Nossos Parceiros

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Exame de DNA confirma estupro do pai contra a filha em Itacurubi

Foto: divulgação/PC
A Polícia Civil de Santiago recebeu há poucos dias o resultado de um exame de DNA realizado com amostras de sangue deVolmar Batista da Silveira Resmini, de 45 anos, o "Toco Resmini" como é conhecido, e o material genético coletado em curetagem uterina de sua filha de 16 anos. O resultado foi positivo, apontando que o produto de curetagem retirado da adolescente coincide com o perfil genético do pai dela, ou seja, o pai engravidou a filha que era vítima de estupro incestuoso.


A gravidez da adolescente veio a tona no começo do mês de abril, mas a investigação da Polícia Civil apontou que a vítima era estuprada pelo pai desde os 14 anos, quando foi morar com ele em Itacurubi. Em 25 de abril, ocorreu a remoção do embrião pois ele não apresentava batimentos cardíacos e havia risco à saúde da adolescente. O material coletado na remoção permitiu a realização do exame de DNA.

No dia 20 de abril, "Toco Resmini" foi preso pela Polícia Civil e encaminhado para o Presídio Estadual de Santiago onde continua. Poucos dias depois, outra filha dele, hoje com 21 anos, procurou a Polícia e denunciou que quando tinha aproximadamente 11 anos também era estuprada pelo pai.

O inquérito policial foi concluído e remetido ao Poder Judiciário no final do mês de abril, indiciando o acusado pelo estupro das duas filhas, bem como pelo crime de tentativa de estupro já que ao saber da gravidez da filha teria permitido que sua companheira obrigasse a garota a tomar um chá abortivo. A mulher também foi indiciada por tentativa de aborto, porém não foi presa.
Fonte: Blog Rafael Nemitz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens que talvez você não viu!!!

Nossos Parceiros