quinta-feira, 17 de julho de 2014

Taça Cotrisal 2014- Resultados dos jogos da volta das oitavas de finais da Taça Cotrisal de futsal em Sarandi e Pontão: Em Sarandi

Resultados dos jogos da volta das oitavas de finais da Taça Cotrisal de futsal em Sarandi e Pontão:
Em Sarandi:
(A) 1º Sarandi (fem) 7 x 0 São José das Missões (fem) 8º (A) (jogo de ida 10 a 3 para Sarandi)
Em Pontão:
(A) 1º Pontão (masc) 7 x 3 Trindade do Sul (masc) 8º (A) (jogo de ida 4 a 2 para Pontão)
Hoje tem jogos em Constantina e Engenho Velho:
17/07 quinta –feira início às 19hs e 20min, em Constantina:
(B) 2º Constantina (fem) x Seberi (fem) 7º (B)
17/07 quinta –feira início às 20hs e 40min, em Engenho Velho:
(D) 4º Engenho Velho (masc) x Constantina (masc) 5º (D)
OBS: Lembramos que no jogo da volta as equipes que venceram jogam pelo empate.
Em caso de vitória das equipes perdedoras por qualquer placar, a classificação para as quartas de finais será decidida nos pênatis.
As equipes que empataram jogam por vitória simples e encerrando com empate novamente, a classificação para as quartas de finais será decidida nos pênatis.
Semifinais jogos de ida
24/07 quinta-feira, início 7hs e 20min. em Barra Funda:
Vencedor (C) Barra Funda X Sarandi (A) fem.
24/07 quinta-feira, início 8hs e 40min. em Constantina ou Engenho Velho:
Vencedor (D) ................................ X Palmeira das Missões (B) masc
30/07 quarta-feira, início 7hs e 20min. em ....................................:
Vencedor (D) ..............................X ............................... (B) fem.
30/07 quarta-feira, início 8hs e 40min. em ....................................:
Vencedor (C) ................................ X Pontão (A) masc.
Próximos jogos da Taça Cotrisal de bocha acontecerão no dia 19 de julho, confira:
1ª fase - jogos de ida
No dia 19 de julho, sábado, início às 14hs em Pontão:
Pontão x Rio dos Índios
No dia 19 de julho, sábado, início às 14hs Novo Xingu:
Novo Xingu x Trindade do Sul
No dia 19 de julho, sábado, início às 14hs São José das Missões:
São José das Missões x Liberato Salzano
No dia 19 de julho, sábado, início às 14hs Nonoai:
Nonoai x Sarandi
No dia 19 de julho, sábado, início às 14hs em Constantina:
Constantina x Novo Barreiro
Convide sua família, seus amigos e participe!
Fonte:Ledinara Piran
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Programa Hora Luterana edição do dia 17 de julho de 2014

Programa Hora Luterana da Igreja Evangélica Luterana do Brasil da Congregação Bom Pastor de Três Palmeiras, apresentado pelo Pastor Cildo Miro Schimidt

Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Esfirras

Massa:
1 tablete 15 gramas fermento para pão
1 xícara (chá) de água
3 colheres (sopa) de açúcar
½ colher sopa) de sal
600 gramas de farinha de trigo (aproximadamente)
3 colheres (sopa) de margarina
2 ovos inteiros
Recheio:
500 gramas de patinho moído
3 colheres (sopa) de óleo
1 cebola
2 dentes de alho
3 tomates sem semente
1 pimentão picadinho
Cheiro verde
Sal e pimenta a gosto
Preparo:
Recheio:
Frite no óleo a cebola e o alho até que dourem, coloque a carne e o sal, deixe refogar
Acrescente o tomate, o pimentão e a pimenta, cozinhe por mais 5 minutos, então coloca o cheiro verde.
Deixe esfriar para utilizar como o recheio.
Massa: Coloque em uma tigela o fermento e os outros ingredientes, amasse e deixe dobrar de volume.
Sove mais um pouco. Divida a massa em bolinhas do mesmo tamanho, abra uma a uma e recheie e modele, coloque as esfirras em uma assadeira, pincele com gema de ovo.
Deixe crescer.
Asse em forno médio
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Jornal da Liberdade edição do dia 17 de julho de 2014

