quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

ACCLTP - RÁDIO COMUNITÁRIA LIBERDADE PRESENTE NO 8º FORUM DE PONTOS DE CULTURA EM PORTO ALEGRE

A Rádio Comunitária Liberdade de Três Palmeiras esta participando em Porto Alegre do 8º Forum de Pontos de Cultura, evento que acontece entre os dias 12 e 14 de dezembro, estão se fazendo presentes o Diretor Eloidemar Guilherme e a Assistente Administrativa Claudinara Glinke.
A ACCLTP foi contemplado para desenvolver o Ponto de Cultura Liberdade de Expressão juntamente com a APAE, Terceira Idade Viva a Vida, escola JAF e CTG Coxilha das Palmeiras no Triênio 2014 a 2016.
CLIQUE AQUI E LEIA MAIS SOBRE O FORUM:




+ Mais Informações ››››››

Sol e calor seguem predominando no RS

Máxima em Porto Alegre atinge 33ºC nesta sexta e pode haver chuva típica de verão

Ar mais quente passa a atuar no Estado, garantindo predomínio do sol e calor nos próximos dias. Conforme a MetSul Meteorologia, em função da elevação da temperatura não estão descartadas pancadas de chuva típicas de verão. Amanhã, a máxima em Porto Alegre pode chegar a 33ºC.

Fonte: Rádio Guaíba
Postado Por: Alcione Gondorek
+ Mais Informações ››››››

Polícia de SC investigará assaltante gaúcho preso em Florianópolis

Criminoso já teve parceria com integrantes da quadrilha de Seco

 A Polícia Civil de Santa Catarina vai investigar a atuação do assaltante gaúcho de bancos e carro-fortes, de 34 anos, que foi preso na quarta-feira na praia dos Ingleses, na Ilha de Florianópolis. Foragido do regime semiaberto desde o dia 18 de abril de 2012 da antiga Colônia Penal Agrícola de Venâncio Aires (RS), o criminoso portava dois documentos falsos, um com identidade paraguaia, e uma pistola e munição. Ele estava colocando uma bombona de 20 litros de água mineral em um Renault Duster, com, placas de Santa Cruz do Sul (RS), quando foi capturado pela Polícia Militar de SC.

Ao ser detido, o foragido disse que estava há quatro meses em Florianópolis vendendo e comprando carros e terrenos. “Afastei-me dos companheiros de assalto”, afirmou. No entanto, o delegado Alexandre Carvalho, da 8ª DP, suspeita que o bandido esteja envolvido com a lavagem de dinheiro decorrente de ataques sobretudo no RS, mas não descartava também o envolvimento nos recentes roubos de malotes bancários e estabelecimentos comerciais na capital catarinense. “A quadrilha usava roupas táticas pretas e fuzis”, lembrou o delegado.

Em Porto Alegre, o delegado Joel Wagner, do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), disse que o contato com os colegas catarinenses é permanente e, por isso, pretende verificar também os últimos passos do foragido.

O criminoso já teve parceria com integrantes da quadrilha do assaltante gaúcho de carro-forte Seco e foi um dos dois sobreviventes da tentativa de roubo do Sicredi da cidade de Capitão (RS), quando três cúmplices morreram em um violento confronto com policiais civis e militares que estavam aguardando-os escondidos, em outubro de 2005. Já em 2009, o bandido teria atuado em cinco assaltos a bancos, como em Anta Gorda, Cotiporã e Lagoa Vermelha.

Fonte:Correio do Povo
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Aos 17 anos, garoto Bruno Gomes é a nova aposta colorada

Inter venceu disputa com São Paulo e clubes europeus para contratar atacante

O Inter iniciará o Campeonato Gaúcho de 2014 com o time sub-23, que começou a treinar nessa segunda- feira sob o comando do ex-goleiro André Doring. Nele, estará o garoto Bruno Gomes, de 17 anos, que acaba de ser contratado. O atacante, que é considerado um fenômeno, veio do Deportivo Brasil (SP) e surge como um futuro substituto de Leandro Damião, vendido ao grupo de investimentos inglês Doyen Sports.

