terça-feira, 22 de abril de 2014

Ametista do Sul - Polícia prende suspeito de abusar do filho de dois anos

A polícia Civil de Ametista do Sul, com apoio da Brigada Militar, prendeu na manhã desta terça-feira, 22, um homem suspeito de abusar sexualmente do próprio filho de dois anos de idade.
 A denuncia foi feita pela mãe do garoto, que diz ter visto o pai, N.S 30 anos de idade, molestando o filho, enquanto estavam no sofá assistindo televisão. 
 Segundo a mãe da criança o fato ocorreu na quarta-feira, 16, na residência da família na comunidade do Barreiro Grande, interior do município. A prisão foi efetuada em um garimpo onde o suspeito trabalhava, também naquela comunidade.
 No inicio da tarde de hoje, o preso foi encaminhado ao presidio Estadual de Frederico Westphalen.  A polícia civil investiga o caso.
Fonte:Infoco 
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Governador visita Erebango

O governador Tarso Genro visitou, no final da manhã deste sábado (19), o Município de Erebango, atingido pelo vendaval do dia 12 de abril. Ele chegou à cidade de helicóptero por volta das 11 horas, logo após ter visitado Tapejara. 
Tarso foi recebido pelo prefeito de Erebango, Enio Meregali, que, acompanhado dos secretários municipais e do coordenador municipal da Defesa Civil, Rodinei da Rosa, entre outros, o conduziu pelos locais atingidos pelo tornado, que deixou mais de 200 casas destelhadas, quatro pessoas feridas e uma vítima fatal. O governador conversou com lideranças, familiares e vítimas da tempestade, reafirmando o apoio e o compromisso do Governo do Estado com as pessoas atingidas.
Depois de percorrer as áreas mais prejudicadas, Tarso se reuniu com o prefeito e lideranças regionais na prefeitura. O objetivo do encontro foi apresentar um plano de trabalho e apoio junto à prefeitura e famílias vítimas do tornado que atingiu o município há pouco mais de uma semana. Após ouvir o prefeito e representantes do município atingido, o governador colocou a sua equipe à disposição e propôs um planejamento imediato de ações de apoio as vítimas. “Vamos adotar um método de trabalho mobilizando todas as estruturas governamentais, identificando o que compete às instâncias estadual e federal. Nesta terça-feira (22) faremos uma reunião no Palácio Piratini com a presença de secretários e prefeitos para a elaboração de um plano de trabalho focado e em comum acordo com os prefeitos”, afirmou Tarso.
Integraram a comitiva do governador secretários de Estado de Obras, Habitação, Gabinete dos Prefeitos e Relações Federativas e Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, além de representantes da Defesa Civil e Casa Militar. Ocoordenador da SDR Região Norte, Eloir Griseli, o coordenador do Corede Norte, Dino Giaretta; o prefeito de Áurea, Ito Adolfo Müller; o prefeito de Ipiranga do Sul, Mário Ceron; o ex-prefeito de Ipiranga do Sul, Gilberto Tonello; o gerente regional da Emater, Valmir Dartora; o assistente técnico regional da Emater na área de culturas, Paulo Silva, Paulo Silva; o comandante do 13 Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Pedro Pacheco, também acompanharam a visita de Tarso a Erebango.
Situação de emergência
Considerando a ocorrência de danos humanos e materiais em parte da área urbana e em parte da área rural, com prejuízos econômicos públicos, com índice de 3,6%, e prejuízos econômicos privados com índice de 17,36% da receita corrente líquida anual do município, foi homologada a situação de emergência no Município de Erebango, conforme publicação no Diário Oficial do Estado da quinta-feira (17). O decreto foi assinado ainda no domingo (13) pelo prefeito Eni Meregali, informando que as áreas atingidas compreendem as localidades rurais de Comunidade do Chalet, Combate, São Judas, Linhas Seis e Bresolin, e urbanos do Bairro Esperança e na Avenida Ouro Verde e na Rua Cornélios Berdsen, no Bairro Centro.

