Nossos Parceiros

terça-feira, 16 de maio de 2017

Comandante de batalhão é afastado por suspeita de assédio sexual em Rio Grande

Ari José Cassanta Chaves vai atuar no Corpo de Bombeiros até que processo seja concluído pela Corregedoria

O Comando-Geral da Brigada Militar afastou o comandante do 6° Batalhão de Polícia Militar de Rio Grande, tenente-coronel Ari José Cassanta Chaves, na Metade Sul. Investigado por suspeita de assédio sexual, o oficial foi licenciado temporariamente, ainda na sexta-feira passada.

Conforme a Corregedoria-Geral da Brigada Militar, Chaves vai realizar atividades administrativas no Corpo de Bombeiros de Rio Grande até a conclusão da sindicância aberta pelo órgão. Durante as investigações, o major Leonardo Nunes assume o comando do 6° BPM.

Inicialmente, a denúncia veio à tona por meio de Facebook. Ao analisar a peça, a Corregedoria apurou indícios de assedio sexual e moral. A policial militar envolvida foi transferida para Porto Alegre para atuar em uma força-tarefa da Brigada Militar. Além do caso envolvendo assédio, o tenente-coronel Chaves também é investigado por usar indevidamente viaturas da corporação.

Fonte:AuOnline

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens que talvez você não viu!!!

Nossos Parceiros