sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Projeto que exige indicação do uso de agrotóxicos aguarda parecer favorável para os próximos dias

O projeto de lei 99/2013, da deputada Marisa Formolo (PT), que torna obrigatória a indicação do uso de agrotóxicos no rótulo de alimentos que em alguma parte do processo de sua fabricação sofreram contato com qualquer tipo de veneno, aguarda parecer da Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa. Na última semana, o relator da proposta, deputado Frederico Antunes (PP), já sinalizou a Marisa a intenção de reapresentar o parecer favorável, que ele mesmo retirou em agosto, após pressão de entidades como a Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), a Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (FARSUL), a Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do RS (Fecomércio) e a Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (FETAG).

O Projeto atende ao direito básico do consumidor, o de saber o que está consumindo. Para ajudar na aprovação da matéria, o gabinete da deputada criou uma petição online, com a ideia de que com o apelo da comunidade, às entidades e governantes sejam sensíveis e aprovem o PL 99/2013
Assine a petição: https://secure.avaaz.org/po/petition/Em_apoio_ao_PL_da_deputada_Marisa_Formolo_PTRS_que_exige_a_indicacao_no_rotulo_de_alimentos_sobre_o_uso_de_agrotoxico/?copy
+ Mais Informações ››››››

Governo do Estado do Rio Grande do Sul libera recursos para Agroindústria Familiar através da SDR para o Corede Rio da Várzea.

Segundo informação do Coordenador da Regional da EMATER Frederico Westephalen Leonir Bonavigo, o Governo do Estado no último dia 22 de outubro liberou recursos para regional do COREDE Rio da Várzea, para agroindústria familiar, através do programa SABOR GAÚCHO. Estes recursos no valor de R$ 10.000,00 para cada agroindústria familiar.

As agroindústrias beneficiadas estão localizadas nos municípios de: Chapada, Novo Barreiro, Novo Xingu e Ronda Alta.

Com o intuito de melhorar a renda dos Agricultores familiares é que o governo investe na agroindústria familiar, o governo também tem o entendimento que trará o desenvolvimento para região diminuindo as desigualdades regionais afirmou Bonavigo.


Fonte: Romário Marcolan

Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Consumo de café reduz o risco de câncer de fígado

O consumo de café reduz o risco do tipo mais comum de câncer de fígado, o carcinoma hepatocelular (HCC) em cerca de 40 %. Além disso, alguns dados indicam que três xícaras de café por dia reduzem em mais de 50% os riscos de adquirir a doença. A conclusão é de uma análise publicada na American Gastroenterological Association (Associação Americana de Gastroenterologia, em tradução livre).
— Nossa pesquisa confirma alegações passadas de que o café é bom para a sua saúde, e em particular o fígado — disse o autor do estudo, Carlo La Vecchia.
Segundo o pequisador, o efeito favorável do café na prevenção do câncer de fígado pode ser mediado pela relação da bebida na prevenção — já comprovada — da diabetes. Esta última é um fator de risco para o desenvolvimento do câncer e o café possui efeitos benéficos sobre a cirrose e as enzimas hepáticas.

Bebida diminui em até 40% as chances de ter o tipo mais comum da doença

Os pesquisadores realizaram uma meta-análise de artigos publicados de 1996 a setembro de 2012, finalmente, estudando 16 pesquisas de alta qualidade e um total de 3.153 casos.
Apesar da consistência dos resultados entre estudos, períodos de tempo e as populações, é difícil estabelecer se a associação entre o consumo de café e HCC é causal, ou se esta relação pode ser parcialmente atribuída ao fato de que os pacientes com doenças hepáticas e digestivas muitas vezes reduzir voluntariamente sua ingestão de café.
— Ainda não está claro se o consumo de café tem um papel adicional na prevenção do câncer de fígado, mas de qualquer forma, esse papel será limitado em comparação com o que é possível através de medidas atuais — acrescentou La Vecchia.
Canceres primários de fígado são largamente evitáveis através de vacinação do vírus da hepatite B, o controle da transmissão do vírus da hepatite C e redução do consumo de álcool. Estas três medidas podem, em princípio, evitar mais de 90 % de câncer primário de fígado em todo o mundo.
O câncer de fígado é o sexto tipo mais comum no mundo, e a terceira principal de morte por câncer. HCC é o principal tipo de câncer de fígado, sendo responsável por mais de 90 % dos casos em todo o mundo. Infecções crônicas de hepatites B e C são as principais causas desta doença, outros fatores de risco relevantes incluem o álcool, tabaco, obesidade e diabetes.
Fonte:BEM-ESTAR
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Sexta terá sol no começo do dia, mas instabilidade avança no RS

Chuva deverá atingir Metade Oeste e chegará a todas as regiões no sábado

O sol chega a aparecer com nuvens nesta sexta-feira em várias regiões, mas a nebulosidade aumenta e a maior parte do Estado estará encoberta por nuvens na segunda metade do dia. Centro de baixa pressão no Norte da Argentina traz chuva cedo para a Fronteira Oeste e no decorrer da sexta a chuva alcança outras regiões.

A instabilidade da tarde para a noite atingirá principalmente a Metade Oeste. Em alguns pontos do Leste gaúcho, a chuva só chegará no sábado, entretanto. O dia começa frio no Sul. O declínio da pressão atmosférica deixa o dia ventoso com algumas rajadas.

As mínimas chegam a 7°C em Santana do Livramento e 8°C em Bagé. As máximas, por sua vez, são amenas e rondam os 25°C em Santa Cruz do Sul. Em Porto Alegre, as temperaturas variam entre 14°C e 25°C.

Se nesta quinta-feira a instabilidade diminuiu em Porto Alegre e na maioria das regiões, a realidade foi outra no Noroeste do Estado e outros pontos da Metade Norte. Choveu em excesso em vários pontos, com acumulados de até 170 milímetros, como em Santo Augusto. Em Santa Catarina, a chuva fez estragos e causou deslizamentos no Oeste do estado, causando uma morte.

A trégua da chuva forte é breve. A precipitação será generalizada e intensa, com pancadas torrenciais em muitas cidades por conta da passagem de centro de baixa pressão. Os volumes podem ser significativamente altos com alto potencial de transtornos e danos como alagamentos, transbordamento de arroios e deslizamentos. Outra vez, Porto Alegre e região poderão ter transtornos pela chuva e merecerá atenção o trecho da BR-116 em obras.
Fonte: Metsul
+ Mais Informações ››››››

Em pesquisa, Dilma venceria Aécio e Campos no primeiro turno

Nova pesquisa realizada pelo Ibope mostra que a presidente Dilma Rousseff venceria os concorrentes Aécio Neves e Eduardo Campos em primeiro turno. O levantamento foi divulgado pelo Estadão nesta quinta-feira.

Dos quatro cenários pesquisados, Dilma varia entre 39% e 41% das intenções de voto, quantidade superior ao total somado pelos adversários. Segundo a pesquisa, apenas tendo Serra e Marina na disputa a presidente teria de disputar um eventual segundo turno.

Contra Aécio e Eduardo Campos, Dilma soma 41%, Aécio, 14% e o governador de Pernambuco, 10%. Tendo Marina como rival, a presidente conseguiria 39%, enquanto a adversária, 21% e Aécio, 13%. No cenário com Serra e Campos, Dilma chega a 40%, o ex-governador de São Paulo, 18% e Campos, 10 %.

Se a situação da eleição de 2010 se repetisse, Dilma somaria 39%, Marina, 21% e Serra, 16%. Como os oposicionistas alcançariam 37%, chegariam a um empate técnico com a presidente.

Fonte: Correio do Povo
+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!