quarta-feira, 21 de setembro de 2016

21 de setembro de 2016 - Dia da àrvore


+ Mais Informações ››››››

Polícia apura destruição do transmissor da rádio da cidade de Mariano Moro

Diretor da emissora diz que foi ato criminoso. Polícia trabalha em duas linhas de investigação
A Polícia Civil instaurou inquérito e pediu perícia para apurar as causas da destruição completa do sistema de transmissão da Rádio Comunitária de Mariano Moro. A casa em alvenaria que abrigava os equipamentos, também foi destruída pelo calor do fogo ou explosão. O fato ocorreu no início da noite do último dia 4, quando a emissora saiu do ar, por volta de 20h.
O inquérito que apura as causas foi instaurado pelo delegado José Roberto Lukaszewigz, titular da 2ª Delegacia de Polícia de Erechim, que está respondendo pela DP de Mariano Moro. O delegado explicou que não foi possível fazer perícia porque o fato foi comunicado muito tarde, dois dias depois. As investigações trabalham com duas possibilidade: acidente ou crime. A polícia está ouvindo algumas pessoas na tentativa de encontrar indícios.
O presidente e diretor administrativo da associação comunitária mantenedora da rádio, Fransisco Kornfuehrer, confirmou que não é possível recuperar nenhum dos equipamentos que estava no abrigo. O fogo no interior do abrigo, construído em alvenaria e com laje na cobertura, foi muito intenso e destruiu totalmente, além do transmissor de 25 watts, 01 amplificador de áudio, 01 receptor de link de linha, 01 gerador stereo de áudio, 01 processador de áudio, 01 nobreak e 01 fonte reserva. O calor do fogo foi muito intenso e derreteu o piche que servia de impermeabilizante sobre a laje de 8 centímetros.
O presidente da Associação aposta que a destruição dos equipamentos foi provocada por ação criminosa. Segundo ele, no local de difícil acesso, foi constatado rastro de uma motocicleta com pneus de trilha. Esta é a segunda vez que o local sofre danos. Ele também cita outra coincidência: em 2008, o fato aconteceu também em período de eleição municipal. Na primeira vez os danos foram menores e no local foi encontrada uma garrafa com gasolina, disse Fransisco Kornfuehrer, A emissora voltou a operar, agora com equipamentos emprestados e instalados em local sigiloso.
No mesmo local também estavam instalados equipamentos de uma operadora de internet, que também foram destruídos pelo fogo.



Fonte:AU Online
+ Mais Informações ››››››

Polícia Civil desmantela quadrilha e prende Sargento da BM em Marau

O Sargento armazenava as armas e fornecia munições para os integrantes da quadrilha
No início da manhã desta quarta-feira (21), a Polícia Civil deflagrou a maior operação policial da história do município de Marau. Trata-se da Operação Aparecida, que desmantelou uma quadrilha especializada em assaltar residências e propriedades rurais na região. No total foram efetuadas treze prisões, inclusive de um Sargento da Brigada Militar.
A ação policial foi coordenada pelo Delegado Norberto dos Santos Rodrigues, titular da DP de Marau. Participaram das diligências 160 policiais civis e 53 viaturas. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão em Marau, Gentil, Guaporé, Mato Castelhano, Vila Maria, Passo Fundo, Água Santa, Nicolau Vergueiro e Tapejara.
De acordo com o Delegado Norberto, as investigações iniciaram há dez meses e tinha o objetivo de desmantelar um bando responsável por ter cometido mais de 20 assaltos em diversos municípios.
Na maioria das vezes os roubos foram praticados durante o dia, quando os criminosos chegavam nas propriedades rurais e rendiam as vítimas utilizando violência nos ataques. Em alguns casos, os bandidos permaneceram por mais de cinco horas mantendo as vítimas em cárcere privado. Os criminosos roubavam eletrodomésticos, eletroeletrônicos, dinheiro, armas, joias e tomavam os cartões com as senhas bancárias.
Durante as buscas foram apreendidas 14 espingardas, duas pistolas, seis revólveres, expressiva quantidade de munições e objetos oriundos dos roubos.
O Sargento que foi preso estava aposentado, porém havia voltado a trabalhar no Corpo Voluntário de Militares Inativos, realizando “Patrulha Escolar”. Ele é investigado por armazenar as armas e fornecer munições para os integrantes da quadrilha. A Brigada Militar instaurou um procedimento disciplinar e provavelmente o PM será excluído da corporação.
Os assaltantes foram recolhidos ao Presídio Regional de Passo Fundo e o Sargento foi encaminhado para o Presídio Militar em Porto Alegre.
As identificações dos presos não foram repassadas pela Polícia Civil.

Fonte:RádioUirapuru
+ Mais Informações ››››››

Programa Passos na Fé de 21-09-2016


+ Mais Informações ››››››

Três Palmeiras - Projeto Plantando liberdade

Está acontecendo o pedágio Ecológico em frente a Rádio Comunitária Liberdade FM na avenida das Palmeiras, quem passa recebe uma muda de Árvore e colabora com o projeto Plantando liberdade. o Evento aconteceu pela parte da manhã e vai acontecer também pela parte da tarde. em breve mais fotos e informações do pedágio.
+ Mais Informações ››››››

793 - 21 DE SETEMBRO, QUA - SUA VIDA FLUI OU ESTÁ TRAVADA

+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!