quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Jornal Comunitário - Rio Grande do Sul - Edição 1569, do dia 31 de Agosto de 2018

Edição 1569, do dia 31 de Agosto de 2018
CLIQUE AQUI PARA BAIXAR:

OPÇÃO 01 IVOOX

OPÇÃO 02 DRIVE

Um Jornal Comunitário de edição colaborativa, produzido pelas emissoras de Rádios Comunitárias do Estado do Rio Grande do Sul, seja você um correspondente da sua região, entre em contato pelos telefones Whatsapp 54 9611 0186 ou 54 3367 1351.


NA EDIÇÃO DE HOJE:
Pesquisa realizada pela Emater-RS-Ascar aponta que jovem quer ficar no campo.
Quatro milhões de crianças refugiadas estão fora da escola, denuncia ONU.
Alunos deixam ensino fundamental com desempenho pior do que entraram.
Coletivo divulga denúncias de assédio a mulheres em universidade.
Desemprego cai para 12,3%, mas ainda abrange 12,9 milhões de pessoas.
Campanha investe no descarte correto de resíduos sólidos.
Ministério da Saúde atualiza números sobre sarampo Brasil tem 1553 casos confirmados.



+ Mais Informações ››››››

Programa 155 30-08-2018 CEL São Lucas da Vila Progresso - Apocalipse 2.8-11


+ Mais Informações ››››››

Jornal da Liberdade Edição 2061 de 30-08-2018

+ Mais Informações ››››››

Bandidos praticam assalto a duas agências bancárias no município de Entre Rios do Sul

Pelo menos seis criminosos fortemente armados praticaram assalto a duas agências bancárias do município de Entre Rios do Sul, no Alto Uruguai Gaúcho. A ocorrência foi registrada na manhã desta quinta-feira, por volta das 9h30. Conforme as informações, houve troca de tiros.

Os criminosos invadiram ao mesmo tempo as agências do Sicredi e Banrisul. Reféns foram colocados em porta-malas de veículo que fugiu em rumo ignorado. Os bandidos utilizaram, inclusive, fuzis contra os policiais e fugiram com vítimas, que foram liberadas alguns quilômetros adiante.

Miguelitos também foram espalhados para evitar perseguição.

Em instantes, mais informações.

Atual FM
+ Mais Informações ››››››

Brasil reduz em 44,6% número de fumantes passivos no trabalho

Dados do Ministério da Saúde divulgados nesta quarta-feira apontam queda em 44,6% no percentual de fumantes passivos no local de trabalho nos últimos nove anos. O percentual, segundo a pasta, passou de 12,1% em 2009, para 6,7% em 2017. Os números são do último levantamento do Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel 2017). O estudo ouviu, ao todo, 53.034 pessoas nas 26 capitais e no Distrito Federal.

A série histórica apontou redução de fumantes passivos no ambiente de trabalho de 45,6% entre mulheres e 43,5% entre homens. Em 2009, as mulheres representavam 7,9% deles, passando para 4,3% em 2017. Já entre os homens, o percentual era de 17% e reduziu para 9,6% no ano passado. Os dados destacam que a frequência de fumantes passivos no local de trabalho é maior entre homens de 45 a 54 anos e mulheres de 35 a 44 anos. O menor percentual foi entre mulheres e homens com 65 anos ou mais. O estudo mostra ainda que a frequência de fumantes passivos nesse ambiente diminuiu com o aumento da escolaridade para ambos sexos.

Nas capitais, a frequência de fumantes passivos no local de trabalho variou entre 3,7%, em Porto Alegre e 9,7%, em Porto Velho. Entre os homens, as maiores frequências foram observadas em Porto Velho (14,5%), no Recife (13,0%) e em Campo Grande (12,9%) e, entre as mulheres, no Distrito Federal (6,4%), em João Pessoa (6,0%) e Rio Branco (5,9%). Já as menores frequências entre os homens foram observadas em Porto Alegre (5,2%), Curitiba (5,9%) e no Distrito Federal (6,7%). Para o sexo feminino, as menores frequências ocorreram em São Luís (2,1%), Porto Alegre (2,4%) e Vitória (2,6%).

Fumantes passivos no domicílio

Ainda de acordo com o Ministério, dados da Vigitel também apontam queda de 37,8% no número de fumantes passivos no local de domicílio, saindo de 12,7% em 2009 para 7,9% em 2017. Entre as mulheres, a redução foi de 43,3% e entre os homens, de 37,8%. Em 2009, as mulheres representavam 13,4% dos fumantes passivos no local de domicílio, passando para 8,4% em 2017. Já entre os homens, o percentual era de 11,9% em 2009 e 7,4% no ano passado. Os números que também mostram que a frequência de fumantes passivos no domicílio é maior entre homens de 25 a 34 anos e entre mulheres de 18 a 24 anos. O menor percentual foi entre mulheres e homens na faixa etária de 65 anos ou mais.

