terça-feira, 16 de setembro de 2014

Promoção de Oficiais e compromisso do 1º Posto‏

Cruz Alta (RS)
No dia 3 de setembro, o 29º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado realizou uma formatura para a promoção de oficiais. Foram promovidos ao posto de 2º Tenente os Asp Silva, Carlan, Martinez, Ramos, Mariño, Débora e Luis Henrique. Na mesma oportunidade os militares promovidos prestaram o compromisso do 1º Posto.









Fonte:Seção de Comunicação Social
Grupo Humaitá
Posatdo por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Torrone caseiro












Ingredientes
3 copos de amendoim torrado e sem casca nenhuma
5 copos de açúcar refinado
1 1/2 copos (200ml) de mel
3 claras
1 copo de água quase congelada
modo de preparo
Em uma panela derreta o açúcar e em seguida acrecente o mel fazendo com ambos uma calda.
Em seguida pegue uma colher de sopa dessa calda e misture na água quase gelada.
Depois retire a bolinha desse doce da água e a aperte vendo se ela mudar de forma deixe essa calda mais um pouco no fogo; Se não mudar de forma está no ponto ideal.
Bata as claras e quando começar a nevar e sem desligar a batedeira coloque sobre elas a calda bem quente.
E continue batendo até a massa crescer o dobro.
Coloque o amendoim e bata mais 5 minutos.
Unte uma travessa com óleo e despeje essa massa no mesmo.
Cubra e a leve para gelar por 5 horas.
Depois disso corte os quadrados e sirva!

+ Mais Informações ››››››

SOLUÇO

O soluço é provocado por um espasmo do diafragma, um músculo que separa o tórax do abdômen e está diretamente relacionado com a respiração. Esse espasmo é acompanhado simultaneamente pelo fechamento da glote, o que prejudica a passagem de ar para os pulmões e produz o som típico e característico do soluço. Bebês estão sujeitos a crises mais frequentes de soluço, uma vez que seu sistema nervoso ainda imaturo não atua adequadamente sobre o diafragma.
Causas
O soluço pode se benigno. Nesse caso, apesar de incômodas e desagradáveis, as crises costumam ser passageiras e autolimitadas. Elas podem ter como causa a distensão do estômago provocada pela ingestão de grande quantidade de alimentos, de bebidas carbonatadas, como os refrigerantes, ou pela deglutição de ar.
Mudanças bruscas de temperatura, tabagismo, álcool, ansiedade e estresse estão entre as outras causas possíveis do distúrbio.
No entanto, as crises de soluço podem ser recorrentes ou persistentes e terem como causa problemas ligados ao sistema nervoso central, ao metabolismo, à irritação do nervo vago ou frênico, a procedimentos cirúrgicos e pós-operatórios ou a fatores emocionais.
Diagnóstico e tratamento
Existe uma série de manobras simples, que podem ser úteis no controle das crises de soluço benigno. Algumas, de fato funcionam. É o que acontece quando o paciente interrompe a respiração ou respira dentro de um saco de papel por alguns segundos, pressiona os joelhos dobrados contra o peito ou puxa a língua para provocar vômitos e eructações, a fim de aliviar a pressão dentro do estômago.
Nos casos de soluço persistente, a preocupação deve voltar-se para  a identificação e tratamento das causas. Para tanto, existem diversos tipos de medicamentos que ajudam a debelar as crises. Para os quadros mais renitentes, há ainda o recurso do bloqueio do nervo frênico.
Recomendações
Como a maior parte dos ataques de soluço dura apenas alguns minutos, é grande o número de tratamentos caseiros indicados. É muito difícil avaliar a eficácia de medidas tão empíricas, mas como são inócuas, vale a pena tentá-las no início da crise. Todavia, procure o médico se as crises durarem mais de 24 horas, principalmente se interferirem com o sono. Soluço crônico usualmente requer acompanhamento neurológico.
Manobras caseiras;
* Prenda a respiração por alguns segundos;
* Engula uma porção de açúcar cristal (uma colher de chá), miolo de pão ou gelo moído;
* Chupe uma fatia de limão;
* Respire repetidamente dentro de um saco de papel;
* Faça gargarejos com água;
* Puxe sua língua para provocar reações de vômito;
* Coce o céu da boca com um cotonete de algodão;
* Suspenda a úvula (campainha da garganta) com uma colher de chá;
* Erga os joelhos até o peito e incline-se sobre eles.
Fonte:Dr.Drauzio Varella
Postado por:Elisete Bohrer

