quinta-feira, 20 de março de 2014

Maternidade de Sarandi recebe equipamentos para registro de nascidos

A maternidade do Hospital Comunitário de Sarandi, na região Rio da Várzea, recebeu da Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos, novos computadores, scanners e impressora, para diminuir os subregistros de nascimento.
Os equipamentos beneficiam 80 instituições, com o objetivo de interligar as maternidades dos hospitais aos cartórios de registro civil de nascimento, facilitando, assim, que os recém nascidos já saiam do hospital com a sua certidão de nascimento em mãos. Em 2013, já foram entregues 40 dispositivos do mesmo tipo para municípios da região Central do Estado. A ação faz parte do Programa de Erradicação do Subregistro Civil de Nascimento, em parceria com o governo federal.
O Programa de Erradicação do Subregistro Civil de Nascimentos também prevê a realização de vários seminários de capacitação para as maternidades e cartórios. Além das prefeituras, o programa conta com a colaboração da Pastoral da Criança, presente nos mutirões sociais realizados onde há populações que têm níveis baixos de registro de nascimento. Também se somou a esse trabalho de mobilização a Casa Civil, por meio das Caravanas do RS Mais Igual.

Heloise Santi
Central do Interior
Diretoria de Jornalismo/SECOM
Telefone (51)3213-0787
+ Mais Informações ››››››

Programa Hora Luterana do dia 20 de março de 2014


Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

PROGRAMA ESPORTES EM DESTAQUE


Postado Por: Alcione Gondorek
+ Mais Informações ››››››

Expofred terá pavilhão exclusivo para construção civil

Com o objetivo de valorizar o setor da construção civil em Frederico Westphalen e região, a Expofred 2014 contará com um pavilhão dedicado ao setor onde acontecerá a CONSFRED.
O espaço é destinado apenas para empresas que trabalham com o setor da construção e apresentará muitas novidades para quem está construindo seu imóvel ou deseja adquirir um pronto, através de uma construtora ou imobiliária.
Segundo Alysson Bakof, Presidente da Expofred, existia a necessidade de um espaço para esse nicho de mercado.
Após algumas reuniões entre a Comissão Central e empresariado local foi definido que para esse primeiro ano da CONSFRED serão disponibilizados 14 estandes de 12 metros quadrados exclusivamente para imobiliárias e construtoras.
Ainda, visando facilitar os negócios imobiliários será disponibilizada em frente ao pavilhão uma unidade da Caixa Econômica Federal, onde serão disponibilizadas consultas, suporte financeiro, esclarecimentos a cerca de financiamentos e informações em geral.
Segundo Willian Bez, um dos Coordenadores da Comissão de Indústria e Comercio da Expofred 2014, o projeto é inovador e tem um grande potencial. 
Segundo Daniela Dalegrave, uma das responsáveis pela comercialização dos estandes da feira, devido a grande procura as oportunidades no pavilhão já são poucas. Mas, existindo interesse basta ligar no escritório da Expofred, através do 3744-4244, expor o interesse e verificar a disponibilidade de estandes.
Fonte:Rádio Comunitária FW
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Escolhidas as demandas regionais da Participação Popular e Cidadã

Reunindo autoridades dos 22 municípios da Região, a Audiência pública da Participação Popular e Cidadã, que aconteceu nesta quarta-feira, em FW, apontou As 10 Áreas prioritárias do Corede Médio Alto Uruguai, sendo elas:
1 - Desenvolvimento Econômico, 2 - Desenvolvimento rural, 3 - Saúde, 4 - Segurança Pública e Defesa Civil, 5 - Irrigação, Meio Ambiente e Recursos Hídricos, 6 - Esporte, Lazer e Turismo, 7 - Habitação, 8 - Desenvolvimento urbano e Saneamento, 9 - Educação Superior e  10 - Infraestrutura e Logística. 
A próxima etapa do do Processo de Participação é a realização das Assembleias Públicas Municipais Orçamento 2014/2015:
Data 
 Município
  Horário
Local
27/03
Trindade do Sul
09:00hs
CTG
27/03
Gramado dos Loureiros
13:30hs
Câmara de Vereadores
01/04
Alpestre
13:30hs
Centro Cultural
02/04
Vista Alegre
13:30hs
Salão Paroquial
03/04
Frederico Westphalen
19:00hs
E.E. Cardeal Roncalli
04/04
Pinhal
13:30hs
Auditório Prefeitura Municipal
08/04
Pinheirinho do Vale
 9:00 hs
Terceira Idade
08/04
Palmitinho
13:30hs
CTG
09/04
Seberi
13:30hs
Escola Estadual Madre Tereza
10/04
Rio dos Índios
13:30hs
Salão Paroquial
10/04
Nonoai
19:00hs
Câmara de Vereadores
11/04
Iraí
13:30hs
Biblioteca Pública
15/04
Vicente Dutra
09:00hs
Escola Estadual 14 de Maio
15/04
Caiçara
13:30hs
Centro de Convenções
23/04
Taquaruçu do Sul
13:30hs
Centro Municipal de Agricultura
24/04
Rodeio Bonito
13:30hs
Escola Estadual José Acadrolli
25/04
Dois Irmãos das Missões
09:00hs
Ginásio Municipal
25/04
Erval Seco
13:30hs
Câmara de Vereadores
29/04
Planalto
13:30hs
CTG
29/04
Ametista do Sul
19:00hs
Salão Paroquial
30/04
Cristal do Sul
09:00hs
Salão Paroquial
30/04
Novo Tiradentes
13:30hs
Ginásio Municipal