A prevalência de fumantes passivos no domicílio variou entre 5,2%, em Palmas, e 10,4%, em Macapá. Entre os homens, as maiores frequências foram observadas nas capitais Aracaju (9,8%), Belo Horizonte (9,5%) e Fortaleza (9,4%) e, entre as mulheres, em Macapá (12,7%), no Recife (11,4%) e em Natal (10,4%). Já as menores frequências entre os homens foram observadas em Salvador e São Luís (ambas com 4,6%) e Manaus (4,8%); e as menores, entre as mulheres, em Palmas e Vitória (ambas com 4,7%) e Florianópolis (5,5%).

Consumo
Por fim, dados do ministério revelam que a frequência do consumo do tabaco entre fumantes nas capitais brasileiras caiu 36% no período de 2006 a 2017. Nos últimos anos, a prevalência de fumantes passou de 15,7%, em 2006, para 10,1% em 2017. A frequência do hábito de fumar foi maior entre adultos com menor escolaridade (13,2%) e caiu para 7,4% entre aqueles com 12 anos ou mais de estudo. O inquérito também mostrou que, entre as capitais com maior prevalência de fumantes estão Curitiba (15,6%), São Paulo (14,2%) e Porto Alegre (12,5%). Salvador foi a capital com menor prevalência de fumantes (4,1%).

+ Mais Informações ››››››

Frente quente traz nuvens, chuva e raios ao RS nesta quinta

Uma frente quente traz muitas nuvens, chuva e raios nesta quinta-feira para o Oeste e o Sul do Rio Grande do Sul. A previsão é de chuva localmente forte a torrencial com raios e risco de granizo isolado e vento forte. Do Centro pro Norte do Estado o sol vai aparecer com nuvens, mas ocorrem períodos de maior nebulosidade e pode ocorrer chuva localizada.

Nas áreas com maior instabilidade do Oeste e do Sul, a temperatura pouco varia. Já na Metade Norte, em áreas acima do paralelo 30ºS, segue quente com máximas elevadas à tarde.

As mínimas rondam 10°C em São José dos Ausentes e os 16°C em Pelotas. As máximas, por sua vez, podem chegar a 31°C em Santa Rosa. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 17°C e 29°C.

Temperatura varia quase 40°C em dois dias

A alternância de temperaturas foi extrema na primeira metade da semana. Santa Rosa teve -4ºC no domingo, -3,5ºC negativos na segunda-feira e foi a 34,9ºC na tarde de quarta. Em dois dias, a temperatura variou quase 40ºC. Ar muito quente avançou de Norte e formou uma frente quente na fronteira com o Uruguai e no Sul, com chuva e trovoadas.

Já nas demais regiões, o sol apareceu e fez calor. Na Grande Porto Alegre fez 30ºC. Essa incursão de ar muito quente elevou a temperatura a 37,4ºC em Las Lomitas, na Argentina. Em Assunção, Paraguai, a máxima foi de 36ºC.

O fluxo de ar quente trazido por correntes de vento de Norte alimenta a instabilidade frontal até sexta-feira com muita chuva na Metade Sul e em parte do Oeste gaúcho. São esperados raios e há risco de granizo. Na Metade Norte segue quente.

Em Porto Alegre e região, pode chover muito durante parte da sexta e do fim de semana. Os volumes somados até domingo em várias regiões gaúchas devem ser muito altos, com marcas de 100 mm a 150 mm em algumas localidades. Os acumulados devem ser altos principalmente em parte do Centro gaúcho e na Metade Sul.

+ Mais Informações ››››››

Tribunal de Justiça do RS determina que chefes de facções permaneçam em presídios federais

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, em decisão desta terça-feira (28), determinou que 17 presos ligados a facções criminosas no estado permaneçam cumprindo pena em penitenciárias federais de alta segurança, até que sejam julgados os recursos do Ministério Público que pedem a renovação de um ano das transferências.

Em um dos processos, foi determinado que um chefe de facção seja mantido na Penitenciária Federal de Porto Velho, em Rondônia. Na decisão, o TJ/RS ainda definiu que sejam expedidos ofícios à Justiça do Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Norte e Rondônia informando a tramitação no tribunal gaúcho dos recursos do MP.

O subprocurador-geral Institucional do MP, Marcelo Dornelles, disse que o eventual retorno dos presos ao sistema penitenciário gaúcho dificultaria o combate a grupos criminosos do estado. O secretário estadual de Segurança Pública, Cezar Schirmer, já fez diversas críticas a essa hipótese.

