terça-feira, 18 de março de 2014

Passo Fundo recebe reunião que antecede a Conferência Estadual de Saúde do Trabalhador

Passo Fundo, na macrorregião Norte, recebe nos dias 23 e 24 de maio o encontro preparatório para a 3ª Conferência Estadual de Saúde do Trabalhador (CEST/RS), que acontece no mês de junho em Porto Alegre, e para a 4ª Conferência Nacional, que será realizada de 10 a 13 de novembro em Brasília.
 O encontro, coordenado pela Secretaria Estadual da Saúde e pelo Conselho Estadual de Saúde, inicia com oficinas, mesas de debate, grupos de trabalho e plenárias, e abordará o tema "Saúde do trabalhador e da trabalhadora, direitos de todos e todas e dever do Estado",
De acordo com o chefe da Divisão de Vigilância da Saúde do Trabalhador, Fábio Kalil, a implementação da política nacional e a definição da política estadual são os principais eixos da Conferência. Uma das metas é o aumento do número, de 12 para 30, dos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador - ampliação que necessita de novas habilitações por parte do Ministério da Saúde. Os centros são locais de atendimento especializado, que além de atender diretamente o trabalhador, têm condições de indicar se as doenças ou sintomas estão relacionados com as atividades que exercem. Os dados podem ser importantes também na formulação de políticas públicas.
Outra questão diz respeito à qualificação e interligação dos serviços de saúde das empresas à rede pública de saúde, bem como a definição de responsabilidades das empresas sobre problemas de saúde nos ambientes profissionais. Até 1988, a Saúde do Trabalhador pertencia ao Ministério do Trabalho. Com a Constituição de 88, que criou o Sistema Único de Saúde, passou a pertencer ao Ministério da Saúde.


Heloise Santi
Central do Interior
Diretoria de Jornalismo/SECOM
Telefone (51)3213-0787
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Hospitais filantrópicos têm até sexta-feira para aderir a novo incentivo estadual

 

O IHOSP tem por objetivo complementar o custeio do conjunto dos procedimentos de média complexidade na assistência hospitalar. Até o final desta semana, as entidades que ainda não realizaram a adesão devem fazê-la a fim de garantir o pagamento da primeira parcela em abril. Os hospitais devem encaminhar às coordenadorias regionais de saúde o termo de adesão indicando a opção pelos dois portes de estabelecimentos (grupos 1 e 2), conforme critérios estabelecidos pela Resolução 064/2014. O termo digitalizado deve ainda ser enviado em cópia para a área de Gestão da Atenção Secundária e Terciária (GAST) do Departamento de Assistência Hospitalar e Ambulatorial (DAHA), pelo e-mail gcc@saude.rs.gov.br. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (51) 3288-5944.

Para o conjunto dos filantrópicos, o Governo do Estado já repassou, entre 2011 e 2013, mais de R$ 825 milhões como incentivos. Para 2014, somadas a outras formas de incentivos, os investimentos estaduais devem chegar aos R$ 500 milhões.

Heloise Santi
Central do Interior
Diretoria de Jornalismo/SECOM
Telefone (51)3213-0787
 Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Dez estados concentram 86% dos casos de dengue no país

Dez estados brasileiros concentram 86% dos casos de dengue registrados em todo o país – Goiás (22.850), São Paulo (16.147), Minas Gerais (14.089), Paraná (6.851), Espírito Santo (4.093), Rio de Janeiro (2.608), Mato Grosso (2.208), Tocantins (2.122), Ceará (2.082) e Amazonas (1.991). Ao todo, 87.136 casos foram notificados nos dois primeiros meses deste ano.
Os dados fazem parte do Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (Liraa), divulgado hoje (18) pelo Ministério da Saúde. Este ano, 1.459 municípios participaram do levantamento – 48% a mais que na edição de 2013.
As cidades com o maior número de casos da doença são: Goiânia (GO), com 6.089; Luziânia (GO), com 2.888; Aparecida de Goiânia (GO), com 1.838; Campinas (SP), com 1.739; Americana (SP), com 1.692; Belo Horizonte (MG), com 1.647; Maringá (PR), com 1.540; São Paulo (SP), com 1.536; Brasília (DF), com 1.483 e Campo Belo (MG), com 1.410.
Ainda segundo o levantamento, 321 municípios estão em situação de risco, 725 em situação de alerta e 413 em situação considerada satisfatória. O percentual de cidades em situação de risco chega a 22% do total. Em 2013, o índice era 27%.
Fonte:Paula Laboissière /Agência Brasil
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Jornal da Liberdade edição do dia 18 de março de 2014

