quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Carpinteiro morre ao cair de prédio em Erechim

Morreu no início da tarde desta quinta-feira(6), no Hospital Municipal Santa Terezinha em Erechim, o carpinteiro Geraldo Lopes Arantes(61). No início da manhã ele caiu do quarto andar de um prédio em construção no bairro Demoliner, onde trabalhava como carpinteiro. Ele estava sozinho quando aconteceu o acidente.
O mestre de obras, que pediu para não ser identificado, explicou que Geraldo sempre chegava cedo ao trabalho e que ao menos o carpinteiro protegia a cabeça e usava capacete quando estava na obra.
A vítima foi socorrida pela equipe do Resgate do Corpo de Bombeiros e aparentava fratura exposta no braço esquerdo. O carpinteiro estava lúcido e comunicativo com os socorristas e mostrou de onde caiu. Ele foi encaminhado para o pronto socorro do Hospital Santa Terezinha, onde faleceu.
No início da tarde um integrante do Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil de Erechim foi ao local e constatou supostas irregularidades com a segurança na obra. Não há proteção nas laterais em todos os andares do prédio, inclusive de onde o carpinteiro despencou.

Fonte:AUOnline
+ Mais Informações ››››››

Convite para importante encontro dos beneficiários do Bolsa Família


A Secretaria de Assistência Social, CRAS e Setor do Programa Bolsa Família convidam para importante encontro dos beneficiários do Bolsa Família, grupos do PAIF e comunidade em geral, que se realizará no dia 11 de Outubro de 2016, Terça- Feira, com início às 13h30min horas, no Centro Municipal de Eventos.

Certos de sua presença, desde já agradecemos!
Atenciosamente.

Sec. Mun. de Assistência Social
+ Mais Informações ››››››

Programa 056 06-10-2016 CEL São Lucas da Vila Progresso


+ Mais Informações ››››››

Jornal da Liberdade Edição 1589 de 06-10-2016

+ Mais Informações ››››››

Três Palmeiras - Entrevista com Prefeito e Vice-Prefeito

+ Mais Informações ››››››

Ministério da Agricultura aprova o único medicamento para tratamento da doença no Brasil

A aprovação do Milteforan representa um marco na medicina veterinária brasileira. Por não haver, até então, tratamento comprovadamente seguro e eficaz, os animais acometidos pela zoonose eram indicados à eutanásia.
O cão é o principal reservatório da doença, que é transmitida para os humanos pelo “mosquito-palha” A Leishmaniose Visceral Canina é caracterizada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como uma das seis doenças infecciosas mais importantes do mundo. Ela já foi detectada em pelo menos 12 países da América Latina, sendo que 90% dos casos ocorrem no Brasil. Entre 2009 e 2013 foram registrados aproximadamente 18 mil casos confirmados em seres humanos e, para cada caso reportado, estima-se que haja 200 cães infectados, segundo pesquisas do Ministério da Saúde juntamente com a Secretaria de Vigilância em Saúde.
Este mês, por meio de nota oficial conjunta, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e o Ministério da Saúde anunciaram a autorização do registro do produto MilteforanTM, de propriedade da empresa Virbac - indústria farmacêutica francesa de presença mundial e dedicada exclusivamente à saúde animal. Indicado para o tratamento da leishmania nos cães, o produto está previsto para ser lançado oficialmente no início de 2017.
A aprovação do tratamento no Brasil representa maior segurança para os donos dos cães, uma vez que é de amplo conhecimento que muitas pessoas, por não aceitarem sacrificar seus cães, apelavam para o mercado negro, importando o medicamento de forma ilegal e sem qualquer garantia em relação à qualidade do produto.
O que é a Leishmaniose Visceral Canina?
A Leishmaniose é uma zoonose classificada entre as seis endemias prioritárias no mundo, cuja transmissão ocorre pela picada do vetor flebótomo (Lutzomia spp – “mosquito-palha”) infectado. O homem pode ser contaminado se estiver presente em uma área endêmica, como viajante ou como residente. Não há transmissão direta de pessoa para pessoa.
Cenário atual no Brasil
A doença, que possuía caráter eminentemente rural, expandiu-se para as áreas urbanas, tornando-se um problema de saúde pública. Hoje, a região Nordeste é a mais acometida, além de outros grandes centros como Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campo Grande (MS) e outros municípios paulistas como Araçatuba, Bauru, Presidente Prudente.

Fonte:AuOnline
+ Mais Informações ››››››

Bancos melhoram proposta e categoria decide se aceita hoje

Após 30 dias de greve, os Bancos entregaram aos bancários ontem (5) nova proposta de reajuste para a categoria.
A Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) elevou de 7% para 8% a oferta de reajuste salarial, manteve o abono em R$ 3,5 mil, e propôs ainda reajuste de 15% no vale-alimentação, 10% no vale-refeição, 10% no auxílio creche-babá. A categoria quer 14,78% de reajuste nos salários.
Os bancários solicitaram tempo para reunir a categoria e decidir sobre a nova proposta, que poderá ser rejeitada a exemplo das anteriores. Em Passo Fundo o movimento grevista, antes da última proposta feita ontem, estava confiante no fim da greve.