Linhas de crédito emergencial
Em decorrência dos recentes fenômenos climáticos, vendavais e enxurradas que atingiram o Município de Erebango, o Banrisul anunciou a abertura de linhas de crédito emergencial para pessoas físicas e jurídicas e produtores rurais que tiveram suas residências ou negócios atingidos. As pessoas físicas, clientes, atuais ou novos, podem solicitar crédito pessoal ou para compra de material de construção. Já as micro e pequenas empresas que registraram danos ou prejuízos em seus estabelecimentos comerciais, industriais ou de agronegócios, têm acesso à modalidade de crédito empresarial emergencial, destinada para capital de giro. As linhas de crédito possuem condições diferenciadas, com prazo para pagamento de até 36 meses.
Foto: Sara Rubia Comin / DM
Fonte:Redação Erechim
Postado por:Elisete Bohrer 
 
+ Mais Informações ››››››

Palmeira das Missões - Conhecidas as músicas selecionadas para o 29º Carijo

A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Palmeira das Missões divulgou na manhã desta segunda-feira as músicas selecionadas para a 29ª edição do Carijo da Canção Gaúcha. A triagem foi realizada durante os últimos dias 16 e 17 de abril, contando com a participação dos jurados Rômulo Chaves, Valdomiro Maicá, Jorge Mello, João Ari Ferreira e João Quintana, tendo por local a videoteca do Centro Cultural.

Foram ouvidos aproximadamente 600 trabalhos musicais, inscritos nas fases Local e Geral, o que gerou uma extensa tarefa para os jurados, os quais atribuíram suas notas a cada um dos participantes. Ao todo, 10 músicas da fase Local e 18 músicas da fase Geral foram selecionadas, havendo duas suplentes em cada categoria. Conhecendo os resultados, os músicos que subirão ao palco tem agora poucas semanas para aprimorarem ainda mais suas performances.

O 29º Carijo acontece de 29 de maio a 1º de junho. Conforme o secretário municipal de Cultura e Turismo, Celso Augustinho Valduga, os trabalhos da triagem foram realizados com êxito, muito embora tenha sido uma verdadeira maratona pra todos. O período agora, segundo ele, é de finalizar os detalhes para o evento, que é um dos mais significativos no calendário do município, de modo que tudo ocorra dentro dos conformes na programação que está sendo preparada para a comunidade.