Apresentado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Três cidades gaúchas registram queda de granizo


Em São Borja, chuva durou 15 minutos e destelhou uma casa, segundo Corpo de Bombeiros
Como se não bastasse as enchentes que atingiram o interior do Rio Grande do Sul, as cidades de Jaguari, Santiago e São Borja registraram no começo da manhã desta quinta-feira chuva de granizo.
A precipitação ocorreu em quatro bairros de São Borja. De acordo com o Corpo de Bombeiros da cidade, uma casa teve cinco folhas do telhado danificadas. Lonas foram levadas e instaladas na residência que fica na Vila Goulart.
A chuva, que começou entre 5h30min e 6h, durou cerca de 15 minutos em São Borja. As pedras que caíram do céu foram consideradas pequenas, mas provocaram estragos em outros três locais. Betim, na zona Sul, bairro do Passo, na zona Norte, e uma casa no Centro da cidade também foram atingidas.
Conforme a MetSul Meteorologia, a chuva de granizo pode atingir mais cidades nas próximas horas. A Defesa Civil informou no último boletim que São Borja tem 150 pessoas desabrigadas e 350 moradores desalojados por causa da chuva. A cidade decretou situação de emergência por conta da inundação.
Fonte: Correio do Povo
Postado por:Claudinara Glienke
+ Mais Informações ››››››

