sexta-feira, 20 de julho de 2012

Gaúchos definem segurança, saúde e educação como prioridades


Terminou, nesta quinta-feira, dia 19, a contagem dos mais de 1 milhão de votos com que os gaúchos elegeram prioridades para o Orçamento de 2013. O debate durou três meses e envolveu governo do Estado, Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes), movimentos sociais e sociedade civil. As áreas escolhidas como prioritárias foram educação, saúde e segurança pública.

No Estado, apareceram  segundo plano desenvolvimento rural, turismo, esporte e lazer e desenvolvimento econômico. Também foram consideradas prioridades, em mais de 20 regiões, meio ambiente e recursos hídricos, desenvolvimento urbano e saneamento, e desenvolvimento social e erradicação da pobreza.

Em Três Palmeiras 1. 405 pessoas votaram pela cédula de votação, e 22 votaram pela internet, ou seja, 39%da população.  As demandas locais mais votadas foram Apoio a Fruticultura, Realização de competições e eventos de inclusão social e incentivo ao esporte e atenção as pessoas com deficiências e altas habilidades. Das demandas regionais as mais votadas foram Saúde rede de urgência e emergência, saúde-comunidade terapêutica (hospital de Jaboticaba) e segurança (equipamentos e viatura para brigada militar). Das demandas estratégicas as mais votadas foram Saúde- Centro de especialidades-HPR e Apoio a Expansão da Banda Larga.

As cédulas foram divididas em mais de 500 demandas, regionalizadas em 28 locais. Ocorreu eleições em todos os 496 municípios do Estado. No Fórum Estadual da Participação Popular e Cidadã, delegados das 28 regiões vão discutir, com secretários de Estado, como validar a escolha popular.
+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!