Clasifficadas fase local
INSCRIÇÃO
NOME COMPOSIÇÃO
RITMO
LETRA
MELODIA
CIDADE
44
Um rio que nasce aqui
Chamamé
Erico Guedes Gonçalves
Aurelio Morais
Palmeira das Missões
40
A gaita do tio Elpídio
Chamarra
Vilmar Winck de Souza
Aurelio Morais
Palmeira das Missões
34
Tempo guri
Chamamé
Fabiano Cestari
Fabiano Cestari
Palmeira das Missões
27
Os amores do gaúcho
Rancheira
Guilherme Cassiano Quaiatto
Guilherme Cassiano Quaiatto
Palmeira das Missões
12
Nova paixão
Valsa
Luiz Estigarribia
Luiz Estigarribia
Palmeira das Missões
01
Erva buena da Palmeira
Chamarra
Cristiano Sonntag e Alixandre Lima
Cristiano Sonntag e Gabriel Ferreira
Palmeira das Missões
51
Nossa prece-juramento
Toada
Janaina Larre R. Pagliarini
José Ricardo Maciel Nerling
Palmeira das Missões
23
Doce pealo
Toada
Luiz Gustavo Foresti Ribas e José Ricardo Maciel Nerling
José Ricardo Maciel Nerling
Palmeira das Missões
09
Imagem da minha casa
Chamarra
João Carlos Konig
Cassio Figueiró
Palmeira das Missões
54
Aqui é meu lugar
Milonga
Antonio Augusto Korsack
Fabiano Cestari Costa
Palmeira das Missões
SUPLENTES
50- Suplente
Sulina brasilidade
Chamamé
Janaína Larre R. Pagliarini
Jorge Andre Rogerio
Palmeira das Missões
47- Suplente
Nos bailes de fundo de campo
Vaneira
Luis Gustavo Foresti Ribas e Angelino Rogerio
Angelino Rogerio
Palmeira das Missões
Fase Geral
INSCRIÇÃO
NOME COMPOSIÇÃO
RITMO
LETRA
MELODIA
CIDADE
179
Na carona da milonga
Milonga
Alex Palma
Tuny Brum
Santa Maria(RS)
213
Academia Campeira
Vanera
Candido Roberto A. Borges
Clovis de Souza/Marcelo Holmos
Santana do Livramento
178
Alma de guri
Canção
Piero Ereno
Piero Ereno
Santa Maria(RS)
325
Cercas que nos cercam
Milonga
Dilamar Costenaro  e Nenito Sarturi
Vlademir Nunes
Santiago (RS)
520
Além do quadro de vidro
Milonga
Carlos Omar Vilella Gomes
Arthur Bonilla
Cruz Alta(RS)
267
Rio Grande canto e querência
Chamarra
Andrius Cruz de Souza
Miguel Ângelo de Freitas
Santana do Livramento(RS)
266
Pela vergonha que habita logo abaixo do chapéu
Chamarra
Cesar Silveira e Angelo Franco
Angelo Franco e Cesar Silveira
Cruz Alta (RS)
93
Trindade
Chamamé
Giba Trindade
Nirion Machado
São Paulo
145
Quebrando a voz do silêncio
Milonga
Caine T. Garcia
Tuny Brum
Bagé (RS)
170
Com gosto de vida
Chamarra
Gilberto Job e Piero Ereno
Felipe Ródio e Piero Ereno
Santa Maria (RS)
495
Pra falar de liberdade
Canção
Diego Bisognin e Anderson Mireski
Anderson Mireski
Palmeira das Missões(RS)
373
Contraveneno
Vaneira
Dionísio Costa
Luciano Maia
Porto Alegre
268
Esporas
Ayre de Chacarera
Silvio Genro
João Bosco Ayala
Uruguaiana (RS)
181
Pra voltar numa milonga
Milonga
Alex Palma
Marcio Correia
Santa Maria (RS)
191
Da tua falta
Milonga
Anderson Mireski
Luis Cardoso
Santiago (RS)
56
A fiandeira
Toada
Ana Claudia Rodrigues
Juliano Javoski
Palmeira das Missões(RS)
130
A cuia, o cevador e o chimarrão
Milongão
João Tadeu e Salvador Lamberty
Leonardo Sartury
Palmeira das Missões(RS)/Santiago
159
Semo bruto
Rancheira
Jorge da Costa Prado
Jorge da Costa Prado
Rosário do Sul (RS)
SUPLENTES
55- Suplente
Olhos de céu
Rasguido
Gujo Teixeira
Silvio Teixeira da Costa
Lavras do Sul (RS)
79- Suplente
O piá no cavalete
Chamarra
João Rafael Chiapetto
Paulo Saavedra
Cachoeira do Sul (RS)
 
Fonte:DiárioRS
Postado por:Elisete Bohrer

+ Mais Informações ››››››

Jornal da Liberdade edição do dia 22 de abril de 2014

Apresentado por:Alcione Gondorek

Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

MP investiga crimes comandados de dentro do Presídio Central

Operação Praefectus foi deflagrada em 11 municípios gaúchos

O Ministério Público (MP), por meio da Promotoria Especializada Criminal de Porto Alegre, deflagrou nesta terça-feira uma operação contra a ação de "prefeitos" de galerias do Presídio Central. Segundo o promotor de justiça Ricardo Herbstrith, foi constatada a existência de um esquema de extorsão, roubo, receptação, tráfico e homicídio comandado por apenados recolhidos na penitenciária.

Herbstrith afirmou que ameaças e lavagem de dinheiro fazem parte do esquema comandado pelos presos, chefes da 2ª e 3ª galerias, pertencentes à Facção dos Manos. Sete mandados de busca e 17 de prisão devem ser cumpridos na ofensiva denominada Praefectus, prefeito em latim.