Comissão do Congresso aprova flexibilização no horário da Voz do Brasil

Entidades divergem quanto a não obrigatoriedade do programa ser transmitido às 19h
A comissão mista do Congresso Nacional que analisa a Medida Provisória (MP) 648/14 aprovou a flexibilização do programa A Voz do Brasil, que apresenta notícias sobre os Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Pela proposta, as emissoras de rádio comerciais, comunitárias e legislativas poderão transmitir o programa entre as 19h e as 22h. O horário permanecerá fixo apenas para as emissoras educativas.
O texto original da MP, enviado pelo
Executivo, autorizava a mudança de horário de transmissão da Voz do Brasil apenas durante a Copa do Mundo. Mas o relatório do senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES), aprovado pelos parlamentares da comissão, modificou a medida e manteve a flexibilização por tempo indeterminado. Agora, os plenários da Câmara e do Senado deverão analisar a MP, que tem validade até outubro.
Para Ferraço, a alteração responde às mudanças que atingiram a sociedade brasileira desde 1935, quando o programa começou a ser transmitido.
— Mudaram-se os hábitos, o Brasil não é mais um país rural, é um país urbano. E, pela primeira vez, nós tivemos a oportunidade de experimentar um mecanismo diferente. Durante a Copa do Mundo, o horário foi flexibilizado, e as pesquisas apontam a aprovação, por parte da população brasileira, e até mesmo a ampliação da audiência — disse.
No entanto, a avaliação de Ferraço não é consensual. Mário Augusto Jakobskind, integrante da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e do Conselho Curador da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), que opera o programa e produz parte dele, diz que a mudança poderá ser “um erro crasso dos parlamentares”.
— Flexibilização, na prática, representa, primeiro, o fim da Voz do Brasil a médio e longo prazos, porque quem é que vai fiscalizar isso? Segundo, esse horário tradicional das 19h às 20h é o horário que milhões de pessoas, pelo Brasil afora, têm informações por meio programa — ponderou.
Segundo o Ministério das Comunicações, havia em 2012, no Brasil, mais de 9,4 mil emissoras de rádio. A dificuldade de fiscalizar todas essas emissoras também preocupa o Movimento em Defesa da Preservação da Voz do Brasil, que reúne organizações da sociedade civil. O coordenador do movimento, o jornalista Chico Sant'Anna, disse que programa, considerado o mais antigo do mundo em operação, é importante para dar transparência pública aos atos dos Três Poderes e prestar contas à sociedade.
Sant'Anna acredita que a flexibilização pode prejudicar populações que vivem em cidades distantes dos grandes centros urbanos.
— É um importante elemento de informação para milhões de brasileiros. Uma pesquisa encomendada pela Secretaria de Comunicação da Presidência da República identificou que 60% dos moradores da Região Norte e 50% das regiões Nordeste e Centro-Oeste ouvem diariamente A Voz do Brasil e têm o programa como a única ou quase única informação do que acontece no Brasil.
A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), entidade que lançou, neste ano, uma campanha pela flexibilização do noticiário, argumenta que a mudança não diminuirá o acesso da população brasileira à informação. De acordo com o presidente da associação, Daniel Slaviero, durante a Copa do Mundo, apenas 31% das emissoras optaram por mudar o horário do programa e, segundo ele, teve melhores índices de audiência.
— Os resultados foram muitos claros. Aumentou a audiência porque aumentou a exposição do programa. O ouvinte que não ouvia às 19h, pode escutar às 20h e as 21h — argumentou.
Uma pesquisa encomendada ao Datafolha pela associação, em fevereiro, aponta que 22% dos 2.091 entrevistados apontaram que passariam a ouvir mais A Voz do Brasil caso o horário fosse alterado. A estimativa da Abert é que a audiência do programa aumente até 13 pontos percentuais com a flexibilização. — Estamos convictos de que o texto aprovado na comissão mista fortalece esse programa centenário, porque aumenta a exposição — avaliou Slaviero.
Já as entidades da sociedade civil apontam que é esse aumento de audiência o que está na mira dos empresários.
— Isso tem simplesmente o objetivo de faturar mais —diz Sant'Anna, para quem o programa é um “patrimônio cultural brasileiro”.
Ele explica que os congestionamentos nas grandes cidades criaram um público-alvo em potencial para as emissoras, justamente no horário de transmissão do programa.
— Elas querem ganhar um maior faturamento porque sabem que o motorista está preso no trânsito, vai ficar uma ou duas horas, e aí querem veicular mais anúncio naquele horário — explicou.
A obrigatoriedade de transmissão do programa está na lei de 1962 que institui o Código Brasileiro de Telecomunicações. Esta não é a primeira tentativa de mudar o horário de transmissão. Desde 2006, tramita no Congresso projeto de lei com a mesma finalidade. O texto foi aprovado pela Câmara e já foi apreciado por comissões do Senado, onde aguarda votação em plenário. Uma ação que questionava a constitucionalidade da formação de cadeia nacional para a veiculação do programa já chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF), mas o pedido foi negado pelo Supremo, que entendeu que o Código Brasileiro de Telecomunicações seguiu a Constituição Federal.
De acordo com a decisão da comissão, as emissoras de radiodifusão sonora que optarem pela mudança de horário do programa serão obrigadas a veicular, diariamente, às 19h, exceto aos sábados, domingos e feriados, inserção informativa sobre as retransmissões da Voz do Brasil.
Fonte:Agência Brasil 
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Preço da erva-mate fica estável

Recentemente, muitos gaúchos ficaram assustados quando iam até o supermercado e olhavam os preços na prateleira onde ficam os pacotes de erva-mate. O preço pago pelo quilo do produto teve uma alta, em virtude da falta de matéria-prima.
Por mais que o preço ainda continue queimando a língua dos apreciadores da bebida típica do Rio Grande do Sul, o valor pago pelo pacote teve uma redução em comparação ao final do ano passado e não sofre com tantas alterações.
Quem não fica sem o chimarrão, percebeu a diferença nos preços. “O preço não está baixo, mas, ao menos, deu uma estabilizada.
Fonte:Redação Carazinho
 Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Canela para Diabetes no Controle da Glicemia