Apresentado por:Alcione Gondorek

Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

19ª CRS promove acolhida aos “Mais Médicos”

A 19ª Coordenadoria Regional de Saúde (19ª CRS) realizará no dia 24 de março, o evento Acolhida aos “Mais Médicos”. O encontro acontecerá no auditório da Escola Estadual Cardeal Roncalli,em Frederico Westphalen.
A programação terá início às 08h30, com um coffee break e logo após haverá roda de conversa e troca de experiência com os convidados. O encerramento será às 12h, com almoço coletivo no restaurante Estrela do Sul.
O Evento tem como objetivo proporcionar a integração entre os novos médicos do programa “Mais Médicos” das cidades da região, com os profissionais da secretaria de saúde dos municípios, juntamente com a 19ª CRS, através de conversa e discussões sobre a área da saúde com médicos, gestores, técnicos e servidores.
 “O encontro é de suma importância para a atenção básica, pois é essencial que os profissionais do Programa Mais Médicos sejam acolhidos, de forma pessoal e profissional, para que possam desempenhar com tranquilidade suas atividades. A acolhida a esses profissionais certamente será um suporte ao enfrentamento das possíveis dificuldades que estes médicos enfrentarão”, afirma o Coordenador da 19ª CRS, Cirilo Fronza.
Estarão presentes no evento gestores dos municípios de abrangência da 19ª CRS, representantes das secretarias de saúde, médicos do programa, entre outros convidados. 
A.I/CRS 

Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Autoconfiança é o segredo da mulher bem-sucedida

Autoconfiança é o segredo da mulher bem-sucedida

Por que será que algumas mulheres simplesmente não conseguem progredir em suas carreiras? Vejo a cada dia profissionais brilhantes que ficam estagnadas e permanecem por anos reclusas a um cargo insignificante que as sufocam, aprisionam e, principalmente, as fazem se sentir infelizes.
Recentemente tive contato com uma grande gerente de logística e que na minha cabeça sempre foi uma mulher muito decidida em tudo o que fazia. No entanto, em uma conversa mais prolongada, notei o quanto ela estava frustrada com a sua carreira, pois percebia que muitas das atitudes que deixou de tomar em sua vida foram justamente aquelas que a fariam progredir profissionalmente.
- Por que você acha isso? Perguntei, já imaginando a resposta.
- Por pura falta de confiança em mim mesma, respondeu a gerente.
Concordo com o pensamento dela, e acredito que para ter sucesso em qualquer área é preciso que possamos desenvolver nossa autoconfiança. É necessário ganhar a batalha mental antes de entrar no jogo!
O problema ocorre quando deixamos a insegurança tomar conta da nossa mente, e permitimos que ‘seja instalado’ o que chamamos de “síndrome da impostora”. Esta que ocorre quando a mulher acredita não ser boa o suficiente, atribuindo seu sucesso à sorte, bons contatos, situação ou o que quer que seja. Ela suspeita do próprio potencial a todo o momento.
Acredito que se ficarmos esperando que o sucesso chegue apenas quando tivermos a certeza absoluta de nós mesmas, esperaremos para sempre. Por isso, o estado mental é fundamental para nos fazer perceber o quanto somos vencedoras. Se você tiver um pingo de dúvida acerca de si mesma, provavelmente perderá boas oportunidades.
E para ajudar neste processo, as metas são fundamentais. Por meio delas afastamos a insegurança, além de mudarmos o foco para o processo e não para o “como ele será realizado”.
Portanto, aceite desafios, perca o “medo de voar”, não se submeta a assumir cargos muito abaixo de sua capacidade e não fique presa ao que te faz infeliz. Nas palavras da especialista em liderança Rebecca Shambaugh: ‘o que impede uma mulher de crescer nem sempre é o teto de vidro, mas o assoalho grudento’.
Então, não se acomode! Diante das situações, acredite em você mesma e descubra uma maneira diferente de conseguir o que você quer. Acima de tudo, ouse! Afinal, ainda não encontrei melhor maneira de fazermos o que realmente podemos se não confiarmos que somos realmente capazes!

