sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Jornal da Liberdade Edição 2125 de 14-12-2018

+ Mais Informações ››››››

1446 - 14 DEZEMBRO, SEX - SOSSEGO INTERIOR

+ Mais Informações ››››››

Em 12 dias, 14 criminosos foram mortos pela polícia no RS

Foto: O Diário/Divulgação
A morte de 14 criminosos nos 12 primeiros dias de dezembro fez a Brigada Militar superar a média mensal do ano de óbitos de civis em confrontos. Segundo dados da Secretaria da Segurança Pública (SSP), foram 63 registros de janeiro a junho deste ano, o que representa 10,5 mortes por mês. Em todo o 2017, foram 92 óbitos, o que significa 7,6 casos mensais.

- 3 de dezembro: Sete pessoas foram mortas neste dia, em duas situações diferentes. O primeiro caso ocorreu às 18h30 em Gravataí, na Região Metropolitana. Neste caso, três homens foram presos e um homem foi morto  Após uma perseguição policial. Segundo a BM, os quatro participaram de um assalto a uma loja de equipamentos eletrônicos.
Mais tarde, seis criminosos que atuaram no assalto a dois bancos foram mortos em Ibiraiaras.

- 5 de dezembro: Quatro suspeitos foram mortos após uma perseguição em Arroio dos Ratos, na Região Carbonífera. Os quatro baleados – que tinham entre 15 e 19 anos – chegaram a ser levados para o hospital, mas não resistiram.  De acordo com a BM, uma equipe do Batalhão de Operações Especiais (BOE) estava na região e recebeu informações de que um grupo iria atacar um banco na cidade.

- 12 de dezembro:  Três assaltantes envolvidos em um roubo a residência na localidade de Mato Perso, de onde foram roubados  R$ 548 mil, no limite entre Caxias do Sul e Farroupilha, na Serra, morreram em confronto com a Brigada Militar na final da noite desta quarta-feira (12), na BR-116, em Nova Petrópolis. Eles estavam escondidos em um matagal desde terça-feira (11).  Um dos mortos é policial do próprio batalhão dos agentes que o mataram. Segundo a BM, ele estava envolvido com a quadrilha. Dos quatro presos, um também era soldado da corporação.

Fonte: Gaúcha ZH
+ Mais Informações ››››››

Patram localiza três áreas de desmatamentos em Mariano Moro

Policiais militares da Patram Erechim, concluíram as investigações para localizar desmatamentos ilegais em Mariano Moro.

Um proprietário que desmatou três áreas de mata nativa, vai responder por crime ambiental e pagar multa de no mínimo R$ 50 mil.

A Patram fez buscas com imagens aéreas para localizar as áreas e a dimensão de cada uma. O proprietário das áreas desmatadas utilizou máquinas pesadas para faz o trabalho em menos tempo.

Fonte: AuOnline
+ Mais Informações ››››››

Soja atinge 97% da área estimada já semeada

Está praticamente encerrada a semeadura da soja no Rio Grande do Sul, chegando a 97% do total da área estimada para esta safra, que é de 5.890.619 hectares. De acordo com o Informativo Conjuntural, divulgado pela Emater/RS-Ascar nesta quinta-feira (13/12), na região Planalto a cultura já foi totalmente implantada; porém no Sul do Estado o plantio está paralisado em razão da falta de umidade no solo, totalizando 85% da área estimada inicialmente. Nesta região há um incremento de área de 7,29% em relação à safra passada e a cultura apresenta boa germinação, emergência e estande de plantas. No geral, as lavouras de soja semeadas no período de final de outubro e início de novembro apresentam stand de plantas irregular nas parcelas.

No Norte do Estado, as áreas replantadas com soja apresentam germinação desuniforme devido à baixa umidade do solo. As sementes que não germinaram estão sadias, necessitando apenas condições ideais de umidade. Uma vez que o período foi seco, a preocupação dos produtores é a falta de umidade do solo, aliado à alta insolação e ao vento seco, que dificultam a germinação dessas lavouras recém-plantadas e a finalização do plantio de soja desta safra.

Assescom/Emater/RS-Ascar
+ Mais Informações ››››››

Pesquisadores brasileiros criam pomada contra picada letal de aranha

Ela é pequena, com um tamanho que varia de 0,6 mm a 2 cm, mas pode causar um estrago considerável. Todos os anos, a aranha-marrom (Loxosceles sp) pica cerca de 7 mil pessoas no Brasil - 7.441, em 2016, último dado disponível do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), do Ministério da Saúde.

