terça-feira, 25 de abril de 2017

Acidente tira a vida de locutor de Rádio Comunitária

Chuchu, Filha e Esposa em foto arquivo da família
A Comunicação Comunitária esta de luto no Rio Grande do Sul.
Perdemos mais um guerreiro hoje, Mauri Pereira carinhosamente conhecido por Chuchu, comunicador da Rádio comunitária de Tuparendi - RS, Ele levava a filha para trabalhar em Santa Rosa, quando colidiu a moto que viajavam de frente com um caminhão, as causas que motivaram a colisão é desconhecida, chovia no momento, Chuchu é um grande amigo pessoal do Comunicador Paulo Jonas da Rádio Comunitária de Horizontina - RS, que Deus conforte a esposa e amigos e demais familiares, no acidente morreu pai e filham recem formada e que começava a carreira na área de saúde em Santa Rosa.

A ABRAÇO RS envia voto de profundo pesar a família e se solidariza com a dor da perda.
+ Mais Informações ››››››

Informativo Sindical STR de 25-04-2017

Informativo Sindical STR de 25-04-2017
+ Mais Informações ››››››

Jornal da Liberdade edição 1727

Jornal da Liberdade edição 1727
+ Mais Informações ››››››

Músicas que disputarão 32° Carijo são anunciadas

Após dois dias de trabalho intenso, a comissão julgadora do 32° Carijo da Canção Gaúcha concluiu a triagem das mais de 600 músicas inscritas nesta edição do festival. O anúncio das classificadas foi feito na tarde desta segunda-feira (24), no Centro Cultural pelo presidente do festival Delfino Suzano Junior, bem como o prefeito Eduardo Russomano Freire, o vice-prefeito Lúcio Borges e a secretária Nirlene Boeri que responde pela pasta da Cultura e Turismo.

Nirlene ressaltou a tarefa árdua e de altíssima qualidade dos jurados para selecionar as 10 canções para a Fase Local e 18 da Fase Geral. A comissão julgadora é composta pelos músicos Adams Cesar, Vaine Darde, Carlitos Magallanes, Adão Quintana e Aurélio Moraes. O presidente do festival ressaltou sobre a qualidade das músicas e a dificuldade que os jurados tiveram para selecionar apenas 28 no total. Confira:

FASE GERAL
‘De água e sal’ – Letra: Juliano Costa dos Santos; Melodia: Carlos Machado; Ritmo: milonga; Cidade: Manoel Viana/Cruz Alta.
‘O antes e o depois’ – Letra: Rodrigo Bauer; Melodia: Robledo Martins; Ritmo: milonga; Cidade: São Borja/São Francisco de Assis.
‘Sete lições pra se tomar a um filho’ – Letra: Martim César Gonçalves; Melodia: Mario Cesar Tressoldi; Ritmo: milonga; Cidade: Jaguarão/Tramandaí.
‘Assim nasceu o chimarrão’ – Letra e melodia: Antônio Augusto Korsack Filho; Ritmo: Chamamé; Cidade: Palmeira das Missões.
‘Mandinga’ – Letra: Silvio Genro; Melodia: Tuny Brum; Ritmo: Vaneira; Cidade: Uruguaiana/Santa Maria.
‘O fascínio das milongas’ – Letra e melodia: Appolinario Quiroz Filho e João Ernesto Pedebo; Ritmo: Milonga; Cidade: Foz do Iguaçu.
‘Romance de tropa e sonhos’ – Letra: Joel Carlos Paulo; Melodia: Nirion Bernardes; Ritmo: Rasguido Double; Cidade: Rosário do Sul.
‘De braços abertos’ – Letra: Marcelo Paz Carvalho, Ezequiel da Rosa e Mateus Neves da Fontoura; Melodia: Marcelo Paz Carvalho; Ritmo: Milonga; Cidade: Três de Maio/Cachoeira do Sul.
‘Flor do bem’ – Letra: Carlos Omar Villela Gomes; Melodia: Emerson Martins; Ritmo: Valsa; Cidade: São Vicente do Sul.
‘Cabresteando a aurora’ – Letra: Mario Lucas; Melodia: Diego Camargo; Ritmo: Chamamé; Cidade: São Gabriel.
‘Abraçando o Rio Grande’ – Letra e melodia: Roberto Carvalho de Souza; Ritmo: Vanera; Cidade: Uruguaiana.
‘A tesoura da parteira’ – Letra: Giba Trindade; Melodia: Patrícia Pereira Pedrozo; Ritmo: Chamarra canção; Cidade: São Paulo/Alegrete.
‘Ritual da partida’ – Letra e melodia: Erlon Péricles; Ritmo: Chamamé; Cidade: Porto Alegre.
‘Meu canto’ – Letra: Henrique Fernandes; Melodia: Gabriel Selvage; Ritmo: Milonga; Cidade: Marau/Rio de Janeiro.
‘É bem assim’ – Letra: Máximo Fortes; Melodia: Wolmar da Costa Flores e Pedro Freitas Flores; Ritmo: Xote; Cidade: Santa Maria.
‘Momentos’ – Letra e melodia: Mario Barros; Ritmo: Toada; Cidade: Porto Alegre.
‘No fim da invernada’ – Letra: Fabio Daniel Costa e Paulo Cesar Limas; Melodia: Henrique Bagesteiro Fan; Ritmo: Chamamé; Cidade: Quaraí/Itaqui/Uruguaiana.
‘Regresso’ – Letra: Jorge Costa e Luiz Edmundo Estigarribia; Melodia: Jorge Alberto Motta; Ritmo: Milonga; Cidade: Porto Alegre/ Palmeira das Missões.

Suplentes
‘A terra que me viu nascer’ – Letra: Mario Amaral; Melodia: Piero Ereno e Fabiano Cestari Costa.
‘Caminhador’ – Letra: Rogerio Villagran; Melodia: Andre Teixeira.
‘Vaneira pra hora do mate’ – Letra: Eron Carvalho; Melodia: Regis Reis.

FASE LOCAL
‘Mariluza, mulher Pé-No-Chão’ – Letra: Alessandro Eduardo de Souza Scalei; Melodia: Helton Zanchi; Ritmo: Vanera.
‘Gaita botoneira’ – Letra: Luiz Paulo Pizolotto dos Santos; Melodia: Gustavo Thomazi Zart; Ritmo: Chamarra.
‘Lida na fazenda’ – Letra: Fábio Gonçalves Korsack; Melodia: Francisco Oliveira; Ritmo: Chamarra.
‘Espelho das águas’ – Letra: Jorge Antonio Martins de Almeida; Melodia: Martins de Almeida e José Airton Oliveira de Souza; Ritmo: Milonga.
‘Canto para um rio’ – Letra e melodia: Carlos Adriano Barrozo Campos; Ritmo: Chamamé.
‘Ervateiras da Palmeira’ – Letra e melodia: Gabriel Verdi Leal; Ritmo: Chamarra.
‘Visões de outono’ – Letra: João Ari Ferreira; Melodia: Cássio Figueiró; Ritmo: Milonga.
‘Louco coração’ – Letra e melodia: Luiz Edmundo Estigarribia; Ritmo: Valsa.
‘Ofício de guasqueiro’ – Letra: Micheli de Souza; Melodia: Fabiano Almeida de Souza; Ritmo: Milongão.
‘O Carijo numa seca de taquara’ – Letra: Nelson Martins Magalhães; Melodia: José Ricardo Maciel Nerling; Ritmo: Chamarra.

Suplentes
‘Quando findar o meu tempo’ – Letra: João Carlos Konig; Melodia: Luis Carlos Campos.
‘Aos pioneiros da celeste’ – Letra: Alixandre Lima; Melodia: Cristiano Sonntag.
‘Por buscar a querência’ – Letra: Rômulo Chaves; Melodia: Fabiano Cestari Costa.


