terça-feira, 10 de março de 2015

Três Palmeiras - Entrevista com a Diretora da escola JAF Lucia Ana Saugo Bender

Entrevista com a Diretora da escola JAF Lucia Ana Saugo Bender confira a entrevista em áudio.

 Postagem Isael Smieski

+ Mais Informações ››››››

ProUni: candidatos da lista de espera têm até amanhã para apresentar documentos

Os candidatos que manifestaram interesse em participar da lista de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni) devem entregar, a partir de hoje (10), na instituição de ensino escolhida, os documentos que comprovem as informações prestadas no ato da inscrição. O prazo vai até amanhã (11).
Após a entrega dos documentos o estudante aguarda a possível convocação. Os estudantes deve apresentar documento de identidade, comprovantes de conclusão do ensino médio, de residência e de renda. A lista completa está na página do ProUni.
O ProUni oferece bolsa de estudo integral ou parcial em instituições particulares de educação superior. Os candidatos concorrem às bolsas com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
Nesta primeira edição de 2015, o ProUni registrou 1.523.878 inscritos. São oferecidas 213.113 bolsas para 30.549 cursos em 1.117 instituições de ensino superior privadas.

Fonte: Yara Aquino – Repórter da Agência Brasil
Postado por: Claudinara Glienke
+ Mais Informações ››››››

Jornal da liberdade edição do dia 10 de Março de 2015

*Dólar dispara e fecha em R$ 3,12
*População rural do Brasil é maior que a apurada pelo IBGE, diz pesquisa
* Na Expodireto, ministra da Agricultura anuncia verba para máquinas
*Anvisa aprova genérico para depressão e dores crônicas
*Ronda Alta- Incendio no secador da Cotrisal

*Três Palmeiras - curso de processamento de pescado



Apresentação: Isael Smieski


+ Mais Informações ››››››

Três Palmeiras - Curso de Processamento de Pescado


+ Mais Informações ››››››

Anvisa aprova genérico para depressão e dores crônicas

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o registro de um remédio genérico indicado no tratamento de depressão e de algumas dores crônicas. O produto, que tem como princípio ativo o cloridrato de trazodona, ainda não tinha um genérico.
O cloridrato de trazodona é classificado como agente antidepressivo que age no sistema serotoninérgico cerebral, isto é, aumenta a concentração da substância serotonina cerebral levando à melhora do humor e dos sintomas relacionados a depressão.
Até agora, 12 remédios ganharam seus primeiros genéricos em 2015. Em 2014, a agência aprovou o registro de 23 genéricos. A concessão desse registro significa que o produto é cópia fiel do medicamento de referência e tem eficácia e segurança comprovadas.
De acordo com a Anvisa, o preço do medicamento genérico chega a ser 35% menor que o do medicamento de referência, o remédio de marca.

Fonte: Aline Leal - Repórter da Agência Brasil
Postado por: Claudinara Glienke
+ Mais Informações ››››››

