sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Período de rematrículas da rede estadual abre em 1º de outubro

Solicitações de ingresso para os primeiros anos dos ensinos Fundamental e Médio começam na segunda quinzena de outubro

A Secretaria Estadual de Educação abre em 1º de outubro o período de rematrículas para os ensinos Fundamental e Médio da rede pública gaúcha. A primeira etapa é a das rematrículas, necessárias para os estudantes que já pertencem à rede estadual. Esse prazo vai de 1º a 31 de outubro, na própria escola que o estudante frequenta.
Solicitação de vaga
Na segunda quinzena, entre 13 e 31 de outubro, é dado início ao processo de solicitações de vaga para as instituições de ensino. Nesta etapa, os alunos que estão fora da rede pública e querem vaga devem acessar o site da secretaria de educação e preencher o cadastro. Para as cidades que possuem Central de Matrículas, a inscrição presencial também pode ser feita.
Podem ser buscadas vagas para 1º ano ou 1º ciclo do Ensino Fundamental e 1º ano do Ensino Médio Politécnico, Educação Profissional Integrada ao Ensino Médio, Curso Normal (Magistério) e cursos técnicos subsequentes. As matrículas serão feitas de 5 a 13 de janeiro de 2015, na escola para a qual o candidato foi designado.
Transferências
De 5 a 13 de janeiro de 2015, também devem ser solicitadas as transferências no Ensino Fundamental. Os candidatos, após a solicitação aceita, farão matrícula entre os dias 23 e 30 de janeiro de 2015. Pedidos de transferência do 2º e 3º anos do Ensino Médio, do Curso Normal (Magistério) e da Educação Profissional devem ser feitas diretamente na escola desejada, entre 5 e 13 de janeiro.
Nas mesmas datas devem ser efetuados os pedidos de ingresso na Educação Infantil e na Educação de Jovens e Adultos, ambos diretamente na escola de interesse dos pais ou do candidato.
Fonte:Ananda Müller/Rádio Guaíba
Postado Por:Alcione Gondorek
+ Mais Informações ››››››

Escondidinho de Mandioca com Recheio de Frango










Ingredientes
Massa
1 kilo de mandioca cozida em agua e sal
2 colheres (sopa) de manteiga
2 colheres (sopa) de requeijão ou creem cheese
Recheio
2 peitos de frango cozido e desfiado
1 cebola picada
1 colher (sopa) de óleo
3 colheres (sopa) de molho de tomate pronto
1/2 xícara (chá) de azeitona verde
1/2 xícara (chá) de milho verde
2 colheres (sopa) de salsinha
2 tomates picados sem sementes
Montagem
3 colheres (sopa) de queijo ralado
200 g de muçarela
Como fazer
Massa
Pegue a mandioca cozida porém ainda quente, passe pelo espremedor de batata junte a margarina e misture.
Junte também o requeijão e misture bem. Reserve.
Recheio
Em uma panela coloque o óleo e refogue a cebola até ficar transparente, junte o tomate picado, a azeitona, o milho, o molho de tomate a salsinha, o frango e deixe refogar por uns 10 minutos, apague o fogo e reserve.
Montagem
Pegue um refratário unte com margarina, ponha um pouco da massa de mandioca espalhe bem e distribua todo o recheio de frango reservado.
Pique algumas fatias de muçarela e ponha por cima do frango.
Ponha o restante da massa de mandioca espalhe de novo e cubra com o restante das fatias de muçarela.
Salpique o queijo ralado e leve ao forno por 15 minutos.

+ Mais Informações ››››››

Programa da Crehnor edição do dia 26 de setembro de 2014


Fonte:Jorge André Rogerio
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Jornal da Liberdade Edição 1136 do Dia 26 de setembro de 2014

Destaque desta edição.               

Instabilidade continua em parte do Rio Grande do Sul nesta sexta
Após descartar caso de Ebola, hospital reabre nas Missões
Hoje é comemorado o Dia Mundial da Prevenção da Gravidez não Planejada
Dupla rouba carro, tranca motorista e é presa após dormir no veículo no RS



Apresentado Por: Alcione Gondorek 
+ Mais Informações ››››››

Grupo Humaitá - Visita de delegação estrangeira

Em 25 de setembro o 29º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado recebeu a visita de uma comitiva do Instituto Militar de Estudos Superiores do Exército Nacional do Uruguai, composta por 20 oficiais, instrutores e alunos. Os militares foram recepcionados no Grupo Humaitá e participaram de uma formatura geral da OM.







