Nossos Parceiros

quinta-feira, 27 de abril de 2017

SES proíbe uso e venda de contraceptivo injetável

A Secretaria Estadual da Saúde determinou, a suspensão do uso e proibição da venda do contraceptivo injetável Demedrox® (acetato de medrox progesterona) em todo o Rio Grande do Sul.
A decisão foi anunciada pelo secretário estadual da saúde, João Gabbardo dos Reis, após receber a notificação de dois casos confirmados de gravidez durante o uso dessa medicação.
O medicamento é fornecido pelo Ministério da Saúde e distribuído pelo Estado aos municípios pelas Coordenadorias Regionais de Saúde.
Neste momento, a SES reforça a importância do uso de métodos de barreira, como camisinha masculina e feminina. Recomenda também que as usuárias procurem os serviços de Saúde, a que estão vinculadas, para mais orientações.
A notificação da SES é valida até que os fatos sejam devidamente apurados.
A orientação é também para que os casos de gravidez sejam notificados no Sistema NOTIVISA, que realiza a Farmacovigilância dos casos. A Secretaria criou ainda um Grupo de Trabalho (GT) com representação da Saúde da Mulher do Departamento de Ações em Saúde, Coordenação da Política de Assistência Farmacêutica (CPAF) e Centro Estadual de Vigilância em Saúde para concluir a apuração dos fatos e encaminhamentos.Tendo em vista a multiplicidade de fatores que deverão estar sendo investigados.
As medidas informadas são preventivas e necessárias para resguardar maiores danos, sujeitas à revisão assim que houver segurança técnica.

Fonte:FolhadoNoroeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens que talvez você não viu!!!

Nossos Parceiros