Nossos Parceiros

terça-feira, 28 de março de 2017

Grêmio terá volta de desfalques na hora decisiva

Pedro Geromel sofreu fratura em uma das costelas e já treina com o restante grupo | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP
“Na hora que precisar, todo mundo vai estar de volta”. A frase dita por Renato Portaluppi na semana passada após o empate em 1 a 1 com o Novo Hamburgo, nunca foi tão apropriada para o momento do Grêmio. No sábado, nos 4 a 0 sobre o Juventude, na Arena, a equipe fez sua melhor apresentação na temporada. E se nesta quarta-feira, na última rodada da primeira fase do Gauchão, o time deverá ser de reservas, no final de semana - já nas quartas de final - terá reforços de peso.
O lateral direito Edílson retornou diante do Juventude, assim como o goleiro Marcelo Grohe. O zagueiro Pedro Geromel e o volante Maicon, ambos recuperados de lesão, estão treinando normalmente e ficam à disposição para o final de semana. Com isso, o time estará muito próximo do considerado ideal.
Geromel entra naturalmente no lugar de Rafael Thyere. No meio, Michel é o mais cotado para dar lugar a Maicon, que atuaria ao lado de Ramiro, com Leo Moura sendo mantido no setor. “Acho que eu consegui dar uma dor de cabeça boa para o Renato. Ele está cheio de opções, é bom ter todos os atletas preparados para suprir qualquer ausência”, avaliou Michel.
Renato Portaluppi começa a ter todas as principais peças do elenco à disposição não só na reta final do Campeonato Gaúcho. No mês de abril, o Tricolor terá três partidas pela Libertadores da América. No dia 11, recebe o Deportes Iquique, do Chile, na Arena. No dia 20, encara o Guaraní, do Paraguai, fora de casa. E uma semana depois, no dia 27, volta a enfrentar a equipe paraguaia, dessa vez na Arena.
Tricolor almeja segundo lugar na classificação
Com vaga garantida nas quartas de final do Gauchão, o Grêmio enfrenta o São Paulo, nesta quarta, em Rio Grande, podendo terminar a primeira fase em segundo lugar, atrás apenas do Novo Hamburgo. Para isso, precisa vencer e torcer para que o Caxias não derrote o Ypiranga no Colosso da Lagoa.
A tendência é que o Tricolor atue com uma equipe alternativa, poupando os titulares e dando oportunidade a jogadores como o argentino Gata Fernández, que ainda não começou uma partida entre os titulares. “A gente precisa de um elenco forte. Lá atrás cobramos a direção por reforços. Agora temos que elogiar por todos que chegaram. É isso que todo jogador de alto nível quer, atletas de qualidade ao seu lado para poder brigar pelos títulos”, destacou o lateral-direito Edílson.
Renato vai definir a equipe que joga em Rio Grande no treinamento de hoje. A equipe trabalha pela manhã e em seguida viaja para Rio Grande. Se por um lado pode ser segundo colocado e levar a vantagem de decidir em casa nas quartas de final, o Grêmio corre o risco, se perder, de encerrar a primeira fase em sexto, tendo que jogar a segunda partida fora da Arena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens que talvez você não viu!!!

Nossos Parceiros