terça-feira, 28 de novembro de 2017

Aviso de Desligamento RGE


+ Mais Informações ››››››

Programa Juventude com Ideais é discutido com às famílias

Teve início nesta semana mais uma etapa do Programa Municipal Juventude com Ideais. Familiares dos estudantes do município, participam em suas escolas de reuniões para conversar sobre a situação atual de seus filhos, principalmente sobre o assunto que envolve drogas e suas consequências.

Essa é a terceira etapa do programa e chama-se “Realidade”, coordenada pelo Prefeito Municipal Silvânio Antônio Dias. O Juventude com Ideais é um Programa de Transformação Social e tem como principal objetivo sensibilizar a população quanto aos problemas que envolvem a juventude e despertar os jovens a sonhar, ter liberdade com responsabilidade, ter ideais, semeando um bom futuro.

Ainda neste ano além das reuniões em todas as escolas, está prevista para ocorrer a formação da equipe de gestão do programa. No mês de fevereiro de 2018 o programa deverá começar a ser executado nas escolas com o acompanhamento dos participantes possibilitando premiações aos envolvidos.

O prefeito Silvânio afirma que essas reuniões foram organizadas em turnos diferentes para que os familiares possam participar e saber da realidade de cada escola. Ele considera que a receptividade dos pais em relação ao assunto está sendo muito boa. “Consideramos a família como principal pilar a ser trabalho no programa, temos essa missão de conversar demonstrando a realidade em relação ao comportamento de nossos filhos. Esse é um momento de extrema importância dentro do programa, sendo uma motivação para a busca por ajuda e uma maneira de evitar problemas futuros principalmente em relação as drogas” comenta.                                                                                                                                                                       
   












Fonte: Assessoria de Imprensa Prefeitura Municipal de Três Palmeiras
+ Mais Informações ››››››

Jornal Comunitário - Rio Grande do Sul - Edição 1373, do dia 29 de Novembro de 2017

Edição 1373, do dia 29 de Novembro de 2017
CLIQUE AQUI PARA BAIXAR:
OPÇÃO 01 IVOOX
OPÇÃO 02 DRIVE

Um Jornal Comunitário de edição colaborativa, produzido pelas emissoras de Rádios Comunitárias do Estado do Rio Grande do Sul, seja você um correspondente da sua região, entre em contato pelos telefones Whatsapp 54 9611 0186 ou 54 3367 1351.

OUÇA NA EDIÇÃO DE HOJE:




Contribuição ao INSS de trabalhador que ganha menos que o mínimo chega a 8%

Conta de luz ficará mais barata em dezembro

Prazo para renovação do Fies termina nesta quinta-feira (30)

Centrais sindicais e movimentos convocam greve geral em todo o país em 5 de dezembro

Número de idosos cresce no Brasil, aponta PNAD

Saiba o que muda nas aposentadorias rurais

Mais da metade dos jovens brasileiros estão infectados pelo HPV



+ Mais Informações ››››››

PROGRAMA DO STR DE 28-11-2017

+ Mais Informações ››››››

Jornal da Liberdade Edição 1873 de 28-11-2017

+ Mais Informações ››››››

CONVITE

O Governo Municipal de Três Palmeiras, Gerando Oportunidades e Desenvolvimento, convida você e sua família para importante encontro dos programas “MAIS SAÚDE NAS COMUNIDADES” e MAIS AÇÃO SOCIAL” a realizar-se nesta sexta-feira, dia 1º de dezembro 2017 na Comunidade de Linha Pinheiro II, às 14 horas.
Estarão no local profissionais da Secretaria da Saúde e profissionais da Secretaria da Promoção Social do nosso município prestando atendimento na sua comunidade.
Queremos ajudar você a cuidar da sua saúde e do seu bem-estar. Só precisamos que você e sua família participem.
Nesta sexta feira, 1ª de dezembro, na COMUNIDADE DE LINHA PINHEIRO II, às 14 horas.
Mais Saúde nas Comunidades e Mais Ação Social.








