terça-feira, 25 de março de 2014

AUDIÊNCIA PUBLICA COM A RGE EM TRÊS PALMEIRAS

Na tarde desta terça feira aconteceu no centro de eventos de Três Palmeiras uma audiência publica com a RGE, cerca de 60 pessoas do interior de nosso município estiveram presentes, a grande reclamação dos agricultores é a falta de energia por muito tempo e a demora para fazer a manutenção por parte da RGE na ocasião os presentes puderam tirar suas duvidas fazendo perguntas e foram orientados sobre o que fazer quanto a falta de luz em suas propriedades.
 A RGE com sua sede em Caxias do Sul atende mais de um milhão e trezentos mil clientes no norte
e nordeste do Rio Grande do Sul, os representantes da RGE explicaram para os presentes como é feito as manutenção em caso de falta de luz  e responderam as perguntas e se comprometeram em verifica os problemas que vem ocorrendo com a energia elétrica  em nosso município.

Postado Por: Alcione Gondorek







+ Mais Informações ››››››

Confira cinco problemas de saúde causados pelo uso de roupa apertada

Usar roupa muito apertada não aumenta só a retenção de líquidos e toxinas, mas também o risco de ter celulites e depósitos de gorduras em algumas partes do corpo. Quem tem o hábito de usar calça jeans muito justa ainda pode ser vítima de outros problemas de saúde. Muitas vezes a pessoa sente uma dor na coluna com frequência, tem dificuldade de respirar e algumas mulheres ainda notam um corrimento vaginal. Se não houver uma mudança desse hábito, esses sintomas podem se agravar e desencadear uma série de doenças.
Segundo o cirurgião vascular Fernando Bacalhau, a vaidade pode custar caro para a saúde.
— Esse tipo de roupas, especialmente as jeans, não só atrapalham a circulação como também contribui para o surgimento de coágulos sanguíneos que pode até desencadear infartos pulmonares — afirma.
Além da calça jeans, muitas mulheres ainda usam cinta modeladora muito apertada que pode machucar a pele e impedir a passagem do sangue na região abdominal, podendo gerar problemas de circulação.
— Uma boa parte das mulheres acreditam que o uso diário da cinta modeladora irá emagrecer, mas elas estão muito enganadas. O principal objetivo da cinta é pós-operatório, pois auxiliam na cicatrização, reforçam a musculatura, diminuindo o inchaço e impedindo sangramentos ou o deslocamento da pele — ressalta Bacalhau.
Se o médico recomendar o uso de cinta modeladora, evite comprar um número menor para não obter um resultado indesejado. E os malefícios das roupas apertadas não param por aí.
O cirurgião vascular listou cinco problemas de saúde decorrentes desse hábito, veja quais são:
1 - Varizes - As varizes são temidas por todas as mulheres que almejam pernas bonitas. Entretanto, se elas mantêm o hábito de usar a calça jeans justas, as varizes podem aparecer com o tempo. — A progesterona, hormônio feminino, provoca uma dilatação das veias, o que favorece o surgimento das varizes. E com o uso frequente de roupas apertadas a circulação fica prejudicada e contribui para os primeiros vasinhos nas pernas. Além disso, quem tem predisposição genética ou toma algum tipo de contracepção hormonal tem mais chances de desenvolver o problema — diz o médico.
2 - Respiração - A falta de ar causada de uma hora para outra pode estar associada ao uso de roupas justas.
— Não só a calça jeans, mas cintos apertados impedem a passagem do ar pelo corpo, sem contar que o ar só consegue chegar à parte alta do tórax. Esse processo é chamado de respiração curta, pois deixa o cérebro sem oxigênio, além de provocar consequências como a diminuição de concentração e ansiedade — ressalta o especialista.
3 - Celulite- As roupas justas, cinta modeladora e cintos apertados podem ser os responsáveis por agravar o quadro da celulite.
— A celulite já prejudica a circulação sanguínea e com o uso desses acessórios a passagem do sangue fica ainda mais comprometida, o que pode contribuir para a evolução do grau da celulite. Ou seja, quem tem celulite de grau 1 pode passar a ter o grau 2 ou 3 — esclarece.
4 - Dores nas costas - — Camisas que impedem o movimento dos braços ou uma combinação de roupas justas, sobrecarrega os músculos e as vértebras, o que exige um maior esforço na hora de realizar um movimento. Por isso, muitas vezes a pessoa reclama de dor na coluna, sensação de peso, ardência e formigamento nos ombros — explica o cirurgião vascular.
5 - Má digestão - Os acessórios que apertam muito o estômago dificultam a digestão.
— A pressão dessas roupas pressionam o estômago, causando azia e refluxo — comenta.
Agora que você conhece todos os malefícios da roupa apertada, procure evitar ao máximo para garantir uma boa qualidade de vida e longe de problemas de saúde.

Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Maioridade penal é a solução?

Esta semana, o presidente do Senado, Renan Calheiros, afirmou que pretende, até abril, criar um projeto de lei que reduzirá a maioridade penal. Conforme Calheiros o projeto reduzirá de 18 para 16 anos a idade de jovens acusados de crimes hediondos.
O assunto, que já é discutida há vários anos, coloca uma questão delicada em pauta. Adolescentes já podem responder pelos seus atos? O “endurecimento” das punições aplicadas é visto por muitos como a solução para este tipo de problema. A partir da regra do Estatuto da Criança e do Adolescente  - ECA, se um jovem, menor de 18 anos comete um crime considerado grave como: assassinato, trafico de drogas ou tortura; ele é recolhido ao Centro de Atendimento Sócio Educativo – Case, onde permanece por no máximo três anos por ato infracional, até retornar à sociedade.
Para o Juiz da Vara da Infância e da Juventude de Passo Fundo, Dr. Dalmir Franklin Oliveira Junior, a questão é juridicamente impossível de acontecer. “A nossa constituição garante que a impossibilidade de aplicação de pena para menores de 18 anos só será possível a partir da criação de uma nova constituição federal, e isso não vai acontecer”, acredita.  
Para ele, a questão envolve um direito fundamental de liberdade de todo o cidadão brasileiro entre 0 e 18 anos de, ao cometer crimes hediondos, poder receber medidas sócio-educativas. “Se o prazo de internações de jovens no Case é pequeno em alguns casos, podemos batalhar para o aumento deste tempo, mas nunca a redução da maioridade já que, constitucionalmente, não existe a possibilidade”, afirma.
Conforme Junior, vários juízes do Rio Grande do Sul tem defendido a questão do aumento da pena socioeducativa para adolescentes infratores, porém a falta de estrutura nos Case´s restringe qualquer hipótese de que isso venha a acontecer. “Vai ter que haver uma readequação das unidades, em Passo Fundo temos apenas 40 vagas, se o menor continuar por mais tempo internado obviamente haverá a necessidade de mais vagas”, diz.
O  receio por parte da profissionais da área é que os centros sócio educativos tornem-se deficitários assim como os sistemas carcerários. “A redução penal jogaria jovens que estão em medidas de internação em um sistema prisional que certamente está bem pior e não ressocializa ninguém” diz o doutor da Vara da Criança e Juventude.
Um adolescente já possui plena consciência do seus atos, mas para o juiz, uma criança que cresce em um ambiente de violência provavelmente repetirá tudo o que vivenciou na adolescente e vida adulta. “Deve-se garantir desde os primeiros  anos de vida, toda a condição adequada para o desenvolvimento de personalidade e isso impedirá que essa criança se torne um adolescente com transtornos de conduta e posteriormente um adulto delinquente” afirma.
Case superlotado
O Centro de Atendimento Socioeducativo – Case de Passo Fundo abriga hoje 65 menores , mesmo possuindo uma capacidade para atender apenas 40 internos. A diretora interina Marilene Zagonel, garantiu que 10% dos jovens cumprem pena por assassinato e cerca de 25% dos interior cometeram crimes hediondos. “Mesmo cometendo crimes considerados de alto grau pela lei, pode haver redução de pena por bom comportamento e ele ser solto”, afirma. 
“Crianças que fazem o mal como adultos”
No dia 13 de outubro, três jovens encapuzados entraram na joalheria Polippo e San Rafael, na rua Moron,  e armados com revólver, anunciaram o assalto. O proprietário do estabelecimento, Luiz Carlos Polippo, foi atingido por um disparo que o acertou na região das costas. Segundo informações, o tiro teria saído pelo abdômen da vítima que caiu no local.  Luiz nunca mais voltou a andar. Os menores foram apreendidos após perseguição com a Brigada Militar.
Em entrevista concedida com exclusividade ao Diário da Manhã, cinco meses após o acontecido, Luiz disse que perdoa o menor que efetuou o disparo. “Não sou ninguém pra julgar, mas sou a favor da maioridade penal, são crianças que fazem o mal como adultos”, disse.
Polippo acredita que se houvessem leis mais rígidas o assalto em seu estabelecimento jamais teria acontecido. “Hoje os adolescentes sabem muito bem o que estão fazendo, uma criança de cinco anos sabe o que é certo e errado, um adolescente mal intencionado com uma arma de fogo é um risco à sociedade”, afirma.
Hoje, Luiz Carlos não sai de cima da cama, quando sai, apenas para fazer fisioterapia. “Antes eu tinha uma vida normal, hoje não consigo mais fazer as coisas que me davam prazer, eu era uma pessoa ativa, hoje não sou mais”.
Fonte: Jonas Lima/Diário da Manhã
Postado por:Elisete Bohrer
 