Fonte:GISELE METER
Postado por:Elisete Bohrer

+ Mais Informações ››››››

Tempo segue instável no RS nesta terça-feira

Chuva deverá ficar ainda mais intensa na quarta, com centro de baixa pressão oriundo da Argentina

O tempo não firma no Rio Grande do Sul durante esta terça-feira. Frente semi-estacionária permanece no Norte do Estado e o Oeste começa a sofrer a influência de centro de baixa pressão no Norte da Argentina. Muitas nuvens permanecem sobre o território gaúcho e a atmosfera estará instável.

Apesar disso, podem ocorrer intervalos de melhoria, mesmo com sol em algumas áreas, mas na maior parte do Estado predomina a nebulosidade. A chance de chuva é maior em cidades do Centro, Oeste e Norte do Rio Grande do Sul. A temperatura não se eleva muito e o dia será agradável.

As mínimas rondam os 15°C em São José dos Ausentes e Bagé. As máximas, por sua vez, podem atingir 26°C em Torres e partes do Litoral Norte. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 19°C e 25°C.

Os volumes de chuva do fim de semana e desta segunda-feira foram muitos altos em parte do Estado. Algumas localidades, particularmente do Oeste, registraram acumulados entre 150 mm e 200 mm. São volumes superiores à média de precipitação do mês inteiro em somente três dias.

E a perspectiva é de mais chuva para o Rio Grande do Sul, conforme análise da MetSul Meteorologia. A maior preocupação é com a quarta-feira. Uma área de baixa pressão avança do Norte da Argentina, reforçando a instabilidade. A chuva vai ser novamente generalizada e forte em muitos locais com volumes muito altos, superiores a 100 mm em alguns pontos. Na quinta, a instabilidade perde força, mas parte do Estado ainda terá precipitação, sobretudo do Centro para o Sul e o Leste gaúcho. 
Fonte:Metsul
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Jovem morre após sofrer grave acidente no trecho Passo Fundo/Coxilha

Bruno Oliboni Betinelli, 25 anos, não resistiu a gravidade dos ferimentos e faleceu no HSVP

Na tarde da segunda-feira, um Voyage com placas de Erechim, um Fiat Palio Weekend com placas de Tapejara e uma carreta bitrem com placas de Barracão se envolveram em um grave acidente na ERS 135, entre Passo Fundo/Coxilha.

De acordo com o relato policial, o Fiat Palio, transitava no sentido Coxilha/Passo Fundo quando, ao realizar uma ultrapassagem em faixa dupla, foi surpreendido pelo fim da segunda faixa. O veículo acabou abalroando o Voyage que seguia no mesmo sentido.

O motorista do Fiat Palio ficou desgovernado, rodopiou na pista e colidiu frontalmente com a carreta bitrem, que vinha no sentido contrário.

Após a colisão, a carreta acabou saindo da rodovia.

O motorista do Palio, identificado como Bruno Oliboni Betinelli, de 25 anos, morador de Tapejara,  foi encaminhado ao HSVP, porém devido a gravidade dos ferimentos não resistiu e faleceu.

Policiais do Grupo Rodoviário de Coxilha realizaram o atendimento da ocorrência.







Fonte:Lucas Cidade - Rádio Uirapuru
Postado por:Elisete Bohrer

+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!