+ Mais Informações ››››››

Encontro Regional de músicos Itatiba do Sul realizou evento cultural


No ultimo sábado dia 22 de abril no Salão Paroquial de Itatiba do Sul, foi realizado o Encontro Regional de Músicos, que contou com a presença de 81 Artistas de 14 municípios da Região, o evento teve seu início ainda pela parte da manha e almoço de confraternização ao meio dia, as 13:30 começaram as apresentações e se estendeu até as 17:45 tendo como uma das atrações a ORQUESTRA DE VIOLA DE SEARA.

Segundo a comissão organizadora, o evento superou as expectativas, em número, qualidade das apresentações bem como no público presente, para a prefeita Municipal Adriana Katia Tozzo “foi gratificante para a administração local poder contribuir para esse encontro, que tem como objetivo incentivar a cultura local e regional, e esse evento passa a fazer parte das festividades do município”.

Destacando que o Gaitaço da Cultura, teve o inicio em junho de 2005 e já está na edição de numero 118.

+ Mais Informações ››››››

CESURG realiza atividades na Escola Aldo Conte


O Centro de Ensino Superior Riograndense (CESURG) desenvolveu mais uma atividade do projeto Conexão CESURG com os educandos da Escola Aldo Conte, no município de Sarandi. Durante o período da manhã, as atividades foram ministradas pela professora mestranda Luana Bonavigo.

A educadora abordou em sua dinâmica a importância das relações interpessoais entre os alunos de uma mesma turma, ressaltando os aspectos importantes para a construção de um ecossistema educativo que respeite as diferenças entre os educandos. “A atividade realizada teve como objetivo despertar em cada aluna e aluno o seu comprometimento com sua a turma, fortalecendo os laços afetivos e despertando em cada um o sentimento de pertencimento ao grupo”, explica.

A professora do CESURG mencionou ainda a importância das atividades extensionistas realizadas pela Instituição. “As ações de extensão possibilitam que o CESURG permaneça em constante interação com a comunidade, mas mais do que isto, revelam uma preocupação social, atividades como estas visam criar espaços para o diálogo, para a construção e para a transformação, diante de processos educativos e culturais”.

Já as ações do vespertino e do período noturno ficaram por responsabilidade do professor mestre Claudio Mineiro. As dinâmicas propostas pelo professor tiveram como objetivo as leituras de mundo, nas quais os educandos trabalharam com a leitura de poemas e a construção de cartazes que elencavam memórias da infância dos estudantes. Para Mineiro, a construção pedagógica das ações de tarde tinha como principal conexão com o cotidiano vivenciado pelos alunos. “A poesia é uma temática implícita em nosso cotidiano e é uma matéria que possibilita melhorar as nossas relações e a compreensão do mundo, pois ela trabalha toda nossa gama de sentimentos”, complementa o professor.

As atividades promovidas pelo CESURG nas escolas de Sarandi e região fazem parte do programa Conexão CESURG, que tem como objetivo construir uma ponte entre a instituição e a comunidade na qual está inserido compartilhando conhecimento.

Comunicação CESURG
+ Mais Informações ››››››

Inscrições para contratos temporários de professores e servidores em escolas estaduais abrem no próximo dia 26

Entre os dias 26 de abril até 4 de maio estarão abertas as inscrições para o Cadastro Temporário de Contratação Emergencial, para o exercício da função de professor, conforme Edital  Nº 04/2017, de 20 de abril de 2017 e para  Cadastro de Contratações Emergenciais de Servidores de Escola, pelo Edital Nº 02/2017.

Na área de abrangência da 20ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), de Palmeira das Missões, as vagas para professores estão distribuídas em 11 cidades para as Áreas do Conhecimento e Habilitações da Educação Básica nas suas Etapas e Modalidades, bem como na Educação Profissional. Já para servidores as vagas são para dois municípios, para os cargos de Técnico Agrícola e Agente Educacional I – Manutenção de Infraestrutura e Alimentação – Manutenção de Infraestrutura e Alimentação/Escolas Indígenas.

Os candidatos deverão realizar a inscrição via internet, através do site www.educacao.rs.gov.br ou nas Coordenadorias Regionais de Educação, no horário das 9h às 11h 30min e das 14h às 17h.

Confira no edital na página da Secretaria Estadual da Educação, os documentos necessários, escolaridade exigida, critérios para seleção, classificação, entre outras normas. Abaixo, confira as vagas na 20ªCRE.

20ª CRE - PALMEIRA DAS MISSÕES
FUNÇÃO DE PROFESSOR
CAICARA
ENSINO MÉDIO
- GEOGRAFIA
- HISTORIA
ERVAL SECO
ENSINO MÉDIO
- LINGUA BRASILEIRA DE SINAIS/LIBRAS
FREDERICO WESTPHALEN
ENSINO MÉDIO
-ARTE
- GEOGRAFIA
- HISTORIA
EDUCAÇÃO PROFISSIONAL
-ENFERMAGEM
-CONTABILIDADE E CUSTOS
IRAI
ENSINO MÉDIO
- L.E.M. LINGUA INGLESA
- LINGUA PORTUGUESA (PORTUGUES)
- ARTE
LIBERATO SALZANO
ENSINO MÉDIO
- HISTORIA
 PALMEIRA DAS MISSÕES
 ENSINO MÉDIO
- LINGUA BRASILEIRA DE SINAIS/LIBRAS
- ARTE
- BIOLOGIA
- GEOGRAFIA
-HISTORIA
- L.E.M. LINGUA INGLESA
EDUCAÇÃO PROFISSIONAL
- PRÓTESE ODONTOLÓGICA
- ELETROTÉCNICA
 PALMITINHO
ENSINO MÉDIO
- QUIMICA
PINHAL
EDUCAÇÃO PROFISSIONAL
- DESENHO E TOPOGRAFIA
PLANALTO
 ENSINO FUNDAMENTAL – ANOS FINAIS - EDUCAÇÃO INDIGENA
- EDUCAÇÃO FÍSICA /LINGUA KAINGANG
 SEBERI
ENSINO MÉDIO
- BIOLOGIA
- EDUCACAO FISICA
VISTA ALEGRE
ENSINO MÉDIO
- L.E.M. LINGUA INGLESA

20ª CRE - VAGAS SERVIDORES
IRAÍ
-AGENTE EDUCACIONAL I - MANUTENÇÃO DE INFRAESTRUTURA;
­-AGENTE EDUCACIONAL I – ALIMENTAÇÃO.

IRAÍ
ED. INDÍGENA/KAINGANG
-AGENTE EDUCACIONAL I - MANUTENÇÃO DE INFRAESTRUTURA;
­-AGENTE EDUCACIONAL I – ALIMENTAÇÃO.

PALMEIRA DAS MISSÕES

-TÉCNICO AGRÍCOLA. 
+ Mais Informações ››››››

Entrevista com o Diretor da E.E.E.M. Jose Antonio Ferronato

Entrevista com o Diretor da E.E.E.M. Jose Antonio Ferronato, professor Luiz de Deus Ferreira, falando sobre o Programa Novo Mais Educação:
Ouça na integra:

Convocação da Escola:
"A Direção e a Equipe Pedagógica comunicam aos pais dos alunos do 1º ao 8º ano do Ensino Fundamental que a Escola Estadual de Ensino Médio José Antônio Ferronato aderiu ao Programa Novo Mais Educação, no qual os alunos recebem aulas de reforço/recuperação e oficinas de esportes e recreação no turno inverso.
Os pais interessados na participação dos filhos nestas atividades devem procurar a Direção da escola para maiores informação.
Aproveitamos a oportunidades e pedimos que universitários ou pessoas com formação nas áreas de Português e Matemática que se interessam em atuar como mediadores no Programa também entrem em contato com a Direção da escola."