Conforme o MP, a retirada das celas de dentro das galerias no Presídio Central determinou uma nova forma de administração. Os policiais militares cuidam apenas dos corredores, enquanto as facções criminosas gerenciam as galerias.  O “plantão”, “prefeito”, “representante” ou “chefe” da galeria, que exerce a função de líder, é o responsável pelo controle dos conflitos entre os presos, pela imposição das regras aos comandados e ainda representa os apenados nas reivindicações dirigidas ao comando da segurança.

A ofensiva ocorre em 11 cidades gaúchas: Alvorada, Canoas, Campo Bom, Capela Santana, Esteio, Imbé, Nova Santa Rita, Portão, Porto Alegre, São Leopoldo e Sapucaia do Sul. A operação conta com a participação de 150 policiais militares.

Companheiras dos prefeitos tinha ingresso prioritário

Os "Manos" ocupam a 2ª e 3ª galerias do pavilhão B do Presídio Central e contam com um efetivo aproximado de 400 detentos. A contribuição dos integrantes da facção é realizada por meio de depósitos bancários, aquisição de cartões telefônicos, utilização da cantina e exploração do tráfico de drogas no interior das galerias e nas regiões dominadas por integrantes da facção.

Os bares adjacentes ao Presídio Central são os que concentram a maior parte dos pagamentos. De acordo com as investigações, nos dias de visitas, pessoas próximas aos apenados realizam o pagamento de valores já especificados para cada apenado nos estabelecimentos comerciais pré-determinados pelos próprios presos.

Foi constatada, ainda, a prática comum de ingresso prioritário e facilitado das companheiras de apenados que exercem funções de "prefeitos" das galerias, bem como de 1º e 2º auxiliares. Nos dias de visitas, elas não necessitam aguardar em uma fila a espera de entrar. Ao chegar, dirigem-se diretamente ao início da fila e ingressam juntamente com outras visitantes prioritárias (gestantes e mulheres idosas acima de 70 anos). Esse privilégio é amplamente aceito pelos demais detentos e seus familiares.
Fonte: Correio do Povo
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Governador visita municípios atingidos por tempestade e propõe plano de trabalho para atender vítimas

O governador Tarso Genro, acompanhado de secretários estaduais e representantes das Secretarias de Obras, Habitação, Desenvolvimento Rural, Defesa Civil, Casa Militar e Gabinete dos Prefeitos e Relações Federativas, esteve reunido neste sábado (19), com o prefeito de Tapejara, Seger Luiz Menegaz, e representantes dos municípios de Erebango, Três Palmeiras, Trindade do Sul e Lageado do Bugre. O objetivo do encontro foi apresentar um plano de trabalho e apoio junto às prefeituras e famílias vítimas de um forte vendaval com características de tornado que ocorreu na madrugada de sábado (12).

Depois de ouvir os prefeitos e representantes dos municípios atingidos, o governador colocou a sua equipe à disposição e propôs um planejamento imediato de ações de apoio as vítimas. “Vamos adotar um método de trabalho mobilizando todas as estruturas governamentais, identificando o que compete as instâncias estadual e federal. Na terça-feira (22) faremos uma reunião no Palácio Piratini com a presença de secretários e prefeitos para a elaboração de um plano de trabalho focado e em comum acordo com os prefeitos”, disse.
Após a reunião, Tarso e a sua equipe foram ao ginásio de esportes, onde está sendo feito o recebimento de doações. Depois percorreu o bairro Treze de Maio, onde estão localizados os loteamentos Real I e Real II, a Escola Municipal Catarina Debastiani, que foi parcialmente afetada. Em seguida, a comitiva foi para Erebango, onde foi recebida pelo prefeito e percorreu locais afetados pela tempestade. O governador conversou com lideranças, familiares e vítimas da tempestade, reafirmando o apoio e o compromisso do Governo do Estado com as pessoas atingidas.
Em Erebango e Tapejara - municípios mais fortemente atingidos - os ventos fizeram cerca de 1.100 famílias vítimas. Algumas residências ficaram parcialmente destruídas e uma morte foi registrada em Erebango. Em Tapejarahouve destruição total de um ginásio de esportes. No total, cerca de mil moradias tiveram danos nos dois municípios.
Ações do Estado imediatasA equipe regional da Defesa Civil começou a atuar nos locais logo após o ocorrido, realizando o atendimento às famílias e auxiliando no levantamento dos prejuízos. Foram entregues 6 mil kits com material de dormitório e higiene, contendo lençóis, toalhas de banho, cobertores, além de lonas plásticas para cobrir as casas destelhadas e mais de mil peças de roupas infantis. Além de trabalhos de atendimento às comunidades atingidas, avaliação de danos e encaminhamento do processo de liberação de recursos, conforme as necessidades apresentadas.
Texto: Luciane Moura
Heloise Santi
Central do Interior
Diretoria de Jornalismo/SECOM
Telefone (51)3213-0787
+ Mais Informações ››››››

