Nossos Parceiros

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Confirmada quinta morte em decorrência das chuvas no Rio Grande do Sul

Jovem foi vítima de desabamento de uma residência durante o temporal em Vila Oliva | Foto: Ricardo Daneluz / Especial / Divulgação / CP
O jovem Émerson Cavalheiro de Moraes, de 20 anos, foi a quinta vítima fatal das chuvas que atingiram no Rio Grande do Sul nas últimas semanas. O rapaz estava internado desde a última quinta-feira no Hospital Pompéia, em Caxias do Sul, após ser atingido no desabamento de uma residência durante o temporal em Vila Oliva. Ele faleceu no final da manhã deste domingo, 11

Na mesma localidade, em Caxias do Sul, foi registrado o óbito de uma mulher de 79 anos ainda na quinta-feira. A casa de Claudina Rech Bertin também desabou durante a tempestade.

A Defesa Civil confirmou ainda a morte de outras três pessoas na última semana: em Liberato Salzano, no Norte gaúcho, um adolescente de 17 anos foi atingido por um raio. Na região Noroeste, em Jaboticaba, o agricultor José Davirlei Fagundes de Silva, de 46 anos, morreu afogado na quarta-feira, na Vila Amaral, junto à zona rural do município.

Já em Porto Alegre, o corpo de Karine Gonçalves, de 32 anos, segue desaparecido após deslizamento soterrar duas residências na rua da Represa, na Vila São José, na zona Leste. Na manhã deeste domingo, pelo quarto dia consecutivo, o Corpo de Bombeiros retomou as buscas utilizando cães farejadores e realizando escavações na região.

A mulher dormia em casa, que ficava próxima a um riacho, quando as águas subiram em função da forte chuva e derrubaram a residência. Já a companheira de Karine, Daiane Silva, foi arrastada por mais de 300 metros morro abaixo e resgatada com vida ainda na quinta-feira.

Moradores fora de casa

Mesmo com a trégua da chuva, o número de pessoas fora de casa no Rio Grande do Sul em decorrência dos temporais voltou a subir neste final de semana. Conforme informações da Defesa Civil Estadual, 11.935 pessoas estão em abrigos ou na casa de parentes e amigos. O número de municípios atingidos também aumentou hoje: de 163 para 185. Desse total, 95 cidades já decretaram situação de emergência.

Fonte: Rádio Guaíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens que talvez você não viu!!!

Nossos Parceiros