“Nas categorias de base, ele fez 130 gols. Ou seja, é um goleador. Mas uma coisa é jogar na base, outra é jogar no time de cima. Vai ter de comprovar”, observa o diretor de futebol Roberto Melo, cuja permanência na direção deve ser confirmada por Giovanni Luigi.

Para contratar Bruno Gomes, o Inter venceu a concorrência do São Paulo e de clubes europeus. O Tricolor paulista negociou um longo tempo com o pai do atleta, Paulo Roberto Conceição, mas não conseguiu a chegar a um acordo. O Deportivo Brasil tem uma parceria com o Manchester United, porém a demora dos ingleses para decidir se iriam ou não aproveitar o atacante irritaram Conceição, que optou por negociar o filho com o Colorado.

Natural de São Paulo, Bruno Gomes chama a atenção desde os 15 anos. Vestindo a camisa do Deportivo Brasil, ele quebrou recordes nas categorias de base. No Campeonato Paulista sub-17 deste ano, marcou 28 gols superando sua marcado de 2013, quando anotou 27 tentos. Em 2011, Bruno já havia sido artilheiro do Paulistão sub-15 com 30 gols.

Confira os atletas que se iniciaram os treinamentos no começo da semana com o time sub-23:

Goleiros: Anderson, Jandrei e Matheus
Zagueiros: Alef, Romário e Thales
Laterais: Diogo, Ebert, Raphinha, Vilela e Zé Mário
Volantes: Jair, Marlon Bica e Rodrigo Dourado
Meias: Alex Nemetz, João Paulo Penha, Rafael Gava e Reis
Atacantes: Aylon, Bruno Gomes, Mike e Nathan.

Fonte: Correio do Povo
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Jornal da Liberdade edição do dia 12 de dezembro de 2013

Apresentado por:Alcione Gondorek

Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Mel:o alimento aliando do intestino

Este adoçante natural também ajuda a aliviar dor de garganta e melhora a qualidade do sono

O mel é um produto natural obtido a partir do néctar das flores e de excreções da abelha. Além de ser um ótimo adoçante natural, este alimento é cheio de benefícios porque conta com ação antimicrobiana, capaz de impedir o crescimento ou destruir micro-organismos e assim proteger contra doenças. 
O mel também conta com ação antioxidante e prebiótica, esta última modifica o balanço da microbiana intestinal, estimulando o crescimento e/ou atividade de micro-organismos benéficos. Por ser rico em carboidratos e açúcar o mel é ótima fonte de energia. 
O mel também conta com ação antioxidante e prebiótica, esta última modifica o balanço da microbiana intestinal, estimulando o crescimento e/ou atividade de micro-organismos benéficos. Por ser rico em carboidratos e açúcar o mel é ótima fonte de energia. 
O alimento também conta com potássio, magnésio, sódio, cálcio, fósforo, ferro, manganês, cobalto, cobre e alguns outros minerais. Entre estes nutrientes, o potássio é o que está mais presente no mel e é interessante para o equilíbrio da pressão arterial. 
Os tipos de mel 
O sabor, aroma e cor do mel irão variar de acordo com as floradas, definidas a partir do tipo de flor que a abelha coleta o néctar para produzir este doce. Alguns benefícios do mel podem ser mais fortes em determinados tipos do que em outros. Confira os principais tipos de mel consumidos no Brasil: 
Mel silvestre: Este é o mais ingerido no Brasil e é proveniente de diversas flores. É considerado interessante para a pele, vias respiratórias, tem efeito antioxidante e propriedades calmantes. 
Mel de flor de eucalipto: Possui um sabor mais forte e coloração escura. É interessante para o tratamento auxiliar e alivio de infecções intestinais, vias urinárias e doenças respiratórias. 
Mel de assa-peixe: Possui aroma e sabor agradáveis e possui efeito calmante e expectorante.        
Mel de flor de laranjeira: Conta com sabor suave e regula a função intestinal e tem efeito calmante.    
Mel de cipó-uva: possui ação antioxidante, especialmente no fígado, por isso pode ajudar a diminuir os efeitos do álcool. 