O veneno dela pode causar necrose da pele, falência renal e até a morte das vítimas - seis, naquele ano.

Para diminuir esses problemas, cientistas do Instituto Butantan (IB) desenvolveram uma pomada, cujos efeitos curativos já foram comprovados em testes realizados em cultura celular e animais.
Segundo a pesquisadora do IB, Denise Tambourgi, principal responsável pelo trabalho, a pomada desenvolvida é feita à base de tetraciclina, substância conhecida e já usada como antibiótico. "Utilizamos numa concentração abaixo da que seria microbicida, no entanto", explica.

"Ou seja, menor do que a necessária para ser considerado antibiótico. Mas a empregamos em uma dosagem capaz de interferir na atividade da esfingomielinase D, proteína que é o componente principal do veneno da aranha e que está envolvida no processo de inflamação e de destruição do tecido (necrose) e outros efeitos."

Fonte: BBC Brasil
+ Mais Informações ››››››

Servidores do Estado podem contratar 13º no Banrisul a partir desta sexta

Após a Assembleia ter aprovado por unanimidade o projeto de lei que permite o parcelamento do 13º salário do funcionalismo e a contratação de crédito junto ao Banrisul, os servidores podem agendar o empréstimo a partir desta sexta-feira(14). Já a liberação dos valores vai ocorrer em 20 de dezembro, segundo o banco. A partir do dia 20, e até 15 de janeiro, o empréstimo pode ser contratado e liberado no mesmo dia.

Já para os servidores que optarem por receber o benefício de forma parcelada, o governo do Estado vai depositar 1,5% ao mês sobre o valor em atraso em termos de indenização. O projeto original, enviado pelo Poder Executivo, recebeu uma emenda do deputado Pedro Ruas (PSol) que permite ao servidor litigante ou inadimplente com o Banrisul encaminhar empréstimo para receber o 13º salário.

No entanto, conforme nota oficial do Banrisul, “essa linha de crédito é uma relação direta entre o banco e o cliente tomador do empréstimo, que se submete às políticas de risco e crédito da instituição”.

Os clientes poderão contratar as operações em qualquer uma das agências Banrisul e nos canais de autoatendimento, como caixas eletrônicos/ATMs, home banking e pelo aplicativo Banrisul Digital.

Esse é o quarto ano seguido que o governo Sartori recorre ao Banrisul para liberar o empréstimo do 13º, em função da falta de recursos em caixa.

Fonte: Assescom/Piratini
+ Mais Informações ››››››

Falso médico e a esposa são presos em flagrante em Rio Grande

A Polícia Civil, em ação da Defrec de Rio Grande, realizou uma ação em duas óticas localizadas no centro da cidade. Um casal foi preso em flagrante. A investigação apurava a prática do exercício ilegal da medicina em uma ótica de propriedade dos presos. O homem se passava por médico oftalmologista.

No local da ação, vários objetos médicos, documentos e R$ 4 mil foram apreendidos. As duas óticas foram interditadas. A Polícia Civil prossegue com as investigações para apurar crimes contra o consumidor e contra a ordem tributária.

Fonte: Policia Civil
+ Mais Informações ››››››

Assinado decreto que regulamenta a Força Gaúcha de Pronta Resposta

Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini
O governador José Ivo Sartori assinou, nesta quinta-feira (13), o decreto que regulamenta a Força Gaúcha de Pronta Resposta (FGPR). O ato ocorreu no Palácio Piratini e contou com a presença do secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer, e dos gestores das instituições vinculadas à SSP.

A FGPR foi instituída, inicialmente, por uma portaria publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) em 14 de junho de 2018. A tropa atua em auxílio aos órgãos da Segurança Pública e é formada por servidores da Brigada Militar, (BM), Polícia Civil (PC), Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), Instituto-Geral de Perícias (IGP) e Corpo de Bombeiros Militar (CBM) aposentados ou da reserva, com histórico de atuação em unidades especiais.

Em seu pronunciamento, Sartori salientou os fatores que contribuem para a obtenção de bons resultados. “Segurança se faz com policiamento, efetivo e equipamentos. No entanto, somente com a integração entre as instituições conseguiremos o máximo de efetividade”, disse o governador.