+ Mais Informações ››››››

Sisutec divulga resultados e matrículas começam na quarta

Segunda chamada está prevista para 1º de abril

Candidatos inscritos no Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) já podem consultar o resultado da primeira chamada no site http://sisutec.mec.gov.br/. Os selecionados têm desta quarta-feira à sexta-feira para se matricular.

A primeira edição de 2014 do Sisutec ofereceu 293.738 vagas em cursos técnicos subsequentes – para pretendentes que concluíram o ensino médio. Os cursos são gratuitos e têm início previsto para o período de 14 de abril a 12 de maio.

De acordo com o Ministério da Educação, foram registradas 1.016.211 inscrições. O total de inscritos chegou a 527.730 "cada candidato pode fazer até duas opções de curso". O estado do Rio de Janeiro liderou as inscrições, com 111.282, seguido de Minas Gerais (100.738) e São Paulo (88.586).

As vagas para os cursos serão ocupadas prioritariamente por estudantes que tenham cursado o ensino médio completo em escolas da rede pública ou, se em instituições privadas, na condição de bolsista integral. O aluno também deverá ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2013, sem zerar redação.

O MEC informou que a divulgação dos resultados da segunda chamada está prevista para o dia 1º de abril. Após as duas chamadas, todos os candidatos que tenham concluído o ensino médio poderão se candidatar às vagas remanescentes.
Fonte: Agência Brasil
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Receita arrecada R$ 83 bilhões e bate recorde para fevereiro

Alta é de 3,44% em relação ao mesmo período do ano passado

A arrecadação de impostos e contribuições federais ficou em R$ 83,137 bilhões em fevereiro, resultado recorde para o mês, conforme divulgado nesta terça-feira pela Receita Federal. Corrigida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a alta é de 3,44% em relação ao mesmo período do ano passado.  No bimestre, a arrecadação teve crescimento real, corrigido pela inflação, de 1,91% na comparação com o mesmo mês de 2013, com R$ 206,804 bilhões, resultado recorde também para o período.

