quinta-feira, 17 de julho de 2014

Preço da erva-mate fica estável

Recentemente, muitos gaúchos ficaram assustados quando iam até o supermercado e olhavam os preços na prateleira onde ficam os pacotes de erva-mate. O preço pago pelo quilo do produto teve uma alta, em virtude da falta de matéria-prima.
Por mais que o preço ainda continue queimando a língua dos apreciadores da bebida típica do Rio Grande do Sul, o valor pago pelo pacote teve uma redução em comparação ao final do ano passado e não sofre com tantas alterações.
Quem não fica sem o chimarrão, percebeu a diferença nos preços. “O preço não está baixo, mas, ao menos, deu uma estabilizada.
Fonte:Redação Carazinho
 Postado por:Elisete Bohrer

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens que talvez você não viu!!!