Schirmer destacou o caráter inovador da ação, pioneira no Brasil, desenvolvida nos moldes da Força Nacional de Segurança Pública. “Seis meses depois de criada, estamos aqui para transformar uma experiência bem-sucedida numa política de Estado. São profissionais competentes e experientes que ainda têm muito a contribuir na defesa da sociedade gaúcha.”

Atuação
A FGPR não possui área de responsabilidade, nem local específico de atuação, podendo o efetivo ser empregado em qualquer lugar, dependendo apenas da demanda. Sua missão principal é o combate ao chamado “novo cangaço”, que consiste em assalto a banco, por quadrilhas especializadas, que levam  insegurança principalmente a pequenas localidades do interior, inclusive com cordão humano.

“O RS possui profissionais que são referência para o Brasil, comprometidos e com grande capacidade operacional. Já atuamos em cerca de 80 missões, em todas as regiões do estado. A tropa está pronta para ser empregada 24 horas por dia, sete dias por semana”, garantiu o coordenador da FGPR, tenente-coronel Alexandre Aragon.

Os agentes também atuam em locais de grande conflagração da ordem pública e em resposta ao crime organizado. Durante o período do veraneio, a FGPR efetuará o recobrimento do interior do estado, em virtude do deslocamento de efetivo para as operações Verão e Golfinho.

Fonte: Assescom/Piratini
+ Mais Informações ››››››

Samu Avançado está suspenso em Seberi

O serviço e as atividades da Unidade do SAMU Avançado, de Seberi,  estão suspensas desde o último dia 1 de dezembro. Segundo a Secretária de Administração e Planejamento do município,  Mariel Fernanda Figueiredo, um edital de licitação para contração de empresa responsável para andamento das atividade não contou com interessados, o que fez com que a administração suspendesse os serviços da unidade.

Os  atrasos frequentes de rapasses do governo  durante o ano de 2018 pode ter sido o principal motivo para a falta de empresas interessadas. Anteriormente, o SAMU Avançado e a Unidade Básica estavam sob a responsabilidade de gestão do Hospital Pio XII, no entanto, por uma recomendação do Ministério Publico, a gestão retornou para a Prefeitura de Seberi.

As atividades do SAMU Básico continuam sendo realizadas normalmente  em Seberi, agora sob a gestão da prefeitura, que pretende lançar novo edital de licitação para a unidade avançada durante o mês.

Fonte: Comunitária 87,9
+ Mais Informações ››››››

Casal de idosos redentorenses são agredidos em tentativa de assalto. Dois elementos foram presos

Fotos: Whatsapp/RD Foco/BM
Um casal de idosos foi vítima de tentativa de assalto nesta noite de quinta-feira em Redentora.  O casal do bairro Nove de Julho teve sua residência invadida por dois elementos, que queriam dinheiro, mas acabaram não conseguindo nada de valor, sendo assim agrediram o senhor de idade.

Na sequência os meliantes fugiram e após terem sido avisados pelas vítimas, a Guarnição Militar abordou dois elementos e feita a averiguação, foi encontrado com um deles um simulacro de arma de fogo. Conduzidos a D.P,  M.R.M.M, de 27 anos e F.R.L, de 20 anos, foram reconhecidos pela vítima. Ambos foram presos, e deverão ser encaminhados ao Presídio Estadual de Três Passos.



FONTE: RD Foco
+ Mais Informações ››››››

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Jornal Comunitário - Rio Grande do Sul - Edição 1644, do dia 14 de dezembro de 2018

Edição 1644, do dia 14 de Dezembro de 2018
CLIQUE AQUI PARA BAIXAR:

OPÇÃO 01 IVOOX

OPÇÃO 02 DRIVE

Um Jornal Comunitário de edição colaborativa, produzido pelas emissoras de Rádios Comunitárias do Estado do Rio Grande do Sul, seja você um correspondente da sua região, entre em contato pelos telefones Whatsapp 54 9611 0186 ou 54 3367 1351.


