quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Alemã se surpreende após abóbora atingir 260 kg e continuar crescendo

A alemã Silvia Manteuffel cultiva na horta de sua casa em Fiirstenwalde, na Alemanha, uma abóbora de cerca de 260 quilos.
A mulher contou que essa é a primeira vez que cultiva abóboras e surpreendeu com o tamanho que o vegetal já alcançou.
Segundo Silvia, a abóbora tem uma circunferência de 3,20 metros. Ela contou que está guardando o vegetal para o Halloween (Dia das Bruxas), em 31 de outubro.
Fonte:Do G1, em São Paulo
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Carreteiro dos Gaudérios













Ingredientes:
- 1 kg de carne seca
- 2 cebolas grandes picadas
- 2 tomates sem pele e sem sementes
- 3 xícaras (chá) de arroz
- 6 xícaras (chá) de água fervente
- sal a gosto
- 1 pimenta vermelha socada
- salsa fresca picada
Modo de Fazer:
Deixe a carne seca de molho por uma noite para tirar o sal. Escorra a água, corte em cubos e frite na própria gordura. Acrescente as cebolas, os tomates picados, a pimenta e deixe fritar bem. Acrescente o arroz e coloque a água fervente, cobrindo-o e deixando uma boa margem de sobra. Deixe secar e sirva com salsa.

+ Mais Informações ››››››

18 de setembro é o Dia do Perdão

Hoje, dia 18 de setembro é o dia do perdão.
Segundo o  Pe. Matheus Danelli, pecado é aquilo que faz mal ao corpo ou ao espírito. Ele afirma que o conceito de pecado foi se alterando com o passar dos anos. Assuntos que antigamente aterrorizavam pessoas com a ideia de pecado, como o sexo, por exemplo, hoje são encarados naturalmente e já não são associadas ao pecado.
O padre afirma que o que aponta se algo é pecado ou não, é a formação de regras e conduta que a pessoa forma através de sua experiência religiosa. Sobre o perdão, Pe. Matheus lembra que para perdoar alguém é necessário, antes de mais nada, estar em equilíbrio e ter se perdoado.
O médico psiquiatra Érico Hecktheur ressaltou que muitas pessoas acabam optando por não perdoar, preferindo exercer uma espécie de vingança, buscando a cobrança pelo que o outro fez.
O dia do perdão também é uma das datas mais importantes do calendário judeu, aonde é chamado de Yom Kipur. Os judeus tradicionalmente observam esse feriado com um período de jejum de 25 horas e oração intensa.
Fonte:Jornalismo Rádio Uirapuru
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Programa Hora Luterana edição do dia 11 de setembro de 2014

Programa Hora Luterana da Igreja Evangélica Luterana do Brasil da Congregação Bom Pastor de Três Palmeiras, apresentado pelo Pastor Cildo Miro Schimidt
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Jornal da Liberdade Edição 1130 do Dia 18 de setembro de 2014

Destaque desta edição.
 Mega-Sena acumula, e prêmio pode chegar a R$ 37 milhões
Chuva e ventania voltam ao Rio Grande do Sul nesta quinta-feira
Confirmado 1º caso no Brasil de outra doença transmitida pelo mosquito da dengue
Caso Bernardo: Testemunhas prestam depoimento em FW





Apresentado Por: Alcione Gondorek 
+ Mais Informações ››››››

Remoção de índios por agricultores termina em pancadaria no RS

Mais tensão envolvendo índios e agricultores da região. No final da manhã de ontem, cansados de verem suas terras sendo invadidas por famílias indígenas, os moradores e comerciantes de Erval Grande tomaram uma atitude drástica. O grupo se reuniu e colocaram todos os indígenas que estavam acampados na cidade, á força, em caminhões e vans, juntamente com os seus pertences, para entregar á FUNAI de Passo Fundo.
Por volta das 14h, o grupo chegou á FUNAI, e quando os índios saíram das vans pegaram em paus e pedras , travando uma verdadeira guerra com os agricultores. A polícia solicitou reforços para conter as agressões, que duraram mais de 20 minutos.
O líder indígena, Jacir de Paula, explicou que os agricultores chegaram no inicio da manhã, de forma truculenta e expulsaram os índios das suas barracas. Jacir criticou a falta de consideração por parte dos agricultores, que não respeitaram ninguém e jogaram eles na FUNAI. Jacir criticou a FUNAI, que nunca deu qualquer resposta ou assistência para eles.O procurador do município de Erval Grande, Fabrício Nunes, criticou a ação hostil dos índios. Explicou que os agricultores removeram 13 indígenas que viviam na beira da rodovia, em condições de perigo.
Ao chegar em Passo Fundo com os 13 índios, outros 30 esperavam na FUNAI e foi aí que a confusão começou. Nunes explicou que não existe área delimitada para os índios em Erval Grande sendo que a FUNAI não toma uma atitude para nenhum lado.
Por volta das 15h, temendo que a situação se agravasse e , diante da FUNAI estar de portas fechadas, o Comandante do 3º RPMOM, Fernando Carlos Bicca, reuniu uma comissão entre as duas partes e as levou até a Delegacia da Polícia Federal, na tentativa de um acordo.
O caminhão que trouxe os índios foi levado para o pátio do Quartel da Brigada Militar.Os agricultores que vieram com seus carros também se retiraram e voltaram para Erval Grande.
Após apelo das autoridades, participou da reunião na Policia Federal o coordenador da FUNAI, Roberto Perin.Ficou decidido que os índios irão deixar o acampamento de Erval Grande e voltar para uma área localizada no município de Água Santa.
Créditos: Lucas Cidade - Rádio Uirapuru
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Funcionários dos Correios entram em greve por tempo indeterminado no RS

Os trabalhadores dos Correios estão em greve por tempo indeterminado no Rio Grande do Sul desde a meia-noite desta quinta-feira (18). A paralisação foi decidida após assembleia da categoria em Porto Alegre na quarta (17), em que os servidores rejeitaram por ampla maioria a proposta da empresa.
De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores dos Correios do estado (Sintect/RS), as principais reivindicações da categoria são reposição da inflação de 6,40%, aumento real de 8%, reposição das perdas de 11,93, contratação imediata e melhores condições de trabalho, luta contra a privatização, luta contra o Postal Saúde, além das entregas pela manhã.
Os Correios ofereceram aos servidores reajuste salarial de R$ 200,00 ou 6,5%, o que for mais vantajoso para cada trabalhador, com Gratificação de Incentivo à Produtividade, que não incorpora ao salário e não tem reflexos sobre outras vantagens. Também poderá ser incorporado 50% em 2015 e 50% em 2016. Além disso, a cada R$ 100 milhões de lucro líquido, a empresa incorporaria  R$ 10,00. Os R$ 100 só seriam incorporados totalmente no salário base quando a empresa atingisse lucro de R$ 1 bilhão.
A paralisação não atinge funcionários de Santa Maria, Uruguaiana, Santo Ângelo e Região das Missões, Santa Rosa e Panambi, representados por outro sindicato, que aceitou a proposta da estatal.

Do G1 RS
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Jornal dos Trabalhadores - Rio Grande do Sul - Edição 572 dia 18 de setembro de 2014

Ouça nesta edição:
Estado nomeia 1159 professores;
Dia Mundial da limpeza de rios e praias mobilizam pessoas em todo mundo;
Militares perseguidos pela Ditadura relatam violações aos direitos humanos;
Área destinada ao cultivo de eucalipto bate recorde.
+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!