quinta-feira, 4 de maio de 2017

Jornal Comunitário - Rio Grande do Sul - Edição 1226, do dia 05 de Maio de 2017

Edição 1226, do dia 05 de Maio de 2017
CLIQUE AQUI PARA BAIXAR:

OPÇÃO 01 DRIVE

OPÇÃO 02 IVOOX

Um Jornal Comunitário de edição colaborativa, produzido pelas emissoras de Rádios Comunitárias do Estado do Rio Grande do Sul, seja você um correspondente da sua região, entre em contato pelos telefones Whatsapp 54 9611 0186 ou 54 3367 1351.

OUÇA NA EDIÇÃO DE HOJE:

· Rádios comunitárias cobram direito a acessar verba pública de mídia.

· Testes apontam influência de usina na vazão Salto do Yucumã no Noroeste do Rio Grande do Sul.

· Safra de grãos tem colheita concluída no estado.

· Nova CNH terá QR-Code com informações do motorista.

· Festa da Uva de Caxias do Sul é adiada para 2019 por falta de dinheiro.

· Mercado internacional da carne bovina é tema de palestra do CESURG.
+ Mais Informações ››››››

Programa 086 04-05-2017 CEL São Lucas da Vila Progresso - Apocalipse 3.14-22


+ Mais Informações ››››››

Jornal da Liberdade Edição 1732 de 04-05-2017

+ Mais Informações ››››››

954 - 04 DE MAIO, QUI - NÃO FICAR REMOENDO AS DECISÕES TOMADAS


+ Mais Informações ››››››

Padre é preso após ser flagrado no bafômetro

Um padre de 52 anos foi preso por suspeita de embriaguez ao volante por volta das 10h desta quarta-feira (3), na BR-470, em Garibaldi, na Serra do Rio Grande do Sul. O pároco conduzia um Renault Sandero em direção a Carlos Barbosa quando foi abordado em uma operação de rotina da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na altura do acesso à Fenachamp, no km 228 da rodovia.

De acordo com a PRF, o religioso fez o teste do etilômetro, que indicou 0,50 mg/L de álcool expelido pelos pulmões. Por isso, foi preso em flagrante por crime de trânsito, e terá de pagar multa de cerca de R$ 2,9 mil, além de ter a carteira de habilitação suspensa por 12 meses.

O padre não teve a identidade revelada pela polícia, que também não esclareceu o que ele bebeu antes de ser pego. Ele ficará na delegacia até pagar fiança, e depois responderá ao processo em liberdade.
+ Mais Informações ››››››

Comissão da Câmara aprova texto da reforma da Previdência

Depois de mais de oito horas de discussão, a comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa a proposta de reforma da Previdência aprovou o parecer do relator Arthur Oliveira Maia (PPS-BA). O novo texto, que altera a proposta encaminhada pelo governo ao Congresso, foi aprovado por 23 votos favoráveis, 14 contrários e zero abstenção.

Os parlamentares da comissão vão agora analisar os 14 destaques de bancada apresentados ao parecer, que podem resultar em alterações no texto. Esses destaques terão votação nominal. A intenção do presidente da comissão especial, deputado Carlos Marun (PMDB-MS), é concluir a votação ainda nesta quarta-feira. Com a apreciação dos destaques, a proposta segue para votação no plenário em primeiro turno. Como se trata de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), é preciso dois turnos de votação na Câmara e no Senado.

A sessão de ontem de votação na comissão especial foi tumultuada e chegou a ser suspensa por três vezes ao longo do dia. Os deputados da oposição atacaram duramente a troca de integrantes da base do governo na comissão para que a proposta fosse aprovada. O deputado Beto Mansur (PRB-SP), responsável por fazer o mapeamento dos votos, fez de ligação de última hora para deputados ausentes na comissão voltassem ao plenário da comissão para votar.
+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!