NA EDIÇÃO DE HOJE:
Começa pagamento de abono do PIS para nascidos em dezembro.
Cai decisão que suspendia cobrança de multas pelo descumprimento da tabela do frete.
OIT recebe denúncia contra Estado brasileiro por violações de direitos trabalhistas.
População deve tomar cuidado em solo contaminado por metal pesado.
Fraude em placas no padrão Mercosul beneficiaria ao menos 55 empresas.
Inadimplência é um dos desafios para redução de juros no Brasil.

+ Mais Informações ››››››

Programa 170 13-12-2018 CEL São Lucas da Vila Progresso - Jeremias 20


+ Mais Informações ››››››

Jornal da Liberdade Edição 2124 de 13-12-2018

+ Mais Informações ››››››

1445 - 13 DEZEMBRO, QUI - COMO UMA PESSOA PODE DAR BONS FRUTOS

+ Mais Informações ››››››

Suspeito de envolvimento em assalto com reféns em banco em Trindade do Sul é preso

Um homem foi preso na tarde desta quarta-feira (12), suspeito de participar do assalto com reféns a duas agências bancárias em Trindade do Sul, no Norte do RS. A identidade não foi divulgada, nem qual teria sido o papel dele no crime. Duas pessoas foram feitas reféns e um cordão humano foi formado durante o assalto.

O suspeito foi localizado no limite entre Trindade do Sul e Liberato Salzano. Moradores relatam que cerca de seis criminosos teriam realizado o ataque. Eles teriam fugido por caminhos diferentes, em direção às cidades vizinhas de Liberato Salzano, Nonoai e Entre Rios do Sul.

Pelo menos seis viaturas da Brigada Militar foram mobilizadas nas buscas, além de um helicóptero, segundo o CRPO Planalto. Duas viaturas tiveram os pneus danificados por causa de miguelitos deixados no local pelos criminosos. O município tem cerca de 6 mil habitantes.

Fonte: G1/RS
+ Mais Informações ››››››

Três assaltantes morrem em confronto com a polícia no RS

Foto: Edgar Vaz/Rádio Caxias
O cerco promovido por diversas unidades da Brigada Militar (BM) resultou, na noite desta quarta-feira (12), na morte de três criminosos. Eles participaram de um assalto a duas residências na tarde de terça (11), em Mato Perso, interior de Flores da Cunha.

Após fugirem, os ladrões foram cercados, ainda na terça, em uma área de mata em Nova Petrópolis, na divisa com o distrito caxiense de Vila Cristina. Diversas unidades policiais, especialmente do 1º BPAT, 12º BPM, GATE, Grupamento Aéreo, Canil e Força Gaúcha, iniciaram as buscas.

Por volta de 22h50 desta quarta, dois dos procurados saíram do mato para um possível resgate, que seria feito por um veículo Palio vindo de Porto Alegre. Houve a abordagem policial e se seguiu um confronto sobre a ponte do Rio Caí, na BR-116. Os dois criminosos foram baleados nessa ação, e morreram no local. Duas mulheres, que tentariam fazer o resgate dos ladrões, foram detidas nas imediações. Com os assaltantes foram apreendidas duas pistolas.

Um pouco antes, outro bandido já havia sido morto nas proximidades. Ele havia atacado, durante a tarde, a casa de um morador, a 150m. da Linha Temerária. Ele exigia roupas e um carro, mas não teve sucesso, e fugiu ao perceber que a polícia estava na vizinhança. No entanto, durante a noite ele retornou, para tentar roubar uma bicicleta. O indivíduo foi surpreendido pela BM, e também morreu baleado.

Em princípio, mais um bandido estaria envolvido nos assaltos de terça, mas a presença desse quarto elemento não está confirmada pela BM. Ainda na terça, cinco armas e R$ 300 mil roubados das residências no interior já haviam sido recuperados pela polícia.

Abaixo você confere imagens exclusivas feitas pelo repórter Edgar Vaz, da Rádio Caxias, e que mostram o momento em que um veículo da Brigada Militar retorna para o ponto de encontro das forças que faziam o cerco. A caminhonete transportava os corpos dos três criminosos que morreram no confronto com a BM.

Fonte: Rádio Caxias
+ Mais Informações ››››››

Homem morre eletrocutado em rede de alta tensão em Coronel Bicaco

Por volta das 15 horas desta quarta-feira (12/12) um homem morreu eletrocutado em uma rede de alta tensão em um terreno próximo a BR 468, entrocamento com a estrada vicinal que liga a Santo Augusto.

