sábado, 14 de setembro de 2013

Uso de produtos de beleza pode prejudicar a saúde das crianças

A vaidade tem dado os seus primeiros sinais ainda na infância. É cada vez mais comum encontrar meninas muito pequenas que usam maquiagem, esmaltes, tinturas de cabelo. Mas, o que pode parecer apenas uma brincadeira de criança tem sido motivo de preocupação para os profissionais de saúde. Sem o devido cuidado e orientação a aplicação de artigos de beleza como esmalte, batom, tinta de cabelo e maquiagem, podem trazer problemas para a saúde das crianças.

Segundo dermatologista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, de São Paulo, João Paulo Junqueira Magalhães Afonso, o uso de produtos de beleza não são recomendados para as pequenas. A pele das meninas, assim como todo seu organismo, ainda não está plenamente desenvolvida e não tem uma barreira de defesa completa. Isso a torna mais vulnerável e pode facilitar o surgimento de dermatites e alergias que podem, inclusive, permanecer para o resto da vida.

Conheça os possíveis malefícios do uso de cosméticos na infância:

Unhas Usando com frequência, o esmalte pode causar alergia na região das mãos ou por todo o corpo. Além disso, o processo de tirar a cutícula compromete a proteção da unha proporcionando a entrada de fungos e bactérias.

CabelosUsar produtos para pintar, alisar e descolorir pode interferir no desenvolvimento natural do cabelo. A realização de escovas, de lavagem e o uso de produtos químicos agridem os fios e tornam o cabelo quebradiço e sem brilho.

PeleO uso de maquiagem não é recomendado para crianças menores de 6 anos, pois elas ainda não têm entendimento sobre alguns cuidados como não esfregar os olhos com o produto aplicado e nem mesmo ingeri-los. A partir dessa idade, maquiagens "recreativas" desenvolvidas para este público podem ser utilizadas com cautela. É importante ter atenção redobrada com as substâncias muito próximas aos olhos, como rímel e sombras, que oferecem alto risco de irritações.

Além de todas as orientações, é recomendado optar por versões infantis e que tenham o registro da Vigilância Sanitária (Anvisa) e Inmetro. Esses produtos são testados dermatologicamente e são menos danosos para a saúde das crianças.
Fonte:
A vaidade tem dado os seus primeiros sinais ainda na infância. É cada vez mais comum encontrar meninas muito pequenas que usam maquiagem, esmaltes, tinturas de cabelo. Mas, o que pode parecer apenas uma brincadeira de criança tem sido motivo de preocupação para os profissionais de saúde. Sem o devido cuidado e orientação a aplicação de artigos de beleza como esmalte, batom, tinta de cabelo e maquiagem, podem trazer problemas para a saúde das crianças.
Segundo dermatologista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, de São Paulo, João Paulo Junqueira Magalhães Afonso, o uso de produtos de beleza não são recomendados para as pequenas. A pele das meninas, assim como todo seu organismo, ainda não está plenamente desenvolvida e não tem uma barreira de defesa completa. Isso a torna mais vulnerável e pode facilitar o surgimento de dermatites e alergias que podem, inclusive, permanecer para o resto da vida.
Conheça os possíveis malefícios do uso de cosméticos na infância:
Unhas Usando com frequência, o esmalte pode causar alergia na região das mãos ou por todo o corpo. Além disso, o processo de tirar a cutícula compromete a proteção da unha proporcionando a entrada de fungos e bactérias.
CabelosUsar produtos para pintar, alisar e descolorir pode interferir no desenvolvimento natural do cabelo. A realização de escovas, de lavagem e o uso de produtos químicos agridem os fios e tornam o cabelo quebradiço e sem brilho.
PeleO uso de maquiagem não é recomendado para crianças menores de 6 anos, pois elas ainda não têm entendimento sobre alguns cuidados como não esfregar os olhos com o produto aplicado e nem mesmo ingeri-los. A partir dessa idade, maquiagens "recreativas" desenvolvidas para este público podem ser utilizadas com cautela. É importante ter atenção redobrada com as substâncias muito próximas aos olhos, como rímel e sombras, que oferecem alto risco de irritações.
Além de todas as orientações, é recomendado optar por versões infantis e que tenham o registro da Vigilância Sanitária (Anvisa) e Inmetro. Esses produtos são testados dermatologicamente e são menos danosos para a saúde das crianças.

  Fonte:BEM-ESTAR
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

RS segue com calor à tarde, mas frio perde força no Sul

Cidades da Fronteira devem ter instabilidade por conta de frente que atua no Uruguai

Uma frente semi-estacionária atua entre Uruguai e Rio Grande do Sul neste sábado. A cobertura de nuvens será expressiva no Sul e no Sudoeste do Estado com chuva em vários pontos. Na fronteira com o Uruguai pode chover forte. A temperatura estará baixa nestas áreas sob instabilidade, inclusive com sensação de frio.

O sol aparece na Metade Norte, mas a nebulosidade aumenta no decorrer do dia. Ainda faz calor, contudo menos intenso que nos últimos dias na maioria das cidades do Centro para o Norte gaúcho. Já o abafamento segue presente durante a tarde.

As mínimas devem atingir 13°C em Santana do Livramento, Bagé e Vacaria. A máxima, por sua vez, poderá alcançar 33°C em Santa Rosa. Em Porto Alegre, as temperaturas variam entre 18°C e 29°C.

O Rio Grande do Sul teve, nesta sexta-feira, quarto dia seguido com máximas acima de 35ºC, mas o calor perdeu força na Metade Sul e parte do Oeste. Em pequena parte do Estado até fez frio. Enquanto os termômetros marcavam 37,3ºC na Grande Porto Alegre fazia apenas 13ºC no Chuí. Resultado da atuação de uma frente fria que deixou a sexta-feira com muitas nuvens, chuva, vento e frio no Uruguai, onde Montevidéu tinha à tarde só 11ºC.

Com o aumento da cobertura de nebulosidade, o calor perde bastante força neste fim de semana também no Centro do Estado, mas segue muito quente no Norte gaúcho. A MetSul Meteorologia mantém o alerta de muita chuva na área de fronteira com o Uruguai e adjacências e no Extremo Sul gaúcho.

Os acumulados podem ser muito altos com volumes acima de 100 mm em algumas localidades. Amanhã pode chover localmente forte em pontos das Metades Oeste e Sul do Estado. Já na segunda, quando uma área de baixa pressão estará sobre o Estado, a chuva será generalizada.
Fonte: Correio do Povo
Postado Por: Alcione Gondorek
+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!