terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Três Palmeiras - Desligamento Programado RGE


AVISO DE DESLIGAMENTO


Devido ao Programa de Expansão e Melhoramento do Sistema de Distribuição de Energia Elétrica, a RGE vai interromper o fornecimento de energia:

Município de Três Palmeiras

Data: 11/12/2014
Horário: 13:15:00 a 19:30:00

LIN MOURA
LIN MOURA
50 a 775
LIN SAO PAULO
LIN SAO PAULO
50 a 704
LIN SAO PAULO
LIN SAPATA
100 a 150
LIN TRES PASSINHOS
LIN TRES PASSINHOS
100 a 300
RURAL
LIN BELA VISTA
350

Reforçamos que são algumas localidades do município de Três Palmeiras.

ATENÇÃO: O serviço somente será realizado em condições climáticas adequadas e a energia elétrica poderá ser reestabelecida antes do horário previsto.
+ Mais Informações ››››››

Família vela corpo errado depois de atropelamento em Erechim

A Polícia Civil interrompeu um velório na noite de domingo depois de uma suspeita de que o corpo era velado pela família errada. Após um atropelamento com morte em Erechim, o corpo de uma mulher gerou impasse entre duas famílias que reivindicavam o parentesco. Nesta terça-feira, o Instituto Geral de Perícias (IGP) confirmou que o corpo que estava sendo velado era realmente o de outra pessoa.
Na madrugada de domingo, uma mulher - sem documentos - foi atropelada na BR 153, próximo às paralelas da rodovia. Como o Posto Médico Legal (PML) de Erechim não realiza plantão nos finais de semana, o corpo foi encaminhado para o IML de Passo Fundo. Pela manhã, a vítima teria sido identificada por um familiar. Após os procedimentos legais, o corpo foi liberado para as cerimônias fúnebres no bairro São Cristóvão, em Erechim.
No final da noite, uma adolescente de 15 anos chegou ao local e alegou que o corpo que estava sendo velado não seria o que fora identificado por familiares, mas sim de sua mãe, que estaria desaparecida desde o início do final de semana. Houve discussão e a polícia foi chamada. O velório foi cancelado e o corpo enviado para nova perícia.
Na noite dessa segunda-feira, o IGP informou que a mulher que estava sendo velada seria de outra pessoa, mãe da adolescente que interrompeu o velório. Segundo parentes, ela não tem residência fixa. Para encerrar de vez o mistério, a mulher quer fora identificada inicialmente foi localizada pela família, que informou o fato à polícia.
Fonte:José Ody
Postado por:Elisete Bohrer

+ Mais Informações ››››››

Sartori deverá cortar até seis secretarias

Peemedebista disse que redução dará maior agilidade às ações de governo
O governador eleito José Ivo Sartori (PMDB) declarou, nesta segunda-feira, em entrevista ao site da revista Veja, que irá cortar pelo menos 20% das secretarias do Estado em sua gestão. A medida, idealizada como uma das estratégias para saneamento das finanças estaduais, resultará na extinção de cinco ou seis das 26 Pastas atualmente existentes. Impactará, por exemplo, secretarias de atividades afins, como a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio e a Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, que deverão ser fundidas em uma única Pasta.
“No mínimo 20%. Para dar mais agilidade, dinâmica no comprometimento, na atividade, nas ações e nos programas. O mais importante é ter um núcleo que possa administrar esse processo”, disse Sartori.
O projeto de lei que redesenhará o organograma de governo do RS é a primeira tarefa delegada pelo governador eleito a sua trinca de secretários anunciada na semana passada — Márcio Biolchi (Casa Civil), Carlos Búrigo (Governança) e Giovani Feltes (Fazenda).
Na entrevista, Sartori também comentou sobre o plano de desmembrar a área de Transportes e o setor de Minas e Energia, atualmente pertencentes à Secretaria de Infraestrutura e Logística, o que exigiria ainda mais aprofundamento na fusão de outras Pastas.
Ao ser questionado sobre planos para o agronegócio, Sartori destacou o vigor deste setor da economia e afirmou que o governo deverá estar atento às demandas de irrigação e de infraestrutura para o escoamento da produção. “Por isso abrimos a possibilidade e dissemos que nós não temos preconceitos ideológicos para abrir caminho para as PPPs nem para as concessões. Em alguns casos, avançar um pouco nas questões de consórcios, que hoje ainda são um pouco lentas, não há ainda uma decisão sobre elas.”
O que disse o governador eleito
Ajuste fiscal: “Acho que não foi salvar a pele da presidente Dilma (aprovar o ajuste). Foi para colocar em termos de funcionalidade da vida econômica e social do país. Eu acho que é o mínimo que tinha que ser feito. De repente, eu vou ter que fazer isso no RS também”.
Educação: “Acredito que não é apenas a escola integral, mas também o contraturno e maneiras e formas que crianças e adolescentes possam ter uma vida diária na escola, até porque a legislação nacional está aí e precisa ser cumprida”.
Piso salarial do magistério: “O RS vive uma disputa permanente entre governo e professores. Sou daqueles que defendem a negociação permanente. Negociação e entendimento significam que alguém tem que abrir mão de alguma coisa”.
Retorno das exportações: “O RS é penalizado não apenas por essa situação, mas é penalizado por ser um estado exportador também. E ele não recebe esses recursos. Até hoje ele não é compensado por aquilo que ele tem das exportações nacionais, e, portanto, ele sofre duplamente essa situação”.
Renegociação de juros da dívida: “Vou conversar com todos eles (governadores), especialmente os mais próximos, de SC, do PR. Já conversei essa semana com o governador reeleito de SP, Geraldo Alckmin. Ele me ligou pessoalmente para ver algumas questões que existem em tramitação no Senado, inclusive que vai tirar recursos dos estados. Vamos trabalhar junto para defender também os interesses dos estados”.
Fonte:Correio do Povo
Postado por:Elisete Bohrer

+ Mais Informações ››››››

Coordenador Geral do Sistema Crehnor é homenageado pela Polícia Civil do RS

O coordenador geral do Sistema Crehnor, Valdemar Alves de Oliveira, foi
homenageado na tarde desta sexta-feira (5) com o Diploma Integração
Polícia Civil - Comunidade, conferido pela Polícia Civil do Rio Grande do
Sul. A entrega aconteceu durante solenidade no Auditório do Palácio da
Polícia, em Porto Alegre.
O diploma é conferido a pessoas ou instituições que contribuíram com a
Polícia em suas diversas localidades de atuação. A entrega fez parte das
comemorações dos 173 anos da Polícia Civil no Rio Grande do Sul.
Ao receber o diploma das mãos do delegado Edson Tadeu Cezimbra, que
responde pela Delegacia Regional de Carazinho, o presidente da Crehnor
destacou que ser uma honra receber homenagem com distinção tão importante.
Também participou da entrega o chefe geral da Polícia Civil no Rio Grande
do Sul, Guilherme Yates Wondracek e o sub-chefe Ênio Gomes de Oliveira.
Fonte:Silvana Lima
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Jornal dos Trabalhadores - Rio Grande do Sul - Edição 629 do dia 08 de dezembro de 2014

Ouça nesta edição:
Alan Camargo fala sobre o Seminário Nacional das Rádios Comunitárias que aconteceu em Itapema;
Quadro Direitos do Trabalhador - Férias.


+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!