Obrigado.

Atenciosamente,

E.E.E.M. José Antônio Ferronato
Três Palmeiras/RS
54 3367 1066
+ Mais Informações ››››››

Zago pode ser denunciado por simulação no jogo contra Caxias

Treinador colorado simulou ter sido agredido pelo volante Elyeser, no domingo, na disputa válida pela semifinal | Foto: Fabiano do Amaral
Não faltam elogios à forma como Antônio Carlos Zago conduz o grupo colorado e como busca soluções para o time em campo. Porém, o temperamento explosivo do técnico tem rendido bastante trabalho ao departamento jurídico do clube. Ele será julgado amanhã pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) pelo chute que deu no médico do Caxias no primeiro jogo da semifinal do Gauchão e, provavelmente, terá de regressar ao órgão antes do final do Gauchão para explicar um lance que ocorreu aos 10 minutos do segundo tempo da partida contra o mesmo Caxias, domingo, no Centenário.

Após um disputa ríspida próximo da sua área técnica, o volante Elyeser balançou o braço para trás e acertou, de leve, Zago. Após alguns instantes, ele jogou-se ao solo pretextando ter sido atingido pelo jogador do Caxias. O árbitro não deu atenção ao lance e mandou o jogo seguir. Depois, o técnico não admitiu a simulação. “Acho que ele foi se proteger e acertou o meu olho. Mas já ficou no campo”, disse.

Porém, o procurador Luiz Francisco Lopes já confirmou que irá analisar a súmula do jogo, que foi publicada ontem e não trata do lance, e pedir imagens da partida. Se achar que Zago assumiu conduta “contrária à disciplina ou à ética desportiva”, poderá apresentar denúncia contra ele com base no artigo do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). A pena prevista é de suspensão de uma a seis partidas e o julgamento pode ser marcado já para a próxima semana. Ou seja, em caso de punição, ele poderá ficar de fora do segundo jogo da final contra o Novo Hamburgo.

Além dele, Luiz Francisco Lopes deve analisar o caso de Brenner. O centroavante foi expulso após o árbitro Daniel Bins marcar o pênalti contra o Inter, no segundo tempo. Na súmula, Bins afirma que recebeu “um empurrão nas costas com ambas as mãos”. A invasão de campo por parte de dois torcedores do Inter, apesar de ter ocorrido no Centenário, também foi relatada na súmula e pode complicar o clube nas finais do Gauchão.

+ Mais Informações ››››››

Grêmio tem clima de desconfiança antes da Libertadores

Grêmio tem clima de desconfiança antes da Libertadores | Foto: Ricardo Giusti
Descuido, desatenção, sono, moleza. O técnico Renato Portaluppi e os jogadores do Grêmio têm encontrado dificuldades para justificar com mais profundidade a eliminação nas semifinais do Gauchão e outros erros que a equipe vem cometendo nas partidas recentes. Desde que levou dois gols do Deportes Iquique após estar vencendo por 3 a 0 na Libertadores, a desconfiança paira no ambiente gremista. A queda no Campeonato Gaúcho para o Novo Hamburgo gerou uma frustração que precisará ser administrada no vestiário. Afinal, nesta quinta-feira, já tem jogo importante pela competição sul-americana.

“Não tem terra arrasada. Tudo isso que vem acontecendo gera uma desconfiança. O Gauchão era um objetivo que a gente tinha e mais uma vez não vamos à final. Pedimos desculpas ao torcedor. Mas não podemos abaixar a cabeça, temos competições importantes pela frente”, disse o capitão Maicon.

O Grêmio recebe o Guaraní do Paraguai na Arena, em jogo que pode valer a classificação para as oitavas de final da Libertadores. Uma vitória, além de encaminhar a vaga, deixa o Tricolor isolado na liderança do Grupo 8. De acordo com Maicon, os reflexos do revés no Gauchão não podem influenciar no desempenho da equipe.

“Nós queríamos estar na final, mas já tem jogo quinta. É Libertadores. Precisamos ganhar para ficar em primeiro. O grupo está chateado, mas tem que esquecer e fazer um grande jogo contra o Guaraní. Ninguém aqui esqueceu de jogar bola, vamos recuperar nossa moral para seguir firme”, comentou.

Nessa segunda, apenas os reservas foram a campo no CT Luiz Carvalho. A partir de hoje, Renato deve começar a preparar o time que encara o Guaraní. “Pedimos que o torcedor compareça na Arena. Vamos dar a vida”, garantiu Maicon.

Calendário ficou folgado

Se existia uma preocupação no Grêmio com a possível maratona de jogos caso o time alcançasse a final do Gauchão, ela ficou para trás. Depois de enfrentar o Guaraní na quinta-feira, o time de Renato Portaluppi só volta a campo no dia 3 de maio, novamente pela Libertadores, diante do Deportes Iquique, fora de casa. E no dia 14 de maio, acontece a estreia no Campeonato Brasileiro, na Arena, contra o Botafogo. Ou seja, em 18 dias, serão apenas três jogos.

A comissão técnica ainda não definiu se marcará algum amistoso no intervalo entre a partida com o Deportes Iquique, no Chile, e a estreia no Brasileirão. Se antes reclamava do calendário apertado, agora Renato terá tempo de sobra para treinar a equipe. Sem compromisso no final de semana, os jogadores não terão folga. Há treinamentos agendados para sábado e domingo pela manhã.

A concentração antecipada, que virou rotina no clube, seguirá sendo adotada pelo treinador gremista. Hoje, após o treino da tarde no CT Luiz Carvalho, os atletas já se concentram para o confronto contra o Guaraní, com dois dias de antecedência.

+ Mais Informações ››››››

Assembleia tenta votar piso regional nesta terça-feira

Assembleia tenta votar piso regional nesta terça-feira | Foto: Leandro Osório / Especial Palácio Piratini / CP Memória
A votação de projetos do ajuste fiscal promovido pelo governador José Ivo Sartori (PMDB) deverá ser adiada por mais uma semana pelo menos. A previsão dos deputados para a sessão desta terça-feira é colocar em pauta a votação do projeto de reajuste do piso regional, que foi interrompida na semana passada por acordo entre as grandes bancadas.

O acordo frustrou os sindicalistas que se mobilizaram pela aprovação do reajuste. A matéria deveria ter sido votada no início de fevereiro, mas está trancada juntamente com dezenas de projetos por conta do pacote do Executivo, que tramita com regime de urgência e, por não ser votado, fica à frente das outras propostas de lei.

O novo adiamento também incomodou deputados das bancadas menos numerosas, que não tiveram interferência no acordo. “Estamos há três semanas tentando votar este projeto e não conseguimos. São mais de 80 dias de atraso, somente com o Piso dos trabalhadores. Assim fica muito complicado”, lamentou o deputado Elton Weber (PSB). Ele é um dos autores da emenda que busca elevar o percentual proposto pelo governo — que é de 6,48% — para cerca de 8%.

O governo, segundo seu líder no Parlamento, deputado Gabriel Souza (PMDB), tentará derrotar a emenda, mantendo o texto original. Ele diz que o governo deverá articular a votação do pacote após a disputa que envolve o Piso Regional.

+ Mais Informações ››››››

Acidente na ERS 324 deixa duas pessoas feridas

Na tarde desta segunda-feira (24), um acidente de trânsito foi registrado entre Marau e Passo Fundo. A colisão foi registrada no km 200 da rodovia, proximidades da comunidade do Burro Preto.

