sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Lavouras de trigo apresentam bom potencial produtivo no Rio Grande do Sul

Com cerca de 40% das lavouras em fase de enchimento de grãos, a cultura do trigo vem apresentando bom potencial produtivo nas principais regiões produtoras do Rio Grande do Sul, mesmo com as condições adversas registradas durante o plantio do cereal.
O aspecto das áreas cultivadas, conforme o Informativo Conjuntural divulgado pela Emater/RS-Ascar nesta quinta-feira (25), melhorou bastante nas últimas semanas, apresentando espigamento uniforme e bom tamanho de espigas. Algumas lavouras, especialmente nas Missões e na Fronteira, já apresentam adiantado estado de maturação. Atualmente, 4% da área semeada com trigo estão nesta fase.
Devido à alta umidade relativa do ar registrada em alguns momentos, os triticultores continuam realizando o monitoramento das lavouras para verificar a incidência de doenças ou mesmo eventuais pragas e a aplicação de fungicidas, o que tem aumentado os custos de produção.
A expectativa de produtividade inicial, baseada na tendência observada nos últimos anos, ainda está mantida em 2735 kg/ha, embora os produtores projetassem rendimentos maiores ao implantarem a cultura, principalmente devido ao nível tecnológico por eles empregado nesta safra.
No momento, o preço do trigo é avaliado como abaixo do custo de produção para muitos produtores, o que transfere ao mercado uma sensação de desestímulo. Durante o último período, as cotações da saca de 60 kg do cereal ficaram entre R$ 24,00 e R$ 29,00. A média, em âmbito estadual, ficou em R$ 25,31.
Texto: Júlio Fiori
Heloise Santi
Central do Interior
Diretoria de Jornalismo/SECOM
Telefones (51)3213-0787

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens que talvez você não viu!!!