segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Rio Grande do Sul pode ter neve na madrugada de quarta-feira



Baixas temperaturas e sistema de baixa pressão dão condições para a ocorrência do fenômeno
Pode ser que gaúchos e catarinenses sejam surpreendidos pela neve nesta primeira semana de primavera no hemisfério sul. Como no ano anterior, a estação começou com temperaturas baixas e a possibilidade do fenômeno não está descartada para as regiões serranas dos dois estados do sul do país, entre a noite de terça e a madrugada quarta-feira.

O alerta foi emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) nesta segunda-feira. De acordo com a meteorologista Márcia Seabra, a entrada de uma frente fria pelo oeste do Rio Grande do Sul, associada a um sistema de baixa pressão no litoral gaúcho, dá condições tanto para neve quanto para a chuva congelada (abaixo, entenda a diferença dos fenômenos).

— No entanto, ainda que haja a possibilidade de neve, o fenômeno não deve ter a mesma intensidade de quando ocorreu no inverno deste ano — afirma a meteorologista.

Em 2013, a primeira semana de primavera no Rio Grande do Sul foi marcada pela queda de neve em São José dos Ausentes, São Francisco de Paula e Bom Jesus.


Diferenças

Dois fenômenos climáticos do frio:

- Neve: quando as nuvens se encontram com temperatura inferior a 0°C. O vapor de água se condensa, formando cristais de gelo, que podem apresentar formas variadas. Os flocos de gelo são mais leves do que as gotas de chuva e, ao chegarem à superfície, se mantêm no formato de gelo.

- Chuva congelada: é quando a chuva se congela em algum momento na viagem da nuvem até a superfície, virando líquido novamente assim que entra em contato com algum material.
 Fonte:ZERO HORA
Postado Por: Alcione Gondorek

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens que talvez você não viu!!!