terça-feira, 1 de outubro de 2013

Suspeito de abusar de criança está em cela reservada no Presídio Central

Menina de sete anos está internada em estado grave no HPS de Porto Alegre

O suspeito de abusar e agredir uma menina de sete anos está em uma galeria reservada no Presídio Central, em Porto Alegre, específica para quem comete este tipo de crime. Segundo o titular da 4ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (4ª DPHPP), delegado Rodrigo Garcia, junto aos demais o jovem de 18 anos correria risco de vida.

A garota está em estado grave no Hospital de Pronto Socorro (HPS) da Capital. Ela foi violentada e espancada nessa segunda-feita pelo jovem que era namorado de uma tia.  A criança foi encontrada dentro de um matagal na estrada Kanazawa, no bairro Vila Nova, na zona Sul. O suspeito foi preso pelo 19º Batalhão de Polícia Militar (BPM) na casa dos pais na Quinta do Portal, bairro Lomba do Pinheiro, na zona Leste.

Segundo o delegado Rodrigo Garcia, o rapaz admitiu o crime e teria agido por vingança contra a tia da vítima, uma jovem de 23 anos, com quem havia brigado horas antes. “Foi um horror”, resumiu o delegado em relação ao que sofreu a criança.

Conforme o titular da 4ª DPHPP, a menina não tem pai reconhecido e foi abandonada pela mãe quando tinha um ano de idade, sendo então criada pela avó na casa onde também mora a tia. De acordo com testemunhas, o suspeito foi visto entrando com a menina no matagal e mais tarde saindo sozinho. “Ela foi chamada por ele”, observou o delegado Rodrigo Garcia.

Ao abusar da criança, ela começou a gritar e ele desferiu pauladas na sua cabeça, imaginando inclusive que havia a matado e por isso não seria identificado. No final da tarde de segunda-feira, a avó registrou o seu desaparecimento. O 1º BPM foi acionado e realizou buscas que duraram toda a noite, sendo finalmente encontrada a criança desacordada no matagal.

Fonte: Correio do Povo e Rádio Guaíba
Postado por:Elisete Bohrer

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens que talvez você não viu!!!