quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Cachoeira do Sul- Homem é suspeito de matar mulher e dormir ao lado do corpo no RS

Ele foi preso em flagrante por ocultação de cadáver em Cachoeira do Sul.
Delegado pediu prisão temporária para investigar o possível assassinato.
A Polícia Civil investiga a morte de uma mulher de 33 anos dentro da residência onde vivia com o companheiro em Cachoeira do Sul, na Região Central do Rio Grande do Sul. O homem, da mesma idade, foi preso preventivamente por ocultação de cadáver. O delegado responsável pelo caso, Celso dos Santos Tavares, suspeita que ele também tenha matado a vítima e dormido por dois dias ao lado do corpo, e solicitou à Justiça a prisão temporária por 30 dias.
"Ele está preso por ocultação de cadáver, e foi representado por prisão temporária de 30 dias para que possamos evoluir nas investigações, porque em um primeiro momento ele negou que tenha matado, apesar de comentar fora dos autos que a empurrou e ela bateu a cabeça na cama. Mas quando prestou depoimento com a presença de um advogado, disse que só falaria em juízo", explicou o delegado. "A suspeita é que por duas noites ele posou na mesma cama", acrescentou.
A polícia foi acionada no final da manhã da última segunda-feira (16) por moradores que afirmaram ter sentido um cheiro forte de decomposição na residência do casal no bairro Ponche Verde, na Zona Norte do município. Uma necropsia deverá indicar a data do crime. "Deve ter sido de quinta para sexta da semana passada, pois uma testemunha disse ter visto ela viva na mesma data", afirmou Tavares.
O homem foi encontrado com ferimentos no corpo, possivelmente causados por vizinhos revoltados com a morte da mulher. "Trouxeram ele rápido à delegacia para evitar que algumas pessoas o agredissem", disse o delegado. Com o suspeito, foi encontrado um facão sujo de sangue e com cabelos presos.
O homem tem antecedentes por furto e roubo. Reforça a suspeita da polícia o fato de que a mulher já havia obtido uma medida protetiva contra o homem. "Também se manifestou que havia uma tendência de ciúme, havia a Lei Maria da Penha, e os dois bebiam e usavam crack", acrescentou. A polícia aguarda o resultado da necropsia.
Fonte:Do G1 RS
Postado por:Elisete Bohrer

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens que talvez você não viu!!!