Assinatura de contrato beneficia agroindústria de melado em Alpestre

O agricultor Milton José Erthal, morador da Linha Barra Grande, em Alpestre, recebeu na manhã de ontem (16/04), em sua propriedade, autoridades e representantes de entidades do município para assinatura do contrato de abertura de crédito para reestruturação da agroindústria de melado da família. Com uma propriedade de 15 hectares, a família do agricultor produz cana e transforma a matéria-prima em melado.

A família Erthal sempre produziu o doce de cana e, a partir de 2005, começou a sonhar com a construção de uma agroindústria para aumentar essa produção. A estrutura que a família tem hoje ainda não está adequada, por isso, através do recurso conquistado com o contrato, a agroindústria passará por reformas e, consequentemente, será legalizada.

A agroindústria Ponto Norte sempre contou com o suporte da Emater/RS-Ascar, desde a assistência técnica prestada, até o planejamento da agroindústria e da comercialização dos produtos da família. “A Emater/RS esteve presente desde o primeiro dia em que pensamos em montar a agroindústria, e até hoje nos acompanha”, declarou Milton. Segundo o técnico em agropecuária da Emater/RS-Ascar, Clair Olavo Bertussi, a propriedade da família Erthal se tornou exemplo para outras famílias. “Já realizamos vários dias de campo, excursões, proporcionando a outros agricultores a oportunidade de conhecer o trabalho da família, na transformação da cana-de-açúcar em melado”.

A Cooperativa Extremo Norte é parceira da agroindústria e comercializa os produtos da família nos diversos mercados municipais e regionais. De acordo com o presidente da cooperativa, Wagner Rogerio Bohn, a produção da família mantém a qualidade o ano todo e a procura pelo produto ultrapassa a capacidade de produção da agroindústria. “Mesmo sendo uma pequena propriedade, com a transformação da matéria-prima, a família consegue uma boa renda durante todo o ano”, constatou.

O prefeito de Alpestre, Alfredo de Moura e Silva, participou do momento de assinatura do contrato, juntamente com a gerência do escritório regional da Emater/RS-Ascar de Frederico Westphalen, Leonir Bonavigo e Ana Cláudia Zanatta Pedon. O ato contou ainda, com a presença do presidente da Emater/RS e superintende da Ascar, Lino De David. O presidente afirmou estar surpreso com o tamanho da população rural do município (cerca de 72%) e, principalmente, a diversificação produtiva existente no município. Em sua fala, De David destacou a política pública de agroindustrialização, que, em quase três anos e meio, ampliou de 100 para 1,9 mil agroindústrias criadas, todas em processo de legalização. “Cerca de 500 já estão formalizadas e aptas para comercialização, como é o caso desta aqui que viemos conhecer hoje", ressaltou.

Na parte da tarde, a equipe da Emater/RS-Ascar e da Cooperativa Extremo Norte realizaram uma visita às instalações da Biofábrica de Micropropagação Vegetal, localizada em Alpestre.