Fonte:Seção de Comunicação Social
Grupo Humaitá
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Ametista do Sul: Polícia prende suspeitos de gravação de vídeos pornográficos com deficientes mentais

Na tarde desta quinta-feira, 25, a Polícia Civil de Ametista do Sul realizou uma operação cumprindo cinco mandados de prisões preventivas decretadas pela justiça, os suspeitos que tem idades entre 19 a 50 anos são investigados por estupro de vulnerável por participarem de gravações e divulgação de vídeos feitos por um telefone celular em que um homem de 30 anos e uma jovem de 20 anos – ambos sofrem de transtornos mentais –, aparecem fazendo sexo.
Segundo a polícia, cinco homens são suspeitos de induzirem as vítimas à prática de sexo. A inspetora, Clarice Egger, responsável pela investigação, disse que o órgão só ficou sabendo do caso no dia 16, através de uma denúncia anônima. Ela contou ainda que não há dúvidas em relação à sanidade mental das vítimas.
Conforme a Delegada Aline Dequi Palma, titular da Delegacia de Polícia de Rodeio Bonito, dois jovens - ambos com idades de 23 anos foram presos e foram encaminhados ao presidio estadual de Frederico Westphalen onde estão a disposição da justiça, outro homem de 50 anos foi preso no inicio da noite na cidade de Chapecó-SC, os outros dois suspeitos são considerados foragidos.
A jovem de 20 anos foi internada na tarde da quarta-feira, 24, na ala psiquiátrica do Hospital de Caridade de Nonoai.
Através da internet,(whatsap) o vídeo foi divulgado amplamente. A polícia alerta a população para que tome cuidado, não armazenando ou repassando o material, o que é crime.
Informações extra-oficiais dão conta de que familiares já contataram advogados para acompanhar o caso.
Fonte:Josias Marques/InFocoRS
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Temor de ebola gera preocupação em Palmeira das Missões

A população de Palmeira das Missões foi dormir na noite da quarta-feira, 24, atormentada com uma incerteza. À tarde, o Hospital de Caridade, o maior do município, havia fechado parte do setor ambulatorial para desinfecção após o atendimento de uma intercambista vinda da Nigéria — país africano que contabiliza 20 casos de ebola, segundo o último balanço da Organização Mundial da Saúde. Haveria um caso de ebola?
Não era o caso: na manhã desta quinta, o ambulatório já estava atendendo a todas as categorias de emergência. Mas o diretor do hospital, Marcio Slaviero, teve de se reunir com a imprensa local para esclarecer que não havia motivos para pânico — exames descartaram a hipótese de ebola. A notícia do fechamento voou pela cidade e deixou muita gente tensa.
— A paciente apresentou sintomas gastrointestinais, foi atendida e isolada em um quarto. Como ela é da Nigéria, país onde há casos, comunicamos o Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs) que iríamos fechar o setor para higienização e desinfecção. A informação de que não se tratava de ebola veio depois, com os exames. Mas até a hipótese ser descartada, optamos por tomar todas as medidas preventivas necessárias — informou o diretor.
Conforme o alerta epidemiológico emitido pela Secretaria de Saúde do Estado, o vômito apresentado pela paciente está entre os sintomas da doença — outros são febre alta, fraqueza, dor de cabeça e garganta e, por fim, hemorragias. O Cevs, no entanto, informou que quando notificado logo descartou a possibilidade da doença devido ao período de incubação do vírus, que é de 21 dias. A adolescente, cujo nome não foi informado, está no Brasil há 45 dias.
Para um dos responsáveis pelo intercâmbio da paciente, o comerciante Renato Dalberto, houve um "certo exagero" na forma como o hospital conduziu a situação e a imprensa local noticiou o caso.
— Alguém pisou na bola. Um desarranjozinho como o que me deu na semana passada, deu na menina. Foi uma precipitação sem explicação a do hospital, e indignação é pouco para descrever o que sinto. Uma coisa dessas não deveria ter virado notícia — afirma Dalberto.
De acordo com o diretor do hospital, o fato de ela ter vindo da Nigéria foi um fator preponderante para que as medidas preventivas fossem adotadas. Ele não considera a atitude da instituição exagerada.
— Toda a repercussão que aconteceu é baseada na possibilidade de ter sido verdadeiro. E se realmente tivesse sido algo verdadeiro? Provavelmente não estaríamos discutindo se os procedimentos foram adequados ou não. Tomamos toda a prudência possível no sentido de manejo clínico e de divulgação junto ao órgão orientador, que é a vigilância estadual — rebate Slaviero.
A advogada Cinthia Lagomarsino, "mãe" da intercambista no Brasil, conta que a adolescente foi até o hospital porque estava se sentindo mal — estaria desidratada em função do mal-estar. Segundo ela, "os costumes no país são completamente diferentes" e leva um tempo até que o estrangeiro se adapte a outro tipo de alimentação. Cinthia disse que a adolescente completa 17 anos no próximo sábado, ainda está internada no hospital e não sabe do "zum zum zum" que corre pela cidade de 35 mil habitantes.
— Graças a Deus ela não tem conhecimento dessa dimensão. Quando ela sair do hospital vou ter que conversar com ela. Ela é adolescente e está começando a fazer uma relação de amizades. Tenho medo de que ela seja rejeitada. Espero que as autoridades responsáveis tomem uma posição contra isso, a adolescente foi exposta de uma forma descabida — considera a advogada.
Foto: Priscila Devens / Prefeitura de Palmeira das Missões
Fonte:Clic RBS
(AP)
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Iniciadas as obras das usinas do Rio da Várzea

