sexta-feira, 31 de março de 2017

Só um pouquinho do Robson (Bob e Robson) ao vivo na Rádio Comunitária Liberdade

+ Mais Informações ››››››

PROGRAMA VOZ MISSIONÁRIA NO AR DE 31-03-2017

+ Mais Informações ››››››

Jornal da Liberdade Edição 1712 de 31-03-2017

+ Mais Informações ››››››

HORÓSCOPO DE 31-03-2017

+ Mais Informações ››››››

Brique da Liberdade - Aluga-se casas e Vende-se Chácara

Este espaço está destinado para divulgação de objetos que estão a venda por seus proprietários pelo programa "BRIQUE DA LIBERDADE".

Nota: A ACCLTP não se responsabiliza por nenhum problema relacionado a transação de negócio, nos limitamos a divulgar os produtos a venda, o brique é de inteira responsabilidade dos envolvidos.


ALUGA-SE DUAS CASAS NA RUA FERNANDO FERRARI E DUAS CASAS NA RUA VITORIO MARIUSSI. E VENDE-SE CHÁCARA DE 2000M² COM CASA MEDINDO 19.5 POR 12.9M² PRÓXIMO AO HOSPITAL EM TRÊS PALMEIRAS, NA RUA FERNANDO FERRARI.
INTERESSADOS ENTRAR EM CONTATO PELOS TELEFONES:
 054 99915 2240 OU 054 99999 8927


Nota: A ACCLTP (Rádio Comunitária Liberdade) não se responsabiliza por nenhum problema relacionado a transação de negócio, nos limitamos a divulgar os produtos a venda, o brique é de inteira responsabilidade dos envolvidos.
Visite nosso Blog e fique bem informado CLIQUE AQUI 
+ Mais Informações ››››››

00. 930 - 31 DE MARÇO, SEX - NÃO ALIMENTE A INVEJA EM VOCÊ

+ Mais Informações ››››››

Eduardo Cunha é condenado a 15 anos de prisão

O juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, condenou nesta quinta-feira, (30) o ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha a 15 anos e quatro meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Além da reclusão, foi fixada uma multa de mais de R$ 250 mil a ser paga pelo ex-deputado.

A sentença foi publicada no final da manhã, no sistema eletrônico da Justiça Federal do Paraná (JFPR). Por ser uma condenação de primeira instância, Cunha poderá recorrer a um tribunal superior. No entanto, Moro determinou no despacho que, mesmo em uma eventual fase recursal, o ex-deputado responda sob regime de prisão cautelar.

Os 15 anos e 4 meses a que o ex-presidente da Câmara foi condenado correspondem a 6 anos por corrupção passiva, 5 anos e 10 meses por lavagem de dinheiro e 3 anos e 6 meses por evasão de divisas.

Além disso, o magistrado estipulou uma multa para cada um dos crimes que chega a 384 dias/multa, sendo que cada dia/multa é equivalente a um salário mínimo na época em que os crimes foram cometidos.

Moro também determinou que Cunha seja impedido de assumir função pública e cargo de diretor, membro de conselho ou de gerência das pessoas jurídicas pelo dobro do tempo da pena de reclusão, ou seja, por 30 anos e 8 meses. Eduardo Cunha está preso em Curitiba desde outubro de 2016.

Abuso de autoridade

Na sentença, Moro se posicionou contrário ao texto atual do Projeto de Lei de abuso de autoridade, que tramita no Congresso. Nos parágrafos finais da sentença, o juiz ressaltou que a condenação de Cunha é "apenas mais uma etapa" do trabalho que foi iniciado e conduzido por Teori Zavascki, ex-ministro do Supremo Tribunal Federal que morreu em um acidente aéreo no dia 19 de janeiro.