Principais nutrientes do mel

O mel conta com boas quantidades de açúcar e carboidratos e por isso ele é uma ótima fonte rápida de energia. Ele também possui alguns ácidos orgânicos, sendo que um deles, o ácido glucônico, contribui para a formação do peróxido de hidrogênio, um poderoso antibactericida. O ferro e o cobre presentes no mel contribuem para a ação antimicrobiana. 
O ácido glucônico também tem forte ação antioxidante. O mel ainda conta com grande número de compostos que proporcionam este mesmo benefício. Os ácidos fenólicos, os flavonoides, certas enzimas, como a glicose oxidase, catalase e peroxidase, ácido ascórbico, hidroximetilfurfuraldeído e carotenoides. Todas as substâncias contribuem para combater os danos causados por agentes oxidantes, presentes nos alimentos e no corpo humano, e assim prevenir o envelhecimento e doenças como o Alzheimer, cardiovasculares, entre outras.  
O mel conta com carboidratos não digeríveis e oligossacarídeos que são prebióticos. Isto significa que eles contribuem para a manutenção da microbiota intestinal e assim estimulam o trânsito intestinal, cooperam com a consistência normal das fezes, previnem diarreia e constipação. 
Este adoçante natural possui potássio, interessante para o equilíbrio da pressão arterial, cálcio, importante para a saúde dos ossos, ferro, necessário para a prevenção da anemia, e outros minerais. 
NutrientesMel - 25 gramas
Calorias77.25 kcal
Carboidratos21 g
Cálcio2.5 mg
Magnésio1.5 mg
Ferro0.075 mg
Potássio24.75 mg
Fósforo1 mg
Fonte: Tabela Brasileira de Composição dos Alimentos / Taco - versão 2, UNICAMP     
Confira qual a porcentagem do Valor Diário* de alguns nutrientes que a porção recomendada, 25 gramas (uma colher de sopa), de mel carrega: 
  • 7% de carboidratos
  • 0,5% de ferro
  • 0,25% de cálcio.