O choque aconteceu entre uma carreta SH12 Volvo, placas de Ijuí, que seguia no sentido Passo Fundo/Marau e um veículo Pálio, placas de Marau, que seguia no sentido contrário.

Conforme o condutor da carreta, ele foi surpreendido pelo Pálio que estava na terceira pista quando, por razões desconhecidas, foi para o acostamento e ao retornar à pista chocou-se na lateral da carreta. Há ainda informações do local que um Celta, de cor vermelha, teria cortado a frente do Pálio e, para evitar a colisão, o veículo chocou-se com a carreta.

Duas pessoas que estavam no veículo Pálio ficaram feridas, sendo uma mulher, de 49 anos, que era caroneira e uma jovem, de 20 anos, que estava no banco de trás. Ambos os condutores não ficaram feridos. O Corpo de Bombeiros de Marau realizou os primeiros socorros e as vítimas foram encaminhadas ao Hospital Cristo Redentor de Marau.

Fonte:VangFM
+ Mais Informações ››››››

Documento único de identificação será realidade em breve e promete facilitar a vida do cidadão

Um projeto que se arrasta há mais de década, a unificação dos documentos de RG, CPF e título de eleitor, está perto de se tornar realidade. O projeto foi aprovado pelo Senado no início do mês e aguarda agora a sansão presidencial para virar lei.

Segundo o diretor do IBGE de Passo Fundo, Jorge Bilhar, o novo documento vai facilitar a vida do cidadão e dos órgãos públicos, pois um único cartão trará a identificação de três vias. Ele lembra que hoje o título de eleitor, por si só, não serve para votar, em função de não apresentar a foto de identificação.

Destaca que o projeto de lei da Câmaranão define o formato do documento, mas estabelece que ele conterá dados biométricos, foto do cidadão, RG, CPF, título de eleitor e um novo número, a Identificação Civil Nacional. Bilhar destaca ainda a segurança que trará a chegada do novo documento unificado, facilitando também a coleta de dados pelos órgãos, de forma mais eficaz.

+ Mais Informações ››››››

Com aumento na safra, pinhão está custando mais barato

O inverno no sul do Brasil tem como um dos símbolos o pinhão, alimento natural que é produzido no Paraná, Santa catarina e Rio Grande do Sul. Diferente das últimas duas safras, neste inverno o produto está custando menos.

Conforme dados da Emater, a queda no preço se deve a uma produção superior, fazendo o produto custar de R$ 5 a R$ 8 ao Kg, enquanto no ano passado chegou a R$ 14.

O engenheiro agrônomo da Emater, Ilvandro Barreto, explicou que a atividade é de extração, o que não garante incentivos de manejo para que as plantas aumentem a produtividade. Com isso, elas precisam de um intervalo de até dois anos após uma alta produção, período em que novamente o Estado pode registrar uma queda na oferta do produto.

Como alternativa é possível comprar pinhão de Santa Catarina e Paraná, que produzem mais, porém, isso acaba encarecendo o alimento.

+ Mais Informações ››››››

Gestão da propriedade rural faz diferença na alta produtividade, diz engenheiro agrônomo

A alta produtividade da soja na região, que está sendo confirmada nesse período de colheita, é resultado de dois fatores: condições climáticas e solo.

O engenheiro agrônomo da Emater, Claudio Doro ressalta que as chuvas ocorridas a partir do início do plantio até a metade de março, quando começou forte a colheita, colaboraram para a safra. Mas frisa que o agricultor merece destaque pelo cuidado com o solo.

Nos últimos três anos têm se notado que a gestão nas propriedades rurais melhorou bastante. Doro conta que os produtores estão fazendo análises sequenciais do solo, usando calcário na terra, fazendo terraço, escarificando o solo, manejando bem os defensivos agrícolas e utilizando sementes de boa qualidade e com grande potencial de produtividade.

Para o engenheiro agrônomo, a gestão nas propriedades refletiram na atual produtividade e na safra recorde. Em todo o estado devem ser colhidos em torno de 17 milhões de toneladas. A produção gaúcha deve ficar atrás apenas do Mato Grosso e do Paraná.

+ Mais Informações ››››››

Quatro municípios gaúchos ainda possuem menos de três policiais militares

Quatro municípios do Rio Grande do Sul ainda possuem apenas um ou dois policiais militares por dia de trabalho. A meta da corporação é que o mês de maio comece com todas as cidades gaúchas tendo, pelo menos, três PMs. A reportagem é da Rádio Gaúcha.

O número de cidades nessa situação chegou a 60 cidades este ano, segundo o comandante geral da BM, coronel Andreis Dal'Lago. Os nomes dos municípios ainda sem três PMs não são divulgados pela Brigada.
O comando diz que já tem efetivo para esses locais e o remanejo depende apenas de "ajustes administrativos".

As mudanças na estratégia de policiamento das pequenas cidades levaram ao encerramento, há cerca de dois meses, das patrulhas intermunicipais. Para atenuar a falta de PMs, as patrulhas aglutinavam policiais de cidades distantes até 25 quilômetros, e as guarnições se revezavam em turnos de patrulhamento. No entanto, isso mantinha localidades sem nenhum brigadiano por algumas horas.

Fonte:RádioGaúcha
+ Mais Informações ››››››

Indígenas de Benjamin Constant do Sul fundam Cooperativa de Produção Agropecuária

Um grupo de 26 indígenas Guarani esteve reunido na Escola Indígena da Reserva Toldo Guarani, em Benjamin Constant do Sul, na segunda-feira (17/04), com propósito constituir uma sociedade cooperativa de produção agropecuária. Os participantes criaram a Cooperativa Indígena Toldo Guarani Antônio Mariano (Coopigam), que recebeu essa denominação em homenagem a um dos indígenas pioneiros na região e que contribuiu na formação e conquistas da comunidade indígena do Toldo Guarani. Antônio Mariano faleceu em agosto de 2016 e viveu 111 anos.

A comunidade Indígena da Reserva Toldo Guarani, localizada no interior de Benjamin Constant do Sul e distante cerca de 50 km de Erechim, reúne 60 indígenas de 13 famílias. Baseadas em princípios de construção coletiva, união e solidariedade, pretendem por meio da cooperativa cultivar, gerenciar, processar, armazenar, comercializar alimentos derivados da cadeia de grãos, como soja, milho e feijão, entre outros, além de produtos hortícolas e frutícolas, artesanato, silvicultura, apicultura e piscicultura, entre outras atividades agropecuárias. Além disso, se busca por meio da cooperativa o estímulo, o desenvolvimento progressivo e a defesa de suas atividades econômicas, e a venda de sua produção agrícola, pecuária e/ou industrial nos mercados locais, al[em da compra coletiva de insumos e produtos agrícolas ou pecuários.

Para Eluano Tonatto Mariano, presidente eleito da Coopigam, “a cooperativa surgiu como forma de incentivo para que as famílias possam permanecer na comunidade indígena, produzindo alimentos, e podendo criar seus filhos com melhor qualidade de vida. Além de servir como uma organização participativa e democrática, para que todos possam tomar decisões e participar”.

Na avaliação do extensionista do Escritório da Emater/RS-Ascar de Benjamin Constant do Sul, Douglas Dal Piva, “a cooperativa é uma ferramenta” que oportuniza os indígenas por facilitar a comercialização dos produtos e inserção nos mercados, tanto privado como institucional, tal como o Programa Nacional de Alimentação Escolar, onde estes podem organizar-se produtivamente para fornecer alimentos às escolas.

