sexta-feira, 16 de maio de 2014

MP denuncia 14 pessoas na 5ª fase da Operação Leite Compen$ado

No total, Ministério Público citou ocorrência de 69 crimes de adulteração do produto

O Ministério Público do Rio Grande do Sul, nesta sexta-feira, ao Judiciário, denúncia contra 14 pessoas por envolvimento em fraude do leite desarticulada pela quinta fase da Operação Leite Compen$ado, deflagrada na semana passada. Foram presos os proprietários da Pavlat, Ércio Vanor Klein; da Hollmann, Sérgio Seewald; e o responsável pela política leiteira da Hollmann, Jonatas William Krombauer. Os três responderão por adulteração de produto alimentício. Também foram denunciados 11 transportadores ligados às indústrias investigadas pelo MP. No total, o promotor Mauro Rockenbach apontou a ocorrência de 69 crimes. Conforme ele, esse foi o total de adulterações verificadas nesta etapa. A pena para cada crime varia de quatro a oito anos. O proprietário e o funcionário da Hollmann responderão por 45 crimes cada e o dono da Pavlat por 24.

O promotor fala que a responsabilidade ocorre tanto pelos transportadores, que levaram leite impróprio para as indústrias, quanto pela Pavlat e Hollmann, que diluiram os produtos para venda. Segundo ele, não é possível saber em qual etapa do processo ocorreu a adição de produtos, mas laudos confirmaram que a acidez do leite cru era corrigida usando produtos como citrato, soda cáustica, bicarbonato de sódio e água oxigenada.

Segundo o MP, pelo menos 1 milhão de litros de leite foram adulterados pela Pavlat e Hollmann. Os lotes identificados foram retirados de circulação. O Ministério da Agricultura colocou as duas indústrias em Regime Especial de Fiscalização (REF). Durante o prazo de vigência do regime especial, as ações de inspeção nas empresas serão intensificadas e nenhum produto vai poder ser liberado para venda até que resultados de análises oficiais de cada lote produzido demonstrem estar em conformidade com os padrões.

Veja a lista de denúncias por adulteração de leite:

Sergio Alberto Seewald, proprietário da Hollman – 45 denúncias
Jonatas William Kronbauer, funcionario Hollman – 45 denúncias
Ércio Vanor Klein, proprietário da Pavlat – 24 denúncias
Luciano André Petry, transportador – 14 denúncias
Fábio Gustavo Lohmann, transportador – 10 denúncias
Claudio José Richter, transportador – 4 denúncias
Olécio Jose Muller, transportador – 4 denúncias
Décio Bruxel, transportador – 3 denúncias
Carlos Eduardo Delavy, transportador- 2 denúncias
José Rodrigo Scherer, transportador – 2 denúncias
Dirceu Lutterbeck, transportador – 2 denúncias
José Omar Pedersini, transportador – 2 denúncias
Maicon De Conto, transportador – 1 denúncia
Aldacir José Barro, transportador – 1 denúncia

Fonte: Camila Kila / Rádio Guaíba
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Enem chega a mais de 2 milhões de inscritos

A edição de 2014 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já recebeu mais de 2 milhões de inscrições. O balanço do total até o meio-dia foi divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). As inscrições estão abertas desde segunda-feira (12) e se encerram no próximo dia 23, pela internet.
O exame será realizado nos dias 8 e 9 de novembro. O valor da taxa de inscrição é R$ 35 e deve ser pago até 28 de maio. Alunos de rede pública e pessoas com renda familiar de até 1,5 salário mínimo são isentos.
Neste ano, há novidades no processo de inscrição. Travestis e transexuais poderão ser identificados pelo nome social nos dias e locais de realização das provas. Para isso, é preciso fazer o pedido, pelo telefone 0800-616161. Para evitar ausências, o Inep vai enviar uma mensagem aos inscritos no ano passado que não fizeram a prova. Eles serão alertados de que não fazer o Enem leva ao desperdício de recursos públicos.
Para se preparar, o aluno pode acessar o aplicativo Questões Enem, um banco de questões da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) que reúne as provas de 2009 a 2013. O acesso é gratuito.
Fonte: Agência Brasil - EBC
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Informativo da Crehnor edição do dia 16 de maio de 2014