Estudos descobriram que a canela pode ser benéfica no controle de açúcar no sangue. Aqui estão 6 maneiras que canela podem ajudar a regular a glicose e proteger contra os efeitos nocivos da diabetes.
Retarda o esvaziamento gástrico: Canela pode reduzir o aumento dos níveis de açúcar no sangue após as refeições, pois diminui a taxa na qual o estômago esvazia depois de comer.
Aumenta o metabolismo da glicose: A pesquisa mostrou que a canela ajuda a glicose no processo do corpo com taxas muito elevadas. Num estudo, os doentes consumiram 1 à 6 gramas de canela por dia. Após 40 dias, os níveis de açúcar no sangue foram reduzidos em 24%.
Aumenta a Produção de insulina:Moléculas chamadas polímeros polifenólicos encontrados na canela são acreditados que induzir o organismo a produzir mais insulina. Mais insulina ajuda a remover o excesso de açúcar do sangue. Um estudo, publicado no Journal of Agricultural and Food Chemistry, mostrou que compostos encontrados nos extratos da canela pode aumentar a atividade da insulina no organismo em até 20 vezes.
Estimula a Insulina: estudos em animais mostraram que a canela estimula os receptores de insulina, o que permite o corpo a responder melhor à insulina, normalizando assim
os níveis de açúcar no sangue. Estes estudos mostrou também que a canela pode inibir enzimas que inativam os receptores de insulina, o que aumenta a capacidade do corpo para processar a glicose. Ratos que receberam um suplemento diário de canela absorveram 17% mais de glicose do que os ratos alimentados sem o suplemento.
Possível substituto da insulina: Mais estudos são necessários para provar exatamente como a canela pode ser eficaz no combate à diabetes, mas muitos pesquisadores já acreditam que ela pode ser um suplemento natural, eficaz para a insulina. Isto pode ser especialmente benéfico para pacientes com diabetes tipo 2, que podem reagir mal e até mesmo desenvolver resistência aos medicamentos insulina.
Melhora as Defesas: Canela é um dos mais poderosos antioxidantes naturais, evitando a oxidação melhor do que quase qualquer outro tempero. Antioxidantes têm mostrado
ser essencial para a sua saúde para uma variedade de razões, incluindo os cuidados diabética.
Fonte: Saúde Dicas
Postado por:Elisete Bohrer

+ Mais Informações ››››››

Nonoai - ERS 406 será bloqueada

Quem transita na ERS 406 que liga Nonoai-RS à Chapecó-SC, sofre com a quantidade de buracos no asfalto. O movimento de veículos que transitam pela ERS 406 aumentou após o bloqueio na ponte de Iraí-RS, fazendo com que os buracos que existiam no asfalto aumentassem e ainda surgissem outros.
Varias tentativas foram feitas para que fosse tomada alguma atitude pelo DAER, principalmente no trecho de Sarandi até o Goio-En, mas até o momento nada foi feito. A Associação Comercial e Industrial de Nonoai (ACISA) decidiu organizar um protesto que tem por objetivo fazer com que o Governo
Estadual realize investimentos para a melhoria deste trecho.
O protesto está marcado para sexta-feira, 18 de julho, das 9h às 11hs em frente o Posto da Colina.

