terça-feira, 16 de junho de 2015

Programa Talentos da Liberdade Edição 283 de 29 05 2015

Ouça o Programa Talentos da Liberdade Edição 283 de 29 05 2015

+ Mais Informações ››››››

Entrevero de pinhão









INGREDIENTES
1/2 kg de alcatra, cortada em cubos
1/2 kg de carne de porco, cortada em cubos
1/2 kg de linguiça calabresa
100 g de bacon em cubos pequenos
1/2 kg de pinhão cozido e cortado ao meio
2 cebolas picadas
8 dentes de alho picados
1 pimentão verde em cubos
1 pimentão vermelho em cubos
1 cenoura em rodelas
3 tomates em cubos
Óleo
Salsinha
Sal a gosto
MODO DE PREPARO
Refogar as carnes pouco a pouco
Reservar
Em uma panela, de preferência de ferro, refogar o bacon em um pouco de óleo
Juntar os pimentões e a cebola
refogar bem
Juntar o alho até dourar
Depois juntar a carne, o pinhão e o tomate
misturar e checar o sal
Colocar por cima um pouco de salsinha e servir com arroz branco
Bom apetite
Fonte:Silvana

+ Mais Informações ››››››

Conta de luz vai ficar mais barata em metade dos municípios gaúchos

Aneel autorizou redução média de 3,76% para clientes da RGE.
Novos valores entram em vigor na sexta-feira (19).
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou nesta terça-feira (16) redução média de 3,76% nas contas de luz de 264 municípios gaúchos, atendidos pela Rio Grande Energia (RGE). Os novos valores entram em vigor na sexta (19).
Para os consumidores residenciais e comércio, a conta de luz ficará em média 4,22% mais barata. Já a indústria terá redução média de 3,09%.
Segundo a Aneel, o reajuste para baixo se deve à redução no custo da compra de energia, que caiu 25,79%. A RGE atende a 51% dos municípios doRio Grande do Sul, nas regiões Norte e Nordeste do estado.
O índice aprovado nesta terça se refere ao reajuste tarifário a que as distribuidoras têm direito e que é avaliado todos os anos pela Aneel. Em 2015, porém, devido ao forte aumento das despesas no setor elétrico, a agência também promoveu uma revisão extraordinária das tarifas, que começou a valer em março.
Nessa revisão extra, que na prática funcionou como um segundo reajuste anual, as contas de luz dos clientes da RGE já haviam sofrido aumento de 35,5%.
Fonte:Débora Cruz
Do G1, em Brasília
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

MP revela que queijo adulterado foi vendido em 72 estabelecimentos

O Ministério Público gaúcho (MP), que deflagrou na manhã desta terça-feira uma operação de combate à fraude do queijo em Ivoti e em Três de Maio, revelou que o produto adulterado foi vendido em 72 estabelecimentos no Rio Grande do Sul, incluindo um em Porto Alegre. Durante a ofensiva, chamada de Queijo Compen$ado I, três pessoas foram presas: os donos da Laticínios Progresso, pai e filho, e um representante da empresa.
De acordo com o MP, um motorista de um caminhão que transportava o queijo para Ivoti foi alvo de uma medida cautelar adversa, que significa que o suspeito não poderá deixar o Estado e terá um horário para estar em casa. A ofensiva também chegou ao gabinete da Secretaria Municipal de Agricultura de Três de Maio e causou o afastamento do secretário, suspeito de favorecer a empresa. Um fiscal do produto, que atuava em Estância Velha, também foi afastado do cargo pelo mesmo motivo.
A fraude no queijo funcionava a partir do uso do leite que era rejeitado pela indústria. Durante as investigações, a Promotoria descobriu que os fabricantes adicionavam amido de milho ao queijo. A mistura deixava o produto com um odor muito forte e gerava mofo em uma velocidade acima do normal. Por conta da adição de amido, o queijo não derretia. O esquema era repetido em três tipos de queijo: mussarela, lanche e ricota.
A adulteração do queijo era feita em Três de Maio e o transporte até Ivoti era sempre realizado aos sábados, durante a madrugada. O caminhão usado para o transporte tinha a companhia de um carro de passeio que funcionava como batedor, geralmente conduzido por um dos donos da empresa. A partir daí, o produto era fatiado e distribuído para estabelecimentos do Estado.
Algumas redes que compraram o leite adulterado perceberam que o produto era de má qualidade e devolviam a remessa adquirida. Outras empresas, porém, seguiam negociando o queijo.
Problemas desde 2011
A empresa Laticínios Progresso já estava na mira da Receita Estadual desde janeiro. De acordo com informações do órgão, a companhia não declarava o faturamento desde o começo do ano. Anteriormente, em 2011, a empresa também fazia algo semelhante quando declarava apenas 20% do que recebia. Com a operação, a promotoria pediu a interdição imediata da fábrica de queijo e a suspensão da distribuição do produto. Os bens dos proprietários também serão bloqueados.
Fonte:Fonte:Felipe Dorneles/Correio do Povo
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Três Palmeiras – Analise Capilar da Haskell

Acontece nesta terça-feira(16), na Farmácia Três Palmeiras Analise Capilar da Haskell, a analise  é gratuita e vai até às 15:00 horas.