Fonte:Jorge André Rogerio
Postado por:Elisete Bohrer

+ Mais Informações ››››››

Aceita denúncia contra quatro suspeitos da morte de Bernardo

Responderão a processo criminal o pai, a madrasta, a amiga e o irmão dela

O  juiz de Três Passos, Marcos Luís Agostini, recebeu nesta sexta-feira a denúncia do Ministério Público (MP) contra os quatro suspeitos de envolvimento na morte do menino Bernardo Boldrini. Responderão a processo criminal como réus o pai do garoto, Leandro Boldrini, a madrasta, Graciele Ugulini, a assistênte social, Edelvânia Wirganovicz e o irmão dela, Evandro Wirganovicz.



O juiz também autorizou o pedido de diligências efetuado pelo MP e manteve a prisão temporária de Evandro Wirganovicz, detido em 10 de maio para apuração de participação nos fatos. No documento, Agostini afirma que a defesa não apresentou fato novo para justificar a revogação da prisão e que o prazo de 30 dias da prisão temporária ainda não está esgotado.

O MP denunciou Leandro Boldrini, Edelvânia Wirganovicz e Graciele Ugulini por homicídio quadruplamente qualificado e ocultação de cadáver. Segundo os promtores Marcelo Dornelles e Dinamárcia Maciel, que concederam entrevista coletiva nessa quinta-feira, Leandro seria o mentor da morte do filho. Evandro Wirganovicz, irmão de Edelvânia, foi denunciado por ocultação de cadáver.

O desaparecimento
O corpo do menino Bernardo Uglione Boldrini, 11 anos, natural de Três Passos, foi encontrado na noite de 14 de abril no interior de Frederico Westphalen, no Norte gaúcho. A criança ficou desaparecida por 10 dias. De acordo com informações do pai, o médico Leandro Boldrini, Bernardo teria saído de casa para dormir na casa de um amigo, mas nunca chegou à residência do vizinho.

A operação para encontrar o menino mobilizou o Corpo de Bombeiros, a Brigada Militar e a Polícia Civil. O cadáver estava dentro de um saco, nu, enterrado em uma área de mato numa propriedade rural. A família vivia em Três Passos, distante cerca de 100 quilômetros do local onde o corpo foi encontrado.

A titular da Delegacia de Três Passos, delegada Caroline Bamberg Machado, cuidou do caso desde o desaparecimento até a entrega do laudo final ao Ministério Público, na terça-feira.
Fonte: Correio do Povo
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Anvisa estuda liberar uso controlado de produtos à base de maconha

Tema será debatido pela diretoria colegiada em reunião prevista para o dia 29 de maio

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou nesta sexta que está discutindo o reenquadramento da substância canabidiol, derivada da maconha e que atualmente integra a lista de substâncias proscritas no país.

"Um novo enquadramento seria necessariamente para uma categoria de produto controlado, semelhante a que já se adota para outros medicamentos de uso controlado no país", informou a agência, por meio de nota.

Ainda de acordo com a Anvisa, o tema será debatido e deliberado pela diretoria colegiada em reunião pública. A próxima reunião está prevista para acontecer no dia 29 de maio.

O assunto ganhou repercussão depois que o juiz Bruno César Bandeira Apolinário, da 3ª Vara Federal do Distrito Federal, autorizou uma mãe a importar um remédio com princípio ativo do canabidiol. O medicamento não tem venda permitida no Brasil e era importado ilegalmente por Katiele Fischer para tratar crises convulsivas da filha de 5 anos.

Com base na melhora da menina com o tratamento alternativo e com o aval dos médicos, o magistrado decidiu proibir a Anvisa de impedir a importação do medicamento, mas destacou que a decisão vale apenas para o caso da família Fisher.
Fonte: Agência Brasil
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Desarticulada quadrilha gaúcha que agia em cinco Estados

Grupo de estelionatários aplicava o golpe do bilhete premiado

Foi desarticulada na manhã desta sexta-feira, durante a operação Golpe do Bilhete, uma quadrilha gaúcha de estelionatários que agia em cinco estados. A ação foi de agentes do Departamento de Investigações Criminais (Deic) da Policia Civil de Florianópolis (SC), com apoio de policiais da 1ª Delegacia de Policia de Passo Fundo, no Norte do Estado.