Foto: pontonortefm
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Quinta-feira terá chuva e avanço de frente fria no Rio Grande do Sul

Porto Alegre terá mínima de 15ºC e máxima de 21ºC
A quinta-feira deve começar com tempo seco e o sol chega a aparecer em parte do Estado, especialmente na Metade Norte, mas uma frente fria traz instabilidade para todas as regiões gaúchas. Chove desde cedo em parte do Rio Grande do Sul, especialmente no Oeste e no Sul, porém ao longo do dia o sistema frontal se desloca pelo Estado e traz chuva para todo o Rio Grande do Sul. 
O tempo quente desta quarta-feira não se repete devido à instabilidade e a temperatura começa a cair. O resfriamento será maior à noite em cidades do Oeste e do Sul do Estado. As mínimas ficam em 12ºC em Uruguaiana e Pelotas. Porto Alegre deve registrar mínima de 15ºC e máxima de 21ºC.
Fonte:
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Casos de dengue no RS são 80% inferiores em relação ao ano passado

Os registros dos casos de dengue contraídos no Estado neste ano estão 80% menores em relação ao mesmo período em 2013. Foram 45 casos confirmados em 2014 ante 229 no ano passado. Apesar da redução, a recomendação da Secretaria Estadual da Saúde (SES) é de que a população continue atenta às medidas preventivas, mesmo agora no inverno, época de menor incidência da doença.
A queda nas temperaturas diminui a atividade do mosquito transmissor, o Aedes aegypti. Desde o início de maio, apenas um novo caso de dengue contraída no RS (autóctone) foi registrado. A partir disso, foram confirmados apenas casos importados, somando no ano 33 casos da doença contraída em outros Estados. No ano passado, não foram registrados novos casos autóctones a partir de julho.
Contudo, isso não representa que os cuidados para preveni-lo não devam ser permanentes durante o ano inteiro. A conscientização por parte da população sobre como evitar ou eliminar o mosquito nas casas é fundamental para manter as notificações baixas. Confira algumas dicas:
- mantenha a piscina tratada o ano inteiro;
- não acumule água nos pratos dos vasos de plantas. Encha-os com areia;
- mantenha desentupidos ralos, canos, calhas, toldos e marquises;
- guarde os pneus velhos sob abrigos;
- coloque embalagens de vidro, lata e plástico em uma lixeira bem fechada;
- limpe os bebedouros de animais com escovação;
- feche caixas d'água, tonéis e latões;
- guarde as garrafas vazias com gargalo para baixo.
Região Noroeste
Entre os casos autóctones, 35 deles ocorreram em Ubiretama, o que representa 77% do total (um caso era de um residente do município vizinho de Cerro largo). O município da Região Noroeste vinha apresentando casos autóctones de dengue desde 2010. Contudo, neste ano, a proliferação foi maior.
A partir do volume expressivo no registro, o Governo do Estado, por meio do Centro Estadual de Vigilância em Saúde e da 12ª Coordenadoria Regional de Saúde, trabalharam em conjunto com a administração municipal no controle da doença. O apoio foi com ações de campo, como a utilização de viatura com UBV (o fumacê) para combater o mosquito nas regiões com casos, desde as primeiras confirmações.
Apoio aos municípios
O reforço à vigilância do vetor da dengue integra o programa Verão numa Boa do Governo do Estado. Nesta última edição, foram investidos R$ 3,2 milhões em 157 municípios, o que representou cerca de R$ 600 mil e 31 municípios a mais do que na temporada anterior. O recurso visa à intensificação das ações de prevenção e controle do mosquito, priorizando a ampliação da estrutura (como equipamentos e viaturas) e ampliação das equipes de campo.
Foram priorizados os municípios infestados pelo inseto, os que tiveram registro de circulação da doença nos últimos anos e os de fronteira internacional ou com variação populacional sazonal (como praias e balneários).
Rede de laboratórios
Um dos fatores para a queda nos casos é a ampliação da identificação dos focos do mosquito. Para isso, 21 novos laboratórios que realizam a identificação das larvas do inseto foram abertos ano passado por meio de incentivos do Estado, passando a 79 o número de locais que fazem esse trabalho. Assim, ações de prevenção puderam ser desenvolvidas antes que a doença se proliferasse.
Além das unidades municipais, intermunicipais e regionais, o trabalho também é feito no Laboratório Central do Estado (Lacen/RS), que ainda capacita os profissionais e coordena o trabalho junto ao Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs). No ano passado, ao todo, os laboratórios do interior realizaram mais de 65,2 mil análises, enquanto o Lacen processou outras 20,7 mil amostras.
Para estimular a criação de novos laboratórios, a SES criou, em 2013, um incentivo a fim de contemplar territórios com mais de 50 mil habitantes e possibilitar a existência de, ao menos, uma unidade em cada uma das 30 regiões de saúde. Para garantir a adequação de área física e a aquisição de materiais e equipamentos necessários, o financiamento é de R$ 6 mil para unidades municipais e R$ 9 mil para as intermunicipais (que abrangem de 5 até 15 municípios vizinhos ou próximos, ou 50 mil habitantes). As unidades já existentes também foram beneficiadas com o mesmo valor.
Texto: Assessoria SES/RS
Central do Interior
Diretoria de Jornalismo/SECOM
51 - 3213 0728
+ Mais Informações ››››››

