Nossos Parceiros

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Polícia segue nas buscas ao bando que assaltou bancos em Fontoura Xavier

Após uma tarde de verdadeiro terror vivenciado pela comunidade de Fontoura Xavier, a cidade e as redondezas estão movimentadas por guarnições policiais da Brigada Militar e da Polícia Civil que seguem nas buscas aos criminosos que assaltaram o Banco do Brasil e Banrisul nessa segunda-feira (07/08).

Conforme o delegado Guilherme Pacífico, são diversos subsídios que estão compondo a investigação e uma equipe do Departamento Estadual de Investigações Criminais também já está atuando na identificação da quadrilha.

Relato do delegado João Paulo Abreu, da delegacia de roubos do DEIC, informa que pelo “modus operandi”, a principal hipótese é que o assalto tenha sido cometido pelos mesmos indivíduos que atacaram as mesmas agências em março deste ano.

O ASSALTO

A polícia já analisa imagens de câmeras bem como depoimentos das pessoas que viram e que foram usadas no escudo humano feito pelos cinco homens, que fortemente armados e encapuzados, fizeram o assalto simultaneamente nas agências. Além das armas, os bandidos usaram ferramentas como machados para entrar nos bancos.

Ao fugir, o bando utilizou dois carros: um Chevrolet Cruze, um Honda HRV que foram encontrados queimados logo depois em uma estrada vicinal há cerca de 3 km da cidade, em Linha São Roque. Um terceiro veículo, Honda Civic preto, que teria sido usado pelo grupo, foi encontrado também incendiado no início da noite em uma estrada vicinal nas proximidades da BR-386, na comunidade de Ponte Tigela. Todos os veículos teriam sido roubados na serra gaúcha.

Durante o assalto, cerca de 30 pessoas foram usadas em um escudo humano. Os reféns que foram levados pelos bandidos foram liberados em seguida, sem ferimentos. Entre os que foram levados estava inclusive um vereador do município.

Logo após o crime, a Polícia suspeitou da movimentação de um caminhão e também de um carro encontrado a BR-386, porém em abordagem a Polícia não constatou anormalidade. Já em Putinga, um casal encontrado em atitude suspeita e residente da serra gaúcha foi levado até a delegacia e após averiguações e comprovarem ter ligação familiar com Putinga os mesmos foram liberados.

As agências assaltadas estão sem atendimento ao público nesta terça-feira (08/08).

Fonte: Clic Soledade - Fernando Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens que talvez você não viu!!!

Nossos Parceiros