Benefícios do mel

Bom para dor de garganta: Sua avó estava certa! Como o mel possui ação antimicrobiana, capaz de impedir o crescimento ou destruir micro-organismos, ele é interessante para aliviar a dor de garganta momentaneamente. Mas é importante ressaltar que não há nenhum estudo científico comprovando que o mel trate as causas desse sintoma, como uma faringite por exemplo, e nem a evolução da doença relacionada a uma dor de garganta. 
As característica do mel que fazem com que ele tenha esta ação antibiótica são: o baixo ph, proporcionando um ambiente ácido que pode inibir o desenvolvimento de muito micro-organismos, pouca quantidade de água, que não proporciona condições favoráveis para o crescimento das bactérias. Além disso, o mel possui o ácido glucônico que contribui para a formação do peróxido de hidrogênio, um poderoso antibactericida. 
Bom para problemas respiratórios: Pesquisas mostraram que bactérias causadoras de algumas doenças são sensíveis a ação antibacteriana do mel. Entre esses micro-organismos estão a Haemophilus influenzae, responsável por infecções respiratória e sinusites,Mycobacterium tuberculosis, que leva a tuberculose, Klebsiella pneumoniae e Streptococcus pneumoniae, que causa a pneumonia. Nesse caso, vale a mesma ressalva em relação à dor de garganta. O mel pode ajudar aliviando os sintomas e o desconforto, mas não promove a cura da doença em si. O tratamento dessas doenças, portanto, deve ser indicado por um especialista. 
Bom para o intestino: O mel pode ser um importante aliado na manutenção da microbiota intestinal (conhecida como flora intestinal), que são bactérias benéficas que carregamos ali. Contribuindo assim para um melhor trânsito intestinal, a consistência normal das fezes, prevenção de diarreia e constipação. 
Com a microbiota boa, quando a pessoa consumir fibras as bactérias do bem transformam as fibras em ácidos graxos de cadeia curta, que impedem que os micro-organismos ruins do intestino invadam a corrente sanguínea e se espalhem pelo nosso corpo, criando uma defesa indireta. 
Todos estes benefícios ocorrem porque o mel possui carboidratos não digeríveis e oligossacarídeos que são prebióticos, ou seja, contribuem para a manutenção da microbiota intestinal. Além disso, pesquisas mostraram que bactérias causadoras de algumas doenças são sensíveis a ação antibacteriana do mel. Entre esses microrganismos estão: Escherichia coli, causadora de diarreia e infecções urinárias e Salmonella species, que pode levar a diarreia. 
Bom para pele: O mel é rico em antioxidantes, como ácidos fenólicos, os flavonoides e os carotenoides. Por isso, o alimento contribui para a diminuição dos radicais livres e assim previne o envelhecimento precoce e contribui para a pele mais bonita e saudável. O mel pode ser ingerido ou utilizado em cosméticos como sabonetes e cremes. 
Ao ser passado na pele algumas pesquisas, entre elas uma da Universidade de Ouagadougou de Burkina Faso, observaram que o mel pode agir como cicatrizante de feridas e em casos de úlceras, queimaduras e abscessos na pele. Os micro-organismo staphylococcus aureus esalmonela typhimurium, ambos causadores de infecções em ferimentos, são sensíveis a ação antibacteriana do mel. 
Ação antioxidante: Isto faz com que o mel ajude a diminuir os radicais livres e assim contribua para evitar o envelhecimento celular, proporcionando uma pele mais bonita e saudável e prevenindo doenças como o Alzheimer, cardiovasculares, entres outras. 
As substâncias presentes no alimento que proporcionam este benefício são: ácido glucônico, os ácidos fenólicos, os flavonoides, certas enzimas, como a glicose oxidase, catalase e peroxidase, ácido ascórbico, hidroximetilfurfuraldeído e carotenoides. 
Diminui os riscos de infecção urinária: Alguns estudos apontaram que bactérias causadoras de certas doenças são sensíveis a ação antibacteriana do mel. Entre esses microrganismos estão a streptococcus faecalis, proteus species e pseudomonas aeruginosa, todas elas podem causar a infecção urinária. 
Melhora o sono e ajuda a relaxar: O mel estimula a produção de serotonina, neurotransmissor responsável pela sensação de prazer e bem-estar. O alimento é um carboidrato fonte de triptofano, um aminoácido precursor da serotonina, que é o hormônio responsável por baixar os níveis de estresse do organismo, melhorando o bem-estar. O mel tem uma função importante como regenerador da microbiota intestinal, quando combinado aos lactobacilos presentes no intestino. Sabe-se que mais de 90% da serotonina é produzida no intestino, portanto o mel ajuda a manter a integridade intestinal colaborando com uma melhor regulação neuro-endócrina, com mais serotonina e mais disposição e sensação de prazer.  

Quantidade recomendada de mel

O quanto consumir de mel por dia pode variar entre uma colher de chá, cerca de 10 gramas, a uma colher de sopa, aproximadamente 25 gramas. É importante ressaltar que este alimento deve ser inserido em uma dieta saudável. 

Como consumir o mel

O mel pode ser utilizado como uma substituição saudável ao açúcar refinado na preparação de bolos, tortas, biscoitos, entre outros doces. Também é interessante consumi-lo com torradas, frutas, iogurtes, sucos e até mesmo na receita de carnes. 
Evite o aquecimento em excesso do mel, pois isto pode reduzir a acidez e a umidade do alimento e causar a perda de algumas enzimas, fazendo com que o alimento deixe de ter parte de suas propriedades benéficas. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária orienta aquecer o alimento até no máximo 70 graus. 
Mel cristalizado: Por ser uma solução rica em açúcar, quando armazenado em temperaturas abaixo da média da colmeia, que é entre 34 e 35 graus, o mel pode cristalizar. Para que ele volte ao estado líquido sem perder as propriedades nutricionais a orientação é colocar a quantidade a ser utilizada de mel em um pote em banho-maria a 45 graus durante cinco minutos. Deixe a água esfriar com o pote dentro. 
Cuidados com a origem do mel: É importante ficar atento para a procedência do mel. Opte sempre pelo produto que tem as informações do fabricante e o selo do Serviço de Inspeção Federal (S.I.F). O S.I.F pertence ao Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal que tem por objetivo normatizar e autorizar a produção e comercialização de todos os alimentos de origem animal no Brasil.  