                                                                                                                  Fonte: Assessora de Imprensa
                                                                  Prefeitura Municipal 
+ Mais Informações ››››››

1102 - 28 DE NOVEMBRO, TER - AS FONTES DA ALMA, ÁGUA LIMPA OU ÁGUA TURVA

+ Mais Informações ››››››

Contas de luz terão bandeira vermelha patamar 1 em dezembro

         Consumidores terão uma taxa extra de R$ 3 a cada 100 kWh consumidos
Mudança da bandeira foi possível em razão do aumento das chuvas | Foto: André Ávila / CP Memória

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou que as contas de luz terão bandeira vermelha em seu primeiro patamar no mês de dezembro. Com isso, os consumidores terão uma taxa extra de R$ 3,00 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Em novembro, vigorou a bandeira vermelha patamar dois, cuja cobrança é de R$ 5,00 a cada 100 kWh consumidos.
A mudança da bandeira foi possível em razão do aumento das chuvas, que ajudaram a recuperar o nível dos reservatórios das hidrelétricas. "Houve uma pequena evolução na situação dos reservatórios das usinas hidrelétricas em relação ao mês anterior, o que possibilitou o acionamento da bandeira vermelha no patamar 1", informou a Aneel. "Ainda que não haja risco de desabastecimento de energia elétrica, é preciso reforçar as ações relacionadas ao uso consciente e combate ao desperdício", acrescentou a agência.
A divulgação da bandeira do mês de dezembro deveria ter ocorrido na última sexta-feira. A Aneel não informou o motivo do atraso.
A persistência da seca fez com que a agência antecipasse o reajuste das bandeiras, que seria válido apenas a partir de janeiro. Com as alterações propostas pela Aneel, o sistema das bandeiras tarifárias passa a levar em consideração o nível dos reservatórios das hidrelétricas (risco hidrológico). Até então, o modelo considerava apenas o preço da energia no mercado à vista (PLD).
No novo sistema, a bandeira verde continua da forma como está, sem taxa extra. Na bandeira amarela, a taxa extra é de R$ 1,00 a cada 100 kWh. No primeiro patamar da bandeira vermelha, o adicional é de R$ 3,00 a cada 100 kWh. E no segundo patamar da bandeira vermelha, a cobrança é de R$ 5,00 a cada 100 kWh. Como a metodologia está em audiência pública, os valores definitivos das bandeiras para 2018 ainda podem ser alterados.
O sistema de bandeiras tarifárias é uma forma diferente de cobrança na conta de luz. O modelo reflete os custos variáveis da geração de energia. Antes, esse custo era repassado às tarifas uma vez por ano e tinha a incidência da taxa básica de juros, a Selic. Agora, esse custo é cobrado mensalmente e permite ao consumidor adaptar seu consumo e evitar sustos na conta de luz.
Fonte: Correio do Povo


+ Mais Informações ››››››

Prêmio 500 Maiores do Sul.

Cotrisal está em as 50 maiores empresas da Região Sul
            Jornalista Silvana Lima, assessora de comunicação da Cotrisal, representou a cooperativa na premiação


A Cotrisal recebeu na quarta-feira, 22, a premiação entre as 500 maiores empresas do Sul. A cooperativa obteve destaque em duas categorias, entre as 50 maiores da Região Sul, com o 32º lugar, e entre as 500 maiores da Região Sul do Brasil, na 87ª posição. A edição 2017 do ranking da Revista AMANHÃ e da PwC Brasil mostra como as principais empresas da região conduziram seus negócios em um ano desafiador.
 A solenidade aconteceu em evento promovido pela Revista Amanhã, em Curitiba (PR), para uma plateia de empresários, lideranças e autoridades, e contou ainda com a apresentação de duas palestras: com o juiz Federal, Sérgio Moro, e com o presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro.
Para o presidente Walter Vontobel, este prêmio é o reconhecimento ao trabalho sério, com responsabilidade e comprometimento, e por outro lado, nos mostra o quanto a cooperativa cresceu e se tornou importante no cenário do agronegócio e da economia do país. “A Família Cotrisal está de parabéns, é a nossa união e cooperação, entre direção, associados e funcionários que vem resultando em grandes conquistas”, ressaltou Vontobel.

Moro: programas de integridade nas empresas têm de ser "para valer"