+ Mais Informações ››››››

Fazenda divulga índice de participação de ICMS dos municípios

A Secretaria Estadual da Fazenda divulgou, nesta segunda-feira (14), os Índices de Participação dos Municípios (IPM) provisórios para o ano de 2015, que seguem estritamente a apuração prevista na legislação. “Alguns municípios terão ampliação do seu índice de participação, enquanto outros terão redução, sem que isso se traduza necessariamente em repasses menores", explica o subsecretário da Receita Estadual, Ricardo Neves Pereira. A base para aplicação do índice é a arrecadação do ICMS do ano seguinte, que sempre será um valor maior do que o ano anterior. Desse modo, a parte do ICMS distribuída ao conjunto dos municípios, que é de 25% da arrecadação do ICMS, continua a mesma, havendo contudo uma redistribuição dessa participação entre os municípios.
Para a geração do índice são levantados diversos dados que se constituem num verdadeiro “censo econômico” dessas cidades. No cálculo deste ano, 231 municípios gaúchos (46,5%) tiveram crescimento do índice de ICMS. Como se trata de um bolo a ser rateado entre os 497 municípios do Estado, esse aumento de índice de alguns municípios representa a redução no índice de outros.
Cálculo
Há vários componentes que formam o índice de participação dos municípios (população, área, programas tributários em desenvolvimento e outros), sendo que o Valor Adicionado (VA) tem o peso mais relevante (75%). O VA é apurado pela diferença entre entradas e saídas (compras e vendas) das empresas e produtores de um determinado município. Esses elementos são coletados pelas informações prestadas pelos próprios contribuintes através de guias informativas. São considerados os dados dos dois últimos anos (2012/2013)

O somatório das reduções de índice é igual ao somatório dos aumentos. Na maior parte das vezes, a redução do índice de um município não significa que houve redução da sua economia, mas apenas que o seu VA cresceu abaixo da média do Estado, ou seja, outros municípios tiveram um crescimento maior.
Prazos
Os índices são provisórios, pois, pela legislação, os municípios têm o prazo de 30 dias, a partir da publicação no Diário Oficial do Estado, para apresentar recurso, desde que devidamente comprovada alguma incorreção nas informações prestadas pelos contribuintes. O prazo final para os recursos é 1º de outubro, já a previsão de publicação do índice definitivo é final do mês de novembro.
O IPM está disponível no site da Secretaria da Fazenda - www.sefaz.rs.gov.br – na aba serviços para os Municípios, link IPM - Índice de Participação dos Municípios.
Texto: Assessoria SEFAZ
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Jornal da Liberdade Edição 1128 do Dia 16 de setembro de 2014

Destaque desta edição.
SARANDI - SARANDIENSE MORRE EM ACIDENTE EM JÚLIO DE CASTILHOS
Três Palmeiras – Inaugurado Novo Templo da Igreja Assembléia de Deus
Vendaval atinge distrito de Pinhalzinho, no Alto Uruguai
Terça-feira será de tempo seco em quase todo o Rio Grande do Sul
Aposta feita em Santa Maria leva o prêmio principal da Lotomania

