Nossos Parceiros

sexta-feira, 31 de março de 2017

Grêmio pode fazer nove jogos em 28 dias

Zagueiro Geromel deve voltar à equipe titular neste domingo | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP
Todo cuidado é pouco a partir de agora. O mês de abril reserva ao Grêmio uma série de jogos decisivos. A começar pelo primeiro confronto diante do Veranópolis, neste domingo, na Serra, pelas quartas de final do Gauchão. Se chegar à decisão do Estadual, o Tricolor terá nove partidas em um intervalo de 28 dias, incluindo três pela Libertadores da América.
Na média, é um jogo a cada 3,1 dias. Em teoria, apenas no duelo com o América-MG, no dia 5 de abril, pela Primeira Liga, os titulares serão poupados. Uma maratona desgastante que colocará à prova o grupo de Renato Portaluppi. A boa notícia é que jogadores importantes estão retornando no momento mais decisivo da temporada até aqui. Domingo, em Veranópolis, Geromel e Maicon reforçam a equipe.
“Agora é a hora da verdade. Temos que respeitar todos os nossos adversários, mas é a hora de mostrar nossa força”, definiu o capitão Maicon, que ficou um longo período recuperando-se de uma lesão na panturrilha direita.
O retorno dele acarretará em mudanças no setor de meio-campo. Renato deve manter Léo Moura entre os titulares, tirando Michel do time e recuando Ramiro para a primeira função. “Já joguei com o Ramiro no ano passado. É um jogador que está em um momento muito bom, desempenha várias funções. Vamos ver o que o Renato vai fazer. Não sei ainda se vou iniciar, mas eu quero ir para o jogo”, destacou o volante.
A lesão que o deixou fora dos gramados por mais de 20 dias foi motivo de um desabafo do atleta na coletiva de ontem no CT Luiz Carvalho. “Chegaram a duvidar da minha lesão, isso me incomoda. Aqui as coisas são bem claras, principalmente comigo. Não tem motivo para esconder algo que não existe, tem o médico aqui, tudo é passado para vocês (jornalistas). Parece que eu não quero jogar, isso é mentira. Até machucado eu pedi para jogar, o Renato não deixou”, argumentou o jogador: “A lesão me atrapalhou bastante, fiz tratamento em dois, três períodos. Tive que ter paciência, mas estou 100% novamente”.
Maicon também falou sobre uma especulação que envolveu seu nome e o futebol chinês. “Não estou com a cabeça em lugar nenhum a não ser aqui no Grêmio. Quanto mais eu puder ficar aqui, eu vou ficar”, afirmou. Renato Portaluppi ainda terá os treinamentos de hoje e amanhã para preparar o time que enfrenta o Veranópolis.
“Serão duas partidas em que a concentração tem que ser total. Se vacilar, já era, não tem como recuperar. O grupo está bem ciente disso. Não podemos escolher campo e nem adversário, temos que fazer valer o nosso futebol e a nossa qualidade”, finalizou o capitão do Grêmio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens que talvez você não viu!!!

Nossos Parceiros