Comparando o mel com outros alimentos

NutrientesMel - 25 gramasMelado - 25 gramasAçúcar refinado - 50 gramasAçúcar mascavo - 50 gramas
Calorias77.25 kcal74 kcal193.5 kcal184.5 kcal
Carboidratos21 g19.15 g49.75 g47.25 g
Cálcio2.5 mg25.5 mg2 mg63.5 mg
Magnésio1.5 mg28.75 mg0.5 mg40 mg
Ferro0.075 mg1.35 mg0.05 mg4.15 mg
Potássio24.75 mg98.75 mg3 mg261 mg
Fósforo1 mg18.5 mg0 mg19 mg
Fonte: Tabela Brasileira de Composição dos Alimentos / Taco - versão 2, UNICAMP.
*Comparação baseada nas quantidades diárias recomendadas de cada alimento. Valores Diários de referência para adultos com base em uma dieta de 2.000 kcal ou 8.400 kj. Seu valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas.         
O mel é muito mais saudável para a alimentação do que o açúcar refinado. Enquanto o primeiro possui uma série de substâncias que proporcionam benefícios para o organismo, o segundo é somente fonte de calorias, sem outros nutrientes interessante. 
Já o açúcar mascavo não passa pelo processo de refinamento e por isso preserva nutrientes em sua composição. Ele conta com boas quantidades de ferro, importante para evitar a anemia, e potássio, nutriente que participa do processo de equilíbrio da pressão arterial. Além disso, o alimento possui magnésio, fósforo e cálcio. Porém, o alimento não possui as propriedades antioxidantes, antibacterianas e prebióticas do mel. 
O melado, que assim como o açúcar refinado e mascavo é derivado da cana de açúcar, é uma outra opção para adoçar, pois não passa pelo refinamento. Assim, ele possui boas quantidades de nutrientes semelhantes aos do mascavo, como o ferro e o potássio. Alguns estudos apontam que o melado é interessante para a prisão de ventre. Contudo, ele também não possui as propriedades antioxidantes, antibacterianas e prebióticas do mel. 

Combinando o mel

Mel + cereais: O mel possui ação prebiótica que melhora a microbiota intestinal e os cereais, como aveia, são ricos em fibras. Com a microbiota boa, quando a pessoa consumir fibras as bactérias do bem transformam as fibras em ácidos graxos de cadeia curta, que impedem que os micro-organismos ruins do intestino invadam a corrente sanguínea e se espalhem pelo nosso corpo, criando uma defesa indireta. 
Mel com leite é uma ótima combinação para o sono
Mel + leite: A combinação pode ser ótima para melhorar a qualidade do sono, principalmente para quem tem mais dificuldade de desligar o cérebro antes de dormir. A temperatura morna do leite é reconfortante, ajudando o corpo a relaxar. Além disso, o alimento é fonte de triptofano, aminoácido que melhora o bem-estar e prepara para o sono. Já o mel, além de também ser fonte de triptofano, é uma fonte de carboidrato simples, que também ajuda no sono, pois facilita a absorção do triptofano. 