De acordo com a Receita Federal, o resultado decorreu da redução do recolhimento de impostos apurados com base na estimativa mensal, Imposto de Renda da Pessoa Jurídica e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido, ocorrida em fevereiro de um pequeno grupo de empresas. Houve ainda efeito das desonerações tributárias adotadas pelo governo para combater a crise econômica, em especial, folha de pagamento, Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) dos combustíveis, Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) dos automóveis e Imposto sobre Operação Financeira (IOF) para crédito à pessoa física.

A arrecadação sofreu impacto também de indicadores macroeconômicos como a produção industrial, com queda de 2,44% em comparação a fevereiro do ano passado. Por outro lado e na mesma base de comparação, houve aumento na venda de bens e serviços (3,46%), na massa salarial (9,33%) e no valor em dólar das exportações (13,16%).
Fonte: Agência Brasil 
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Jornal da Liberdade edição do dia 25 de março de 2014

Apresentado por:Alcione Gondorek

Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

1º Jornada Cultural - ACCLTP

Na última quinta-feira 20, e sexta-feira 21, aconteceu na cidade de Porto Alegre a 1º Jornada Cultural, promovida pela Secretaria da Cultura,o presidente da ACCLTP,Eloidemar Guilherme participou da 1º Jornada Cultural,em entrevista concedida ao programa Estação da Manhã,apresentado pelo Locutor Alcione Gondorek, o presidente da ACCLTP,Eloidemar Guilherme, falou sobre 1º Jornada Cultural, entre assuntos foram abordados, bem como as doações recebidas de livros,para a Biblioteca do Saber, confira a entrevista completa em áudio:




O presidente da ACCTP Eloidemar Guilherme,em Porto Alegre,entrevistou o Secretário Adjunto de Cultura do Estado Jeferson, o qual falou sobre 1º Jornada Cultural, confira o áudio:


Créditos:Elisete Bohrer

+ Mais Informações ››››››

Regional Rio da Várzea define áreas para votação do Ciclo Orçamentário 2014/2015

A Audiência Pública Regional do Ciclo Orçamentário Estadual 2014/2015 que ocorreu na última sexta-feira, 21, no plenário da Câmara de Vereadores de Palmeira das Missões. Durante a atividade houve a apresentação do Mapa de Investimentos do Ciclo Orçamentário e a escolha das áreas temáticas da Participação Popular Cidadã (PPA) para orientar a indicação das demandas do Orçamento Estadual 2015. A 20ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), de Palmeira das Missões, integrou o debate.

O Coordenador Regional da PPA, Plínio dos Santos, abriu o evento, que contou com uma apresentação da APAE do município e o pronunciamento de autoridades e lideranças que destacaram a importância do processo.

Na sequência dos trabalhos realizou-se a exposição de um vídeo sobre o Ciclo Orçamentário Estadual 2014 /2015 e o presidente do Corede, Paulo Fernandes, apresentou a prestação de conta dos passivos já pagos. Enquanto, Santos, fez a prestação de contas dos investimentos do Estado na região e, passou à apresentação das diretrizes, regimento interno e calendário do processo.

O responsável pelo setor de Obras da 20ª CRE, Edison Tietz, abordou as ações da área educacional na região. Após as demais manifestações de entidades e lideranças foram definidas as áreas para votação:
1- Cultura e Inclusão Digital; 2 - Desenvolvimento Econômico; 3 - Desenvolvimento Rural; 4 – Saúde; 5 - Segurança Pública e Defesa Civil; 7 - Cidadania, Justiça, Direitos Humanos e Políticas para as Mulheres; 8 - Meio Ambiente e Recursos Hídricos; 9 – Esporte, Lazer e Turismo; 12 - Educação Superior; 15 - Educação Básica, Profissional e Técnica.

De acordo com o coordenador-adjunto da PPC, Romário Marcolan, a próxima etapa do Ciclo Orçamentário 2014/2015 será a realização das Assembleias Municipais.


Crédito: Jô do Carmo/Assessoria de Imprensa 20ªCRE
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!