Nossos Parceiros

terça-feira, 2 de maio de 2017

Inter e Novo Hamburgo empatam em 2 a 2 no primeiro jogo da final

Campeão do Gauchão será conhecido no próximo domingo | Foto: Ricardo Giusti
Em um jogo repleto de emoção, Inter e Novo Hamburgo ficaram no 2 a 2 na tarde deste domingo, no estádio Beira-Rio, na primeira partida da decisão do Campeonato Gaúcho 2017. O time visitante abriu o placar em um lance de bola parada com João Paulo, sofreu o empate aos 8 do segundo com um chute de Roberson, que bateu nas costas do goleiro Matheus e entrou. Porém, o Nóia voltou a passar no placar, com Assis, e o Colorado buscou o empate com Nico López.

A partida ainda teve tom de desespero para o torcedor colorado quando, aos 44 minutos, o goleiro Keiller sentiu o braço esquerdo e foi substituído por Marcelo Lomba, que ainda não está 100% recuperado de uma lesão muscular. Com o resultado, o campeão sairá de quem vencer a partida de volta, ou novo empate e teremos a decisão por pênaltis.

As duas equipes definem o campeão no próximo domingo, às 16h, em local a ser definido pela Federação Gaúcha de Futebol. O Novo Hamburgo corre contra o tempo para instalar arquibancadas móveis e mandar a partida no Estádio do Vale. O prazo final para a confirmação é a terça-feira.

Novo Hamburgo começa melhor, faz gol em escanteio e se fecha

Mesmo atuando fora de casa, o Novo Hamburgo iniciou pressionando o Inter e, a um minuto, após escanteio da direita de ataque, Juninho cabeceou, sozinho, no interior da grande área e a bola “estourou” no poste direito e saiu pela linha de fundo. Quatro depois, Juninho driblou William e bateu de canhota, mas a bola subiu e passou sobre o poste direito de Keiller.

O Colorado foi reagir aos 12. Anselmo driblou com o corpo um marcador, lançou para Carlos, que dominou e devolveu o passe para Anselmo. Na frente da grande área, o volante chutou e a bola passou rente ao poste esquerdo de Matheus.

Quando começava a dominar as ações ofensivas, o Novo Hamburgo contra-atacou e Léo Ortiz afastou contra a meta pela linha de fundo. Aos 18, na cobrança pela esquerda de ataque, João Paulo saltou sozinho no meio da grande área e cabeceou para o chão, sem chances para Keiller: Inter 0x1 Novo Hamburgo.

Após o gol, os visitantes passaram a aguardar o Inter para contra-atacar em velocidade. Com a estratégia, o Colorado aumentou a presença no campo ofensivo e criou oportunidades, mas sem conseguir levar perigo extremo para o adversário. Aos 22, Nico passou por dois marcadores e bateu rasteiro, mas fraco, e a bola foi parar nas mãos de Matheus. Dois depois, William cruzou da direita, Uendel cabeceou para o meio da grande área e Carlos testou pela linha de fundo, longe da meta do Nóia.

Após o lance, o Novo Hamburgo voltou a aparecer no campo ofensivo, mas sem criar chances claras. O Inter voltou a levar perigo aos 36. Após escanteio da esquerda de ataque, Matheus afastou de soco. No rebote, Uendel arriscou da intermediária e o goleiro do Novo Hamburgo defendeu com facilidade. Dois minutos depois, D'Ale fez lançamento para William, próximo da linha de fundo. Mesmo sem ângulo, o lateral bateu forte e Matheus fez a defesa em dois tempos.

Aos 39, Carlos recebeu lançamento dentro da área, deu um "balãozinho" no goleiro Matheus, mas, no momento do chute, Júlio Santos afastou o perigo pela linha de fundo. A melhor oportunidade do Colorado do primeiro tempo ocorreu aos 46. D'Alessandro aparou o rebote, fora da área, a bola saiu forte no canto inferior esquerdo e o goleiro espalmou pela linha de fundo. Na saída de campo, vaias para a equipe e alguns gritos de burro para o técnico do Inter.

Inter empata, sofre novo gol e busca novamente a igualdade no placar
No intervalo, Antônio Carlos Zago retirou Anselmo e colocou Roberson. Com a alteração, o Colorado voltou em alta velocidade. Depois de iniciar pressionando, aos oito minutos, o Inter empatou.

O atacante que entrou na etapa final iniciou a jogada, passou para Edenilson, recebeu de volta e chutou forte. Pablo tentou afastar em cima da linha e a bola bateu nas costas de Matheus e foi parar no fundo das redes. Inter 1x1 Novo Hamburgo.

Três minutos depois, D'Alessandro lançou Nico, que tentou cruzar, mas a bola bateu no marcador e voltou para o argentino, que chutou forte. A bola passou na frente da meta e saiu rente ao poste esquerdo de Matheus. O Colorado quase ampliou aos 12 minutos. Carlos, dentro da pequena área, bateu e o goleiro do Novo Hamburgo fez excelente defesa. No rebote, Roberson bateu forte e o goleiro espalmou para fora.

Mesmo com o empate, o Inter seguiu pressionando, mas, aos 22, os visitantes voltaram a ficar na frente no placar. Jardel cruzou da direita, Pablo cabeceou para o interior da área e Assis, sem marcação, tocou de cabeça para o fundo das redes, sem goleiro, já que Keiller havia saído da meta para tentar afastar a bola.

O Colorado seguiu insistindo e, aos 38 minutos, D’Alessandro deu um lançamento aéreo para Nico López, dentro da área. O uruguaio bateu por cima de Matheus e deixou tudo igual. Inter 2x2 Novo Hamburgo. O Colorado seguiu insistindo, mas sem conseguir criar chances claras. Aos 44 minutos, Keiller saiu do gol em um cruzamento e deslocou o pulso ou o cotovelo esquerdo. Sem opções, Marcelo Lomba, que ainda não está 100% recuperado, teve que entrar em campo.

Sem tempo, o jogo terminou com o empate em 2 a 2. No próximo domingo, o Estado conhecerá o melhor time de 2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens que talvez você não viu!!!

Nossos Parceiros