15/05
FREDERICO WESTPHALEN
8:30HS
FÓRUM REGIONAL DA PPC – LOCAL - URI/FW
+ Mais Informações ››››››

Supermercados gaúchos recolhem leite das marcas Parmalat e Líder

Marcas representam 3% de toda venda do produto no Estado

A Associação Gaúcha de Supermercados (Agas) já está orientando os associados a interromperem imediatamente a comercialização dos leites das marcas Parmalat e Líder, envolvidas na nova fase da Operação Leite Compen$ado, deflagrada pelo Ministério Público Estadual. A medida é preventiva e, segundo o presidente da entidade, Antônio Cesa Longo, busca garantir segurança aos consumidores. “Aguardaremos o andamento das investigações e, enquanto houver dúvidas sobre quais são os lotes adulterados, recomendamos que os supermercados retirem estas marcas das gôndolas e cessem sua comercialização”, explica.

A Agas garante que, mesmo após a retirada destas marcas dos pontos de venda, os consumidores não enfrentarão dificuldades no abastecimento de leite. “Juntas, as duas marcas envolvidas representam 3% das vendas no Estado”, lembra Longo.

A descoberta de que o leite adulterado chegou a Porto Alegre ocorreu após a denúncia de consumidor que levou ao Ministério Público amostra de leite da marca Parmalat contaminado por formol. A própria empresa reconheceu o lote como alvo de adição de substâncias tóxicas. O produto foi fabricado em 13 de fevereiro na planta da LBR em Guaratinguetá, em São Paulo e foi adquirido em um supermercado da Capital .

“A empresa não menciona exatamente quais são exatamente os lotes, onde foram recolhidos os lotes contaminados e qual foi o destino desse produto. Além disso, vamos exigir que a empresa informe na imprensa quais são os locais onde os lotes contaminados foram vendidos”, sustenta o promotor da defesa do consumidor, Alcindo Luz Bastos.

O leite faz parte dos lotes apreendidos na 4ª edição da Operação Leite Compen$ado, que ocorreu em 14 de março. Desta vez, o alvo são oito cidades na Região Noroeste, com envolvimento de um posto de resfriamento que encaminhava produtos para São Paulo e Paraná. A semelhança com os fatos anteriores é que transportadores voltaram a adulterar o leite colocando ureia - substância que contém formol.

A empresa tinha informado ao Ministério Público que não havia distribuído os lotes reconhecidamente contaminados com formol no Rio Grande do Sul. Ao consumidor, a orientação é para evitar o consumo de leite das marcas Parmalat e Líder, da LBR, fabricado em 13 e 14 de fevereiro.
Stephany Sander da Rádio Guaíba
Fonte:Correio do Povo
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Jornal da Liberdade edição do dia 20 de março de 2014

Apresentado por:Alcione Gondorek

Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Saiba o que é a hiperidrose e como ficar livre do suor em excesso