Apresentado Por:Alcione Gondorek
+ Mais Informações ››››››

Regiões Norte e Produção têm obras nas rodovias retomadas e em andamento

Em roteiro pelas regiões da Produção e Norte do Estado, de terça-feira a quinta-feira (9 a 11) da última semana, o secretário de Infraestrutura e Logística, João Victor Domingues visitou obras e se reuniu com lideranças locais em Marau, Erechim, Barão do Cotegipe, Itatiba do Sul, Pinheirinho do Vale e Capão Bonito do Sul.
No município de Marau, o titular da Secretaria de Infraestrutura e Logística (Seinfra) e o diretor-presidente da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), Luis Carlos Bertotto, anunciaram na noite de terça-feira (9) uma intervenção emergencial para a redução da acidentalidade na ERS-324. Foi acertado que a EGR deverá assumir 20 quilômetros da rodovia que atualmente pertence a jurisdição do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer).
Além disso, haverá uma intervenção mais urgente para garantir a sinalização e a recuperação da pavimentação, em seguida a alteração na geometria de diversos entroncamentos rodoviários da região e, finalmente, um processo maior que é a duplicação do trecho entre Passo Fundo e Casca que será realizado pela EGR.
Quarta-feira, pela manhã, o titular da Seinfra visitou obras da EGR na ERS-135, incluindo o acesso à Universidade Federal da Fronteira Sul, em Erechim. À tarde, o secretário se reuniu com os prefeitos de Barão de Cotegipe, Fernando Paulo Balbinot e de Ponte Preta, Ademir Sakrezenski, para tratar da paralisação das obras da RSC-480, pela empresa CSL. Segundo o secretário, se não houver a retomada da obra, o contrato poderá ser rescindido e uma nova licitação encaminhada.
Na sequência do roteiro na região, João Victor encontrou-se com a prefeita de Itatiba do Sul, Adriana Tozzo, nas obras do acesso municipal na ERS-137. À noite, na Câmara de Vereadores de Pinheirinho do Vale, o secretário anunciou a retomada da obra do acesso municipal.
Quinta-feira (11), o secretário acompanhou os trabalhos dos servidores da 17ª Superintendência do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) nas obras de conserva rotineira no entroncamento das rodovias ERS-126 com a ERS-285, em Lagoa Vermelha. Ele também reuniu-se com a comunidade de Capão Bonito do Sul, na Câmara Municipal de Vereadores, para anunciar a retomada das obras nos 17,8 quilômetros da ERS-461, depois de problemas com a empresa, o que obrigou o Governo a refazer o processo licitatório, cujo resultado será anunciado nos próximos dias.
Texto: Adriano Marcello Santos
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

NATAL PREMIADO ACI 2014

Em entrevista a Radio Comunitária Liberdade FM na manhã de hoje, o Presidente da ACI de Três Palmeiras Sidemar de Oliveira  falou como irá Funcionar, e quais os prêmios que serão sorteados no Natal Premiado ACI 2014.Ouça o áudio da entrevista.



Por:Alcione Gondorek
+ Mais Informações ››››››

Ponte Iraí: Dnit confirma liberação do trânsito até o final deste mês

As obras de recuperação da ponte sobre o Rio Uruguai, na BR-386, em Iraí, seguem dentro do ritmo esperado. Contudo, em função da chuva dos últimos dias o nível do rio está cerca de dois metros acima do normal, o que tem desafiado a realização dos trabalhos nos tubulões e na base do pilar P12. A estrutura apresentou problemas em novembro do ano passado e, desde então, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) segue trabalhando para realizar o conserto. A empresa Sogel foi contratada de forma emergencial para executar o serviço.
Na última sexta-feira (12/09) e no sábado (13/09) chegaram quatro formas metálicas, que serão utilizadas para os reparos dos tubulões e da base do pilar. As estruturas têm quatro metros de diâmetro e dois de altura. Durante o final de semana e nesta segunda-feira (15/09) foi instalada uma das formas e a expectativa da empresa é concretar a estrutura amanhã (16/09), revelando que os trabalhos estão em ritmo acelerado.
 Paralelamente à recuperação do pilar dentro do rio Uruguai, operários atuam na plataforma da ponte, realizando a montagem dos cabos de aço. Com a instalação destes cabos na superestrutura, a movimentação da ponte cessará. A Sogel tem até dezembro para concluir os consertos, mas a expectativa é de que no final de setembro o tráfego seja liberado parcialmente na ponte.
O DNIT também já solicitou aos responsáveis pelas barragens Chapecó e Itá para reduzirem a vazão de água no Uruguai. O objetivo é diminuir a velocidade da água para que os operários trabalhem com o nível do rio mais constante.
Como alternativa para a transposição da ponte, o DNIT está providenciando o transporte por balsas. No trecho rodoviário, o desvio pode ser feito pela RS-404, a partir do município de Seberi, até a ponte Goio-en, no rio Uruguai. O DNIT está firmando convênio com o DAER para garantir a manutenção deste trecho rodoviário estadual enquanto a ponte não for liberada. 
+ Mais Informações ››››››

Jornal dos Trabalhadores - Rio Grande do Sul - Edição 570 dia 16 de setembro de 2014

Ouça nesta edição:
Associação do Municípios da Costa Doce realiza reunião para discutir situação financeira dos seus municípios;
Sergio Pindo de Cordoba na Argentina fala da divida externa;
Quadro Direitos banco de horas;
Ultima semana para selecionados na CNH Social realizarem sua inscrição.
+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!