Confira a entrevista com a Consultora da Haskell Grasi , explicando como funciona a analise capilar.

Reportagem, texto, fotos e postagem:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Três Palmeiras - Alerta

Confira em áudio  entrevista com o Padre Ivair Tonin, trazendo um "alerta" a população Trespalmeirense.

Por:Elisete Bohrer

+ Mais Informações ››››››

Jornal Da Liberdade Dia 16 de Junho de 2015 Edição 1.286

Produção e edição; Elisete Bohrer
Supervisão; Eloidemar Guilherme
Apresentação; Isael Smieski

Confira o que você vai ouvir:
*Início da obrigatoriedade dos extintores ABC em veículos é novamente adiada
*MEC abre inscrições para o ProUni
*Brasil pode importar eletricidade de países vizinhos
*Endividamento das famílias é recorde para meses de abril
*Adolescentes: Senado deve votar projeto que aumenta pena para crime hediondo
*RS atinge meta de vacinação contra gripe
*Secretaria de Meio Ambiente quer liberar licenciamentos ambientais em até 180 dias

E ainda você vai ouvir
A previsão do tempo completa
A cotação dos principais produto agrícolas
E as informações dos esportes

Postagem: Isael Smieski

+ Mais Informações ››››››

RS atinge meta de vacinação contra gripe

A Campanha de Vacinação contra a Gripe no Rio Grande do Sul imunizou 82,32% da população dos grupos prioritários, ou seja, 2.746.271 pessoas. A meta estipulada pelo Ministério da Saúde de abranger 80% do público-alvo foi atingida no início da semana passada. Até esta segunda-feira, o grupo das puérperas, mulheres que deram à luz recentemente, foi o que mais buscou a imunização gratuita, superando o número esperado pela Secretaria Estadual da Saúde em 103,19%. Os idosos (87,29%) e os trabalhadores da saúde (82,03%) também superaram a meta.
Os outros públicos não alcançaram o número esperado. A vacinação foi feita em 72,4% das crianças de 6 meses a 4 anos de idade. Entre os indígenas, 75,25% receberam a dosagem e as gestantes foram as que menos buscaram a prevenção (68,5%). Alguns municípios seguem distribuindo as doses até terminar os estoques.
A chefe do Núcleo de Imunizações da Coordenadoria-Geral de Vigilância em Saúde, Patrícia Wiederkehr, disse que a vacina diminui os riscos de complicações causadas pelo vírus e, por consequência, internações hospitalares decorrentes da gripe.
Foto: André Ávila
Fonte:Correio do Povo
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Brasil pode importar eletricidade de países vizinhos

Ministério de Minas e Energia admitiu possibilidade de usar energia de Argentina e Uruguai
O secretário executivo do Ministério de Minas e Energia, Luiz Eduardo Barata, disse nesta segunda-feira que a importação de eletricidade de países vizinhos pode ser ampliada para evitar a falta de energia no Brasil. "Vamos começar a trabalhar desde já para não sermos surpreendidos no verão, como ocorreu no começo deste ano", destacou.
Eduardo Barata lembrou que os níveis dos reservatórios das usinas tiveram uma queda significativa devido a estiagem do último ano. Entre os países que podem fornecer energia para o Brasil em caso de crise, o secretário citou a Argentina e o Uruguai. "Temos agora (com o Uruguai) no Rio Grande do Sul uma interligação forte, que está sendo concluída em julho. O Uruguai aumentou bastante o parque (energético) e eles têm interesse no fornecimento dos excedentes", acrescentou.
O secretario explicou que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) deve regulamentar a possibilidade das empresas que geram a própria energia vender a produção excedente. "Outra possibilidade, a ser regulamentada pela Aneel, é a que permite a consumidores com sobra de geração dispor dessa fonte."
Em fevereiro, a Aneel fez alterações nas regras para contratos internacionais de compra e venda de energia elétrica. Até então, os agentes importadores e exportadores tinham direito a fazer apenas um contrato por mês. A partir da publicação da decisão, o prazo passou a ser semanal. As mudanças, que vigoraram até este mês, tinham por objetivo viabilizar compras emergenciais de energia.
Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil / CP
Fonte:Agência Brasil
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Jornal dos Trabalhadores - Rio Grande do Sul - Edição 760 do dia 16 de junho de 2015

Ouça nesta edição:
Frio antecipa início do inverno no RS;
Homem é encontrado morto as margens da BR 116 em Cristal;
Informatização da Biblioteca Municipal Francisco Valdomiro Lorenz, em Dom Feliciano;
Lista de aprovados no Sisu já está disponível na internet.
+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!