Contraindicações

O mel não deve ser consumido por crianças menores de um ano. Isto porque o alimento pode ter clostridium botulunum, bactéria causadora do botulismo. A doença pode causar problemas de saúde sérios como visão dupla e embaçada, fotofobia, tonturas, boca seca, constipação, comprometimento do sistema nervoso (dificuldades para engolir, falar, se mover) e comprometimento dos músculos respiratórios. Esta quantidade de bactéria presente no mel pode ser prejudicial para crianças com menos de um ano porque elas não possuem a microbiota completamente formada. Para os adultos saudáveis esta quantidade de clostridium botulunum não é prejudicial. 
Além disso, o mel não é recomendado para pessoas que possuem diabetes. Isto porque este alimento rico em açúcar pode levar a picos de glicemia no organismo. Grávidas também devem ficar atentas ao mel e procurar incluí-lo em uma dieta saudável, a fim de evitar o risco de diabetes gestacional. 

Riscos do consumo excessivo

Como o mel é muito calórico e rico em açúcar o consumo em excesso pode causar o ganho de peso. Além disso, grandes quantidades de mel, assim como o açúcar, podem elevar os níveis de glicose no sangue rapidamente, fazendo com que os níveis de insulina aumentem e consequentemente a longo prazo isso pode levar a resistência à insulina que favorece o diabetes tipo 2.
 Fonte: Bruna Stuppiello
Postado por:Elisete Bohrer


+ Mais Informações ››››››

Transgênicos resistentes a agrotóxico podem ser liberados

Uma variedade controversa de alimentos transgênicos pode ser liberada para comercialização no Brasil. Trata-se das sementes de milho e soja resistentes ao agrotóxico 2,4-D, utilizado para combater ervas daninhas de folha larga. Diferentes das comuns, as supersementes suportam o herbicida sem morrer. Há um temor, no entanto, de que sua presença no mercado estimule o uso excessivo do defensivo agrícola, inclusive em combinação com outras substâncias.
O Ministério Público Federal (MPF) realiza audiência pública hoje (12) para saber mais sobre essa classe específica de organismos geneticamente modificados. Para o órgão, a Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio), responsável pela liberação dos transgênicos, não faz uma análise satisfatória dos impactos das sementes na saúde humana e no meio ambiente.
“Existem duas coisas. O herbicida em si e a semente transgênica. Por ser transgênica, ela pode receber mais agrotóxico ou ser feito um blend de agrotóxicos. Ela nunca vem ao mundo isolada. O que pedimos para a CTNBio é que, quando for decidir se vai ou não liberar, faça uma avaliação global, com cenários reais”, diz o procurador da República Anselmo Henrique Cordeiro Lopes. Segundo ele, participantes da própria CTNBio, composta de especialistas e representantes de ministérios e órgãos públicos, procuraram o MPF e disseram que a análise das sementes não levava em conta os riscos do aumento da utilização do defensivo agrícola nas lavouras. “Era uma análise superficial da semente, não do 2,4-D”, destaca.  
A partir dessas informações, Lopes instaurou um inquérito civil em setembro para apurar se havia irregularidade no processo de autorização das sementes. Nele, solicitou que todas as deliberações sobre o assunto fossem suspensas até que houvesse discussão mais aprofundada e solicitou à própria CTNBio que organizasse uma audiência pública a respeito. "Em razão de ela não realizar, estamos fazendo", declarou o procurador. 
A audiência terá debates envolvendo pesquisadores, representantes de órgãos públicos, as empresas detentoras da tecnologia das sementes e o presidente da CTNBio, Flávio Finardi.  De acordo com o procurador, a intenção é discutir a segurança não apenas da venda das sementes, mas do 2,4-D em si. Ele informa que há um segundo inquérito civil instaurado, questionando a permanência do agrotóxico no mercado brasileiro. 
 
Procurada pela Agência Brasil, a CTNBio disse que a análise dos processos de liberação das sementes resistentes ao 2,4-D está sendo feita de forma "criteriosa", mas que "não serão considerados quaisquer assuntos que não estejam no rol de sua competência". A CTNBio informou que, de acordo com a Lei n° 11.105, que regula sua atuação, não faz parte da avaliação o estudo sobre o risco de aumento do consumo de agrotóxicos.
Para o procurador, ainda que as análises relativas a defensivos agrícolas sejam atribuições da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a CTNBio não pode se furtar a investigar o cenário real causado pela liberação das sementes  no mercado, que envolve a presença de agrotóxicos. Segundo ele, caso se negue a analisar o caso sob essa ótica, a Comissão de Biossegurança pode ser "compelida judicialmente". 
 