Governo Federal garante mais R$ 14 milhões para municípios gaúchos atingidos pelas chuvas

Uma reunião entre o governador Tarso Genro e os ministros Miriam Belchior (Planejamento) e Francisco Teixeira (Integração Nacional), ocorrida nesta quarta-feira (16) em Brasília, definiu a liberação de R$ 14 milhões para que o governo gaúcho continue o trabalho de auxílio aos municípios atingidos pelas chuvas das últimas semanas. Das 143 cidades que decretaram situação de emergência, 136 apresentaram os documentos necessários para serem incluídos no plano de necessidades apresentado ao Governo Federal.
Até agora, o Ministério da Integração Nacional disponibilizou R$ 8 milhões, em recursos materiais, para socorro e assistência imediata às famílias afetadas. Já o Governo do Estado forneceu R$ 9 milhões. Estes R$ 17 milhões foram utilizados na distribuição de kits de limpeza, higiene e dormitório, telhas, alimentação, água e remédios. Já os R$ 14 milhões, que serão liberados na próxima semana, serão utilizados no restabelecimento de serviços essenciais, como fornecimento de combustível para máquinas pesadas e aluguel social, por exemplo.
"A partir da reunião entre presidente, governador e prefeitos, realizada em Porto Alegre, foi possível acelerar o processo. O trabalho de coordenação dos municípios realizado pelo Governo do Estado também é importante para agilizar a liberação dos recursos", afirmou a ministra Miriam Belchior. "Nós trabalhamos exaustivamente para aprontar estes documentos e obter estes recursos, que são fundamentais para o restabelecimento dos serviços nos municípios", acrescentou Tarso. 
Estradas 
O Ministério do Planejamento também reservou outros R$ 40 milhões que serão utilizados na recuperação de estradas. O recurso será liberado após a análise de um levantamento que está sendo elaborado pelo Daer e que será entregue ao Governo Federal em até 20 dias. O documento vai indicar quais rodovias precisarão de obras em função de problemas causados pelas chuvas.
Texto: Guilherme Gomes
Central do Interior
Diretoria de Jornalismo/SECOM
51 - 3213 0728
+ Mais Informações ››››››

Jornal dos Trabalhadores - Rio Grande do Sul - Edição 527 do dia 17 de julho de 2014

Ouça nesta edição:
TRABALHADORES DA AGRICULTURA FAMILIAR NOVOS PRAZOS PRONAF DEVIDO AS CHEIAS
GRAVAÇÃO DO CD e DVD AO VIVO DO TERCEIRA DIMENSÃO É DIA 25
OCEANOS ESTÃO FICANDO SATURADOS DE FRAGMENTOS DE PLÁSTICO
SAIBA O QUE É O TÃO FALADO BRICS
TABACO ORGÃNICO GANHA ESPAÇO EM DOM FELICIANO
INFLAÇÃO CAI EM JULHO

+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!