveis os novos extintores de incêndio com carga ABC

A partir do dia 1º de janeiro, veículos só poderão circular em qualquer ponto do país se estiverem atendendo a nova determinação do Conselho Nacional de trânsito (Contran)
Motoristas que ainda não dispõem em seus automóveis de extintores de incêndio com carga ABC têm poucos dias para se adequarem. A partir do dia 1º de janeiro, veículos automotores só poderão circular em qualquer ponto do país se estiverem atendendo a essa determinação do Conselho Nacional de trânsito (Contran), contida em uma resolução de 2009. Quem não cumprir a norma estará sujeito a uma multa de R$ 127,69 e ainda a cinco pontos naCarteira Nacional de Habilitação.
De acordo com dados do Detran-RS, há no Estado 2,83 milhões de automóveis com fabricação anterior a 2010 em circulação. Estes, teoricamente, saíram da fábrica equipados com extintores com carga BC (a partir de 2010, todas as montadoras passaram a utilizar equipamentos com carga ABC) e, agora, com a entrada em vigor da resolução, na virada do ano, já terão de estar adequados à nova norma.
No país, conforme a Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), a frota era de 31,3 milhões de veículos em 2013. Destes, cerca de 11 milhões foram licenciados após 2010. Desta forma, em tese, mais 20 milhões de carros deverão trocar o equipamento até o fim do ano. Porém, muitos desses motoristas podem ter comprado o extintor ABC antes de a lei entrar em vigor.
A maior diferença entre os dois tipos de carga, e que explica a nova exigência, está no tipo de material em que chamas podem ser combatidas. O equipamento do tipo BC combate incêndios em líquidos inflamáveis e equipamentos elétricos. Já o ABC é mais completo, pois também acaba com fogo em partes sólidas, como pneus e estofados.
A julgar pelo movimento registrado em fábricas e lojas automotivas de Porto Alegre neste mês de dezembro, os motoristas locais parecem estar atentos à nova legislação. Na ABS Extintores, empresa especializada na venda deste equipamento no atacado e no varejo, estão sendo comercializados cerca de 30 por dia, segundo o sócio-proprietário Julio Cesar Guimarães Vicente.
– Não dá para afirmar que os motoristas estão desligados. Temos recebidos muitos pedidos de motoristas, de autopeças e de empresas que estão equipando as suas frotas – explica.
Apesar de ser proprietário de uma autopeças, o comerciante João Silva, 81 anos, deixou para fazer a troca na última hora em seu Passat ano 1982.
– É obrigado, se não, eles multam, fazer o que? Então vou aproveitar e pegar um extintor que sobrou, pois um cliente encomendou e não veio buscar – disse.
SAIBA MAIS:
Legislação
* A resolução 333/2009 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) determina que, a partir de 1º de janeiro de 2015 (próxima quinta-feira), só poderão circular no país veículos equipados com extintores com carga tipo ABC.
* A multa para motoristas abordados, em caso de descumprimento, será de R$ 127,69 e ainda cinco pontos na CNH.
As diferenças
* Para descobrir qual a categoria do extintor, basta ver se o equipamento traz as letras BC (antigo) ou ABC, nos cilindros.
* Os equipamentos do tipo BC combate incêndios em líquidos inflamáveis e equipamentos elétricos. São recarregáveis.
* Os extintores ABC, além dessas funções, acabam com incêndios em estofados e pneus. Não são recarregáveis (são descartáveis) e tem prazo de validade de cinco anos.
O que é verificado em vistorias
* Indicador de pressão (não pode estar na faixa vermelha).
* Integridade do lacre
* Presença da marca do Inmetro
* Prazos de durabilidade e validade do teste hidrostático
* Aparência externa (precisa estar em boas condições, sem ferrugem, amassados ou outros danos.
Peso no bolso
* Extintores do tipo ABC estão sendo comercializados a valores entre R$ 60 e R$ 80.
Postado por:Elisete Bohrer