A Fundação da Cooperativa conta com apoio da Monel Monjolinho Energética S/A, empresa que destina recursos para a comunidade indígena como parte dos Programas Socioambientais da Usina Hidroelétrica Monjolinho. Outra entidade parceira é a Emater/RS-Ascar, através do Escritório Municipal de Benjamin Constant do Sul, da assistente Técnica Estadual Mariana de Andrade Soares e da Unidade de Cooperativismo UCP de Erechim, que tem como objetivo introduzir melhorias técnico-gerenciais nas cooperativas agropecuárias da agricultura familiar.

Emater
+ Mais Informações ››››››

Banco de Sangue do Alto Uruguai Gaúcho recebe novos equipamentos



A ABERSE – Associação Beneficente dos Receptores de Sangue de Erechim recebeu novos equipamentos, que foram adquiridos com o recurso da emenda parlamentar destina pelo Deputado Federal Afonso Hamm.
Esta semana a unidade recebeu três novos extratores de plasma, no valor de R$ 2.100,00, dois aparelhos de banho maria, no valor de R$ 2.690,00 e uma autoclave com capacidade para 21 litros, no valor de R$ 2.385,00, perfazendo o montante de investimentos de R$ 7.175,00.

Os novos equipamentos serão alocados na sala de processamento, sala de compatibilidade e esterilização respectivamente e vem ao encontro das necessidades do serviço hemoterápico. Alguns dos utensílios serão utilizados para reposição e os antigos ficarão armazenados para backup, em atendimento a legislação vigente.
Atualmente a unidade conta com seis extratores de plasma, cinco aparelhos de banho maria e duas autoclaves, todos devidamente aferidos e calibrados como preconiza a normativa legal.

A política de aquisição de novos equipamentos segue a disponibilidade financeira da unidade hemoterápica, que aos poucos e de acordo com as finanças, faz as aquisições necessárias. Recentemente a unidade recebeu vistoria dos técnicos do Centro Estadual de Vigilância em Saúde que, após análise dos processos de trabalho e estrutura física, emitiram parecer favorável para concessão de Alvará Sanitário.

Assessoria/ABERSE
+ Mais Informações ››››››

Oito regalias que deputados e senadores têm para se aposentar e você não

Uma publicação feita hoje(24) pelo jornal Gazeta do Povo, de Curitiba, mostra que as regras de aposentadorias para os deputados federais e senadores são bem mais generosas do que as previstas no projeto do governo Michel Temer e até mesmo na proposta apresentada pelo relator da reforma da Previdência, deputado Arthur Maia (PPS-BA). Os parlamentares que vão aprovar a reforma têm direito a aposentadoria integral, atualização com paridade, reaposentadoria, acúmulo com outras pensões e aproveitamento de tempo de serviço em outras atividades – as averbações.

A proposta do relator estabelece que os atuais detentores de mandato eletivo passam a ser vinculados ao Regime Geral da Previdência Social (RGPS), mas abre exceção para aqueles que sejam vinculados ao regime de previdência parlamentar da casa para a qual se reelegeu – no caso, o Plano de Seguridade Social dos Congressistas (PSSC). Isso significa que as novas regras previdenciárias valerão apenas para os deputados e senadores eleitos a partir de 2018.

A regra de transição para o parlamentar federal prevê a aposentadoria aos 60 anos de idade – aumentados em um ano a cada dois a partir de janeiro de 2020, até o limite de 65 para homens e 62 anos mulheres – e 35 cinco anos de contribuição, acrescidos de 30% de pedágio sobre o que falta para atingir a exigência. Ou seja, os novos limites serão alcançados somente em 2030.

Direitos, direitos

Deputados e senadores se aposentam hoje com 60 anos de idade e 35 anos de exercício de mandato. Atingidos esses limites, eles têm direito a aposentadoria integral, no valor de R$ 33,7 mil, sem fator previdenciário – diferentemente do que acontece hoje. Pela proposta do relator, seriam necessários 40 anos de contribuição para se conseguir o benefício integral.

Os parlamentares aposentados também têm direito à paridade, que significa a atualização do benefício em percentuais iguais aos concedidos aos que estão no exercício do mandato.

Mas um deputado ou senador não precisa cumprir 35 anos de exercício de mandato na Câmara ou no Senado. Para completar o tempo de serviço, ele pode incluir mandatos que exerceu como vereador, prefeito ou deputado estadual, desde que pague pela chamada “averbação”.

Esses períodos acrescidos contam para o cálculo do valor da aposentadoria. O parlamentar pode ainda, sem custos, contar o tempo no serviço público, incluindo o serviço militar, e o tempo de contribuição ao INSS na iniciativa privada. Esses períodos aumentam apenas o tempo de contribuição, sem influir no valor do benefício.

O parlamentar pode juntar todas essas averbações. O deputado aposentado Junji Abe (PSD-SP), por exemplo, cumpriu apenas um mandato na Câmara, de 2011 a 2015. Somou a isso 22 anos de mandatos como deputado estadual, vereador e prefeito de Mogi das Cruzes – a um custo de R$ 1,5 milhão – e mais 12 anos de contribuições ao INSS. Recebe hoje benefício de R$ 23,1 mil. Em cinco anos, ele recupera o valor investido.

Na esteira da votação obtida por Enéas Carneiro (Prona-SP) em 2002 – um total de 1,5 milhão de votos –, o deputado Ildeu Araújo chegou à Câmara com escassos 382 votos. Aposentou-se após apenas um mandato e recebe hoje R$ 3,8 mil de benefício. O colega Irapuan Teixeira, que foi eleito nas mesmas condições, com 673 votos, também se aposentou tendo cumprido apenas um mandato na Câmara.

Acúmulo

Além de receber benefícios que chegam ao valor do teto constitucional, os deputados e senadores aposentados podem acumular esses rendimentos com pensões pelo exercício dos cargos de governador e de ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), por exemplo. Isso porque o IPC é considerado pelo TCU como uma entidade privada, ainda que os benefícios hoje sejam mantidos com recursos da União.

Há, ainda, a situação de ex-parlamentares que acumulam o benefício do IPC com a aposentadoria como servidor da Câmara dos Deputados. Uma viúva acumula a pensão do instituto com duas pensões de ex-governadores.

Reaposentadoria

O deputado ou senador aposentado que volta a se eleger para a Câmara ou o Senado tem o pagamento da aposentadoria suspenso até que conclua o mandato. Nesse período, se optar por voltar a contribuir para o PSSC, terá o valor do benefício atualizado. É a chamada “desaposentação”, ou “reaposentadoria”.

Hoje, 31 deputados e senadores aposentados voltaram a exercer o mandato. Após um mandato de quatro anos, terão um acréscimo de R$ 3,8 mil no seu benefício.

Essa prática foi considerada inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em outubro do ano passado. Pela decisão, tomada por 7 votos a 4, o trabalhador que se aposenta proporcionalmente e continua contribuindo não pode renunciar à sua aposentadoria para ganhar um benefício maior no futuro. Mas a decisão só vale para os trabalhadores brasileiros.

Direito retroativo

O PSSC foi criado pela mesma lei que extinguiu o Instituto de Previdência dos Congressistas (IPC), que tinha regras ainda mais permissivas. A lei 9.506 foi sancionada em 30 de outubro de 1997, mas a extinção ocorreu em fevereiro de 1999.

Pelo IPC, um deputado tinha direito a aposentadoria proporcional após dois mandatos, ou oito anos de contribuições, com um mínimo de 50 anos de idade. Quem estava vinculado ao IPC teve a opção de aderir ao PSSC, mas mantendo os “direitos adquiridos” no antigo instituto.

