terça-feira, 29 de maio de 2018

Depois da carne e do leite, impacto da greve chega aos grãos

Após atingir em cheio a indústria de proteína animal, a de leite e a produção de hortifrutigranjeiros, a mobilização dos caminhoneiros começa a impactar o mercado de grãos.

Empresas têm saído da posição de compra, e a incerteza quanto ao frete e ao tempo de entrega está freando vendas de soja e de milho. bA informação foi publicada pela Rádio Gaúcha.

– Ninguém entra no mercado sem saber essas duas variáveis. Freou completamente os negócios com grãos – afirma Carlos Cogo, consultor em agronegócio.

A Associação das Empresas Cerealistas do Rio Grande do Sul (Acergs) enviou documento no qual sugere que os associados suspendam temporariamente as compras de grãos. A orientação vale até que o mercado fique mais claro, explica o presidente da entidade, Vicente Barbiero:

– Na semana passada, a situação estava tranquila. O grande problema é que as agroindústrias não estão comprando.

Fonte: Rádio Gaúcha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens que talvez você não viu!!!