Nossos Parceiros

terça-feira, 20 de junho de 2017

Padrasto é suspeito de estuprar e engravidar enteada em Soledade

Conselho registrou a ocorrência e encaminhou para Polícia Civil 
Foto: Dionatan Lamonato/Rádio Cristal
A Polícia Civil de Soledade está investigando o caso da adolescente de 14 anos, grávida de oito meses, que teria sido abusada pelo padrasto em Soledade.

O fato foi acompanhado pelo Conselho Tutelar de Soledade quando a mãe da adolescente chegou até a sede do órgão para registrar o fato.

Como se tratava de um crime, os conselheiros ouviram a mãe e a adolescente e encaminharam diretamente para a Polícia Civil de Soledade.

De acordo com o conselheiro Getúlio Prates Muniz, a mãe chegou até o Conselho com a sua filha de 14 anos e um outro filho de dois.

Lá, a mãe relatou que recentemente notou diferenças comportamentais com a filha de 14 anos e ao questioná-la, a menina teria afirmado que estava grávida e, quando perguntada quem seria o pai, a adolescente teria dito que seria seu padrasto.

A mãe, ainda conforme o conselho, informou que o padrasto teria confirmado para ela a relação sexual sem consentimento da adolescente.

Segundo a mãe, eles estariam juntos desde o primeiro ano de idade da adolescente abusada e tem outros três filhos. A mulher enfatizou que o homem ficava em casa com as crianças e trabalhava em empregos temporários.

A própria criança teria confirmado para o Conselho Tutelar que de um ano pra cá o padrasto começou a abusar sexualmente dela, mas os abusos teriam começado antes.

O padrasto deverá ser ouvido ainda nesta terça-feira, 20/06, pela Polícia Civil. A adolescente teria confirmado que não manteve relações sexuais com outro homem, e portanto, o padrasto seria o pai da criança. A mãe teria pedido o afastamento do homem de sua casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens que talvez você não viu!!!

Nossos Parceiros