A adesão ao novo plano poderia ter sido feita até a data da extinção do IPC ou nos primeiros 30 dias de cada novo mandato. Mas, de tempos em tempos, esse prazo de filiação foi sendo reaberto por atos da Mesa Diretora, geralmente com a previsão de adesão retroativa por cinco anos. Os deputados que aderiram ao novo plano também podem averbar o tempo dos próprios mandatos como deputados ou senadores, ampliando assim o tempo de contribuição.
Desde a extinção do IPC, 120 deputados se aposentaram pelo antigo instituto e apenas 49 pelo PSSC.

Pensão integral

Segundo o art. 3º da lei que criou o PSSC, em caso de morte do parlamentar segurado, seus dependentes perceberão pensão correspondente ao valor dos proventos de aposentadoria que o segurado recebia ou a que teria direito.
O parágrafo primeiro acrescenta que o valor mínimo da pensão corresponderá a 13% da remuneração fixada para os membros do Congresso Nacional – o que significa R$ 4,38 mil.

As regalias dos deputados e senadores aposentados:

Aposentadoria integral – sem fator previdenciário
Paridade – a atualização do benefício no mesmo percentual do parlamentar no exercício do cargo
Desaposentação – a atualização do valor do benefício quando voltar a exercer o mandato
Averbação – a inclusão do tempo de mandatos de municipais, estaduais ou federais
Acúmulo de benefícios – os aposentados podem acumular o benefício com outras pensões acima do teto constitucional

Direito retroativos – Atos da Mesa Diretora permitiram a filiação retroativa ao PSSC
Pensão integral – em caso de morte do segurado, os dependentes recebem pensão no valor da aposentadoria
Custeio – as aposentadorias e pensões são custeadas com recursos da União

Fonte:Gazeta do Povo
+ Mais Informações ››››››

Polícia indicia suspeitos de participarem de quadrilha por assaltos em Aratiba

A Polícia Civil de Aratiba cumpriu na tarde da última quinta-feira (19), mandados de prisão preventiva expedidos pela 1°Vara Criminal da Comarca de Erechim contra Fabiano Neves Rocha e Jhonatan Maicon Martarello. A dupla já se encontrava detida no Presídio Estadual de Erechim, desde o último dia 11 de abril. Os dois homens foram presos durante a Operação Nômade, que desmantelou uma quadrilha que estava se especializando em assaltos em lojas e bancos nos três estados do Sul. O último atque ocorreu contra uma agência do Banco Cresol. De acordo com as investigações a dupla teria assaltado uma agropecuária e um mercado em Aratiba. Os crimes ocorreram no dia 16 de março.

Segundo o delegado titular da Defrec e que também responde pela DP de Aratiba, Gustavo Vilasbôas Ceccon, a quadrilha presa da qual a dupla fazia parte, agia especialmente em municípios menores causando grande medo e insegurança para os moradores destas pacatas comunidades que não estão habituadas com a violência.

Fonte:JornalBomDia
+ Mais Informações ››››››

Agência da ONU diz que 20 milhões podem morrer de fome na África

O diretor-geral da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), o brasileiro José Graziano da Silva, afirmou que "se nada for feito" pela comunidade internacional nos próximos seis meses, cerca de 20 milhões de pessoas podem morrer de fome nos próximos seis meses em quatro países africanos: Iêmen, Nigéria, Somália e Sudão do Sul. As informações são da ONU News.

Ele fez a declaração na abertura da reunião do Conselho da FAO nesta segunda-feira (24), em Roma. Segundo Graziano , é necessária uma ação urgente, pois "a fome não apenas mata pessoas, mas contribui para a instabilidade social, e perpetua um ciclo de pobreza e a dependência de ajuda que perdura décadas".

No encontro da agência da ONU, que vai durar duas semanas, os membros do Conselho da FAO serão informados sobre a extensão das crises de fome e as medidas que devem ser adotadas para prevenir essa catástrofe.

Agenda 2030

Segundo as Nações Unidas, a comida e a agricultura são pontos centrais para se alcançar a Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável proposta pela ONU. O trabalho da FAO deve contribuir para se atingir 40 metas que estão em 15 dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs).
Os membros do Conselho da FAO vão discutir ainda o programa de trabalho e o orçamento da agência para o biênio 2018-2019.

O orçamento vai priorizar as áreas onde a FAO pode ter maior impacto para atingir as metas da Agenda 2030, incluindo mitigação aos efeitos da mudança climática e produção agrícola sustentável. Ainda na lista estão a gestão para combater a escassez de água e a implementação de programas de resiliência para famílias de agricultores mais pobres.

Fonte:Agência Brasil
+ Mais Informações ››››››

Operação Tocaia prende suspeito de homicídio em Entre Rios do Sul

A Polícia Civil realizou na última semana em Entre Rios do Sul, uma operação especial batizada de "Tocaia". Objetivo da ação foi prender os envolvidos na morte do construtor Josimar Rodrigues Vieira, assassinado a tiros no mês passado em um bar da cidade. Na mesma ação os policiais apreenderam armas e munições utilizadas no crime. A operação prendeu, João Luiz Martins, que estava na residência em que morava na Rua Henrique Dias, próximo ao local do crime, no momento que foi detido pelos policiais.

De acordo com o delegado Marino Franceschi, que coordenou a operação, além dos mandados de prisão, foram cumpridos outros de busca e apreensão, em Entre Rios do Sul, Erechim e no Mato Grosso, onde estaria um dos suspeitos de envolvimento no crime. Conforme Franceschi as investigações que foram conduzidas pela Delegacia de Polícia de Entre Rios do Sul, apontaram que os foragidos, juntamente com um menor de idade, realizaram uma emboscada que culminou na morte da vítima. "O crime teria sido motivado por vingança e teria relação com um segundo homicídio que vitimou um irmão de um dos foragidos. Esse ato motivou também o nome da operação, pois eles fizeram uma tocaia ali para surpreender o alvo", explicou o delegado.

Para o policial o contrutor foi atingido por engano. O alvo seria outro homem que estava sentado na mesma mesa que Josimar. Segundo o delegado, Martins preferiu ficar em silêncio em seu depoimento sobre o crime. Ele deve aguardar a conclusão do inquérito no Presídio Estadual de Erechim. "Essa operação vai continuar até que todos os envolvidos sejam detidos", finalizou o delegado.

+ Mais Informações ››››››

Pastor da Assembleia de Deus morto em chacina em MT foi o mais torturado, diz polícia

O pastor da Assembleia de Deus Sebastião Ferreira de Souza, de 57 anos, morto na chacina ocorrida em Taquaruçu do Norte, distrito de Colniza, a 1.065 km de Cuiabá, foi o mais torturado entre as nove vítimas. Os trabalhadores rurais foram assassinados na última quarta-feira (19) em barracos erguidos em uma área rural. Os crimes teriam sido cometidos por um grupo de homens encapuzados. A suspeita é que eles agiram a mando de fazendeiros. A motivação seria uma briga por terras.
Sebastião foi degolado e tinha vários hematomas pelo corpo, além de um corte com facão na cabeça, informou uma investigadora. "Ainda não sabemos a razão [do pastor ter sido o mais torturado]", disse o coronel Eduardo Henrique de Souza, comandante da PM na região.
Os corpos dos nove homens vítimas da chacina tinham marcas de tortura. Alguns dos trabalhadores foram amarrados e agredidos com enxadas e facões. Sete deles foram mortos com tiros de espingarda calibre 12 e dois com golpes de facão.
Além de Sebastião, as vítimas foram identificadas como Izaul Brito dos Santos, de 50 anos, Ezequias Santos de Oliveira, 26, Samuel Antônio da Cunha, 23, Francisco Chaves da Silva, 56, Aldo Aparecido Carlini, 50, Edson Alves Antunes, 32, Valmir Rangeu do Nascimento, 55, e Fábio Rodrigues dos Santos, 37.
O delegado responsável pelo caso, Edson Pick, disse que há um inquérito em andamento na delegacia de Colniza desde 2016 sobre ameaças que teriam sido sofridas por membros da Cooperativa Agrícola Mista de Produção Roosevelt (Cooperativa Roosevelt), que ganhou reintegração de posse em Taquaruçu do Norte, mas não deu mais detalhes sobre essa investigação.
Ainda não há confirmação de que as vítimas mortas na semana passada fizessem parte dessa cooperativa.