Começam a valer novos direitos do consumidor de serviços de telecomunicações

As novas regras previstas no Regulamento Geral de Direitos do Consumidor de Serviços de Telecomunicações, aprovado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), começam a valer. A partir desta segunda-feira (10), as empresas de telecomunicações devem disponibilizar um espaço em sua página na internet para que o consumidor possa acessar livremente dados como o contrato e o plano de serviço, os documentos de cobrança dos últimos seis meses, o histórico de demandas, o perfil de consumo e os registros de reclamações, inclusive com a opção de solicitação de gravação de seus pedidos.
Nessa área reservada na internet, o consumidor poderá ter ainda um relatório detalhado, com informações como o número chamado, com a área de registro, data e horário das comunicações. O volume diário de dados trafegados e os limites de franquias também devem ser informados, assim como o valor da chamada, da conexão de dados ou da mensagem enviada.
De acordo com o regulamento, que vale para empresas de telefonias fixa e móvel, internet e TVs por assinatura, as prestadoras também deverão disponibilizar na internet um mecanismo de comparação de planos de serviços e ofertas promocionais. Nesse caso, o cliente poderá ter acesso ao seu perfil de consumo, o que permitirá ao consumidor saber como utilizar os serviços de telecomunicações contratados, os planos e promoções oferecidos e escolher de forma consciente aquele que lhe parecer mais interessante.
A prestadora será obrigada a elaborar uma conta, de forma clara e uniforme, para que o consumidor possa compreender o que está sendo cobrado. O documento deve conter, por exemplo, a identificação do período que compreende a cobrança e o valor total de cada serviço e as facilidades cobradas, bem como de promoções e descontos, além da identificação de multas, juros e tributos.
Outra determinação que passa a valer é a obrigação de a prestadora gravar todas as ligações entre ela e o consumidor, independentemente de quem tenha feito a ligação. Caso o consumidor solicite uma cópia da gravação, a prestadora deve disponibilizá-la em, no máximo, dez dias. O pedido pode ser feito em qualquer um dos canais de atendimento da prestadora.
O regulamento foi aprovado no início do ano passado pela Anatel e estabelecia prazos para que cada determinação começasse a valer. Já estão em vigor, por exemplo, regras que garantem o cancelamento do serviço por telefone ou pela internet sem falar com um atendente, o retorno da ligação em caso de descontinuidade do atendimento, a validade mínima de 30 dias para créditos de celulares pré-pagos e a oferta de promoções iguais tanto para novos clientes quanto para clientes antigos.
Para a Proteste Associação de Consumidores, as novas regras devem facilitar a vida do consumidor com acesso à internet, se forem cumpridas pelas operadoras de telecomunicações. No entanto, a entidade alerta que o consumidor deve ficar atento para cobrar os novos direitos e denunciar se eles não forem respeitados, lembrando que as operadoras se mantêm como campeãs de queixas nas entidades de defesa do consumidor por má prestação de serviços.
Os detalhes sobre os direitos do consumidor previstos no regulmento estão no site da Anatel.

Fonte: Sabrina Craide - Repórter da Agência Brasil
Postado por: Claudinara Glienke
+ Mais Informações ››››››

Saúde divulga esta semana diretrizes para tratamento do transtorno bipolar

O Ministério da Saúde deve publicar esta semana as diretrizes terapêuticas para o diagnóstico, tratamento e acompanhamento do transtorno bipolar. A forma mais grave da doença, considerada um transtorno afetivo, afeta cerca de 2 milhões de brasileiros.
Segundo o secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Jarbas Barbosa, o novo protocolo vai unificar a atenção dada à doença em todo o país e, com isso, facilitar a sua identificação por médicos da atenção básica, que deverão encaminhar o paciente para o tratamento adequado, oferecido nos centros de Atenção Psicossocial.
A doença se manifesta em fases que alternam a hiperexcitabilidade e a agitação com profunda tristeza e depressão. A duração de cada fase varia de pessoa para pessoa, podendo durar horas, dias, meses e até anos. Um complicador para a pessoa portadora do transtorno surge quando as duas fases se misturam, o chamado estado misto.
A publicação também deve trazer a incorporação de cinco medicamentos para o tratamento do transtorno bipolar. Clozapina, lamotrigina, olanzapina, quetiapina e risperidona são remédios usados para outros fins na rede pública, mas que até o fim do semestre devem estar disponíveis também para esse transtorno afetivo. A expectativa é que em 2015 cerca de 270 mil pessoas sejam beneficiadas com o tratamento. O investimento este ano será cerca de R$ 90 milhões com os medicamentos.
Segundo a professora de psiquiatria da Universidade de Brasília Maria das Graças de Oliveira, a incorporação dos remédios deve ser comemorada, já que o tratamento é essencial para que o paciente tenha qualidade de vida. ”A falta desses medicamentos acaba fazendo com que os médicos prescrevam produtos mais antigos, menos específicos e que, portanto, têm mais efeitos colaterais”.
A especialista explica que não há cura para o transtorno bipolar, mas, se o paciente seguir o tratamento de forma adequada, pode passar anos sem apresentar crise. Ela alerta que muitos deixam de tomar os remédios quando se sentem bem, correndo o risco de ter uma crise mais agressiva depois desse intervalo.

Fonte:Aline Leal - Repórter da Agência Brasil
Postado por: Claudinara Glienke
+ Mais Informações ››››››

Jornal dos Trabalhadores - Rio Grande do Sul - Edição 692 do dia 10 de março de 2015

Ouça nesta edição:
Brasil ainda depende do modal rodoviário;
Em função de greve, apenas agências bancárias maiores devem abrir;
Novas regras da Anatel começam a vigorar nesta terça;
Grupo de Caminhada de Vila Cascata Horizontina melhora qualidade de vida das pessoas;
Safra de milho poderá ser uma das melhores da história do Rio Grande do Sul.
+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!