Quatro pessoas, com prisão preventiva decretada pela Justiça de Florianópolis, foram detidas. Outro integrante do grupo foi preso em Canela, na Serra gaúcha. Ele já estava preso, mas recebeu um novo mandado de prisão preventiva. Durante a operação ainda foi presa uma mulher em flagrante por porte ilegal de arma. Os policiais acharam em posse da mulher uma pistola calibre 380.

O titular do Deic de Florianópolis, delegado Walter Watanabe, disse que a quadrilha vinha sendo investigada desde o ano passado. Segundo ele, os golpistas teriam dado prejuízo às vítimas no valor de R$ 1 milhão em jóias, dólares e dinheiro. O delegado informou ainda que a polícia identificou 15 vítimas do golpe do bilhete premiado em Florianópolis e Balneário Camboriú. Walter Watanabe revela que a quadrilha tinha como base Passo Fundo, mas atuava em vários estados como Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul, inclusive alguns integrantes já tinham estado presos.

Com os grupo, os policiais apreenderam jóias de vítimas dos golpistas. Os quatro presos serão levados para o presídio estadual de Florianópolis.
Fonte: Acácio Silva / Correio do Povo
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Jornal da Liberdade edição do dia 16 de maio de 2014

Apresentado por:Elisete Bohrer


Por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Programa Falando em Saúde


No programa Falando em Saúde,tivemos a presença da Enfermeira Andressa Cé, levando informações a população de trespalmeirense,confira o programa em áudio:










Fotos:Claudinara Glinke
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Três Palmeiras - Abertura da Taça COTRISAL de Futsal 2014

Ontem, foi realizada em Três Palmeiras a rodada de abertura da Taça Cotrisal 2014.
Um excelente público esteve presente, assistindo dois jogos muito disputados, demostrando
a importância da competição
 
Confira os resultados:
 
Chave A (Masculino)
1- Três Palmeiras
2- Gramado dos Loureiros
3- Boa Vista das Missões
4- Novo Xingu
5-Palmeiras das Missões


                1 Três Palmeiras 4 X 3 Boa Vista Das Missões 3
2 Gramado dos Loureiros 1 X 0 Novo Xingu 4
Folgou 5: Palmeira das Missões

Hoje, dia 16 de maio (sexta-feita), início às 19h e 20min., mando de quadra São José das Missões, local dos jogos ginásio de Linha Cescon, em Sarandi:
 
Chave B (Masculino e Feminino)
1-Rio dos Índios
2- Barra Funda
3- Constantina
4- Nonoai
5- São José das Missões

1ª Fase

                     5 São José das Missões  (fem)     X     Rio dos Índios  (fem) 1  
                 5 São José das Missões   (masc)     X     Rio dos Índios  (masc)   1 
                                    2  Barra Funda   (fem)      X     Nonoai  (fem)  4
                                  2   Barra Funda  (masc)     X     Nonoai  (masc)   4
                                                    Folgará 3: Constantina



Fonte: Ledinara Piran 
Postado por:Elisete Bohrer 
 


























Fotos: Eloidemar
+ Mais Informações ››››››

Três Palmeiras - ACI realiza reunião da Campanha 1ª LIQUIDA TRESPA



Nos dias 06,07 e 08 de junho  acontece  o 1º Liquida Trespa  em Três Palmeiras , o 1º Liquida Trespa  é uma exclusividade dos comércios sócios da ACI . Quem comprar nos comércios sócios estarão concorrendo a mil reais em vale compras  o sorteio acontece no domingo dia 08  de junho.