As informações são do G1 MT.
+ Mais Informações ››››››

Média de mortos no trânsito durante feriado é menor desde 2007

Foto: Divulgação/Palácio Piratini
Balanço divulgado nesta segunda-feira (24) pelo Detran/RS aponta que quatro pessoas perderam a vida nas ruas e estradas gaúchas neste feriado de Tiradentes, ou um óbito por dia de Operação Viagem Segura. Trata-se da menor média das 72 edições efetuadas desde que a força-tarefa se iniciou em 2007. O número médio de óbitos das 71 anteriores foi de 3,89 óbitos/dia.
"Enquanto houver uma única morte, não poderemos comemorar", afirmou o diretor-geral do Detran/RS, Ildo Szinvelski. "Mas esse resultado nos anima a prosseguir nosso trabalho conjunto de fiscalização, educação e sensibilização", acrescentou.

Os 185 acidentes ocorridos no período resultaram ainda em 172 pessoas feridas em níveis diversos de gravidade. Destes acidentes, 79 causaram somente danos materiais.

O esforço coletivo de fiscalização a que Szinvelski se refere reúne Brigada Militar, Comando Rodoviário da BM, Polícia Rodoviária Federal e agentes municipais, e que nesses quatro dias, fiscalizou 37.954 veículos. Foram autuadas 9.411 infrações, resultando no recolhimento de 698 veículos e 271 carteiras nacionais de habilitação.

No que se refere ao controle da alcoolemia na direção, foram feitos 2.726 testes de etilômetro que autuaram 103 condutores, sendo 41 deles enquadrados em crime de trânsito e conduzidos a delegacias de polícia. O Detran/RS informa que "não há como saber quantos acidentes graves foram evitados, somente pela retirada das ruas desses condutores alcoolizados".

A 72ª edição da Operação Viagem Segura teve início teve início à zero hora de quinta-feira (20) e se estendeu até a meia-noite de domingo (23).

Preservando vidas

Em 72 edições, mais de 4,8 milhões de veículos foram fiscalizados. O resultado foi a autuação de 805 mil infrações, o recolhimento de mais de 77,5 mil veículos e 21 mil Carteiras Nacionais de Habilitação. Foram executados 160,2 mil testes de etilômetro, registrando 14,5 mil infrações por alcoolemia, além das 1.359 autuações por recusa.

A Operação Viagem Segura, que completou cinco anos de atividades no último feriado de 15 de novembro, tem como principais parceiros Polícia Rodoviária Federal (PRF), Brigada Militar (BM), Comando Rodoviário da BM (CRBM), Detran/RS e Polícia Civil. Também colaboram órgãos de trânsito municipais - Daer, ANTT, Cetran/RS, EGR, Famurs, Setcergs, Fecam e Metroplan -, além de representantes da sociedade civil organizada, como o Lions Club.
A próxima edição ocorre de 28 a 1º de maio, no final de semana do Dia do Trabalho.

Eunice Gruman/Detran-RS
+ Mais Informações ››››››

Programas dos partidos e horário eleitoral no rádio e na TV podem acabar

Programas dos partidos e horário eleitoral no rádio e na TV podem acabar. É que o determina um projeto de lei apresentado pelo Senador Paulo Bauer, do PSDB de Santa Catarina.

O senador Paulo Bauer acredita que poucos eleitores hoje em dia se valem dos programas dos partidos e do horário eleitoral no rádio e na televisão para decidir em quem votar. Na avaliação dele, boa parte do debate político-partidário é travado por intermédio das redes sociais. Paulo Bauer lembra ainda que o programa eleitoral é gratuito apenas para os partidos políticos, uma vez que o poder público compensa as emissoras de rádio e televisão pela perda de publicidade no horário reservado à propaganda política. “Custa para os cofres do governo, em 10 anos, 3 bilhões e 400 milhões de reais de compensações tributárias. Com esse dinheiro, nós poderíamos construir casas populares, construir postos de saúde, equipar hospitais e fazer muitas outras coisas” destaca.

Paulo Bauer também argumenta que o fim do horário eleitoral no rádio e na televisão baratearia muito as campanhas eleitorais. “Qualquer campanha de governador, de presidente, de senador tem um custo. E esse custo, 60 por cento pelo menos, é custo de produção de programa de rádio e televisão. E nós não podemos fazer a política ser o caminho para o enriquecimento de marqueteiro. Porque quem ganha dinheiro com isso é o marqueteiro. E quem perde a novela, perde noticiário, perde a música no rádio e na televisão é o eleitor”, disse.

A proposta foi encaminhada para análise da Comissão de Constituição e Justiça em decisão terminativa, ou seja, se aprovada pela CCJ poderá seguir diretamente para o exame da Câmara dos Deputados sem precisar passar pelo plenário do Senado.

+ Mais Informações ››››››

Um jeito novo de guardar a safra



Facilidade e rapidez são alguns dos benefícios dos sistemas de armazenamento de grãos conhecidos como silos­bolsas, ou silo­bags. Nos últimos anos estes equipamentos vêm atraindo produtores e cerealistas que necessitam de mais espaço, além daquele proporcionado pelos silos convencionais. Em países vizinhos, como Uruguai e Argentina, metade da produção de grãos fica estocada nestes dispositivos. Aqui no Estado, embora o uso ainda seja pequeno, já é possível perceber as estruturas plásticas nos pátios de silos e de alguns produtores da região. Em Boa Vista das Missões, a empresa Dalrig Comércio de Cerais já utiliza o método. Conforme um dos responsáveis administrativos, Révis Milani, o silo­bolsa é feito de um material tipo lona plástica, porém mais reforçado. Geralmente é importado da Argentina e pode ser utilizado para armazenamento de milho, trigo, soja, cevada, aveia, desde que a mesma esteja seca. “Utilizamos na empresa 25 silos­bag sendo que 21 contém milho (63.000 sc) e 4 contém soja (12.000 sc). A capacidade é de 3000 sacos para cada silo. Armazenamos por até 1 ano e meio, para manter a qualidade do grão”, destacou Milani.
Custo-benefício
O custo gerado é de aproximadamente R$ 1,00 por saca armazenada. Para encher o silo é necessária uma máquina que é ligada no “cardan” do trator. O grão é despejado na parte superior da máquina e através de uma bazuca de grãos, passa pelo caracol e cai dentro do silos­bolsa. Este equipamento possui um sistema de freios próprios, onde deve ser regulada para que não fique ar dentro da estrutura e nem encha muito a ponto de romper. A máquina faz a retirada do material porém em sistema reverso. – Ela vai rasgando e enrolando o silo, retirando o cereal armazenado – explicou Milani. É a primeira vez que a Dalrig utiliza a técnica no município. Com o término da safra de milho e o começo da safra de soja, foi necessário arrumar espaço para armazenar a soja. Devido aos preços baixos e a dificuldade de escoar a produção de milho, foi uma solução encontrada pela empresa para obter mais espaço para recebimento da safra.
Uso Único
De acordo com o doutor em biodinâmica do solo, da UFSM­FW, Claudir José Basso, a utilização dos silos­bolsa pode ocorrer apenas uma única vez. Após seu uso, o mesmo deve ser descartado ou então reciclado por empresas especializadas. “Este sistema tem se mostrado uma alternativa positiva ao armazenamento convenciona, mas não é possível reutilizá­lo para a mesma finalidade. É interessante pelo custo e rapidez especialmente em períodos de supersafra. O produtor precisa estar atento aos níveis de umidade dos grãos para evitar a fermentação, instalar os silos­bolsa em local plano, bem como, ter equipamentos para encher e descarregar o material”, destacou o pesquisador.