A COOGERVA, cooperativa formada pela CRELUZ, CERTEL, COPREL e COOPERLUZ, detentora da outorga da PCH Linha Aparecida (25 MW) e PCH Linha Jacinto (17 MW), totalizando 42 MW, situada no município de Rodeio Bonito/RS, no próximo dia 25 de setembro, em São Paulo, assinará os Contratos de venda de energia elétrica referentes ao Leilão A-5, realizado no dia 13 de dezembro de 2013. Serão assinados cerca de 32 contratos, com 32 distribuidoras de energia elétrica.
A COOGERVA foi uma das únicas empresas que realizaram a venda de energia elétrica nesse leilão, com início de fornecimento e entrega de energia no dia 01 de maio de 2018. No entanto, a entrada em operação comercial das PCH`s, segundo cronograma aprovado pela Agencia Nacional de Energia Elétrica – ANEEL, deverá ocorrer no dia 01 de janeiro de 2017.
As obras das duas PCH`s, já iniciaram nos dois complexos, com um investimento superior a R$ 200 milhões de reais e gerará cerca de 600 empregos diretos.
Letícia Waldow, com informações da Assessoria de imprensa da Creluz
+ Mais Informações ››››››

Lavouras de trigo apresentam bom potencial produtivo no Rio Grande do Sul

Com cerca de 40% das lavouras em fase de enchimento de grãos, a cultura do trigo vem apresentando bom potencial produtivo nas principais regiões produtoras do Rio Grande do Sul, mesmo com as condições adversas registradas durante o plantio do cereal.
O aspecto das áreas cultivadas, conforme o Informativo Conjuntural divulgado pela Emater/RS-Ascar nesta quinta-feira (25), melhorou bastante nas últimas semanas, apresentando espigamento uniforme e bom tamanho de espigas. Algumas lavouras, especialmente nas Missões e na Fronteira, já apresentam adiantado estado de maturação. Atualmente, 4% da área semeada com trigo estão nesta fase.
Devido à alta umidade relativa do ar registrada em alguns momentos, os triticultores continuam realizando o monitoramento das lavouras para verificar a incidência de doenças ou mesmo eventuais pragas e a aplicação de fungicidas, o que tem aumentado os custos de produção.
A expectativa de produtividade inicial, baseada na tendência observada nos últimos anos, ainda está mantida em 2735 kg/ha, embora os produtores projetassem rendimentos maiores ao implantarem a cultura, principalmente devido ao nível tecnológico por eles empregado nesta safra.
No momento, o preço do trigo é avaliado como abaixo do custo de produção para muitos produtores, o que transfere ao mercado uma sensação de desestímulo. Durante o último período, as cotações da saca de 60 kg do cereal ficaram entre R$ 24,00 e R$ 29,00. A média, em âmbito estadual, ficou em R$ 25,31.
Texto: Júlio Fiori
Heloise Santi
Central do Interior
Diretoria de Jornalismo/SECOM
Telefones (51)3213-0787
+ Mais Informações ››››››

Ipergs e entidades hospitalares terão nova reunião no dia 29

A reunião das entidades médicas e hospitalares gaúchas com o centro de governo e o Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Sul (Ipergs) trouxe avanços às negociações nesta quinta-feira. O Grupo Paritário trata, entre outros itens, da atualização da tabela de remuneração dos serviços prestados ao Instituto. Do conjunto da pauta, apenas dois pontos serão reestudados: a remuneração dos medicamentos e a implantação da tabela CBHPM (Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos).
Uma nova reunião está marcada para segunda-feira (29), com o objetivo de aproximar as propostas. O Ipergs injeta anualmente R$ 1,5 bi na assistência à saúde dos servidores do Estado (IPE-Saúde), com recursos provenientes da contribuição dos funcionários públicos e do governo. “Temos muita responsabilidade no que diz respeito à aplicação desses recursos, e estamos dispostos a esgotar todas as possibilidades nesta negociação”, declara o presidente do IPE, Valter Morigi.
Texto: Eduardo Buchholz
Heloise Santi
Central do Interior
Diretoria de Jornalismo/SECOM
Telefones (51)3213-0787
+ Mais Informações ››››››