+ Mais Informações ››››››

Significado das Cores para Ano Novo 2015 - A melhor cor de roupa

As melhores cores para usar no Ano Novo e Reveillon para trazer amor, saúde e muita prosperidade.
Qual a melhor cor de roupa que eu devo usar no Reveillon? Qual seu significado? Devo usar branco, vermelho, verde ou azul na noite da virada? Qual o significado das cores para o Ano Novo, para a noite da virada?
A resposta é tudo depende! Se você busca paz, use branco, se está a procura de um grande amor use o vermelho e terá um ano repleto de paixão. Se estiver precisando de dinheiro a melhor cor para usar no Reveillon é o Verde e Amarelo, a esperança aliada com o dinheiro, o laranja também ajuda. Se estiver a procura de inspiração e estabilidade o ideal
é usar uma peça de roupa violeta e para a paz de espírito o azul sempre ajuda enfim, o que realmente importa é a atitude, é o pensamento positivo.
Roupa Branca - Um ano novo repleto de Paz.
Roupa Amarela - Dinheiro e Riqueza sempre estarão presentes.
Roupa Rosa - Felicidade no Amor.
Roupa Vermelha - Um ano de muita Paixão.
Roupa Azul - Paz de Espírito.
Roupa Verde - Esperança e Equilíbrio.
Roupa Laranja - Sucesso Monetário.
Roupa Violeta - Inspiração e Estabilidade.
Cada cor tem seu simbolismo e transmite uma intenção, neste ano novo 2015 escolha a cor certa e seja muito feliz e para garantir não conte apenas com a cromoterapia, apele também para as tradicionais simpatias da noite da virada, afinal não custa nada acreditar. Mas se você se importa somente com os tons corretos continue lendo este artigo que mais abaixo explicaremos o significado de cada uma delas.
Como escolher a cor da roupa do ano novo - roupa da virada
Qual cor devo usar no Reveillon? Qual a melhor cor de roupa?
Uma das superstições mais comuns em todo o mundo  é a roupa que você deve vestir na passagem do ano.
á que um novo ano está nascendo com mil e uma coisas para serem feitas e descobertas, nada mais natural que o clima de renovação se reflita também em suas roupas que devem ser novas.
Se o dinheiro estiver curto, roupas íntimas já dão conta do recado.
No Brasil, a cor mais usada é a branca, devido à forte influência da cultura e da religião africana, que acredita que esta cor traz boas vibrações.
Outra cor muito usada por aqui é a rosa, que também significa paz e amor. Calcinhas cor-de-rosa são as mais cotadas entre as solteiras que estão à procura de um par.
Apesar disso, o significado das cores varia a cada país, região, cultura, etc.
Branco
Vista-se de branco para ter um ano repleto de paz, verdade, sabedoria e calma. O branco repele as energias negativas e eleva as vibrações. Estimula a memória e gerencia o equilíbrio interior.
Amarelo
Utilize esta cor para ter dinheiro e riqueza e sabedoria durante todo o ano. Esta cor ajuda também a estimular a intuição.
Rosa
O rosa é o resultado da mistura do vermelho e do branco. Da mesma maneira é seu significado. Para obter felicidade no amor, pureza e beleza durante 2008, vista-se desta cor que ajuda também a afastar as energias negativas.
Vermelho
Para ter 12 meses de muita paixão, força e energia, ao menos pinte as unhas com esta cor. Isso já vai garantir um ótimo resultado.
Azul
A cor do céu e do mar traz paz de espírito e segurança. Tranqüilidade, harmonia e saúde, também são provenientes desta cor.
Verde
O verde é a cor mais harmoniosa de todas. Representa as energias da natureza, esperança, equilíbrio e recomeço. Renova as energias trazendo vida nova junto ao novo ano.
Laranja
Atrai sucesso monetário. Ajuda nas conquistas pessoais e profissionais. Se você está aguardando aquela promoção, ou mesmo está procurando um emprego, encontrou a cor certa.
Violeta
A cor violeta traz junto com o novo ano inspiração, imaginação e estabilidade. Esta cor também eleva a auto-estima e ajuda a manter o foco de um objetivo.
Independente da cor, um Feliz Natal e Próspero Ano Novo para você!
Fonte:esoterikha.com
Postado por:Elisete Bohrer

+ Mais Informações ››››››

Aposentados e pensionistas têm até o dia 30 para fazer comprovação de vida

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) têm até o próximo dia 30 para a comprovação de vida e a renovação da senha na rede bancária. Quem perder o prazo poderá ter o benefício suspenso. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informou que as agências não terão expediente ao público na quarta-feira ( 31). A comprovação de vida deve ser feita na instituição em que o segurado recebe.
O segurado ou pensionista deve levar um documento de identificação com foto, como a carteira de identidade, Carteira de Trabalho, Carteira Nacional de Habilitação, entre outros. Os bancos que têm tecnologia para fazer a identificação biométrica poderão utilizá-la.
Caso esteja impedido de ir à agência bancária, o beneficiário deve fazer a prova de vida por meio de um procurador devidamente cadastrado no INSS. Para se cadastrar, o procurador deverá comparecer a uma agência da Previdência Social e apresentar a procuração devidamente assinada.
O modelo da procuração pode ser encontrado no site do ministério. Outra opção é uma procuração registrada em cartório, se o beneficiário for não alfabetizado, informa o INSS. Além disso, é necessária a apresentação de atestado médico (emitido nos últimos 30 dias) que comprove a impossibilidade de locomoção do beneficiário ou atestado de vida emitido por autoridade consular, no caso de ausência por motivo de viagem ou de residência no exterior, além dos documentos de identificação do beneficiário e do procurador.
Fonte: Agência Brasil - EBC
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Homem resgatado de trabalho escravo reencontra família

