Nossos Parceiros

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Bicicletário: saudável, divertido e gratuito

Foto Giulianno Oliva
Trilhas em meio à natureza, pracinha, academia ao ar livre, biblioteca, churrasqueiras... Não faltam opções de lazer a quem visita o Parque Municipal Longines Malinowski, o popular Mato da Comissão. Há, no entanto, mais um item nesta lista de atividades que anda um pouco esquecido de muitos frequentadores do local. Implantados no projeto de revitalização do parque, em agosto do ano passado, o bicicletário e a ciclofaixa foram grandes "sensações" assim que inaugurados, mas ultimamente já não são tão utilizados como antes, mesmo em finais de semana, quando o movimento no parque é maior.

O jornal Bom Dia levou até o Parque Longines Malinowski o ciclista Nei Zulian, integrante da Associação Ciclística Pé no Pedal, para um "test-drive" tanto da pista quanto das bicicletas, além de incentivar a prática deste exercício.

Ideal para iniciantes

"O pessoal tem que aproveitar mais essa ciclofaixa, principalmente quem está iniciando a pedalar. O iniciante tem que começar aos poucos para não correr o risco de ter contrariedade ao ciclismo", afirma Zulian. Com 2 km de extensão (exatos 500 metros por lado do parque), a pista não é 100% plana, mas não oferece grandes dificuldades, nem mesmo a quem não é muito familiarizado com a bicicleta. "É só deixar a marcha baixa para girar bastante, não gera desgaste aos músculos. Aos poucos a resistência vai aumentando", completa.

Ao todo, são 20 bicicletas que o parque disponibiliza gratuitamente para a comunidade. Esse equipamento, segundo Zulian, também é adequado a quem deseja iniciar a prática do ciclismo. "É uma bicicleta para passeios curtos, não é para fazer pedais mais longos. Mas para iniciar é tranquilo", diz o ciclista, que elogia, ainda, a localização da ciclofaixa. "Estamos no centro da cidade, e, apesar da poluição sonora e da poluição dos carros, pedalar ao lado do mato ameniza muito. A gente percebe o quanto o ar é mais puro, isso beneficia bastante", destaca.

Algumas melhorias necessárias
Embora reconheça a importância da ciclofaixa como um meio de proporcionar exercício físico gratuito, Zulian acredita que algumas melhorias devem ser realizadas para que os praticantes possam ter uma experiência mais proveitosa. "O horário [ver box] é um pouco ruim. Durante a semana, no inverno, já é escuro e muitas vezes frio", comenta o ciclista, que, em uma rápida avaliação nas bicicletas, constatou alguns problemas que, segundo ele, seriam evitados com uma manutenção mais frequente. "Elas precisam de uma manutenção geral para uma durabilidade maior, e seria importante ter ferramentas para regulagem dos bancos. Se o banco não estiver adequado ao tamanho da pessoa, fica incômodo", avalia.

Como fazer para utilizar o local?

A carteirinha para utilização das bicicletas deve ser feita na Biblioteca Pública Municipal Dr. Gladistone Osório Mársico, na Avenida Pedro Pinto de Souza, 100. A documentação solicitada consiste em:

- RG e CPF (originais e cópias);
- Comprovante de residência (original e cópia);
- Foto 3x4;
- Informações adicionais, como tipo sanguíneo e plano de saúde.

Horário de utilização

- Terças à sextas, das 18h30 às 20h;
- Sábados, a partir do meio-dia;
- Domingos, todo o dia.

Por Giulianno Olivar - jornalismo@jornalbomdia.com.br
Fonte: Jornal Bom Dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens que talvez você não viu!!!

Nossos Parceiros