Juiz Federal palestrou em evento de premiação

O juiz federal Sérgio Moro participou do evento de premiação das 500 Maiores do Sul. Após parabenizar companhias presentes no ranking – que colheram bons resultados em um ano difícil, Moro lembrou dos aprendizados que os períodos difíceis trazem: “Recessão sempre é muito ruim para as pessoas e empresas. Mas é muito bom conseguir sair dela”.
Ao comentar a investigação da Petrobras, e seus desdobramentos na chamada Operação Lava-Jato, Moro fez referência ao conceito de State Capture – a captura do estado para fins privados. Segundo o juiz, a investigação da estatal mostrou não apenas um, ou alguns, casos de corrupção – mas que esta havia se tornado uma prática sistemática. “Os números são superlativos, e o balanço da própria Petrobras reconheceu perdas da ordem de 6 bilhões de reais em custos direto com a corrupção. Temos quatro ex-diretores da Petrobras cumprindo penas, dois deles em condições mais favoráveis, por terem ajudado com informações. Apenas um gerente devolveu 98 milhões de dólares, em contas no exterior. E, ontem mesmo o TRF4 confirmou a condenação do ex-presidente da Câmara.”, lembrou Moro.
Outro aspecto abordado por Moro foi como a corrupção compromete a livre concorrência e própria saúde do ambiente no qual as empresas operam. As investigações apontaram como acordos prévios entre empresas na participação de projetos que inviabilizam o livre mercado, com prejuízos diretos ao erário público. “As empresas têm um grande papel. Em primeiro lugar: não pagar propina”, orientou Moro, que chegou a pedir desculpas por falar algo tão óbvio. “Se houver extorsão, este é um momento oportuno para que as empresas procurem as autoridades públicas para denunciar os fatos”, explicou. 
                               O banco do futuro terá de correr mais riscos


                                   Presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro

Alternando frases e espirituosas e sínteses contundentes, o presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro, pautou sua palestra no evento, por uma nova visão sobre o papel do BNDES e os bancos em geral. “O banco do futuro terá de correr mais riscos”, defendeu Rabello, ao comentar, em tom de autocrítica, que o BNDES apresenta em sua carteira de crédito um índice de inadimplência de apenas 2% entre os seus clientes. “É um índice muito baixo, mesmo depois de uma longa recessão. Temos de respirar o nível de inadimplência da economia real. Não faz mal que o banco também sofra. A não ser que queiramos fechá-lo”, admitiu o economista. “Só precisamos convencer o pessoal do TCU sobre isso”, sorriu, admitindo que um dos desafios de gerir um banco público de um modo menos conservador e mais plugado no ímpeto empreendedor das companhias é o rigor das autoridades de controle, como o Tribunal de Contas da União.

Fonte:Lurdes Silvana de Lima
Assessoria de Comunicação
Cooperativa Tritícola Sarandi Ltda



+ Mais Informações ››››››

Três Palmeiras é Bicampeã da Taça Cotrisal de Bocha 2017

                                             Equipe Bicampeã – Três Palmeiras

                                           Vice-Campeã São José das Missões

                                   Vice-presidente João Carlos Chini durante pronunciamento

Um excelente público compareceu ao Círculo Operário em Sarandi no dia 25 de novembro, para conhecer a equipe campeã da Taça Cotrisal de Bocha 2017. Prestigiaram a decisão o vice-presidente João Carlos Chini, gerentes, colaboradores, conselheiros, associados e clientes de Sarandi e região. 
Após uma decisão acirrada, Três Palmeiras sagrou-se campeã vencendo na disputa de bocha por bocha a equipe de São José das Missões, que vinha em busca do título de campeã.
Três Palmeiras é a bicampeã da 11ª edição vencendo por 24 x 17 com garra e determinação venceu conquistando o título de 2017.
Em nome da Assessoria de Comunicação da Cotrisal, agradecemos aos gerentes e colaboradores que acompanharam os jogos no decorrer da competição, “nos auxiliando, para que concluíssemos mais uma edição com êxito e sucesso. Parabéns para as 17 equipes participantes, em especial Três Palmeiras, que pela segunda vez disputou a final e conquistou o título”, destacou o gerente de comunicação, Vitor Hugo De Marco.
“Nossos parabéns aos atletas, torcedores e aos presidentes dos CMDs que ajudaram a organizar os campeonatos, tanto de Bocha como também de Futsal. Em nome deles, agradecemos a todos que prestigiaram os jogos nas duas modalidades”, ressaltou o vice-presidente da Cotrisal, João Carlos Chini.

Retrospectiva da Taça Cotrisal de Bocha:
2007
Ronda Alta
2008
Ronda Alta bicampeã
2009
Constantina
2010
Ronda Alta tricampeã
2011
Ronda Alta tetracampeã
2012
Sarandi
2013
Rio dos Índios
2014
Novo Barreiro
2015
Trindade do Sul
2016
Três Palmeiras
2017
Três Palmeiras bicampeã






Fonte:Lurdes Silvana de Lima
Assessoria de Comunicação
Cooperativa Tritícola Sarandi Ltda






+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!