domingo, 13 de outubro de 2013

Ajude a escolher a Árvore Nativa Símbolo de Três Palmeiras

Qual foi a árvore nativa mais abundante no município de Três Palmeiras?
Objetivo Geral: Pesquisar, identificar e divulgar a árvore nativa de maior incidência no município e que hoje, se encontra em vias de extinção, cuja importância é valorizar e resgatar a história do povo trespalmeirense. 
Objetivos Específicos:
•    Pesquisar junto a comunidade escolar quais árvores nativas foram abundantes na época da colonização do município.
•    Elaborar uma enquete de votação junto a comunidade, com o apoio da Rádio Liberdade FM 104.9, para a escolha da árvore nativa símbolo do município;
•    Analisar os resultados da votação para identificar a árvore símbolo;
•    Divulgar para a população a árvore nativa escolhida como símbolo do município de Três Palmeiras.

Justificativa: Este trabalho é de grande importância, pois busca identificar  a árvore nativa símbolo do município de Três Palmeiras, auxiliando na história do município e proporcionando melhorias ao ambiente natural, valorizando as árvores nativas, promovendo o embelezamento e conforto para ambientes.
           
Ações realizadas:
•    Pesquisa dos alunos da Escola Estadual de Ensino Médio José Antônio Ferronato junto aos seus familiares para identificar nomes de árvores nativas que haviam em abundância no início da colonização municipal.
•    Pesquisa bibliográfica realizada pelos alunos do 3° ano 3 do ensino Médio a respeito das árvores nativas identificadas na aplicação da pesquisa. 
•    Apresentação do projeto na Escola Estadual de Ensino Médio José Antônio Ferronato, para alunos e professores;
•    Apresentação do projeto ao prefeito municipal;
•    Apresentação do projeto na Rádio Liberdade FM – 104.9;
•    Apresentação do projeto ao presidente da Associação do Comércio e Indústria de Três Palmeiras - ACI;
•    Busca de patrocinadores para o material de divulgação.

Ações a serem realizadas:
•    Com o apoio da Rádio Liberdade FM – 104.9, elaborar uma enquete para a escolha da árvore nativa;
•    Com o apoio da Associação Comercial e Industrial do município realizar o término da votação da escolha da árvore nativa, na FEICAT – 2013;
•    Encaminhar ao prefeito municipal  Silvânio Antônio Dias a sugestão de, através de Decreto Municipal, oficializar a Árvore Nativa Símbolo do Município de Três Palmeiras;
•    Plantar a Árvore Nativa Símbolo do município em diversos locais  públicos como: Praças, Hospital, Escolas, e outras áreas de lazer da cidade e do interior.
Metodologia: Este trabalho se desenvolve no espaço escolar e também no espaço público do município. Conta com uma pesquisa junto à comunidade escolar, buscando nomes de espécies nativas que foram abundantes no início da colonização de Três Palmeiras.

Nome Popular: Ipê-amarelo, Ipê-ouro, Ipê-dourado
Nome Científico: Tabebuia alba
Características: Altura: Cerca de 30 metros. Tronco reto ou levemente tortuoso, casca externa grossa, cinza-rosa, com fissuras longitudinais esparsas e profundas. Possui copa alongada e alargada na base. As raízes de sustentação e absorção são vigorosas e profundas













Nome Popular: Guajubira, Guajuvira, Guarapovira
Nome Científico: Patagonula americana
Características: Altura: Cerca  de 10 a 15m. Tronco tortuoso e irregular, copa estreita e alongada, floresce nos meses de julho a outubro, com flores brancas ou bege.
 




Nome Popular: Louro, Louro Pardo
Nome Científico: Laurus nobilis
Caracterísicas: Pode atingir 20 m de altura. Suas folhas são vistosas, coriáceas e com odor muito característico. O fruto é do tipo baga e quando maduro tem cor negra.









Nomes populares: Corticeira-da-serra, bico-de-papagaio, corticeira, corticeira-do-mato, suínã-do-mato
Nome científico: Erythrina falcata Benth.
Características:  Pode medir de 10 a 30 m de altura. Tronco é reto. As folhas são compostas. As flores são vermelho-alaranjadas, de 3 a 5 cm de comprimento, em numerosos cachos pendentes da extremidade dos ramos. Floresce ente os meses de maio a novembro.