Fonte:FolhadoNoroeste
+ Mais Informações ››››››

BR-386: Índios bloqueiam rodovia em protesto contra a Reforma da Previdência



Cerca de 100 indígenas de Vicente Dutra e Iraí bloqueiam desde às 9h desta segunda-feira (dia 24/04) o km 8 da BR-386 em Iraí – RS. A rodovia é um dos principais acessos do Estado com Santa Catarina. Pedaços de madeira e pedras foram usados para trancar a passagem dos veículos. Uma extensa fila de caminhões e carros se formou em ambos os sentidos da pista. Somente ambulâncias tem passagem.

Conforme o cacique Luiz Salvador, o grupo integra uma manifestação nacional que ocorre hoje e amanhã em diversos Estados. Os caingangues são contra as propostas de mudanças na Previdência Social, alterações no sistema de demarcação de novas áreas indígenas e pedem mais investimentos do governo federal na saúde.

A mobilização é acompanhada pela Polícia Rodoviária Federal. A liberação das pistas é negociada. O grupo montou barracas ao lado da estrada e pretende permanecer no trecho até hoje.

+ Mais Informações ››››››

Tiroteio em Santo Augusto deixa pessoas gravemente feridas

Foto: Caçadores de Notícias
No início da tarde desta segunda-feira, 24, um tiroteio deixou quatro pessoas feridas na Rua Presidente Costa e Silva, no Bairro Getúlio Vargas.

De acordo com informações extraoficiais, uma camionete chegou ao local e os indivíduos que estavam no interior da mesma começaram a atirar, o alvo seria um homem que estava em uma lavagem de carros, ele teria fugido para uma casa em frente à lavagem, quando os bandidos atiraram e acabaram acertando as pessoas que estavam nessa residência. O alvo dos meliantes teria fugido.

As quatro vítimas foram encaminhadas ao Hospital Bom Pastor, duas delas em estado grave receberam atendimento médico inclusive com reposição de sangue, após a estabilização, ambos foram transferidos para o Hospital de Caridade de Ijuí. Em relação às outras duas vítimas, uma teve ferimentos nos membros inferiores e a outra um ferimento na mão. Os dois permanecerão em observação no Hospital de Santo Augusto.

Há suspeita de que o episódio desta tarde tenha relação com o tiroteio que ocorreu na tarde de sábado, no interior de Santo Augusto.

A Brigada Militar informou que os bandidos fugiram em direção a Campo Santo, onde em determinado local abandonaram a camioneta e passaram a tripular um veículo Corsa, o qual posteriormente também foi abandonado.

A polícia acredita que possivelmente os criminosos tenham fugido a pé em direção à comunidade de Costa Turvo, já pertencente ao município Coronel Bicaco, nesse sentido as autoridades pedem para que a comunidade fique atenta, e, avise se ver alguma atitude suspeita.

Capsulas de 9 mm deflagradas foram encontradas no local. A Polícia Civil investiga o caso.

+ Mais Informações ››››››

Chuva antecede chegada de frio intenso ao Rio Grande do Sul

Previsão de geado no RS e SC. Foto: Arquivo/TP News
Voltou a chover sobre o Rio Grande do Sul nesta segunda-feira, 24, depois de um fim de semana com sol e frio em todo o Sul do Brasil. A partir durante esta terça-feira os temporais se espalham sobre a Região Sul por causa da chegada de uma forte frente fria. Além de chuva forte e de ventania, esta frente fria vem trazendo muito frio.

Temporais

Com a chegada da nova frente fria, todo o Rio Grande do Sul fica sujeito a temporais na última terça-feira de abril. Nuvens carregadas também se espalham sobre Santa Catarina, onde o maior risco de tempestades é para o sul e para o centro-oeste do estado. No Paraná, a chuva começa já pela manhã na região de Foz do Iguaçu, que também fica sujeita a temporais, mas à tarde e à noite as pancadas de chuva se espalham sobre as outras regiões do estado.

Na quarta-feira, a frente fria se desloca rápido sobre a Região Sul. A chuva vai parando sobre o Rio Grande do Sul, mas ainda cai forte em áreas de Santa Catarina e do Paraná. Neste dia, o vento frio de uma forte massa de ar polar também começa a soprar a Região Sul e fazendo a temperatura baixar ainda mais.

Os mapas mostram a evolução das áreas de chuva sobre a Região Sul. A chuva moderada a forte é representada pelas cores amarela e alaranjada. O vermelho e o rosa indicam chuva muito forte.

Frio intenso e chance de novos recordes

O ar frio de origem polar entra com muita força sobre a Região Sul do Brasil durante a quinta-feira. O frio será intenso ao amanhecer e com possibilidade de geada nas áreas mais elevadas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. O frio aumenta na sexta-feira e as capitais Porto Alegre, Florianópolis e Curitiba podem estabelecer novos recordes de frio para 2017. Pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia a menor temperatura em Curitiba deste ano até agora foi 12,4°C, em 30 de março, em Florianópolis 13,9°C, em de 23 de abril e em Porto Alegre, o recorde atual de frio é 11,9°C em 13 de abril. O frio desta massa de ar polar é forte o suficiente para provocar geada nos três estados.

Fonte: Climatempo
+ Mais Informações ››››››

947 - 25 DE ABRIL, TER - O QUE A RELIGIÃO PROVOCA EM MIM


+ Mais Informações ››››››

Novas imagens e vídeos referentes ao roubo milionário no Paraguai, teve troca de tiros e mortes

Confira abaixo do texto algumas imagens e um vídeo que foram enviadas para a redação da rádio via Whatsapp, por contatos diretamente do Paraná.

Policiais federais trocaram tiros no começo da tarde desta segunda-feira (24) com suspeitos de terem assaltado uma transportadora de valores em Ciudad del Este, no Paraguai. O confronto teve início por volta das 12h na área rural de Itaipulândia, às margens do Lago de Itaipu, no oeste do Paraná. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, há ao menos um morto e um ferido.

De acordo com a Polícia Federal, uma equipe que estava de patrulha pela região se deparou com um grupo de cerca de 12 suspeitos que atirou e fugiu. Policiais militares e civis da região também foram acionados para reforçar a segurança no local. Helicópteros também estão sendo usados na ação.

Por volta das 14h, houve outra troca de tiros, desta vez em São Miguel do Iguaçu. Conforme o delegado Francisco Sampaio, os suspeitos abandonaram um fuzil, munição, um colete a prova de balas e explosivos em um veículo roubado na região. Às margens da estrada foi deixada uma mochila com mais explosivos.
Um automóvel com marcas de sangue foi abandonado na mesma região.
A PF acredita que o grupo que entrou em confronto com os policiais faz parte da quadrilha de assaltantes que invadiu a sede da Prosegur e fugiu levando cerca de US$ 40 milhões, o equivalente a R$ 120 milhões. Mais tarde a própria polícia informou que os valores ainda estão sendo contabilizados.

Eles teriam seguido até Hernandarias, vizinha a Ciudad del Este, e cruzaram a fronteira para o Brasil de barco pelo reservatório de Itaipu.

Confira vídeo enviado por populares via whatsapp e editados aqui na rádio




+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!