Informações preliminares são de que um caminhão guincho estava fazendo a retirada de uma estrutura de uma caixa de água quando enroscou na rede elétrica, provocando a morte de um homem e ocasionando queimaduras em outro trabalhador que estava no local.

O homem que sofreu queimaduras de 2º e 3º grau e foi socorrido pela ambulância da Prefeitura de Coronel e encaminhado até o Hospital da cidade e logo após transferido para o Hospital de Tenente Portela.

Os nomes das vítimas ainda não foram revelados.

Aguardem mais informações.

Fonte: Observador Regional
+ Mais Informações ››››››

Mais de 40% dos jovens formados ocupam postos de menor qualificação

Pelo menos 44,2% dos jovens entre 24 a 35 anos formados no ensino superior exercem atualmente trabalhos que requerem menor qualificação do que a escolaridade adquirida. Em 2012, as taxa era de 38%.

Os dados foram divulgados a hoje (12) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), dentro da seção Mercado de Trabalho da Carta de Conjuntura do quarto trimestre de 2018.



O estudo, do Instituto de Pesquisa Econômico Aplicada (Ipea), A evolução da população ocupada com nível superior foi feito com base nos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em parceria com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego.

Segundo a técnica de Planejamento e Pesquisa do Ipea Maria Andrea Lameiras, o estudo mostra que a economia brasileira ainda não consegue gerar postos de trabalho compatíveis com o aumento da escolaridade da população. O percentual de brasileiros com nível superior passou de 10,2% em 2012 para 13,9% em 2018 e o número de trabalhadores com nível superior passou de 13,1 milhões para 19,4 milhões no mesmo período.

“Hoje temos uma população ocupada cada vez mais escolarizada, um momento forte no número dos que têm diploma universitário, mas um terço não consegue emprego compatível."

A proporção de trabalhadores com nível superior, que exercem função de menor qualificação, está em 38%, o maior índice da série histórica, iniciada em 2012, quando a taxa era de 33%.

Vagas
Segundo a técnica, com a crise econômica iniciada no final de 2014, diminuiu o número dos que conseguem cargo compatível com a escolarização e, consequentemente, eles tiram as vagas de quem não tem graduação.

"Hoje tenho uma gama grande de trabalhadores universitários que acabam tendo que desempenhar funções de escolaridade média ou até de escolaridade fundamental, porque não há emprego compatível com a graduação dele”.

A diferença salarial entre a população de nível superior ocupada em cargo compatível e a que exerce função abaixo de sua qualificação também aumentou no período.

Em 2012, a diferença era de 46% e no terceiro trimestre de 2018 subiu para 74%. “Ou seja, um trabalhador que tem um diploma e uma função compatível ganha 5.700 reais. E um trabalhador que também tem um diploma superior, mas que não tem emprego compatível, está ganhando R$ 3.200 reais.”

Mercado de Trabalho
O estudo também mostra que a recuperação do país está moderada. A taxa de desocupação caiu no trimestre móvel encerrado em outubro, ficando em 11,7%. Porém, houve aumento de 10,4% no número de pessoas subocupadas, que trabalham menos de 40 horas semanais, mas gostariam de trabalhar mais, chegando a 7 milhões, na comparação com o mesmo período de 2017. Aumentou também o número de pessoas que procuram trabalho a mais de dois anos, chegando a um quarto do total de 12,7 milhões dos desempregados.

O Ipea aponta que a recuperação da economia e do mercado de trabalho em 2018 ficou abaixo da expectativa, apesar da geração de 790 mil vagas com carteira assinada no ano.

Segundo a pesquisadora, o ano foi “muito conturbado”, com greve dos caminhoneiros, desvalorização do Real e eleições, que refletiram em falta de confiança no mercado para retomar o crescimento econômico e impediram que os efeitos da reforma trabalhista fossem sentidos no mercado de trabalho.

“Do final de 2014 para setembro de 2018 houve piora nos indicadores econômicos e no ano passado os números estabilizaram num patamar ruim." O mercado de trabalho é o último a entrar na crise e o último a retomar. Em 2015 a economia estava muito mal, mas o mercado de trabalho não. Quando a crise chega no mercado de trabalho piora tudo, o que ocorreu no final de 2015 para 2016. Quando os outros setores da economia voltam, demora a refletir no mercado de trabalho”.