Espaço das agroindústrias familiares se consolida na Agrotecno Leite 2014

A Agrotecno Leite disponibilizou, pelo segundo ano consecutivo, espaço para as agroindústrias familiares. Ao todo, são dez estandes concentrados no Centro de Eventos da Universidade de Passo Fundo, onde, desde o dia 23 de setembro, ocorre o evento. Uma grande variedade de produtos coloniais é ofertada pelos produtores no local, como embutidos, lácteos, panificados, doces e plantas medicinais. A Agrotecno Leite encerra-se nesta quinta-feira (25).
“É uma experiência boa, além de ser uma maneira de divulgar nossos produtos, principalmente para o pessoal de Passo Fundo e região”, declarou a expositora Angélica Biffi, que está participando da feira pela segunda vez. Angélica e sua família moram na comunidade de Santa Gema, em Passo Fundo, e têm uma agroindústria de salames e derivados. Angélica destaca a boa receptividade do público da feira. “A venda está sendo boa, mas o melhor ainda é a divulgação do produto e da nossa marca, para uma venda posterior”, comemorou a agricultora.
Para Sérgio Kobelinski, do município de Santo Antônio do Palma, que participa da feira pela segunda vez, essa é uma boa oportunidade de ampliar os negócios. “Está sendo melhor do que no ano passado”, destacou o agricultor, que comercializa sucos e geleias da Agroindústria Irmãos Kobelinski. Já para Elisiane Klein, que está estreando na feira, da Agroindústria Delícias da Colônia, de Santo Antônio do Planalto, a expectativa está sendo correspondida. “Surgiu a oportunidade e nós aproveitamos. Está sendo bastante proveitoso, é uma experiência nova e estamos gostando”, finalizou.
O movimento de público foi grande, durante os três dias da feira. Delise Fátima da Rosa, que compareceu ao evento com uma excursão do município de Planalto, fez uma avaliação positiva. “A gente não conhecia, achei muito bom”, disse ela, carregando suas compras.
Texto: Vanessa Almeida de Moraes
Heloise Santi
Central do Interior
Diretoria de Jornalismo/SECOM
Telefones (51)3213-0787
+ Mais Informações ››››››

EGR abre licitação para duplicar trecho da ERS-135, em Erechim

A Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) publicou nesta quinta-feira (25) o aviso de licitação para a duplicação de um trecho da ERS-135. A concorrência será do tipo menor preço. A abertura da sessão será no dia 27 de outubro, às 15h.Confira o edital.
O trecho que será duplicado tem cerca de 7 quilômetros de extensão, iniciando no acesso à Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), em Erechim, e seguindo em direção ao centro do município (km 71,56 ao km 78,35). O prazo previsto em contrato para a conclusão da obra é de 18 meses. O custo previsto da duplicação é de R$ 25 milhões.
O investimento na duplicação da ERS-135 faz parte de um conjunto de novas obras anunciado na semana passada pela EGR e pela Secretaria de Infraesturura e Logística. Na ocasião, também foi divulgada a duplicação e construção de um viaduto no acesso secundário a Santa Cruz do Sul. O edital desta obra já está aberto.
Foi comunicada ainda a pavimentação e melhoria na sinalização de um trecho de 20 quilômetros na ERS-324, repassado do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) à EGR.
"Até o final do ano, teremos a publicação do edital que prevê a duplicação (das rodovias) de Passo Fundo a Marau e de Marau a Casca", afirmou o secretário de Infraestrutura e Logística, João Victor Domingues, na coletiva de anúncio dos novos investimentos.
O custo das obras promovidas pela EGR é pago com o dinheiro arrecadado nos pedágios.
Texto: Assessoria de Comunicação
Heloise Santi
Central do Interior
Diretoria de Jornalismo/SECOM
Telefones (51)3213-0787
+ Mais Informações ››››››

Jornal dos Trabalhadores - Rio Grande do Sul - Edição 578 dia 26 de setembro de 2014.

Ouça nesta edição:
Dia de luto na crise dos hospitais;
7,4 milhões de votos são a favor da reforma politica;
Curitiba inaugura primeira praça construída pela própria população;
Petrobras garante a perfuração de poço na Bacia de Pelotas.
+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!