Nossos Parceiros

quarta-feira, 12 de abril de 2017

PRF inicia Operação Semana Santa nesta quinta-feira

A Polícia Rodoviária Federal inicia a partir desta 5ª feira dia 13/04, em todo o Brasil, a Operação Semana Santa 2017. A mobilização termina no domingo, dia 16/04, às 23h59min. Este será o primeiro de três fins de semana seguidos com feriado prolongado. Nos próximos dois, teremos feriados de Tiradentes e Dia do Trabalho.

A PRF estima que o fim de semana de maior aumento no fluxo das estradas será o da Páscoa, devido à forte tradição deste celebração religiosa. Outro motivo é a Semana do Turismo no Uruguai, momento em que muitos turistas daquele país aproveitam pra viajar ao Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Por isso, o fluxo de veículos durante a Semana Santa deve ser mais intenso no sentido litoral - interior nesta quinta e sexta feiras, na saída do feriadão, e no sentido interior - litoral na volta pra casa, domingo à tarde e à noite.

A operação visa, além da diminuição do número e letalidade dos acidentes, garantir segurança e fluidez do trânsito aos usuários das rodovias federais e contará com atividades para diminuir a acidentes relacionados ao excesso de velocidade, à alcoolemia ao volante, ao uso inadequado do cinto de segurança e às ultrapassagens indevidas. Com ajuda dos condutores e de toda a sociedade, a PRF espera reduzir as o números de ocorrências em relação aos registrados na Operação Semana Santa de anos anteriores:

Ano            2014 2015 2016

Acidentes    312 256 166

Feridos        170 190 123

Mortos          13 09 06

A PRF contará com o reforço de policiais rodoviários federais lotados em outros estados que virão para SC, participar da operação. Eles vão se juntar ao Grupo de Motociclismo Estadual (GME) e o Núcleo de Operações Especiais (NOE), que vão atuar todos os dias do feriadão. No Rio Grande do Sul ainda não foi divulgado os números de efetivo para o feriadão.

O planejamento das ações da PRF na Operação levaram em consideração a análise de dados estatísticos com foco no comportamento dos motoristas e nas características dos acidentes graves, ou seja, acidentes que resultem em vítima fatal ou vítimas ferida gravemente. A análise permitirá a otimização dos recursos humanos e materiais da instituição, focando a fiscalização em pontos e horários críticos para coibir comportamentos de risco como: ultrapassagens indevidas, excesso de velocidade e a mistura fatal de álcool e direção.

Apesar da presença policial, o principal responsável em reduzir os acidentes será, evidentemente, o condutor. Por isso, a PRF pede muita conscientização e cordialidade aos motoristas, lembrando que um veículo automotor pode se transformar em arma se for mal utilizado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens que talvez você não viu!!!

Nossos Parceiros