Em julho de 2017, a Operação Pulso Firme retirou do Rio Grande do Sul 27 detentos, que foram levados para presídios em Porto Velho, Mossoró, e Campo Grande.

"Os efeitos positivos da Operação Pulso Firme se refletem nos indicadores de criminalidade e na desarticulação de diversas organizações criminosas. A manutenção destes indivíduos nas unidades federais é fundamental para a continuidade do nosso planejamento", disse recentemente o secretário Cezar Schirmer.

Outras tramitações na Justiça

O MP tenta, desde o início do mês, reverter a decisão da Justiça do Rio Grande do Norte, que determinou o retorno ao estado gaúcho de três presos que estavam no presídio federal desde o ano passado. Os três foram encaminhados de volta para o RS durante operação da Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe) na terça-feira (28). No mesmo dia, outros três detentos foram levados para fora do estado.

Até o momento, cinco presos que foram encaminhados para fora do RS já retornaram ao estado, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública. Dois ainda em 2017, e os outros três na terça-feira.

Outros sete presos que estão no Mato Grosso do Sul, também enviados na operação do ano passado, podem voltar. O retorno deles já foi determinado pela Justiça Federal daquele estado.

Fonte: G1/RS
+ Mais Informações ››››››

Acidente deixa um morto e dois feridos na BR-116

Um acidente envolvendo dois veículos em Jaguarão deixou um morto dois feridos na altura do km 644,8 da BR-116, em Jaguarão, no Sul do estado, no final da tarde de quarta-feira (29).

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente envolveu um Fiat Uno, com placas de Arroio Grande, e um Volkswagen Voyage emplacado em Belo Horizonte.

Não foi possível determinar as causas dos acidente. O motorista do Uno, um homem de 60 anos, morreu no local. Os passageiros dos dois veículos ficaram gravemente feridos e foram levados para hospital da região.

Fonte: G1/RS
+ Mais Informações ››››››

Acidente na BR 386 em FW deixa seis pessoas feridas

Um acidente entre dois carros deixou seis pessoas feridas no início da tarde desta quarta-feira, 29, em Frederico Westphalen. A colisão frontal entre um Volkswagen/Fox, com placas de FW, e uma Ford/EcoSport, com placas de Cristal do Sul, aconteceu pouco antes das 13 horas no quilômetro 35 da BR-386, na altura do Posto Serrano.

Conforme a versão de populares e de um dos condutores, o Fox trafegava pela rodovia, no sentido FW-Seberi, e o EcoSport, na direção contrária. A colisão ocorreu quando o motorista da EcoSport tentou acessar a cidade frederiquense.

Atenderam a ocorrência equipes do Corpo de Bombeiros, do Samu e da Brigada Militar de FW, além da Polícia Rodoviária Federal, posto de Seberi. Até a publicação desta notícia não havia detalhes sobre o estado de saúde dos feridos na ocorrência.

Fonte: O Alto Uruguai
+ Mais Informações ››››››

1341 - 30 AGOSTO, QUINTA - SOBRE A ARTE DE RELACIONAR-SE

+ Mais Informações ››››››

PM encontra maconha em canteiro em Ametista do sul

Policiais militares apreenderam uma planta de maconha na tarde dessa terça-feira, 28 de agosto, na linha São Roque, em Ametista do Sul, no Norte gaúcho.

Medindo cerca de 28 centímetros de altura, o pé estava em um canteiro feito para o cultivo de mudas, no qual os PMs ainda encontraram, após recebimento de denúncia, mais de 15 potes de garrafas pet cortadas e enterradas no chão como se houvesse sementes plantadas.

O responsável pela propriedade não foi localizado. Os PMs fizeram boletim de ocorrência por se tratar de delito previsto na chamada Lei das Drogas.

Fonte: Folha do Noroeste
+ Mais Informações ››››››

Dois carros batem de frente na BR-470, e causam a morte de idoso e criança

Foto: Aldacir Benelli / Divulgação / Divulgação
Um acidente envolvendo dois carros causou a morte de duas pessoas e deixou pelo  menos outras três feridas na BR-470, em Veranópolis, na tarde desta quarta-feira.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), era por volta das 13h30min, quando um Punto, com placas de Vila Flores, que seguia no sentido Veranópolis-Vila Flores, colidiu de frente com um Corolla, de Gramado, que trafegava no sentido oposto, na altura do Km 172 da rodovia. Os ocupantes dos veículos foram socorridos e encaminhados para atendimento hospitalar. Os nomes não foram divulgados.

Segundo os bombeiros de Veranópolis, no Punto havia um casal de idosos. O motorista, de 67 anos, não resistiu e morreu a caminho do hospital, segundo a PRF.