+ Mais Informações ››››››

Seminário discute ações de combate ao trabalho infantil

A busca por novas estratégias e políticas públicas foram pautas de destaque no II Seminário Regional de Combate ao Trabalho Infantil, realizado nesta quarta-feira (05), no teatro do SESC. O evento foi promovido pela Prefeitura de Passo Fundo, com organização da Secretaria de Cidadania e Assistência Social (SEMCAS), por meio Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), e parceira do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador – CEREST Nordeste.
A abertura do seminário contou com a apresentação dos grupos de percussão do CRAS I (São José) e CRAS III (Planaltina), que mostraram um pouco das ações desenvolvidas nos Centros de Referência em Assistência Social. Para o secretário de Cidadania e Assistência Social Róger Teixeira Borges, o enfrentamento a questão do trabalho infantil é necessário. “Somos responsáveis por garantir os direitos das crianças e dos adolescentes da nossa cidade. Procuramos trabalhar sempre em conjunto com o Ministério Público promotorias, entidades e muito próximo ao Conselho Tutelar. Este seminário nos traz informações importantes e nos deixa ainda mais preparados para discutir e fazer mais”, disse ele.
Segundo dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), em Passo Fundo e região foram registrados quatro casos de acidentes graves com menores neste ano. Em 2015, foram 15 casos, sendo 13 na idade entre 14 e 18 anos, faixa etária em que mais casos são registrados usualmente. O presidente do Peti, Jorge Bilhar, ressalta que “é grande o desafio de divulgar a erradicação do trabalho infantil, por isso, todo empenho é necessário”, finalizou.
O seminário trouxe três palestras: “Trabalho infantil: isto é saudável a quem?”, com a médica pediatra Jacqueline Lenzi Gatti Elbern; “O programa Jovem Aprendiz como forma de combate ao trabalho infantil”, com o auditor fiscal do Ministério do Trabalho e Emprego, Tadeu Martins; e “Práticas do serviço Peti no município de Passo Fundo no contexto atual”, com representantes da comissão do Peti.
Os secretários de Educação, Edemilson Brandão, e de Segurança Pública, João Darci Gonçalves, também participaram do evento e falaram do papel coadjuvante de suas respectivas secretarias com a causa. Também prestigiou o evento o delegado regional da Secretaria do Trabalho e do Desenvolvimento Social, Rodrigo Marques.
O que é o trabalho infantil?
Trabalho infantil é toda forma de trabalho exercido por crianças e adolescentes abaixo da idade mínima legal permitida para o trabalho, conforme a legislação de cada país. O trabalho infantil, em geral, é proibido por lei. No Brasil, o trabalho infantil não é permitido sob qualquer condição para crianças e adolescentes entre zero e 13 anos. A partir dos 14 anos, é permitido trabalhar como menor aprendiz e, entre 16 e 18 anos, as atividades laborais são permitidas – desde que não aconteçam entre 22h e 5h, não sejam insalubres e não façam parte da lista das piores formas de trabalho infantil.
Piores formas de trabalho infantil
- todas as formas de escravidão ou práticas análoga à escravidão, como venda e tráfico de crianças, sujeição por dívidas, servidão, trabalho forçado ou compulsório, inclusive recrutamento forçado ou obrigatório de crianças para serem utilizadas em conflitos armados;
- utilização, recrutamento e oferta de criança para fins de prostituição, produção ou atuações pornográficas;
- utilização, recrutamento e oferta de criança para atividades ilícitas, particularmente para a produção e tráfico de entorpecentes, conforme definidos nos tratados internacionais pertinentes
- trabalhos que por sua natureza ou pelas circunstâncias em que são executados, são susceptíveis de prejudicar a saúde, a segurança e a moral da criança.

+ Mais Informações ››››››

Defesa Civil alerta para temporais isolados

Durante esta quinta-feira, um vórtice ciclônico deve passar pelo Estado
A Defesa Civil do Rio Grande do Sul alerta para a possibilidade de temporais isolados nesta quinta-feira, 6, devido à passagem de um vórtice ciclônico de altos níveis pelo Estado. Quando este fenômeno chega aos locais, as nuvens parecem ser pesadas de chuva e é altamente perigoso para alagamentos. O aviso foi emitido pela Sala de Situação da Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema).
As regiões com maior risco de temporais são Oeste, Campanha, Centro, Centro Leste, Leste, Noroeste, Norte e Litoral Norte. Ao longo da quinta-feira, 6, o sistema deverá deixar o RS.




Eduardo Santos, com informações Governo do Estado do RS
+ Mais Informações ››››››

Ocorrências Policiais 05-10 / Acidente de trânsito com danos materiais

Nonoai

Data/hora: 051810Out2016

Fato: ACIDENTE DE TRANSITO COM DANOS MATERIAIS

Local: Avenida Rocha loires, 1001, Centro

Histórico: A Brigada Militar de Nonoai atendeu um Acidente de Transito envolvendo o veiculo Fiat/Strada, conduzido por I de F M R e o veiculo VW/Saveiro, conduzido por H V, sendo que do referido acidente somente resultou danos materiais de pequena monta nos dois envolvidos.

ABORDAGENS: Em Nonoai nas últimas 24 horas foram abordados 25 veículos e identificadas 40 pessoas. Autuado o veiculo GM/Celta, nos arts. 162 I (sem CNH) e 164 c/c 162 I (permitir sem CNH).
+ Mais Informações ››››››

804 - 06 DE OUTUBRO, QUI - ARRICAR-SE

+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!