Distúrbio possui diferentes opções de tratamento

Em dias nos quais o clima está muito seco e a temperatura muito elevada é normal que algumas regiões do corpo produzam mais suor. Essa transpiração que é realizada pelas glândulas sudoríparas serve para regular a temperatura do organismo em 36,5ºC para que o mesmo continue em perfeito equilíbrio.
Outros fatores, como a prática de atividades físicas, o consumo de alimentos apimentados ou quentes demais e até mesmo o uso de roupas de determinados tecidos (o algodão também estimula a produção de suor pelo organismo), contribuem para o processo. Porém, quando o suor é excessivo, o responsável pode ser um distúrbio chamado hiperidrose.
De acordo com a dermatologista Dra. Helua Mussa Gazi, a hiperidrose é caracterizada pelo aumento da sudorese. Ela pode ser classificada em dois tipos: primária e secundária. A mais comum é a primária, onde provoca um aumento de suor especialmente nas mãos, planta dos pés e nas axilas.
A hiperidrose secundária, entretanto, geralmente acomete o corpo inteiro em situações de estresse ou em decorrência de algumas doenças ou condições como: menopausa, doenças cardíacas, hipertireoidismo, derrame, tuberculose e distúrbios hormonais.
— Pessoas com hiperidrose costumam transpirar até mesmo nos dias frios. Na maioria dos casos, o motivo para a produção excessiva de suor produzido pelo organismo não é específico— informa a especialista.
A dermatologista explica ainda que embora o distúrbio possa acontecer em qualquer idade, os sintomas começam a surgir na infância e se agravar na puberdade, podendo melhorar com o passar dos anos.
— O suor em si não tem odor. Isso porque na transpiração são perdidos 95% de água e 5% de eletrólitos. Trata-se de substâncias como sódio, potássio, cálcio e magnésio, que reagem com a água e fazem a condutividade elétrica no sangue. Porém, o seu excesso contribui para a proliferação de bactérias que se alimentam dele e estas podem causar o mau cheiro— afirma a médica.
Existem tratamentos que amenizam os quadros do distúrbio e podem ser feitos por meio de fórmulas tópicas contendo cloreto de alumínio, aplicação de toxina botulínica ou através de uma cirurgia chamada simpatectomia.
— Para o diagnóstico é preciso uma avaliação clinica, pois os sintomas são muito característicos. Feito isso, a primeira opção de tratamento considerada é o uso de antitranspirantes porque atuam bloqueando as glândulas sudoríparas— recomenda Helua.
Outra alternativa tem sido a toxina botulínica: o procedimento é bem simples e eficaz e consiste em injeções de botox a fim de bloquear as terminações nervosas que enviam sinais às glândulas sudoríparas, ajudando a interromper a produção de suor e minimizar o cheiro desagradável.
— A eficácia das injeções pode durar entre três e oito meses, porém, deve ser reaplicada de acordo com a necessidade de cada paciente— finaliza a dermatologista.
Fonte:BEM-ESTAR
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Outono começa nesta quinta com instabilidade no Estado

Primeiro fim de semana da nova estação será marcado pelo frio

O outono, que começa às 13h57min desta quinta-feira, deverá ter impacto do fenômeno El Niño. Conforme a análise da MetSul, haverá acentuado aquecimento das águas superficiais do oceano Pacífico, na região equatorial. “Depois de quatro anos com neutralidade ou La Niña, o outono de 2014 pode marcar os estágios iniciais de um episódio de El Niño”, destacou a meteorologista Estael Sias. O El Niño influencia o clima em escala mundial e costuma trazer importantes impactos aqui no Rio Grande do Sul, incluindo mais chuva.

No decorrer do outono, águas muitos mais quentes que a média avançando de Oeste para Leste a profundidades de 200 a 300 m (Onda Kelvin) devem emergir na superfície do mar e desencadear forte aquecimento do Pacífico Equatorial entre abril e maio, explicou Estael. “Se vier a se confirmar o El Niño, os efeitos devem ser mais sentidos mais adiante e com muita chuva.”

As mínimas rondam os 14°C em São José dos Ausentes, enquanto as máximas podem atingir 27°C em Santa Cruz do Sul. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 20°C e 27°C.

O começo do outono terá frio no RS. Já no primeiro fim de semana, uma forte massa de ar frio trará madrugadas com marcas típicas de inverno e a possibilidade das primeiras ocorrências de geada do ano. “Isso não significa que o calor fica para trás”, ponderou o diretor-geral da MetSul, Eugenio Hackbart. Dias quentes são normais em abril e maio. Hackbart recorda os casos de 1964, 1990 e 1992, quando houve dias frios no Estado em março, mas que foram seguidos por períodos de calor, em alguns casos até intenso, em abril.  Outra marca do outono é a grande diferença de temperatura da noite para o dia, podendo variar até 20ºC no mesmo dia.
Fonte: Alexandre Aguiar / Correio do Povo 
Fotos e postagem:Elisete Bohrer



+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!