Já no Corolla, estavam um casal e uma criança de quatro anos que também morreu. O Hospital de Veranópolis, para onde os feridos foram levados, não repassa informações sobre pacientes.

O trânsito chegou a ficar bloqueado nos dois sentidos, mas, já foi liberado.

Devido a violência da batida, a rodovia ficou com fluxo em uma pista por cerca de duas horas.

Fonte: Pioneiro
+ Mais Informações ››››››

Pesquisa realizada pela Emater/RS-Ascar aponta que jovem quer ficar no campo

Mais de 90% dos jovens que estão hoje no campo pensam em permanecer nas propriedades rurais e fazer a sucessão. Esse foi o dado que mais chamou a atenção entre as questões que apareceram em uma pesquisa realizada pela Emater/RS-Ascar em 493 municípios gaúchos. O resultado do levantamento foi apresentado na manhã desta quarta-feira (29/08), na Casa da Instituição, na Expointer, em Esteio, pela coordenadora da pesquisa, Clarice Bock. O objetivo foi conhecer a realidade dos jovens assistidos pela Extensão Rural e Social.

Foram analisados 7.896 questionários que foram aplicados com agricultores familiares, indígenas, quilombolas, pescadores artesanais e assentados da reforma agrária. “Quase 5.000 respostas foram positivas para o desejo do jovem de permanecer no campo e a renda ficou em terceiro lugar”, comentou Clarice. O desejo de ficar no campo está nos laços familiares, pelo vínculo com o rural, pelas questões financeiras e pela dificuldade de adaptação ao urbano.

Outro dado que ficou demonstrado foi que a maioria dos jovens que permanecem no campo está buscando qualificação profissional. A grande maioria tem o ensino médio completo e, aproximadamente, 800 estão cursando o terceiro grau. Além disso, 74% dos jovens que estão à frente dos empreendimentos familiares são solteiros e do sexo masculino e 68% estão satisfeitos com a remuneração atual. E 96% das famílias pesquisadas entende ter condições de permanecer na propriedade.

“A pesquisa servirá para termos uma radiografia que irá nos ajudar a planejar ações, criar estratégias que incentivem o jovem a permanecer no meio rural com qualidade de vida”, avaliou o diretor técnico da Emater/RS, Lino Moura.

Exemplo de perseverança

Luciana Loewenstein Justin, jovem produtora de Itati, que está participando do Pavilhão da Agricultura Familiar, na Expointer, traz na expressão a felicidade em ter permanecido na “roça”. “Não queria ficar na roça. Era muito cansativo ficar embaixo do sol forte. Hoje não. Temos outras formas de trabalhar, por exemplo, em estufas e com a agroindústria da família”, reflete a jovem, que tem mais três irmãs que também tiram o sustento da agricultura. Duas delas fizeram faculdade, mas não exercem as profissões escolhidas. Luciana, que já trabalhou no sistema bancário, hoje toca a agroindústria Cantinho da Natureza, que produz chips de banana, batata-doce e aipim. “Quero muito buscar mais qualificação. Já estou agendada para fazer, em janeiro, curso de morangos e tomates em estufa. Tudo orientado pelo Escritório Municipal da Emater. E vou fazer o curso com os meus pais também. O meu projeto para um futuro próximo é investir na agroindustrialização de produtos à base de morangos.”

Fonte: Emater

+ Mais Informações ››››››

IBGE divulga as Estimativas de População do município de Três Palmeiras para 2018

O IBGE divulgou nesta quarta feira as estimativas das populações residentes nos 5.570 municípios brasileiros, com data de referência em 1º de julho de 2018.

Estima-se que município de Três Palmeiras situado no norte do Rio Grande do Sul, tem 4.291 habitantes.

As estimativas da população residente para os municípios brasileiros, com data de referência em 1º de julho de 2018, foram calculadas com base na Projeção de População (Revisão 2018) divulgada em 25/07/2018.

As estimativas populacionais municipais são um dos parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União no cálculo do Fundo de Participação de Estados e Municípios e são referência para vários indicadores sociais, econômicos e demográficos. Esta divulgação anual obedece ao artigo 102 da Lei nº 8.443/1992 e à Lei complementar nº 143/2013.

As populações dos municípios foram estimadas por um procedimento matemático e são o resultado da distribuição das populações dos estados, projetadas por métodos demográficos, entre seus diversos municípios. O método baseia-se na projeção da população estadual e na tendência de crescimento dos municípios, delineada pelas populações municipais captadas nos dois últimos Censos Demográficos (2000 e 2010). As estimativas municipais também incorporam alterações de limites territoriais municipais ocorridas após 2010.

A tabela com a população estimada para cada município foi publicada no Diário Oficial da União (D.O.U.) desta quarta.
+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!