Pedro Lacerda passou mais de 29 anos longe dos parentes
Você não lembra como foi? A pergunta é de Pedro Haas Lacerda, 67 anos, para a irmã Maria, 81. A cabeça da senhora balança em negativa e ele desata um nó de mais de 70 anos, revelando parte da vida da idosa, esquecida pelo tempo. Maria foi levada à força quando tinha 8 anos na localidade de João Rodrigues, interior de Rio Pardo. Após o crime, ela mudou de nome — passou a ser chamada de Júlia — e foi levada para o interior de São Sepé, na região Central do Estado. A irmã mais velha da família de sete filhos só voltou para a cidade após 64 anos do sequestro, em 1997, para encontrar a certidão de nascimento e trocar de nome. Mas não foi dessa vez que ela conheceria o irmão. Foi preciso que a história de Pedro ganhasse as páginas do Correio do Povo nas edições dos dias 14 e 15 de dezembro para que ficassem frente a frente. Pedro foi encontrado em Rio Pardo em situação análoga ao trabalho escravo, que perdurou por mais de 29 anos. Ele foi o único trabalhador resgatado neste ano no Rio Grande do Sul a partir de uma força-tarefa entre Ministério Público do Trabalho (MPT), Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e Polícia Federal. Mas finalmente os irmãos se conheceram, dias após a publicação da reportagem, na fazenda onde ele ainda está, no interior de Rio Pardo. Ao ver Maria, Pedro não se conteve e chorou ao lado dela, que também não segurou as lágrimas. E um silêncio marcou os minutos seguintes. Queriam se ver, entender o que significava aquele momento. “Mas como são parecidos”, disse uma voz ao fundo. Apesar da semelhança, Pedro queria “tirar a história a limpo”.
Desconfiado, perguntou nomes dos pais, irmãos e ainda confirmou a história do rapto. E a cada nó que ia se fechando, o idoso tinha mais certeza que aqueles que estavam à sua frente faziam parte de sua família. Maria não foi sozinha para Rio Pardo. Veio com a filha Eva Lucia Lacerda da Rosa, 64 anos, e com os dois netos João Valdeck Lacerda da Rosa, 46 anos, e Juliano Lacerda da Rosa, 30 anos. O grupo ficou surpreso ao ver as condições degradantes em que Pedro vive. “Nossa, mas como uma pessoa pode morar assim?”, questionou-se a filha de Maria.
No local não há luz, água encanada ou banheiro. E antes de ser descoberto pela assistência social do município, precisava esperar chover para recolher água para beber. Ou, então, optar pela água barrenta de uma lagoa, distante um quilômetro da moradia. No mesmo local, ele tomava banho, independentemente das condições climáticas. Meio sem jeito, Pedro apresentou a moradia — dividida em três casas pequenas — para a família. Mas o olhar de espanto dos quatro parentes se mantinha a cada passo que davam. “Você não tem medo de ficar aqui sozinho?”, questionou Maria acostumada com a família à sua volta. “Não, de jeito algum”, disse Pedro. Por meio da oração, puxada pelo sobrinho-neto de Pedro, que terminou o encontro dos irmãos, de mais de duas horas. “Podemos rezar?”, pergunta Juliano ao tio-avô, erguendo uma Bíblia até a altura do peito. E a cada trecho dito pelo jovem, o idoso repetia na sequência. Por último, uma frase resumiu aquele momento: “Te agradeço pela minha salvação”. Depois da oração, já no caminho para a Frontier dos parentes, Pedro expressou o que significava aquele encontro inesperado, com uma simplicidade incomparável: “Neste domingo, ganhei um ano de vida”.
Sumiço deixou pais transtornados
Pedro contou que o sumiço de Maria marcou a família. “Quando nossa mãe, Ana Haas, escutava seu nome, desmaiava.” O idoso relembrou a história, que era dita inúmeras vezes pelo pai Amadelino Ramão Lacerda Lopes. Maria estava sentada em um burro. Saiu para fazer compras a pedido do homem que a levou. O irmão João, que tinha 5 anos, foi junto. As crianças seguiram com um casal até a beira do rio Jacuí. João ficou, e ela foi levada. Pedro conta que o pai praticamente enlouqueceu. “Enquanto a procurava ele dizia: ‘Maria, onde é que você está? Me dá um grito que eu te busco’.” Chegou a descer o rio acompanhado de um militar, em direção ao Centro do Estado.
Mas os autores do sequestro foram no caminho inverso, para Porto Alegre. Maria revela que chegaram a vesti-la de menino. O dia do aniversário foi trocado. A vida mudou após começar a trabalhar em uma fazenda em São Sepé. O nome Júlia foi usado por ela até os 64 anos, mas, por insistência do ex-marido, foi atrás de sua história.
Parentes darão apoio na Justiça
Os “novos” parentes de Pedro devem ajudar o idoso a reivindicar valores, que giram em torno de R$ 25 mil, relativos a verbas trabalhistas e Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). O sobrinho-neto João Valdeck explicou que um advogado da família ficará responsável pela abertura do processo e acompanhará o cumprimento do termo de ajustamento de conduta (TAC), assinado entre o empregador de Pedro e o Ministério Público do Trabalho. Pelo documento, ficou acertado que Pedro deve receber ainda R$ 30 mil, pelo dano moral, que foi convertido na compra de imóvel. A aquisição deve ocorrer até 14 de janeiro, 90 dias depois da assinatura do TAC. Caso isso não ocorra, haverá multa de R$ 50 mil.
No encontro, questionaram se ele desejava mudar de cidade e morar com a família em São Sepé. Pedro afirmou que quer ficar na cidade de Rio Pardo, por ser sua terra natal e onde ele se sente mais à vontade. “Adoro esse lugar”, resumiu.
Foto: André Ávila
Fonte:Hygino Vasconcellos
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Pai é preso por esconder droga na fralda de bebê em Mato Grosso