Heloise Santi
Central do Interior
Diretoria de Jornalismo/SECOM
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Goji berry tem alto poder antioxidante, mas ainda faltam estudos sobre quantidade de consumo

Alto valor nutricional e propriedades benéficas para o organismo são qualidades da fruta

O goji berry está na moda. Essa fruta vermelhinha e de paladar um tanto amargo invadiu as lojas de produtos naturais e os blogs de saúde com a promessa de proteger o organismo e ajudar a emagrecer. Cultivada há mais de 600 anos pelos chineses, a fruta ganhou o status de "superalimento" por causa do seu alto poder antioxidante (compostos químicos que protegem as células) e concentração de vitamina C.
— O conceito atual de superalimento é aquele que tem uma alta proporção de benefícios à saúde quando comparado com outros. No caso do goji berry, e todas as outras frutas "berries", seus "superpoderes" provêm dos antioxidantes, que reduzem o risco de algumas doenças como as cardíacas e tipos de câncer — explica a nutróloga do Serviço de Nutrologia do Hospital Ernesto Dornelles, Jaqueline Coelho.
Apesar de seus grandes poderes nutricionais, ainda há pouca evidência científica sobre os efeitos diretos do goji berry no combate a doenças. A maioria das pesquisas sobre a fruta foi realizada em animais, algumas já feitas em laboratório (apenas com células), e raríssimas em humanos. Esses estudos evidenciaram que ela é responsável por uma redução nos níveis de glicose e lipídios, aumento da imunidade, proteção do DNA contra danos e inibição do crescimento de tumores.
Também existem evidências recentes de que a goji berry aumenta os níveis plasmáticos da zeaxantina, um agente antioxidante potente para a visão. Além disso, a fruta tem 18 tipos de aminoácidos, incluindo a taurina, que vem sendo estudada como agente terapêutico complementar na prevenção de complicações do diabetes tipo 2.
— A questão primordial é que não sabemos ainda qual a quantidade a ser recomendada para se atingir todos estes benefícios evidenciados em células de laboratório ou em animais. Mais estudos em humanos devem ser realizados para conseguirmos provar que o goji berry é realmente capaz de realizar tudo que imaginamos e qual a quantidade certa para tal efeito — pondera Jaqueline.
Relação com a perda de peso não foi comprovada
O que ainda não foi comprovado por algum estudo é a relação da fruta com a perda de peso. Segundo Jaqueline, ela deve ser consumida como uma fonte nutritiva que aumente a qualidade da alimentação. O emagrecimento é uma consequência dessa melhora.
— Para se ter uma ideia, um quarto de xícara da fruta desidratada tem 100 calorias. Tudo que é consumido em excesso acarreta ganho de peso — alerta a nutróloga.
Alto valor nutricional
De acordo com a nutróloga Jaqueline Coelho, além de ter uma alta proporção de antioxidantes, o goji berry é poderoso por apresentar:
68% DE CARBOIDRATOS
12% DE PROTEÍNA
10% DE FIBRA 
10% DE GORDURA
Outros "superpoderes"
— Os polissacarídeos presentes na fruta auxiliam na manutenção da flora intestinal, ajudam a estabilizar os níveis de glicose, estimulam o sistema imunológico e contribuem para redução do risco de câncer de intestino.
— A zeaxantina, um antioxidante da família dos carotenoides, auxilia no sistema imunológico e na manutenção da visão saudável, podendo prevenir complicações oculares como a catarata.
— O betacaroteno, também da família dos carotenoides, é importante para síntese da vitamina A, essencial no crescimento humano, na visão, na estrutura celular, ossos, dentes e pele.
Como consumir
VÁ FUNDO
— A forma mais comum de encontrar o goji berry no Brasil é desidratada ou em cápsulas de suplementos. A versão natural também está disponível, mas é bem mais rara de ser encontrada. A dica é consumi-la com outras frutas, misturada na granola, no iogurte, em uma receita de bolo, em sucos ou chás.
— Um quarto de xícara da fruta desidratada possui 4g de proteína, 3g de fibra, 140% de vitamina A, 20% de vitamina C e 10% de ferro.
SINAL VERMELHO
— Pessoas com histórico de alergias alimentares devem ter cuidado ao consumir a fruta. Já existem casos na literatura de reações alérgicas graves ao goji berry.
— Quem precisa utilizar anticoagulante também precisam ficar em alerta. A fruta pode interagir com essas medicações, causando sangramentos espontâneos.
— Também há relatos de toxicidade hepática pelo uso excessivo da fruta.
Família Berry
As chamadas "berry fruits" (ou "frutas berries") têm um impacto positivo e profundo na manutenção da saúde humana e prevenção de doenças. A antocianina, responsável pela cor avermelhada/arroxada/azulada das berries é que tem esse potencial antioxidante tão importante. Podemos citar framboesa (blackberry), amora (rapberry), mirtilo (blueberry), cranberry, morango (strawberry) e açaí.