Os dados mostram que a população economicamente ativa teve leve alta de 0,9 e a população ocupada aumentou 1,5% no trimestre terminado em setembro, o que leva a uma tendência de retração na desocupação.

O Ipea destaca que o nível de desemprego ainda está muito alto, assim como o desalento, ou seja, pessoas sem ocupação que não procuraram trabalho, que está em 4,37 milhões de brasileiros, um aumento de 10,6% em relação ao mesmo período de 2017. Isso corresponde a 2,7% da população em idade ativa. O número de trabalhadores sem carteira assinada aumentou 2,9% e o de trabalhadores por conta própria subiu 5,2% no trimestre.

A expetativa dos pesquisadores do Ipea para 2019 é de melhora no mercado de trabalho, mas para isso é necessário crescimento econômico mais forte.

Fonte: Agência Brasil
+ Mais Informações ››››››

Mais de 500 cidades têm risco de surto de doenças causadas pelo Aedes

Pelo menos 504 municípios brasileiros registram alto índice de infestação pelo Aedes aegypti e apresentam risco de surto para doenças transmitidas pelo vetor – incluindo dengue, zika e chikungunya.

Dados divulgados hoje (12) pelo Ministério da Saúde revelam que, das 5.358 cidades que realizam algum tipo de monitoramento do mosquito, 1.881 estão em situação de alerta, enquanto 2.628 apresentam índices considerados satisfatórios.

Capitais
O mapa da dengue, como é chamado o Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa), mostra que, das 27 capitais em todo o país, Palmas (TO), Boa Vista (RR), Cuiabá (MT) e Rio Branco (AC) estão em risco de surto não apenas de dengue, mas também de zika e chikungunya.

Outras 12 capitais, de acordo com o estudo, registram situação de alerta: Manaus (AM), Belo Horizonte (MG), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Brasília (DF), São Luís (MA), Belém (PA), Vitória (ES), Salvador (BA), Porto Velho (RO), Goiânia (GO) e Campo Grande (MS).

Já Curitiba (PR), Teresina (PI), João Pessoa (PB), Florianópolis (SC), São Paulo (SP), Macapá (AP), Maceió (AL), Fortaleza (CE) e Aracaju (SE) têm índices considerados satisfatórios. Natal (RN) e Porto Alegre (RS) fizeram a coleta de dados por armadilha – metodologia utilizada quando a infestação pelo mosquito é muito baixa ou inexistente.

Criadouros
Além de identificar onde estão concentrados os focos do mosquito em cada município, o levantamento revela quais os principais tipos de criadouros por região. No Nordeste, por exemplo, o armazenamento de água no nível do solo (doméstico), como tonel, barril e tina, foi o principal tipo identificado.

No Sudeste, o maior número de depósitos encontrados foi em domicílio, caracterizados por vasos e frascos com água e pratos e garrafas retornáveis. Já nas regiões Centro-Oeste, Norte e Sul, predominou o lixo, como recipientes plásticos, garrafas PET, latas, sucatas e entulhos de construção.

Dengue
Dados do ministério apontam que, até 3 de dezembro, foram notificados 241.664 casos de dengue em todo o país – um pequeno aumento em relação ao mesmo período de 2017 (232.372 casos). A taxa de incidência, que considera a proporção de casos por habitantes, é de 115,9 casos para cada 100 mil habitantes.

Em relação ao número de óbitos causados pela doença, a queda é de 19,3% quando comparado ao mesmo período do ano anterior, passando de 176 mortes em 2017 para 142 neste ano.

Chikungunya
No mesmo período, foram notificados 84.294 casos de chikungunya no Brasil – uma redução de 54% em relação ao mesmo período de 2017 (184.344 casos). A taxa de incidência da doença é de 40,4 casos para cada 100 mil habitantes.

Em relação ao número de óbitos, a queda é de 81,6% quando comparado ao mesmo período do ano anterior, passando de 191 mortes em 2017 para 35 neste ano.

Zika
Os números mostram ainda que, até 3 de dezembro, foram notificados 8.024 casos de zika em todo o país – uma redução de 53% em relação ao mesmo período de 2017 (17.025 casos). A taxa de incidência é de 3,8 casos para cada 100 mil habitantes.

Este ano, foram registrados quatro óbitos causados pelo vírus Zika.
+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!