Quatro pessoas foram detidas neste domingo (28), entre elas um adolescente de 16 anos, por suspeita de tráfico de drogas, no Bairro Água Vermelha, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. Na casa que a quadrilha usava como ponto de venda de entorpecente, a Polícia Militar encontrou um bebê. Conforme a polícia, a criança era usada pelo pai, um dos integrantes da organização criminosa, para tentar disfarçar os crimes.
Após indícios de tráfico no local, a PM começou a monitorar a região, quando em determinado momento um dos suspeitos saiu para fora da casa com a criança no colo. Os policiais então começaram a revistá-lo e encontrou porções de pasta base de cocaína e de maconha dentro da fralda do menino, que era filho de um traficante de 23 anos.
Já na residência, onde estavam os outros três supostos integrantes da quadrilha, foi encontrada mais uma porção de droga, de acordo com a polícia. A mãe da criança não estava no local. Os quatro detidos foram levados para a Central de Flagrantes. O bebê foi encaminhado ao Conselho Tutelar daquele município.
Foto: Assessoria/ PM-MT)
Fonte;Pollyana Araújo
Do G1 MTPostado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Ar quente e úmido mantém tempo instável nesta segunda-feira

Semana do Ano Novo deverá ser marcada por nebulosidade no RS
A massa de ar quente e úmido se mantém sobre o Rio Grande do Sul nesta segunda-feira. A instabilidade enfraquece em relação ao fim de semana, mas a nebulosidade vai seguir sobre o Estado. A sensação vai ser de abafamento.
O sol chega a aparecer acompanhado de nuvens em várias regiões. Persiste a possibilidade de chuva, especialmente da tarde para a noite, em razão do aquecimento que estimula a formação de nuvens mais carregadas da tarde para a noite. Existe chance de pancadas fortes e temporais apenas em pontos isolados, sobretudo na Metade Norte.
As mínimas rondam 16°C em São José dos Ausentes e Vacaria. As máximas, por sua vez, devem atingir 32°C em Uruguaiana. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 21°C e 30°C.
A previsão para o feriadão de Ano Novo é de sequência do tempo instável, com possibilidades de chuva em várias localidades, inclusive no Litoral Norte. Melhora expressiva, com predomínio de sol, apenas no primeiro fim de semana de 2015.
Fonte:Metsul
Postado por:Elisete Bohrer

+ Mais Informações ››››››

Jornal dos Trabalhadores - Rio Grande do Sul - Edição 643 do dia 29 de dezembro de 2014

Ouça nesta edição:
Relembre alguns fatos e acontecimentos de 2014;
Passe livre é implementado de forma tímida no país;
Emater-Ascar inaugura novo escritório em Pinhal;
Aluguéis elevados e politicas ineficientes dificultam acesso a moradia.
+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!