"Não há melhor momento para recordar o legado de independência do Ministro Teori Zavascki do que agora, quando discute-se a aprovação de nova lei de abuso de autoridade que, sem as salvaguardas necessárias, terá o efeito prático de criminalizar a interpretação da lei e com isso colocará em risco a independência judicial, subordinando-a ao interesse dos poderosos", escreveu o juiz. Ele disse, ainda, confiar que o Congresso agirá com sabedoria para adotar tais salvaguardas.

O processo

A denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal (MPF) havia acusado Cunha de receber mais de 1,3 milhão de francos suíços em propina para exploração da Petrobras no campo de petróleo no Benin, na África. O contrato custou, segundo a acusação, um prejuízo de US$ 77,5 milhões para a estatal.

Os procuradores também apontaram que o ex-presidente da Câmara teria bancado a nomeação e manutenção de Jorge Luiz Zelada na Diretoria Internacional da Petrobras, que seria responsável por angariar vantagens indevidas a serem distribuídas a agentes políticos. Zelada já foi condenado no âmbito da operação Lava Jato e confessou recebimento de propinas no período em que ocupou o cargo.

As contas bancárias não declaradas de Cunha no exterior também foram alvo de denúncia. Para o MPF, elas são evidências dos crimes de lavagem de dinheiro e de evasão de divisas.

Na sentença, Moro considerou que as provas oferecidas pelos procuradores foram suficientes para caracterizar um crime de corrupção passiva, três crimes de lavagem de dinheiro e dois crimes de evasão fraudulenta de divisas por parte do ex-deputado.

“A responsabilidade de um parlamentar federal é enorme e, por conseguinte, também a sua culpabilidade quando pratica crimes. Não pode haver ofensa mais grave do que a daquele que trai o mandato parlamentar e a sagrada confiança que o povo nele deposita para obter ganho próprio”, afirmou o juiz no despacho.


Agência Brasil
+ Mais Informações ››››››

Paciente tem a vesícula removida por engano no RS

Imagem meramente ilustrativa
Mulher de 36 anos registrou ocorrência contra médico cirurgião de Alegrete, na Fronteira Oeste do RS.

Conforme o BO, a irmã de 31 anos estava internada para realizar um procedimento de retirada de queloide (crescimento em excesso do tecido de cicatrização no local de um ferimento já curado), da cesária.

Depois que retornou do bloco cirúrgico, ainda na recuperação, percebeu que a dor estava em outra região da barriga e que a queloide não havia sido removida. A família da paciente tentou entrar em contato com o médico para saber o que tinha acontecido, mas segundo informações, não conseguiu.

Mais tarde através de enfermeiros, soube que na verdade ela havia sido submetida a uma cirurgia para retirada da vesícula, o que foi um susto para todos, já que ela não apresentava problemas e tampouco tinha realizado exames para retirada de tal órgão.

No dia seguinte quando conseguiram falar com o cirurgião, depois de um outro profissional de saúde intervir e pedir para que ele desse uma explicação, diante do erro, o médico teria explicado que viu exames da paciente relacionados à vesícula (pedras). Quando foi solicitado os exames ele teria dito que não tinha e que poderia ter ocorrido uma troca, mas que a falta de vesícula não iria ocasionar problemas para a mulher, devido ao fato de não fazer falta.

Além de não tirar a queloide a paciente ficou com outra marca no lado direito da barriga, onde foi realizado a cirurgia, no último dia 28 de março.
+ Mais Informações ››››››

Debate da Liberdade Edição 01 - Talvez no corre-corre você não tenha visto esse fato bizarro que aconteceu aqui no norte, veja o vídeo.

Era para ser um simples acidente de trânsito como tantos outros que infelizmente acontecem todos os dias em nossas rodovias, mas ao socorrer as vítimas que estavam presas as ferragens o motorista que parou para prestar socorro jamais esperava que pudesse...
Veja tudo...

E na segunda informação, foi uma ocorrencia policial de roubo de carro, a Polícia faz as buscas e encontra o carro roubado, mas jamais imaginavam que o ladrão pudesse se tratar exatamente...

Veja tudo...

+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!