Texto:Elisete Bohrer





+ Mais Informações ››››››

Erechim - Mãe de Aluno ameaça agredir professora

No início da manhã desta quinta-feira (15), uma professora de uma escola do município de Erechim, no Norte do RS acionou a BM solicitando o comparecimento de uma Guarnição para registro de uma ocorrência de ameaça.
A Brigada Militar compareceu ao local e a professora relatou que a mãe de um aluno veio até seu local de trabalho, proferiu ameaças de agressão, lhe ofendendo com palavras de calão.
Segundo a professora, o aluno, filho da mulher que proferiu as ameaças, é violento e desrespeitoso tanto com os professores, quanto aos demais alunos.
A acusada não estava presente no momento da chegada dos Policiais. O registro será remetido à área judiciária para representação.
Fonte: NorteRS com informações da BM de Erechim
Postado por:Elisete Bohrer
+ Mais Informações ››››››

Líder caingangue alerta para arrendamento ilegal

Cacique Amandio Vergueiro, 75 anos, diz que a prática enfraquece o movimento de retomada de áreas dos agricultoresAmandio Vergueiro, 75 anos, vive em um acampamento à beira da estrada entre Passo Fundo e Pontão.Foto: Carlos Macedo / Agencia RBS.Líder caingangue alerta para arrendamento ilegal Carlos Macedo/Agencia RBS.
Amandio Vergueiro, 75 anos, vive em um acampamento à beira da estrada entre Passo Fundo e Pontão.
Foto: Carlos Macedo / Agencia RBS 
Respeitado pelos jovens guerreiros, escutado pelos velhos da tribo e temido pelos agricultores, o cacique Amandio Vergueiro, 75 anos, compara o arrendamento clandestino de terras das áreas indígenas para colonos como uma peste que está levando os caingangues à extinção.

— Retomar a nossa terra dos agricultores pequenos e arrendá-las para os grandes é uma prática que vem se espalhando entre os índios. Isto tira a seriedade da nossa luta — protesta Vergueiro, cacique do acampamento Butiá, que fica à beira da estrada entre as cidades de  Passo Fundo e Pontão.
O arrendamento ilegal de áreas indígenas perfila-se entre os principais alimentadores da disputa agrária entre índios e colonos. Para arrendar as terras, as lideranças das tribos acabam expulsando famílias da área. As famílias acabam formando acampamentos em beiras de estradas, que se tornam foco de tensão agrária.
O cacique não é único a falar sobre o assunto. Há vários documentos governamentais e da própria Fundação Nacional do Índio (Funai) que apontam nesta direção, como um da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) do Estado, de maio do ano passado, que recomenda: "Ação conjunta entre os governos do Estado e Federal visando coibir os arrendamentos em áreas indígenas, situação que acaba beneficiando alguns indígenas e alguns agricultores, gerando mais exclusão e demandas por novas áreas".

Assunto tabu

Entre os caciques, a questão do arrendamento ilegal é um assunto tabu, principalmente entre os envolvidos nos conflitos agrários de retomada de área dos agricultores. Zero Hora conversou com vários deles, que concordaram em falar sobre o assunto, mas pediram que seus nomes fossem omitidos. Em linhas gerais, eles falam que o arrendamento ilegal acontece devido ao somatório de dois fatores: a pressão econômica feita pelos arrendatários e a miséria em que vivem as famílias indígenas.
Muito embora a posição de Vergueiro seja isolada, entre os indígenas ela é respeitada devido à história do cacique. Ele foi um dos líderes da retirada de 1,5 mil famílias de agricultores intrusos da Reserva Indígena de Nonoai, em 1978, e também esteve presente nas principais lutas de retomada de áreas, como a da Reserva da Serrinha, em Ronda Alta, nos anos 90.
Ninguém sabe exatamente a quantidade de arrendamentos clandestinos de terras indígenas existentes no Rio Grande do Sul — onde os índios têm em torno de 80 mil hectares, sendo cerca de 30 mil deles áreas retomadas dos brancos, segundo dados da Funai. A Polícia Federal (PF) de Passo Fundo regularmente recebe denúncias sobre arrendamentos em terras indígenas na região norte do Estado. No momento, há investigações preliminares relacionadas às denúncias.
Até agora, nas várias investigações feitas pela PF em todo o estado, a maior dificuldade dos agentes é conseguir desmascarar os contratos frios de assistência técnica e cooperação agrícola feitos entre arrendatários e índios para camuflar situações ilegais.
Fonte: Carlos Wagner 14/05/2014 | 16h08 Em Zero Hora
+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!