Nome popular: angico-verdadeiro, angico-vermelho, angico-do-banhado;
Nome científico: Parapiptadenia rígida
Característica: Pode medir de 20 a 35 metros de altura. A floração ocorre entre os meses de novembro a dezembro, com flores de coloração verde-amarelada,em grande número. Folhas compostas de cor verde escura e miúdas.




+ Mais Informações ››››››

Famílias ainda aguardam por indenizações

Aproximadamente 165 famílias aguardam há 13 anos por ressarcimentos das áreas que foram retirados da Reserva de Serrinha em Ronda Alta
Há aproximadamente 13 anos diversas famílias de colonos foram retirados das terras do interior de Ronda Alta, para que a área fosse devolvida aos índios na região, mais especificamente no que hoje é chamada Reserva de Serrinha. Conforme o agricultor o presidente da Comissão dos Desalojados de Linha Baixada, Dalcir Peruchi, a maioria das famílias acabou perdendo tudo o que tinha, e aguardam pelas indenizações do governo. “A demora nos pagamentos das indenizações do governo acaba prejudicando as famílias, estamos esperando durante anos a recolocação, a situação esta insustável, não sabemos mais a quem recorrer. É difícil atender a família, às vezes a mulher coloca a culta no marido, o marido coloca a culpa na mulher, nosso objetivo é receber a equipe do governo, para conseguir receber uma proposta positiva”, afirma.

Dalcir conta que a área pertencente a sua família ficava localizada na Linha Baixada, próximo de Alto Recreio, interior de Ronda Alta. “Na época, a maioria das famílias foram retiradas, grande parte fez acerto e outra grande parte espera pela recolocação das terras. Existia carência de terras para os índios, as comunidades indígenas também tinham necessidade de ser colocada em algum lugar, entendemos isso, porém também precisamos de terra, somo agricultores, precisamos plantar, é isso que sabemos fazer”, relata.
(Presidente da Comissão dos Desalojados de Linha Baixada, Dalcir Peruchini, relata que há quase 13 anos as famílias aguardam pela definição do governo / FOTO JÉSSICA FRANÇA)


Na época em que foram retirados, a filha de Dalcir tinha 8 anos e o filho 16, atualmente os dois são adultos e seus pais ainda não receberam as indenizações. “Tivemos que se conforma com aquela situação, para o pessoal não ficar doente, a maioria das famílias foram viver em Ronda Alta e Três Palmeira e alguns subiram para Chapecó e Passo Fundo. Aproximadamente 165 famílias ainda não foram indenizadas e nós esperamos acelerar essa questão com o governo, para que ele apresente uma saída para essas famílias. Não temos mais dinheiro para ir até Porto Alegre acompanhar o processo, aguardamos por uma solução”, lamenta.
Entenda
Em 2000 mais de dois mil agricultores tiveram as terras desapropriadas pelo governo federal, devido ao cumprimento das leis da Constituição de 1988, onde ficou estabelecido que lugares onde eram terras indígenas deveriam ser retornar ao povo, criando-se Reservas Indígenas. Desde a desapropriação muitos agricultores foram reassentados, mas um grupo de aproximadamente 165 famílias ainda aguarda pelo Governo Federal.

Conforme a Procuradoria Geral do Estado de Passo Fundo, a Constituição de 1988, no artigo 231 e o parágrafo II, trata do problema que passa a ser considerado as terras indígenas. A Funai estabelece que as áreas onde eram terras indígenas com base na Constituição e na análise histórica e geográfica das terras. Já em 1989, artigo 32 da Constituição traz as disposições e constituições e transitórias que trata das indenizações. Com isso fica estabelecido que a Funai trata do problema do índio, o Estado do problema dos agricultores passando a ter um novo parâmetro sobre as questões das terras.

Há muitos agricultores que foram reassentados pelo Estado, mas há também aqueles que não aceitaram o local oferecido, além daqueles que preferiram indenização. A Constituição indica o reassentamento, onde é feito uma análise do valor por hectare e a “terra noa”, c muitas famílias receberam da Funai e do Estado outras já estão na fila a quase 13 anos aguardando por indenizações ou mesmo por outras áreas. 
+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!