Segundo Marco Pavarino, assessor da Secretaria Executiva do Ministério do Desenvolvimento Agrário, que será um dos representantes do governo na audiência pública, a pasta se preocupa principalmente com as consequências da liberação das sementes resistentes a agrotóxicos para os pequenos agricultores. Por isso, quer obter mais informações sobre o assunto. "Há alguns pontos que nos preocupam. Que tipo de cruzamento de uma espécie com outra pode surgir, se pode causar impacto na produção dos que não querem utilizar essa tecnologia", exemplifica.
Para ele, olhar a questão sob o ponto de vista de um eventual aumento da utilização de agrotóxicos é importante. "
Que sejam esclarecidos todos os pontos, inclusive com relação ao 2,4-D. A gente não pode ficar refém de um desconhecimento, tudo tem que ser posto na mesa", disse. 

Fonte:Agência Brasil
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Redução da idade penal é tema do Fórum Mundial de Direitos Humanos

A proposta de redução da idade penal será um dos temas hoje (12) do Fórum Mundial de Direitos Humanos, que está sendo realizado em Brasília e vai até amanhã. O encontro, que começou terça-feira (10), reúne cerca de 10 mil pessoas de mais de 80 países. O fórum é uma iniciativa da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, em parceria com entidades da sociedade civil, organismos internacionais e outros órgãos de governo.
O debate sobre a redução da maioridade penal será feito das 16h às 20h pelo Ministério da Justiça, a Secretaria de Direitos Humanos, a União Marista do Brasil e a Andi - Comunicação e Direitos. Além de uma mesa-redonda com especialistas, será lançada a campanha "Maristas contra a redução da idade penal: juntos pela proteção de direitos" e a pesquisa A Mídia Brasileira e as Regras de Responsabilização dos Adolescentes em Conflito com a Lei.
Às 14h, o coordenador-geral de Proteção à Infância do Ministério do Turismo, Adelino Neto, apresentará o Programa Turismo Sustentável e Infância. O programa previne e enfrenta a exploração sexual de crianças e adolescentes em parceria com órgãos estaduais e municipais de turismo do país.
Às 16h, o Conselho Curador da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) se reúne, das 14h às 18h, em mais uma edição do Roteiro de Debates. Desta vez o tema é Os Direitos Humanos e a Diversidade como Pilares para a Construção da Comunicação Pública. Participam da abertura o relator especial para Liberdade de Expressão das Nações Unidas, Frank la Rue, e a relatora especial de Liberdade de Expressão da Organização dos Estados Americanos, Catalina Botero. Estará presente ainda a professora Marília Maciel, pesquisadora da Fundação Getulio Vargas, que falará sobre Internet, Diversidade e Liberdade de Expressão.
Fonte:Agência Brasil
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Sol predomina no Estado nesta quinta-feira

Máximas em Porto Alegre é de 29°C em dia ensolarado

O sol predomina nesta quinta-feira no Rio Grande do Sul, mas nuvens aparecem no céu em algumas regiões, conforme a MetSul Meteorologia. Da tarde para a noite, inclusive, não se pode descartar a ocorrência de chuva de verão extremamente localizada na Metade Norte.

A madrugada é mais uma vez amena para esta época do ano e a tarde será mais quente que a dessa quarta-feira, mas ainda sem calor na maioria dos municipios gaúchos. A máxima em Porto Alegre é de 29°C – no Estado, a temperatura só deve alcançar ou passar dos 30°C em Santa Cruz do Sul e Santa Rosa.

Nos próximos dias, o sol aparecerá com nuvens com forte elevação da temperatura, o que vai trazer chuva isolada de verão entre a tarde e a noite, sobretudo para a Metade Norte.

 Fonte: MetSul
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!