Fonte:BEM-ESTAR
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Regra da Anatel para celulares comprados no Paraguai

A grande dúvida é se os aparelhos vão parar de funcionar no Brasil
O bloqueio dos celulares piratas no Brasil e como a nova regra da Anatel pode afetar os aparelhos comprados no Paraguai.
Vários usuários tem questionado sobre o anúncio feito pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) sobre os celulares "xing-ling" pararem de funcionar a partir de 2014. Vamos esclarecer sobre isso.
A Anatel fez um anúncio autorizando as operadoras a instalarem uma tecnologia que bloqueia os celulares piratas no momento da tentativa da ligação, sendo que a partir de 2014 todos os aparelhos usados no país deverão ser homologados pelo órgão, sob pena de serem bloqueados e das chamadas não se completarem.
Por que a Anatel quer bloquear os aparelhos piratas?
O que desencadeou a implementação desse sistema foi o fato de em torno de 20% das ligações serem realizadas de aparelhos piratas e essas ligações causam instabilidades na rede e consequentemente um número elevado de reclamações contra o serviço. Segundo as operadoras, esses celulares são de baixa qualidade e costumam ter mais queda de chamadas, o que contribui com as queixas às centrais de atendimento.
Como funcionará o bloqueio dos celulares?
Cada celular possui um número específico que sai de fábrica com ele, chamado IMEI. Existe um catálogo mundial com todos os IMEIs válidos produzidos pelos diversos fabricantes. Por sua vez, o chip da operadora escolhido também possui um número que lhe é peculiar: IMSI. Quando você coloca um chip em um celular, ele transmite às centrais das operadoras os dois números que permitem identificar quem está falando e em que aparelho. As operadoras sabem que um celular é pirata porque na sua rede eles não aparecem com o número IMEI ou quando aparecem, ele é duplicado (igual à de outro telefone).
O novo sistema das operadoras cruzará a lista de registros nacionais e estrangeiros para saber qual é autêntico. O sistema decidirá se é pirata ou não e, automaticamente, bloqueará esses sinais. Além de bloquear as ligações dos celulares pirateados, também vai bloquear dos importados e originais não homologados na Anatel. A regra também vale para os tablets.
O sistema que vai ser implementado pelas operadoras verificará em uma central com todos os códigos IMEI dos dispositivos homologados pela Anatel para saber se ele tem autorização para funcionar nesta rede, cruzando a lista de registros nacionais e estrangeiros para saber qual é autêntico e decidir pelo bloqueio dos sinais.
Os celulares comprados no Paraguai deixarão de funcionar?
Para quem comprar celulares originais no Paraguai, o funcionamento continua normal, tendo em vista que os aparelhos enviados pela Samsung, Apple, Nokkia e outras marcas mundialmente conhecidas para o Brasil são de mesma procedência que os enviados ao país vizinho. O IMEI é um código universal usado pela fabricante para todos os celulares, por ela fabricados. O problema vai ser para quem compra iPhones ou Galaxys genéricos, estes realmente deixarão de funcionar.
Outras marcas consolidadas no Paraguai que possuem um bom número de clientes brasileiros, como exemplo podemos citar a BLU e a INOVE, já estão com a maioria dos seus modelos homologados na Anatel e as demais marcas estão buscando essa homologação.
Para não cair em uma furada, sempre verifique se o aparelho que você está adquirindo possui um selo ou código na ANATEL ou que não possua nomes errados, acabamento ruim, acessórios genéricos ou de outras marcas, como a bateria ou o carregador. A melhor opção é comprar sempre em grandes lojas, as quais tem um nome a zelar, não trabalhando com produtos falsificados e de má procedência.
Fonte: Portal Cantu
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!